Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Eliane Pessoa - Consultora RH



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

18/03/2008 | Voz da Arquibancada
É uma torcida muito cri cri.

por Ignácio Delgado

Minha opinião sobre nosso momento é que, não obstante os problemas, há muito não montamos um grupo tão promissor. Cheio de gente da base e alguns veteranos como Fabrício (com 26 anos!!!!) e o tal de Marquinho Paraná ( de quem nunca ouvira falar e cujo futebol me parece sólido), que dão consistência ao time.

Não fossem os problemas surgidos no clássico - Guilherme e Thiago Heleno tão somente, porque Charles e Jadilson parecem expressar esta tendência estranha de joelhos estropiados no Cruzeiro desde PC Gusmão - mesmo com esta avalanche de contusões seguiríamos tranquilos para a classificação.

No futuro, teremos que conseguir entender esta estranha inclinação dos joelhos de nossos craques e, mesmo agora, sem escândalos que não resolvem nada, é bom alertar quem de direito.

Entretanto, nosso curso está muito bom.

Nesta terça, pode acontecer daqueles momentos épicos que fará meu filho de sete anos - que já é apaixonadamente Cruzeiro e, perdoe-me a duplicidade, também Tupi: há múltiplas arenas e e dimensões de objetivos - explodir de orgulho para toda vida, como fiquei em 1966, na vitória sobre o Santos de Pelé: Raul, Pedro Paulo...,
muitos que lêem estas linhas também devem ter seu cruzeirismo definido por esta época.

Sou muito desanimado, lamento dizer, com nossa torcida. Vibra, enche estádios, é maravilhosa, mas confunde exigência - um orgulho bobo - com ranhetice.

É uma torcida muito cri cri. Pega no pé sem motivo - há inúmeros casos de jogadores virtualmente limados pela torcida do Cruzeiro que, depois, jogam o fino da bola quando deixam a Toca - e, na última semana, perdeu completamente o senso de ridículo, proporção e oportunidade.

Criar caso com o time no clássico, vaiar contra o Rio Branco, pegar no pé de jogadores de quem, no mínimo, precisamos contar. Na situação que viajamos para a Venezuela era para termos uma manifestação de apoio na despedida.

Não..., mentalidade provinciana, faz parecer que o time vai para seu maior desafio escorraçado, porque perdeu um jogo inexpressivo contra um time pequeno.

Quem nunca perdeu, ora bolas.....

Estamos contando que seja escrita, nesta data, mais uma epopéia tendo como fundo o azul profundo do céu de lua quase cheia e as 5 estrelas do Cruzeiro do Sul como destaque.

Saudações da Zona da Mata

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 Léo Gontijo | Patos de Minas - MG | 18-03-08 10h14min
Também acho excessivo o número de contusões. Isso tem de ser estudado mais a fundo. Lembremos que o DM foi completamente reestruturado em 2007. Quanto à torcida, discordo. Somos "cri cri" porque somos exigentes. Vaias e protestos da arquibancada são a manifestação mais legítima de qualquer torcedor.O que não podemos é nos contetar de braços cruzados, mas com bom senso e discernimento sempre. Rumo ao tri!!!
 jeronimo | Rio de Janeiro | 18-03-08 11h24min
Tem gente q gosta de colocar estigmas. Ex.: Tem coisas que só acontecem com o Botafogo; a torcida do Cruzeiro é chata, muito exigente, queima jogadores, só atrapalha. Depois a coisa pega e aí é que atrapalha mesmo. Afinal, se atrapalhassemos tanto, pq seríamos um dos times de maior sucesso fora do eixão? Vamos parar de bobagem, nossa torcida não faz nada de diferente das demais torcidas dos grandes times de sucesso, muito pelo contrário, tem um senso crítico apuradíssimo.
 jeronimo | Rio de Janeiro | 18-03-08 11h38min
Contra o Rio Branco, a torcida não vaiou o time (sei q não houve esta afirmação no texto) e sim alguns jopgadores, e não por aquela partida, mas pelo conjunto da obra, vaiou os péssimos Marcinho e Marcel. Vaiar Andrey realmente foi um equívoco, mas deveu-se a irritação q esta se apoderando da torcida, em função de termos um time q ainda é uma incógnita e nossos dirigentes prometem reforços q são necessários e não cumprem. Falar q na situação q viajamos p/ Venezuela era para termos uma ...
 jeronimo | Rio de Janeiro | 18-03-08 11h40min
...manifestação de apoio na despedida é fácil p/ quem está longe e não vai mesmo, gostaria de ver seu comportamento se morasse em BH.
 Leopoldo Moura Jr | Belo Horizonte | 18-03-08 15h48min
Ignácio, Também vou discordar de você. A instituição Cruzeiro Esporte Clube é essa potência admirável porque tem uma torcida fantástica - em quantidade (8 milhões) e qualidade (é das mais vibrantes). Clube e torcida são inseparáveis. Sei que não é sua intenção, mas ao criticar, genericamente, a nossa torcida, você acaba falando mal do Cruzeiro.
 reginaldocp | Serra | 18-03-08 17h38min
Concordo que deva haver cobrança, quando o time não joga com raça. Mas contra o Rio Branco foi exagero. Era a primeira vez daquele time junto. O Andrey teve uma falha, como qualquer goleiro e o Apodi estava se esforçando. Além de crucificarem estes dois, acabou sobrando para os mais novos, jogadores promissores, como Zé Eduardo, Sandro e Joabe. Se o time estivesse em queda vertiginosa, como ano passado, tudo bem. Mas este ano está jogando com raça.
 Rogerio DF | Brasília e Entorno | 18-03-08 18h31min
O TORCEDOR DE VERDADE: É aquele que em primeiro lugar ama e abraça seu clube, como à um filho! Orgulha-se de sua história e ajuda na construção do seu momento presente! Jamais esquece os seus ídolos do passado e apoia o promissor ou futurista! Relembra e festeja suas conquistas históricas, bem como defende às côres de seu time do coração, sempre e em qualquer lugar! SER TORCEDOR: Não é só se regalar e fazer a festa nos triunfos! Também é aprender, que jamais dará às costas nos momentos difíceis!
 Donanfer | Sao Paulo | 18-03-08 18h58min
Ignácio, assino embaixo de tudo que vc disse.
 Leouss | Campo Grande | 18-03-08 19h24min
Ignácio, é a primeira vez que leio uma coluna sua (não sei se houve outras) e também a primeira em que comento, obviamente. Fica até difícil distinguir torcedor cruzeirense e membro de torcida organizada do Cruzeiro. Por vezes estas duas qualidades se confundem numa só, porém, não obstante o segundo ajetivo não tem ido em encontro ao apoio que o verdadeiro torcedor azul devia dar. Por um simples fato, imagino eu: orgulho. Descontentes e manipulados pela imprensa atleticana local e pelo eixo
 Leouss | Campo Grande | 18-03-08 19h30min
dominante Rio-Sampa, nosso torcedores acabam virando meros fantoches de interesses de outrem. Alguns até notam que, por exemplo, nosso meia Marquinhos Paraná tem sido, como você citou em sua coluna, um dos destaques do nosso time, até mesmo por ser totalmente desconhecido de muitos. O orgulho fétido de certos torcedores, porém, se faz maior que sua cruzeiridade e os impede de admitir que temos sim chances de sermos campeões e que seu pré-julgamento de antes não coaduna com a verdade atual.
 Leouss | Campo Grande | 18-03-08 19h35min
E isso lhes faz sentir na língua o sabor cáustico do pré-conceito, do pré-julgamento, do pré-tudo. Sabor mais amargo ainda seria admitir que estavam errados, por isso não o fazem e não o farão. Mas sei, você sabe e muitos outros sabem que ainda há cruzeirenses de fato. Cruzeirenses que tem sangue azul correndo em suas veias, que fazem do manto azul seu baluarte de otimismo e esperança. É por isso, e tão-somente por isso, que não digo que a torcida cruzeirense é, como você disse, "cri-cri".
 Leouss | Campo Grande | 18-03-08 19h37min
Entendo sua opinião, porém acho que generalização nunca é uma boa. A propósito, que bela frase a do final de sua coluna. Permita-me pedir-lhe emprestada para encerrar esse comentário: estamos contando que seja escrita, nesta data, mais uma epopéia tendo como fundo o azul profundo do céu de lua quase cheia e as 5 estrelas do Cruzeiro do Sul como destaque. Um abraço!
 Ricardo Faria | Uberlândia | 18-03-08 20h18min
Não sou a favor de vaias precipitadas, como algumas que já presenciamos neste ano. Mas, também, não creio que o cruzeirense seja chato ou manipulado pela imprensa cacarejante por cobrar do time. Acho que a torcida cruzeirense, em sua maioria, é realista e inteligente. A torcidinha do "SEM TER NADA", essa sim é manipulada pela imprensa cocoricó, Achando que está ajudando o time, joga confetes em cima de cocô. Deve ser por isso que há quase meio século o gaylo não sabe (cont.)
 Ricardo Faria | Uberlândia | 18-03-08 20h21min
não sabe o que é um título importante. Esse, por exemplo, é um momento de apoio ao Cruzeiro. Mesmo desfalcado, o time vai mostrar superação e conseguir um bom resultado na Venezuela e vamos seguir em frente na libertadores, a grande meta desse ano. No campeonato mineiro, o único objetivo é não deixar o gaylo ser campeão, afinal é o único título que eles teriam alguma chance no ano do SEM TER NADA.
 Cuné | BSB | 18-03-08 21h07min
Concordo inteiramente com o Ignacio!!!! A torcida é cri cri sim!!! Principalmente o "povão", já vi mta gente metendo o pau em organizadas aqui, sei q há mta coisa errada nelas, e não excluo as do Cruzeiro, mas a torcida do Cruzeiro não seria nem sombra do que é hj se não fosse a máfia azul principalmente. Qtas vezes vi a Mafia Azul segurar a gayloucura e o povão do Gaylo SOZINHA em classicos. Sinto mto, sei q mtos irão me descascar, mas é o q presenciei varias vezes na Toca III.
 Pai Véi | Uberlandia | 19-03-08 01h42min
Também estou com você Ignácio. Nossa torcida é cri cri sim, e como bem disse o Jeronimo, não é pior nem melhor do que a média das torcidas do Brasil. Mas assim como nos consideramos exigentes com o time, deveríamos ter mais auto crítica, e exigir mais de nós mesmos como torcedores. Bons exemplos não faltam, as torcidas argentinas e uruguaias DÃO AULA na Libertadores, pra não ir muito longe, a do Grêmio, e a própria TFC tb são exemplares. (cont)
 Pai Véi | Uberlandia | 19-03-08 01h53min
Mas enquanto o parâmetro for a torcida do Patético-MG e outras mediocres Brasil afora, vai ter nêgo achando normal vaiar jogadores promissores da base(Guilherme), pedir raça em clássico com 4 lesionados em campo, vaiar ídolos como Alex, Sorín, Ricardinho, Geovanni...
 Pai Véi | Uberlandia | 19-03-08 02h13min
Acho louvável a sua iniciativa. Alguém tem que botar o dedo na ferida. Mesmo que seja incompreendido e acusado de ir contra a instituição, penso que tenha prestado um serviço ao Cruzeiro estimulando a reflexão atravéz desta coluna. O próprio Alvimar já se tocou de que não adianta tapar o sol com peneira(vide recente carta à torcida), afinal pelo o que vimos nas arquibancadas esse ano, a (válida, na minha opnião)campanha "Essa Torcida Move o Time" não surtiu o efeito desejado.
 Pai Véi | Uberlandia | 19-03-08 02h34min
Portanto acho que cabe à nós cruzeirenses de verdade(aqui sem NENHUM RECEIO em insultar quem vaia), virar esse jogo. E à quem se divertiu vaiando Marquinhos Paraná, Jonathan, Marcinho e outros tantos, refletir sobre o real significado da palavra "TORCEDOR", e sobre como uma vaia pode prejudicar o time, causar intriga, desunião dentro e fora de campo, e desviar o foco do único objetivo que nos une: a vitória do CRUZEIRO.
 rapozaço | Belo Horizonte | 19-03-08 13h42min
Boa tarde a todos
Pode parecer muito simplório de minha parte mas as coisas poderiam melhorar E MUITO se a torcida do Cruzeiro parasse de ir ao Mineirão com o radinho.
É um tal de plantar crises, é um tal de comentários sem pé nem cabeça, é exigência demais até por parte do Alberto Rodrigues que de uns tempos prá cá bate em tudo e em todos
Sem contar no dono da rádio Itatiaia, conselheiro do nosso rival citadino,useiro e vezeiro de tentar plantar crises no Cruzeiro.
 rapozaço | Belo Horizonte | 19-03-08 13h44min
Seria uma boa o pessoal tentar ver o jogo e somente TORCER . Sem ser manipulados pela imprensa secundina e galinácea...
 reginaldocp | Serra | 19-03-08 19h11min
Ignácio: depois do jogo de ontem, tá mais que provado que essa torcida tem hora que é cri cri demais da conta. O Apodi tão crucificado contra o Rio Branco, hoje é craque. Veja os comentários daqueles que o criticaram antes do jogo de ontem e mudaram de opinião. Pegar no pé demais tem hora que pode queimar um jogador importante no futuro. Que o diga o Jonathas, jogando improvisado na esquerda no sacrifício e tem muitos que o detonam.
 eugeniomsl | Não definido | 20-03-08 20h40min
Temos sim que ser críticos e cobrar quando time for mal. O mínimo que um jogador tem que ter em campo é raça, principalmente no Cruzeiro que paga em dia e dá total apoio ao atleta. Mas temos que cobrar quando o time estiver mal. Não acho que foi o caso do clássico e do jogo contra o Rio Branco.
 Pai Véi | Uberlandia | 20-03-08 23h04min
Eugenio, cobrar = vaiar?
 jeronimo | Rio de Janeiro | 21-03-08 00h36min
Pai Vei, vc e alguns outros estão com idéia fixa q vaiar é tão ruim quanto matar. Tb não é assim, as vezes uma vaiazinha tá no contexto. Cobrar alguns com vaia, chega a ser bondade.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
23/11 - 21h14 [2 coment.]
Cruzeiro vence rival e é campeão da Supercopa Sub 20 do Brasil 

23/11 - 10h51 [7 coment.]
Blog denuncia Itair e Ângelo Pimentel por receber dinheiro de jogador 

22/11 - 20h26 [5 coment.]
Vicintin: As cobranças de conselheiros, contratações e dívida 

22/11 - 20h00 [1 coment.]
Conselheiros pedem comissão para investigar gestão de Gilvan Tavares 

21/11 - 20h54 [1 coment.]
Léo protagoniza lançamento do livro ´A Quinta Estrela` sobre CopaBr 

21/11 - 20h38 [2 coment.]
Ex-diretor diz que Gilvan sabia das negociações com Latorre 

20/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

20/11 - 18h31 [3 coment.]
Cruzeiro esbarra na trave e empata com o Vitória (BA), no Barradão,  

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster