Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Blog Páginas Heróicas Digitais



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

23/06/2016 | Evandro Oliveira
Torcedor Cibernético - Benito Masci vive !!!

O torcedor do Cruzeiro, com menos de 35 (trinta e cinco) anos, não precisa ler esta coluna, vai entender pouco e não conseguirá contextualizar ...

O torcedor do Cruzeiro, com menos de 35 (trinta e cinco) anos, não precisa ler esta coluna, vai entender pouco e, como a maioria tem pressa além de não gostar de ler textos com mais de 140 caracteres (dizem que dá dor de cabeça), não vai conseguir contextualizar.

Já dizia o poeta, na sua proposta ideológica, que na absorção de conhecimento há que se ter possibilidade de raciocinar sobre coisas factíveis e próximas da realidade.

Quem não viveu aquela época terá dificuldade de entendimento.

Retorno ao passado, década de 80. Depois do título da Libertadores em 1976 e do vice contra o Boca Jrs em 1977 e do espasmo de Revétria naquele ano, a década de 1970 foi um terror o início da década de 80 mostrou uma diretoria perdida.

No início, começamos a montar times a partir de jogadores vindos de fora, quebrando a proposta de revelar talentos e estes serem a base do time profissional. Chegamos a ter mais de 120 jogadores registrados com passe preso ao Cruzeiro e atuando pelo Brasil inteiro.

As brigas entre os “cardeais” tornavam-se públicas, rompimento, eleições complicadas, despesas além da conta, falta de títulos, crise. A conta das reformas da Sede Campestre e da construção da Toca da Raposa chegaram. As contratações desenfreadas de estrangeiros e jogadores de outros estados mostrou a fatura.

Atenção... Não estou fazendo alusão ao momento atual. Estou relatando uma situação passada. Na época, a torcida cobrou muito, exigia contratações, prestação de contas e títulos. A situação era tão confusa que hoje ouço muita gente falar sobre “... na época de Tobi, Bendelack e Dedé de Dora ...” como se os três tivessem jogado junto ao menos uma vez... fico triste, pois revela somente desconhecimento da história do Cruzeiro.

A situação estava crítica e a gestão do clube descia a ladeira. Sem jogadores para vender o passe, o time acompanhava o clube social no declínio.

Eis que surge aquele que considero um dos melhores presidentes da história do Cruzeiro. E que pavimentou uma infraestrutura para que não estejamos hoje em regime pré-falimentar como alguns de nossos adversários.

O nome da fera? Benito Masci.

O presidente que cortou na própria carne, encerrou com as infindáveis peixadas e nepotismos do clube e do futebol. Reduziu, drasticamente, despesas e funções desnecessárias. Desagradou muito conselheiro folgado. Colocou muita gente pra fora, sempre em benefício do clube. Foi contrário a muito torcedor corneta que insistia no pior para o Cruzeiro.

Graças a ele, não afundamos e foi criada a base para que César Masci e Zezé Perrella fizessem o Cruzeiro retomar sua trilha de sucesso.

Então, o Cruzeiro não se inspirou em nenhum adversário para retomar sua caminhada. Bastou olhar para a própria grama e cuidar da própria vida. Fico triste quando vejo estas duas gerações de torcedores, mal acostumados com muitas coisas, ignorarem a história e reclamarem como tem feito. Acham que pedindo a saída do presidente (que tem errado quase tudo desde outubro de 2014) se resolve alguma coisa.

Este papo de que a torcida exigente é que move o time é de uma estupidez pueril. |Fosse verdadeiro, alguns times não ficariam 10, 15 ou 20 anos sem ganhar nada de relevante. Parem com esta falácia.

Espero que o Cruzeiro encontre alguém para substituir o Dr. Gilvan, que se mostra incapaz até de fazer seu sucessor, no estilo e com a coragem do Benito. Alguém que não tenha medo de meter a mão na merda e cortar na própria carne para acabar com a gama de apaniguados incompetentes que estão fazendo uma gestão administrativa temerária.

Particularmente, eu defendo uma gestão bem correta sempre. Não acredito que o tal do Profut vá vingar. Veremos muitos clubes/times se locupletarem e saírem ilesos desta situação. Prefiro que algum “Benito” apareça e coloque o Cruzeiro nos trilhos da gestão, e que dê condições de infraestrutura para o campeão retornar.

Não tem mais saída. Quando vejo os balanços e os prejuízos acumulados, além do perfil de dívida e passivo do Cruzeiro, é de assustar como uma gestão amadora do clube deixa chegar ao status atual. É muito erro administrativo afetando a gestão com erros de Administração, marketing e outros setores.

Muito provincianismo.

Que Benito Masci interceda por nós !!!

Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 João Duarte | Vit�ria | 23-06-16 23h26min
Grande Evandro,
Lembro-me como se fosse hoje das eleições de 1984 no Cruzeiro. Foi o canto do cisne da Administração Felício-Furletti. O Cruzeiro não tinha crédito para comprar nada. Tinha 120 jogadores sob contrato. Toby (volante que veio do Coritiba) e Bendelack (ponta-direita que veio do Nacional de Manaus) atuaram no Cruzeiro em 81 e Dedé de Dora (ponta-de-lança que veio do ABC/RN) jogador de razoáveis requisitos técnicos jogou em 1985 no clube, portanto nunca jogaram juntos no Cruzeiro.
 João Duarte | Vit�ria | 23-06-16 23h30min
O desespero por 6 anos de conquistas seguidas do rival citadino, fez com que o Cruzeiro gastasse muito e experimentasse um monte de jogadores de fora, mas, somente quando subiram os garotos da base (Gomes, Eugênio, Douglas, Ivan, Eduardo Lobinho) e se juntaram aos ídolos das antigas (Palhinha e Joãozinho), além de outro prata-da-casa (Carlinhos Sabiá) é que o Cruzeiro retomou o caminho das vitórias.
Pois bem, no dia 27/11/1984 Dr. Benito Masci foi eleito presidente do Cruzeiro.
 João Duarte | Vit�ria | 23-06-16 23h34min
O Cruzeiro já era o campeão do turno (taça Minas Gerais) e iria disputar o título do returno nos dias 05 e 12/12/84. E na 1ª partida das finais do returno fez 4 x 0 fora o baile no time emplumado (2 gols de Tostão II, Carlinhos e Seixas fizeram nossos gols) e como perdeu o jogo da volta por 1 x 0 e se sagrou campeão mineiro de 1984.
Com a vitória no estadual, Dr. Benito Masci empreendeu uma racionalização nos gastos exemplar e cortou muitos gastos em despesas fixas, incompatíveis no clube.
 João Duarte | Vit�ria | 23-06-16 23h37min
Você é perfeito ao considerar que ele foi um presidente dos mais importantes da nossa história, porque conseguiu fazer o Cruzeiro voltar a olhar para as bases e o time com boas contratações fez um bom campeonato em 1986, quando se não fosse a paralização da competição, teria chegado às finais do campeonato e na Copa União de 1987, o time foi semifinalista. O Cruzeiro se reequilibrou financeiramente na gestão dele e depois, César Masci, mais ousado, fez contratações vultosas e ganhou títulos.
 João Duarte | Vit�ria | 23-06-16 23h41min
Finalizo dizendo que os tais "exigentes" de hoje, não sofreram nem 1/10 do que nós cruzeirenses passamos nos anos 80... Mas, NUNCA precisamos abaixar a cabeça para franga nenhuma, sempre podíamos recorrer à nossa história.
Hoje os exigentes acham que TUDO É OBRIGAÇÃO e como o futebol não é ciência exata, vivem de manifestação em manifestação. Não é bem por aí. Mas, a receita de Dr. Benito, mais que nunca é aplicável aos dias de hoje.
PARABÉNS POR TER NOS TRAZIDO DE VOLTA ESTA PHI
 edubhcru | Não definido | 24-06-16 08h58min
Como já passei dos 40, me aventuro a palpitar. Comecei a "entender" futebol no início dos anos 80. Vi o Cruzeiro ser goleado por Operário, Mixto... A era Benito de fato foi divisor de águas. 84 e 85 foram anos de tímida retomada. 86 foi a recuperação da auto estima e do prestígio no nível nacional, com a união de pratas da casa como Douglas, Lobinho, G.Francisco, Vanderlei, etc, com contratações que vingaram, como Ademir o "Pato", Robson o "Operário Padrão", Hamilton, Balu, etc.
 edubhcru | Não definido | 24-06-16 09h11min
De 86 em diante o time aprumou e iniciou esse longo ciclo virtuoso, que deixou a torcida "bem acostumada". Mas é preciso reconhecer que o Benito pavimentou o caminho para as boas gestões subsequentes. Que sirva de exemplo. Homenagem justíssima! E pra finalizar: as gerações mais jovens têm que entender que futebol não é só ganhar. As fases ruins nos tiram da acomodação e forjam grandes torcedores, diretores, presidentes... Vamos Cruzeiro!
 Azul Celeste | Belo Horizonte | 24-06-16 10h56min
Para pensar no futuro temos que entender o passado!!! Bela lembrança Evandro. Benito foi o divisor de águas. Bem me lembro que fizemos muita mercadoria quando desfizemos o time de 76. O Palhinha foi vendido com o maior valor da época e gastamos todo o dinheiro com compras suspeitas. No entanto estive sempre com o time e feliz por estar no famoso jogo Atletico 0 x 1 Cruzeiro com gol do Jacinto. Eles com os titulares e nós com os reservas!!
 carlos_Almeida | Vitória | 24-06-16 11h54min
Evandro, que a merecida homenagem sirva de inspiração para o momento atual. Se vier, um novo Benito Masci só virá em 2018. Pelo que se vê, Dr. Gilvan está tendo dificuldades com profissionais e erros de difícil solução impregnado na administração do Cruzeiro. No futebol, a esperança é que Paulo Bento saiba o que está fazendo, que tenha autonomia e diálogo com os dirigentes.
 Celeste  | Sorocaba-Itajub� | 24-06-16 13h44min
Excelente texto do Evandro e bem comentado pelos colegas. Justa homenagem ao Benito Masci. Sempre vemos algum jornalista metido a sabido, falando em modelo de gestão, profissionalização e etc...O Masci, sabia muito bem o que era isso.
 pyxis | BHZ | 24-06-16 17h52min
JD, agradeço seus comentários e digo que a coluna não é feita, de verdade, para quem não viveu aquele periodo. Discordo de você quando você repassa algumas passagens, mas tudo bem... o espírito da coluna acho que vc entendeu.
É duro ver nas redes sociais(como vi há pouco!) estes pivetes dizendo que a diretoria não merece os parabéns pois "os torcedores exigentes é que merecem !!!". Santa estupidez !!!
 pyxis | BHZ | 24-06-16 17h55min
EduBH, você tb compreendeu, mesmo que o limite etário indicado por mim seja próximo... foi somente uma questão de limitar o "lado de cá".
Entretanto, seu comentário tem um detalhe importante...
Temos, nosotros desta idade ou mais velhos, que recrudescer... não podemos abrir mão de nos manifestar e temos que nos afastar destas redes sociais de 140 caracteres e seres não-pensantes.
 pyxis | BHZ | 24-06-16 17h57min
Azul Celeste, sim... o "clássico do Jacinto" é outra grande PHI...mas temos que ir além dos jogos. Temos que mostrar para la gente ou maltinha que o buraco é mais embaixo e que o Cruzeiro NÃO É TIME que passou a existir depois de ZZP. Parece que muita gente não sabe disso.
 pyxis | BHZ | 24-06-16 17h59min
Carlos, como escrevi, assim como César e ZZP, Gilvan perdeu a linha, a compostura e os propósitos quando entrou para a política partidária.
Precisamos de um novo Benito pois os apaniguados tomaram de assalto vários departamentos do Cruzeiro.
Nosso problema de GESTÃO é claríssimo... o prejuízo só vai aumentar. Gilvan e Lemos perderam o leme.
 pyxis | BHZ | 24-06-16 18h01min
Dra. Celeste, Benito era um empresário que administrava com escassez de recursos a sua empresa. Levou Muito da experiência dele para o clube. E foi ótimo.
A chance do Cruzeiro profissionalizar o futebol é mínima. A chance de profissionalizar o clube é ZERO !!!
Infelizmente, tem que mudar e cortar na carne...
 Awdias | Não definido | 24-06-16 20h06min
Muito feliz a coluna de hoje, talvez a melhor já feita por você. Benito colocou o clube nos eixos e montou bons times. Época de Douglas, Careca, Ademir, Balu. Em 87 e 88 poderíamos ter ganho Brasileiro e Supercopa. A falta desses títulos deixa o Benito esquecido do grande público, mas sem o trabalho dele César, Zzp e Alvimar não teriam conseguido aquela série de títulos.
 pyxis | BHZ | 25-06-16 00h30min
AWDias, modéstia às favas, TODAS as minhas colunas são felizes... eu é que fico feliz quando você declara que se identificou com O que escrevi e manifestou-se.
Podemos divergir e até gosto quando as pessoas divergem com qualidade daquilo que penso...
Espero você divergindo noutras colunas...esta, em especial, foi para os maiores de 35 lerem e engajarem-se na luta contra o hedonismo oco do torcedor cruzeirense de menos de 35 anos.
Conto com você !!!
 Embaixador em Sampa | Não definido | 25-06-16 11h53min
Caro Evandro bela coluna e reflexões, recheada pelos relevantes comentários dos colegas. Vivi esta transição da década de 70 e 80 e me recordei de algumas PHIs como os 4x0 da final de 84. Em São Paulo há 24 anos continuo firme nas minhas convicções e dentre as maiores, torcer para o Maior de Minas. Pude experimentar vários momentos de alegria com os títulos e jogos memeráveis em todo este tempo aqui em Sampa e pude acompanhar vários jogos do nosso Cruzeiro no Pacaembu, Parque Antártica, Canindé,
 Embaixador em Sampa | Não definido | 25-06-16 11h57min
Vila Belmiro, Morumbi. Sou sócio torcedor desde 2009 e quando estou em BH sempre vou ao mineirão para acompanhar o Cruzeiro. Na semi-final contra o América comentei com meu amigo André, que era o pior Cruzeiro dos últimos 30 anos, por motivos que vocês colocaram muito bem em colunas anteriores. Mas, minha maior preocupação é que realmente parece que a diretoria perdeu a mão. O marketing do Cruzeiro hoje é pífio, o número de sócios deve ter diminuído e o número de torcedores no estádio refletem
 Embaixador em Sampa | Não definido | 25-06-16 12h02min
a situação atual. Espero que realmente apareça um novo Benito, presidente o qual tive o prazer de conhecer e receber o troféu de vice campeão mineiro infanto juvenil de futebol de salão, lá no "na quadra do antigo barro preto". Precisamos de uma guinada nesta situação. O Cruzeiro é grande demais para passar pela situação que vem se arrastando desde o "desmanche" do time bi-campeão. Desculpe-me pelo comentário enorme, mas hoje senti vontade de expressar minha opinião. Saudações Cruzeirenses!
 Cinco Estrelas | Belo Horizonte | 25-06-16 13h18min
Boa coluna Evandro, realmente a gestão de Benito nos preparou para retomar o caminho de glórias, porque a década de 80 foi osso. Penso também que a criação da Supercopa dos Campeões da Libertadores (não sei se houve influência nisto) foi um marco importante para voltarmos a disputar competições internacionais e conquistar títulos.
 pyxis | BHZ | 25-06-16 13h28min
UTILIDADE PÚBLICA
Os bancos de sangue precisam da sua doação.
Doar sangue é um ATO HUMANITÁRIO. Salve vidas.
Carlos Henrique de Oliveira precisa de sangue de qualquer tipo.
Doações no banco de sangue do Hospital Felício Rocho, localizado à R. JUIZ DE FORA - BARRO PRETO Nº 861
recebendo doações de SEGUNDA A SEXTA DAS 08:00 AS 14:30.
 Raposão do brasil | Não definido | 25-06-16 13h43min
Coluna oportuna Evandro,sou dos que pedem a saída ou renúncia do GILVAN,nao me escondo do que penso,mesmo agora aprendendo que não possa ser a melhor alternativa.Tenho 37,quase 38 anos,acho que passei raspando rsrsrsrs,como já te disse antes em outra notícia aqui postada,nao peço a saída dele porque sou corneta(as vezes soukk),mas sim por perceber que ele tem dificuldades em driblar entranhas obscuras que ali existem,falta capacidade nele,nao que ele seje mal-intencionado,nao é o caso,contudo...
 Raposão do brasil | Não definido | 25-06-16 13h52min
...se não começar essa mudança logo,a coisa tende a ficar IRREVERSÍVEL,dai sim,a coisa vai desandar.Conheço pouco ou quase nada de CRUZEIRO se comparado com vc,JD,Wilson,Hermano e outros CRUZEIRENSES de longa data e de conhecimento mais aprofundado,tbm reconheço que é uma honra poder aprender aqui,compartilhar e repassar o aprendizado.Esse desabafo contra o Gilvan é medo de ver o trem descarrilhado e não enxergar capacidade no gestor pra ropo-lo novamente Evandro,isso me ASSUSTA MUITO.
 Raposão do brasil | Não definido | 25-06-16 13h53min
Então o que nos resta é torcer pra que apareça outro "BENITO MASCI",mas não vai ser fácil.
 estrelado campeão  | Ubá  | 26-06-16 23h57min
Excelente coluna. Tenho quase 50 e posso atestar tudo. Aliás, vivia de longe, o que me dava mais . Recordo-me da época em que a notícia só chegava através das ondas curtas da Guarani, Inconfidência, Itatiaia, ou Capital(so à noite). Rádio Telefunken a válvula.Época de Jota Jr, Vilibaldo, Jugurta, Jairo Anatólio, L. Otávio Pena, Marrocos Filho, Alair Rodrigues, Aloisio Martins, Kafunga, Osvaldo Faria. Inesquecível o gol do Joãozinho narrado pelo atleticano Vilibaldo com o Pinguim dando detalhes.
 estrelado campeão  | Ubá  | 27-06-16 00h02min
Sua coluna é oportuna, pois a nova emal acostumada geração, é afoita, e se depender deles, todos vão pra guilhotina. Um garoto de 17 dizia não suportar mais a falta de títulos, que os bi campeonato estava sendo apagado pela péssima campanha atual.?? Falei pra ele, que quem viveu a época do pós Libertadores 76 viveu dramas maiores. E outras torcidas até momentos piores(Gambá, 23 anos de fila, Botafogo, Palmeiras). Torcedor sem paciência, e com pouco conhecimento da história.
 estrelado campeão  | Ubá  | 27-06-16 00h08min
A exemplo do EduBHCru, lembro-me das goleadas contra o Mixto de Cuiabá(TostãoII) e Operário MS(Artuzinho), assim como Coritiba, assim como a desclassificação num grupo com AméricaRJ, Rio BrancoES, Brasil de Pelotas. E lembro do Tobi, que depois foi campeão brasileiro com o Coritiba de Ênio. Tostão II veio para o Cruzeiro, e quase que trouxemos o Artuzinho, que foi para o Bangu do Castor de Andrade.
 estrelado campeão  | Ubá  | 27-06-16 00h15min
Lembro do Homão sendo criticado pelo Kajuru, da Guarani, em 84, quando o Felício ainda era o presidente(corrija-me)O Cruzeiro veio de uma excursão vitoriosa da Europa. Homão não permitiu folga. Depois entrou o Furletti. E aí sim, veio o Benito Masci, que de fato montou, ou melhor reestruturou o clube para os anos vindouros. Tem um episódio interessante nesse meio : o advento da Supercopa em 1988. De cara fomos vice, e assim surgia um caminho para reprojetarmos o Cruzeiro a nível internacional.
 estrelado campeão  | Ubá  | 27-06-16 00h21min
Corrija-me nessa questão de 84, pós excursão à Europa. Ainda era o Felicio Brandi, não? Com ele também ganhamos a Taça Minas Gerais, com empate contra o Democrata Valadares , lá. Depois perdemos a final, onde tomamos um gol aos 45 do primeiro tempo e outro a 1 minuto do segundo tempo. Era o Felício ainda, ou não?
 estrelado campeão  | Ubá  | 27-06-16 00h24min
Parabéns pela coluna. Por fazer justiça á família Masci(Benito, Salvador e Cesar) que tiveram papel de destaque na nossa caminhada de glórias. E desculpas pelas chatices de algumas recordações, talvez sem nexo. Não consegui me conter. Abraço.
 pyxis | BHZ | 27-06-16 16h38min
Raposão, passou raspando... mas se o torcedor é corneta tem que admitir... e não torcer para dar errado e falar "eu avisei"... a maioria dos corneteiros, HOJE, tá tergiversando... desconversam... e olha que escrevi esta coluna ANTES do jogo contra os suínos. Além de defender algumas questões ANTES de anunciarem as contratações.
Digo que está INSUPORTÁVEL torcedor indo ao estádio para fazer selfie e falar da escalação no CartolaFC. E ainda dizem que são iguais aos outros cruzeirenses. #SQN
 pyxis | BHZ | 27-06-16 16h39min
Estrelado, se você quiser, o espaço VOZ DA ARQUIBANCADA está aberto para você descrever suas reminiscências... Sinta-se à vontade!!!
 pyxis | BHZ | 27-06-16 16h43min
Embaixador em Sampa e Cinco Estrelas, fico feliz em ver que ao menos alguns torcedores acima de 35 anos não perderam a memória ou sabem valorizar o passado realizado pelo Benito (Acredito que Salvador ajudou Benito e César pegou o clube bem mais estruturado e recuperado).
Sei que é difícil, mas estou lutando para acreditar que exista e que vai suceder o GPT alguém como foi Benito. Mas em tempos onde o retrocesso virou válvula de escape, a coisa tá complicada.
 Walter | Belo Horizonte | 28-06-16 14h36min
Se não fosse o Benito, a gente hoje estaria aí como o America ou quem sabe o Villa Nova... Mas você esqueceu de citar os quebra paus que o Benito Masci tinha principalmente com a imprensa mineira que chegou ao ápice quando ele proibiu a Radio Inconfidência e o Jornal Diario da Tarde de cobrir ou de transmitir qualquer jogo do Cruzeiro por conta de reportagens e notícias tendenciosas e de má fé contra o clube. E não era pra menos né...
 pyxis | BHZ | 28-06-16 22h20min
Walter, não chego a comparar com Villa e pomponzinhos... SEMPRE fomos muito superiores tecnicamente e administrativamente....
Mas eudiria que "SE" não fosse o Benito, aquilo que o 6a1o viveu entre 1984 e 2012 nãoteria acontecido e nós que estaríamos sujeitos à "seca" que eles tiveram... Benito fez o CERTO na HORA CERTA... Salvador(POUCO) e César, aproveitaram MUITO BEM... Olharam para FORA e deixaram as frangas com a mídia delas olhando as montanhas de ferro.
 MARCUS VINICIUS TB | Não definido | 29-06-16 08h51min
Caro Evandro: Parabenizo-lhe pela bela coluna falando sobre o Benito Masci. Realmente ele revolucionou o clube. Só cometeu um erro no meu entendimento - recriou um monstrengo que está entre nós até hoje - o atual vice presidente. Esse vice que estava no ostracismo na gestão Brandi e voltou a dar as cartas até hoje. Bom comentário sobre o atual presidente que é fraco e omisso. Que tenhamos nas próximas eleições um novo "Benito" pra limpar a casa e denunciar o caos criado por essa administração.
 MARCUS VINICIUS TB | Não definido | 29-06-16 08h55min
João: Perfeito comentário. Ou quase. A dupla Felicio Furletti foi desfeita em 1977 logo após o rompimento do Furletti com o Zezé Moreira e a contratação do Yustrich para técnico. Em 1984 o presidente do campeonato mineiro daquele ano era o Furletti que tinha vencido o Brandi nas eleições em 1983. O Benito Masci sucedeu o Furletti vencendo-o nas eleições de 1985. Um abraço.
 pyxis | BHZ | 01-07-16 18h59min
Marcus, obrigado pela considerações e aguardo seu retorno para o DEBATE...
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
19/11 - 12h33 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA vira nos minutos finais e garante-se no Brasil Bowl 

19/11 - 11h46 [1 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [1 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [1 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [1 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [1 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

16/11 - 18h51 [1 coment.]
Zagueiro Manoel passará por tratamento o restante da temporada 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster