Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

PROMOÇÃO CRUZEIRO.ORG 25 anos - COPA DO BRASIL - FINAL NO MINEIRÃO
Comente no site, Compartilhe no Facebook ou Retuíte as notícias no Cruzeiro.Org e concorra a ingresso na final da Copa do Brasil
WMTI -Tecnologia da Informação



Cruzeirense de Arquibancada
Fernandão escreve preferencialmente após as apresentações do celeste cinco estrelas

03/07/2017 | Fernandão
A derrota de todos nós

Cruzeiro é derrotado pelo maior rival. Time em campo mostra velhos vícios, torcida fora dele também

Um estado de tensão permanente

Sofri bastante com a derrota de ontem. Sofri como vários bons cruzeirenses sofreram. O pior jogo para uma derrota é sempre o clássico. A taxa extra de sofrimento que eu tive remete às minhas escolhas como torcedor. Não vou ser nunca o cara do ``eu avisei´´. Não sofro por antecedência, não torço, nunca, para que venha uma derrota para comprovar essa ou aquela convicção. Para que dos destroços se erga algo vencedor. Para que se mude o comando técnico do time. Quero a vitória sempre.

Essa vitória, que não veio, poderia significar novo ânimo para boa parte da torcida do Cruzeiro, que tem, em 2017, uma atuação terrível. O time joga abandonado. Multidões pequenas, acanhadas e nervosas tem frequentado o Mineirão. Isso precisa mudar para que se atinja um único objetivo que seja na temporada.

Não é culpa do Mano o estado de coisas. Já viramos o ano sem a presença da torcida. Muito antes de essa ou aquela discordância aparecer. E o primeiro jogo, com mando do time, no ano foi um Rapocota com placar satisfatório, ainda que pelo Torneio-Mico-1ª-Liga. Lógico que as coisas foram acontecendo e existem vários, outros, problemas. Mas essa falta de envolvimento da torcida com o time no estádio é grave. E a primeira coisa que eu lamento é a oportunidade desperdiçada de reconciliação. Vitórias em clássicos têm esse poder. O time jogou a chance pela janela.

Um time previsível

É difícil escrever a cada 3 ou 4 dias sobre o mesmo time e não ser repetitivo. Aos que acompanham as colunas, principalmente desde o Canelada, peço desculpas. O que vou dizer agora eu já falei trocentas vezes antes. O time do Cruzeiro não criou alternativas de jogo. Isso é culpa das circunstâncias, em parte, porque não temos à disposição nosso melhor jogador, lesionado. Mas em contexto amplo, é culpa principalmente do comando técnico. Dispensamos o nosso lateral direito ofensivo para o Palmeiras, e temos de nos virar, sempre, com o Ezequiel. O Cruzeiro é inofensivo pelo lado direito.

Poderíamos ter treinado uma saída. Sei lá, 3 zagueiros, no caso específico em que o DM está com os nossos zagueiros de melhor potencial técnico, um volante fazendo o líbero. O Élber de ala direito. Sóbis é lento, Rafinha e Robinho são passadores. O Cruzeiro joga com um único ponta, pela esquerda. Marcando o Alisson, o jogo do Cruzeiro acaba. Aconteceu contra o Palmeiras, aconteceu ontem.

Um time de cansados

Já disse algumas vezes que o Alisson não sabe dosar energia. Ele corre demais, se desgasta e rapidamente deixa de ser opção. Neves, Robinho e Cabral não me parecem ter condições de jogar 90 minutos. Principalmente se for necessário jogar duas vezes na semana. Com um meio pra frente de gente que bota a gravata vermelha pra fora, sem a menor cerimônia, é difícil manter o nível de atuação.

Um time sem plano de jogo

A mim pareceu que o time do Cruzeiro se assustou com a facilidade do jogo. O time fez 1x0 e os espaços apareceram, de forma generosa. É impossível descartar qualquer influência do jogo contra o Palmeiras no jogo subsequente. Mas, ao contrário de São Paulo, em que o time atacou em bloco, como no segundo gol, o Cruzeiro se compartimentou. Uma parte dos jogadores ficou, para diminuir a possibilidade de revés, e outra avançou, para matar o jogo.

Ficou a impressão que, ou o time estava sem confiança para fazer o que era imperativo pelo momento: matar o jogo. Ou o time não trabalhava com essa possibilidade.

No espaço entre os meias e os volantes, o adversário começou a crescer.
E quando isso aconteceu, novamente, parte do time não entendeu o contexto do jogo. Porra, um jogo duro, passou dos 40 minutos de jogo, leva a vantagem pro intervalo. Não é hora mais de buscar o segundo, mas sim de garantir o placar naquele momento. Nos quinze minutos de descanso, é hora de pensar como é que vai ser no segundo tempo. O intervalo, que, diga-se, foi irrelevante contra o Palmeiras.

Um time desatento

Todos os gols sofridos eram evitáveis, no contexto do jogo. Principalmente o segundo, que é o que determina o placar, e deixa o adversário em posição privilegiada para a etapa final. Tenho tentado evitar malhar a defesa do Cruzeiro, não curto bater em quem já está apanhando demais. Mas o Léo e o Romero tomam cada um a pior decisão possível na jogada. Romero fecha um espaço onde não tem ninguém. Léo para na jogada, não se atira na bola.

Os gols sofridos pelo Cruzeiro têm sido assim. Com as mesmas falhas de sempre. Léo tende sempre a parar na jogada um pouco antes, economizando energia mesmo quando a bola é a ``última´´. Caicedo tem a tendência de marcar sempre a bola, confiando demais em sua recuperação. Romero, que devia ser o cara da cobertura, também preocupa-se pouco com o posicionamento do adversário que procura a sobra, como é no terceiro gol, que também conta com uma cochilada luxuosa do Ezequiel.

Um futuro tenebroso

A sequência do Cruzeiro é duríssima. Palmeiras - casa, Atlético – fora, Flamengo – casa. Se o time entrar na zona de rebaixamento, o que pode acontecer com dois empates, por exemplo, Mano Menezes irá ser demitido.

Antes de isso representar qualquer solução para o Cruzeiro, é a certeza de um problema maior. Lembra o ano de 2011, em que o Joel Santana saiu do comando de um grupo igualmente superestimado. Veio o Mancini, e não caímos por um crédito do destino. Ou 2015, em que descontentes com o Seu Marcelo, fomos buscar o Luxa. Para o momento atual, não vale a pena arriscar troca de comando. Eu só trocaria se o Cruzeiro virar o turno na zona de rebaixamento, e mesmo assim, pensaria no desempenho do time. Trocar de técnico nesse momento é roleta russa. O trabalho feito até agora aponta para o meio de tabela. É pouco, pelo investimento do time. Mas é mais do que a torcida ``de redes sociais´´ do Cruzeiro merece no momento.

O Cruzeiro precisa de oxigenação no time, confiança e do Arrascaeta para superar o momento. Que a semana cheia traga bons frutos e mudanças no time. Urge que o Mano, um retranqueiro famoso, volte às suas origens por uns tempos. Fazer um campeonato digno, e uma Copa do Brasil dos sonhos, passou a ser, já há algum tempo, a única chance do Cruzeiro.

Diretoria nova, meninada da base subindo, Judivan, um novo treinador... Na primeira coluna do segundo semestre, já estou sonhando com 2018.


Gestor público, que faz suas observações após cada partida do Cruzeiro, de forma pouco espalhafatosa e totalmente despretensiosa.
fernandao@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Cruzeirense de Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 Thiago Campos | N�o definido | 03-07-17 14h54min
Você tocou em um ponto importante, o abandono da torcida. Acredito que não seja um problema nosso e sim de quase todos os times brasileiros, cada vez mais torcedor só vai na boa e credito esse comportamento ao afastamento do povão dos estádios. Essa nova clientela dos estádios só quer participar se o time estiver bem, chamo de clientela pois não quer ir pra torcer, para empurrar o time, compram ingresso se fossem a um teatro onde tem que receber o resultado planejado.
 Thiago Campos | N�o definido | 03-07-17 15h01min
Quanto ao jogo é isso mesmo que você falou, só temos um lado que joga e quando anulado acaba o repertório. A troca do Mike ninguém nunca vai conseguir explicar e se o Mano concordou com isso é caso de internação. Não temos força durante o jogo inteiro e isso fica nítido todo jogo, junta-se a isso a demonstração de estar perdido do nosso técnico, colocando Rafael Marques para jogar assim que chegou, improvisando zagueiro, preterindo Ábila sempre. Tá difícil, 2017 vai demorar pra acabar.
 pyxis | BHZ | 03-07-17 15h30min
Pra falar a verdade, assim como o time repetido torna um pouco ´previsível` os resultados e performances (sou do tempo que repetir escalação - inclusive de cabeças de bagre - era uma VANTAGEM!)... a repetição de chavões torna as observações de um jogo repetitivas.
Claro que discordo e muito da avaliação e concordo com duas coisas:
1) Fosse outro o resultado, os teleguiados estariam animados;
2) O time precisa de torcedores para MUITO ALÉM dos ´guerreiros` de teclado e redes sociais.
 pyxis | BHZ | 03-07-17 15h35min
Hoje teve manifestação pedindo a cabeça do Mano, na porta da Sede Administrativa. Queria eu ter o poder de pegar o CPF de cada um, voltar um ano atrás e comparar com quem mandou e quem obedeceu ao pedirem a cabeça do Paulo Bento.
Mas é bem feito para o GPT que quis fazer gracinha ano passado, trouxe o Mano sem condição de pagarmos a ele, ficou pagando salário para o PBento e agora estamos onde estamos.
E a torcida (PARTE) tá fazendo papel de manipulada, e crente que PENSA !
 Turquim | N�o definido | 03-07-17 17h51min
Fernandão,comentários freddy krueger devido à ridícula limitação de espaço do fórum. Sobre a torcida:Ainda não abraçou esse time.Diferente de 2015/2016 que nossa deficiência técnica era gritante, esse time não mostrou seu potencial ainda.Temos um bom elenco*, porém ineficiente em campo. Não empolgou, daí quem sabe a bronca da torcida. Escalação, estilo de jogo, variações táticas, pegada...Talvez a vitória no clássico após boas atuações em jogos anteriores pudesse ascender essa chama. Não rolou.
 Turquim | N�o definido | 03-07-17 18h03min
Um time Previsível: Fato! O uruguaio não é a salvação, mas faz muita falta. Com a lesão do Robinho e do Arrasca, sobrecarregou o TN na criação, além de perdermos o lado direito. Marcando ele e o Alisson, o time é facilmente neutralizado. O Mano tentou 3 volantes, não rolou. Só o Dorival caiu nessa. Tentou o Rafinha no meio, deslocando o TN para a Direita, tb não rolou. Perdemos o meio tb. Fez improvisações de volantes na lateral para dar mais liberdade para quem caísse pela meia direita, e nada.
 Turquim | N�o definido | 03-07-17 18h15min
Um time previsível (p 2).Não é à toa e nem coincidência que o time melhorou quando do retorno do Robinho. Divide as atenções da marcação adversária e deixa o TN mais livre.Pode olhar que foram as melhores atuações do TN.O Mano, chegou a colocá-lo no tal falso 9, contra o palmeiras, com o Sobis fazendo o meio e alternando com o Robinho.Funcionou, em partes, tb contra as frangas, tanto que dominamos o começo do jogo, mas aí entram os demais problemas citados na coluna (desatenção/cansaço/zaga*).
 Pérola Negra | Não definido | 03-07-17 18h21min
Meus marinheiros só vêm pra missões se tiverem uma boa recompensa...nunca o contrário. Uma conquista no domingo já atrai marujos pra dia 26 e, com um simples empate em 26, o caminho do tesouro se abre novamente... O querido autor tb parece ter perdido um pouco do horizonte, não faça como os companheiros de facebook - aliás, os desertores não ajudam com números, inflar a massa não é bom; use o astrolábio, veja os oponentes de antes (23) e depois (30). Ventos favoráveis...e torneio pirata não vale
 pyxis | BHZ | 04-07-17 09h57min
Turquim, ´ridícula limitação do espaço do Fórum` ??? Sério? Você sabe o que é Fórum? Lista de Discussão? Blog? Notícias com comentários?
Certamente, não...
Ah! Quer dar a SUA opinião em espaço maior, habilite-se e qualifique-se... o espaço VOZ DA ARQUIBANCADA está aberto... se for capaz...
A vantagem da sua crítica é que vejo que você não tem aslimtações de patetas que aforam 140 caracteres... Seja bem vindo ! :-P
 brenovp | Não definido | 04-07-17 14h04min
Futebol é feito de detalhes. O imponderável reina mais do que imaginamos e ainda tentamos achar culpados e analisar de forma emocional baseado no resultado. O cruzeiro jogou futebol de campeão e de rebaixado em um mesmo jogo nas 4 ultimas partidas que disputou. Creio que se os momentos bons tivessem superado e tivéssemos no g4, plenamente possível, as análises eram outras. Tb nao tenho explicação magica, que nao existem. Não consigo concordar em 100% com nenhuma análise, mas essa ta boa. Abs
 pyxis | BHZ | 04-07-17 16h47min
Fernandao, vc falou uma coisa com a qual eu concordo e AMPLIO. QUem vê os jogos na arquibancada e bares comigo, se quisesse, poderia testemunhar...
São várias as partidas em que UM LANCE, mudaria a história e o resultado do jogo. E mudaria a nossa temporada. POR ISSO, sou contra esta ciclotimia e termocefalia dos cruzeirense que vão para a porta da sede fazer política rasteira.
Precisavamos de um pouquinho de SORTE, achei que ela tinha voltado. Parece que não... :-(
 pyxis | BHZ | 04-07-17 16h49min
Estrelado, vai me desculpar, mas até onde me lembro... o time de 98 melhorou quando Todinho machucou e Levice colocou MPaulo... na reta final Todinho recuperou e ele tirou MarcosPaulo. Vou até consultar meus alfarrábios... estou falando de memória e ela tem falhado... ;-)
 Turquim | N�o definido | 04-07-17 22h47min
Pyxis, foi mais para um desabafo de quem estava empolgado para escrever sobre o assunto e teve que mudar o texto umas 3-4x para adequar ao espaço.Vlw pela boas vindas. Fernandão, talvez não tenha me expressado bem com relação aos 3 volantes.Quando disse que nao rolou foi no contexto de resolver a deficiência/desequilíbrio entre os lados,ofensivamente.Talvez se o Cabral fosse destro não estaríamos discutindo isso.Não sou contra a formação e concordo que possa ser a alternativa atual pelo momento.
 Thiago Campos | N�o definido | 05-07-17 17h33min
Coluna do Tostão de hoje com ponderações sobre o Cruzeiro: http://www1.folha.uol.com.br/colunas/tostao/2017/07/1898586-nao-se-pode-viver-do-passado-nem-ignorar-sua-importancia-no-presente.shtml
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
18/09 - 08h56 [7 coment.]
Cruzeiro vence o Bahia e consegue se manter entre os 6 melhores 

18/09 - 07h39 [4 coment.]
Eleições: Lideranças do Cruzeiro intensificam atuação na campanha 

18/09 - 07h33 [2 coment.]
Cruzeiro lutará contra o Flamengo por sua 40a conquista no Mineirão 

18/09 - 07h31 [2 coment.]
Carga de ingressos adicional para Sócios do Futebol esgotada 

17/09 - 09h13 [9 coment.]
Cruzeiro busca evolução na classificação diante do perigoso Bahia 

17/09 - 08h16 [2 coment.]
Sub20 vence América-MG e se posiciona na vice-liderança do estadual 

16/09 - 09h02 [1 coment.]
Sada Cruzeiro bate Minas no Riachão e lidera estadual de vôlei 

15/09 - 19h54 [1 coment.]
Torcedores esgotam carga de bilhetes da Minas Arena para final 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster