Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Agência Minas Esportes



Joao Duarte, uma Voz da Velha Guarda Azul
Joao Duarte, engenheiro escreve periodicamente no Cruzeiro.Org

23/06/2016 | Joao Duarte
Uma vitória para mudar o astral

"Finalmente, a sorte nos sorriu. Chegamos lá 8 vezes com perigo e conseguimos fazer 4 gols, pela 1ª vez no ano."

Mundo Azul,


☻ Uma vitória para mudar a história de 2016 do Cruzeiro – O Cruzeiro vinha de 3 partidas muito fracas contra São Paulo, Flamengo e Grêmio. O time parecia que não ia dar liga. Os maus resultados e a falta de anúncios de contratações levaram a nossa torcida a um nível máximo de estresse e de pessimismo. Para complicar, parte da imprensa marrom de Minas Gerais começou a fazer campanha contra o trabalho de Paulo Bento, cuja saída no atual estágio do campeonato seria péssima para o Cruzeiro, porque iria representar mais uma quebra de trabalho, numa hora ingrata.
Mas, não há mal que sempre dure e nem bem que nunca se acabe. E espero que esta quarta-feira marque a mudança de astral para os lados da Toca da Raposa, vamos ao que interessa, mostrando as principais diferenças observadas :

◘ 1 – A mudança de sistema tático – Saíram fora o 4-2-3-1, 4-4-2 convencional ou ainda o 4-3-3 que foram utilizados por Paulo Bento nas jornadas anteriores. Para este jogo foi adotado um 4-3-2-1 mas, com diferenças fundamentais:
• A seleção dos 3 volantes – Com Romero, Henrique e Bruno Ramires o time ganhou um meio campo com bom poder de marcação, mais liberdade para os laterais, mais rapidez e com isto o time conseguiu maior equilíbrio entre defesa e ataque. Também foi importante a melhoria nos níveis das atuações de todos eles nesta partida. Volantes que marcaram e também saíram para o jogo. Tenho sido crítico do Henrique, mas, ele se houve muito bem nos jogos desde a partida contra o Atlético-MG no Horto.
• O posicionamento dos meias de ligação com Arrascaeta pela direita e Álisson pela esquerda - que buscaram se posicionar às costas do meio-campo da Ponte Preta, para a puxada de contra-ataques. Além disto, também ajudaram na marcação aos laterais da Ponte quando eles passavam no apoio.
• A passagem alternada dos laterais - mantendo uma melhor consistência defensiva, mas, contribuindo ofensivamente, principalmente pelo lado direito onde Mayke e Bruno Ramires marcaram forte o bom lado esquerdo da Ponte que tinha Reinaldo e Clayson.

◘ 2 - A determinação dos jogadores e a dedicação na marcação – Desde o início do jogo o que vimos foi um time ligado, marcando desde a frente, bem postado em campo e “brigando” pela posse de bola em todos os seus quadrantes. Raça descomunal, demonstrando que o grupo está fechado com Paulo Bento, muito diferente do que os “crisentos” da imprensa faziam questão de vender nos órgãos tradicionais de comunicação de Belo Horizonte. Marcação da saída de bola dos beques da Ponte e Riascos também buscava alternar os lados e não virava referência para a dupla de zaga adversária, abrindo espaços na defesa da Ponte.
◘ 3 - A valorização da “prata da casa” – O time que entrou em campo tinha Mayke, Bruno Viana, Bruno Ramires e Álisson formados em casa. A raça dos meninos contagiou todos os demais. E Paulo Bento fez bem em apostar neles, que vão fazer os açodados de plantão aos poucos mudarem a sua opinião sobre a qualidade dos nossos jogadores. Os rotuladores vão ter que encostar as maquininhas que adoram um adjetivo pejorativo principalmente para a garotada da base, mas, protegem até não mais poder jogadores de fora que nada mostraram no clube.

◘ 4 - A eficiência nas conclusões – Se nas partidas anteriores nem de pênalti o Cruzeiro conseguiu acertar o gol, hoje o nível de eficiência foi muito bom. O nosso ataque era o pior da série A e agora teve salto interessante e já se coloca no meio da tabela. Arrascaeta agora se converte no maior goleador do Cruzeiro na temporada e todos sonham que ele varie menos o seu nível de atuações. Até este jogo o Cruzeiro tinha que fazer 20 chegadas para fazer um mísero gol. Felizmente a coisa começa a mudar. E isto seguramente é resultado de trabalho. Hoje fizemos 4 gols em 8 chegadas.
◘ 5 – O posicionamento nas cobranças de bola parada do adversário – Hoje ainda tivemos uma ou duas falhas, mas, melhorou demais em relação às partidas anteriores. Hoje nenhum adversário teve espaço para correr e atacar a bola como aconteceu com Rever no jogo contra o Flamengo. Por sua vez, Fábio teve uma atuação mais segura e não rebateu bolas para a frente da área. A defesa esteve muito mais ligada e afastou a maioria das jogadas por cima e também os cruzamentos laterais.

◘ 6 – Os lances mais relevantes da partida – Uma das formas de se avaliar o comportamento do time ao longo das partidas não é apenas olhar para a estatística, mas, nos momentos mais importantes.
☻ 1’ – Reinaldo bate lateral na área, Fábio sai do gol e abafa Roger, que sempre dificultou a vida do Cruzeiro, Bruno Viana limpa a área.
☺ 7’ – Arrascaeta bate falta em curva, Bruno Viana aparece de surpresa no 2º pau e chuta de primeira para boa defesa de João Carlos colocando a bola a córner.
☺ 8’ – Ponte Preta 0 x 1 Cruzeiro – Na cobrança do córner, Roger erra na hora de afastar a bola da área, Henrique recupera, ajeita com a cabeça e larga a perna, para abrir o placar.
☻ 11’ – Bola na área do Cruzeiro, Roger ajeita para o chute de Felipe Azevedo que Fábio encaixa.
☺ 20’ – Ponte Preta 0 x 2 Cruzeiro – Mayke e Bruno Ramires dão abafa em cima de João Vitor e Reinaldo. A bola fica com Mayke que adianta passa por Kadu e rola para Arrascaeta que penetra com se fosse um centroavante e desloca o goleiro João Marcos com um toque sutil. Golaço. Que alegria ver o garoto Mayke jogando bem na marcação e no apoio.
☻ 31’ – Tabela entre Roger e Reinaldo. O lateral recebe na frente da defesa, desvia de Fábio, mas, erra o alvo, para sorte da defesa do Cruzeiro.
☻ 32’ – Nova chegada da Ponte agora pelo lado direito do ataque. Nino Paraíba recupera a bola na entrada da área e chuta colocado de canhota. Fábio voa e de mão trocada põe a córner.
☺ 38’ – Blitz de Arrascaeta e Riascos em cima de Fábio Ferreira e João Marcos. O Cruzeiro recupera a bola, mas, o goleiro consegue mandar para lateral em última instância.

FIM DO PRIMEIRO TEMPO

*** Eduardo Baptista volta com William Pottker e Ravanelli nos lugares de Cristian e Renê Jr. Sinal de que reconheceu a superioridade do meio-campo do Cruzeiro na partida...
☺ 53’ – Ponte 0 x 3 Cruzeiro - Riascos recebe a bola na entrada da área, vira e chuta. A bola bate no cotovelo de Fábio Ferreira que abriu os braços e o juiz mandou a bola para a marca da cal. Com personalidade, Arrascaeta que havia perdido o pênalti na 4ª feira bate no canto direito baixo de João Marcos que pula no lado errado e não sai nem no santinho.
☻ 64’ – William Pottker levanta na área. Fábio Ferreira sobe e testa por cima do gol.
☺ 69’ – Alisson recebe na ponta esquerda, deriva para o meio, vê o posicionamento do goleiro da Ponte e coloca a bola no canto esquerdo. Quase fez um golaço. A bola saiu por pouco.
☺ 77’ – Ponte Preta 0 x 4 Cruzeiro - William que havia substituído Riascos invade a área e é puxado por Reinaldo. Pênalti. Álisson vai para a batida e chuta forte no canto direito de João Marcos que acerta o canto, mas, não consegue deter a bola que bate na bochecha da rede. Indefensável.
☺ 80’ – Mayke dá um lindo lançamento de 3 dedos para Álisson agora deslocado pelo lado direito. Ele passa na velocidade por Reinaldo e antes da chegada de Kadu, cruza para Bruno Ramires, mas, Fábio Ferreira se recupera e põe milagrosamente a corner.
☻ 81’ – Clayson recebe na ponta esquerda, invade a área, mas, chuta mal, torto, para fora, perdendo chance incrível.

FIM do JOGO : 8 chegadas importantes do Cruzeiro e 6 da Ponte

♦ A fala de Álisson resume o espírito do grupo - A gente mostrou que tem capacidade de brigar lá na frente. O momento é desconfortável, mas demos a prova mais uma vez que podemos chegar. Todo mundo lutou e se dedicou. Quando a gente veste a camisa do Cruzeiro, temos que pensar grande. Depois de um jogo horrível contra o Grêmio, a gente se cobrou muito. Agora, com essa vitória, a gente tira um pouco do peso. Agora é um jogo muito difícil contra o Palmeiras, temos que fazer mais um grande jogo, assim como foi hoje. Não vai faltar empenho e dedicação para buscar a vitória"

◘ 7 – As notas para os jogadores do Cruzeiro : Fábio(7,5), Mayke(7,5), Bruno Rodrigo(7,5), Bruno Viana(7,5) e Bryan(6); Lucas Romero (7,5), Henrique(8,5) e Bruno Ramires(7); Arrascaeta(9); Alisson(8) e Riascos (7) + Fabrício(6), William(6,5) e Rodrigo Nazário(6), DT = Paulo Bento(8).
Comentário : A verdade é que ninguém destoou.
MVP = Arrascaeta.
O time da Ponte teve : João Marcos, Nino Paraíba, Fábio Ferreira, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Renê Jr (Ravanelli), Cristian (William Pottker) e Clayson; Felipe Azevedo e Roger (Welington Paulista). DT : Eduardo Baptista.

◘ 8 - A mudança no astral do torcedor cruzeirense : Uma vitória maiúscula destas provocou um grande alívio em todos os torcedores do time celeste estrelado, mas, não foi a única boa notícia do dia. "Finalmente, a sorte nos sorriu. Chegamos lá 8 vezes com perigo e conseguimos fazer 4 gols, pela 1ª vez no ano."
Outra coisa boa foi o Cruzeiro anunciar a contratação de Ramon Abila, contratado junto ao Huracan (Argentina), por quem fez 17 gols em 25 partidas este ano e foi artilheiro do time na Libertadores, marcando alguns gols de bola feitura.
É um NOVE clássico, que sabe fazer o pivô, protege bem a bola, sabe jogar e tem um poder de conclusão admirável. Vem para suprir a carência de um centroavante.
Para quem não se lembra dele, na Libertadores do ano passado aprontou demais na vitória do Globo sobre o Cruzeiro por 3 x 1 quando fez 2 gols na gente.
E tudo indica que não vamos parar apenas nesta contratação. Devem vir outras mais.
O que mais me agradou foi o fato de não ter sido veiculada, não ter sido especulada e de ter sido anunciado o acerto com tudo fechado.


◘ 9 – E as demais contratações ? Quem pode chegar ? – Rafael Sóbis está sendo negociado. As últimas notícias dão conta que os valores já foram acertados entre Cruzeiro, o jogador e seus procuradores. No acerto com o Tigres do México, o montante parece que já foi ajustado e só está pegando a forma de pagamento. O Cruzeiro quer parcelar em mais vezes e os mexicanos fazem jogo duro. Para as laterais os nossos ex-jogadores Maicon e Maxwell foram ventilados, mas, parece que o lateral esquerdo já definiu a sua situação e vai permanecer no PSG.
O pai de Maicon quer que ele venha para o Cruzeiro, mas, o São Paulo na Libertadores entrou na disputa. Foram especulados o volante Guilherme da Udinese (ex-Portuguesa e Corinthians), Nilmar (Al Nassr) também está nas cogitações, mas, embora demore a anunciar, pelo menos a nossa diretoria tem trabalhado em silêncio.
O único senão que faço é quanto ao timing do fechamento destas contratações, pois, entendo que poderiam ter sido anunciadas e fechadas antes e com a abertura da janela no dia de ontem já terem sido inscritas na competição. Espero que não haja novela para a inserção dos que forem contratados no BID, para que rapidamente os jogadores possam ser opção de montagem do time por Paulo Bento.

◘ 10 – Contra o Palmeiras para confirmar a reação – O jogo será no Mineirão onde o Cruzeiro ainda não venceu na competição. O adversário é o líder do campeonato, vem jogando muito bem e tem o garoto Gabriel Jesus em fase sensacional. Também é digno de registro o garoto Roger Guedes que veio do Criciúma e ganhou a posição na frente, fazendo jogadas desconcertantes. Dudú continua muito bem, sendo um azougue para as defesas adversárias. No meio campo Tchê Tchê, Cleiton Xavier e o ex-americano Moisés tem mostrado um bom entrosamento e aliado marcação, força e criatividade, aparecendo no suporte ao ataque. Nas laterais Egídio e Jean são dos melhores do campeonato. E sem falar na segurança de Fernando Prass e de Dracena e Victor Hugo. O time deles é muito bom. Tem vasto repertório de jogadas, mas, também tem pontos fracos, que se bem explorados podem dar resultado. Mesmo que sejamos inferiores tecnicamente, se o Cruzeiro mantiver a pegada e a doação apresentadas no jogo de hoje, temos sim chances reais de Vitória.

☻ As homenagens da coluna hoje vão para : Isa@c Mirai (Guarapari – ES), Gil Campos (Vila Velha – ES), Carlos H. C. Campos (comandante em Resende – RJ, que está muito sumido deste espaço e é pessoa que prezo muito), Elias Guimarães (Mariana-MG), MRR (Natal-RN), Moema-FOX (Chicago - USA), Raphael Peluso e João Roberto Lazzarini Ávila (Beagá), Tarcísio Lazzarini (Conceição do Mato Dentro – MG), Aldo e Jorge Luiz Duarte Sapore (Brejaúba – MG) e Leonardo de Souza Mattos (aniversariante da semana - Conceição do Mato Dentro e Lagoa Santa - MG). O treinador deste selecionado é o professor Cláudio C. Coelho (Beagá).

Cruzeiro, Cruzeiro Querido...Tão Combatido, Jamais Vencido

Joao Duarte
joaochiabi@globo.com

Leia também as colunas anteriores Joao Duarte, uma Voz da Velha Guarda Azul

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 marco | Curitiba | 23-06-16 13h19min
Caro JD, realmente foi uma grata surpresa o jogo de ontem. Acho que ninguém esperava tal resultado depois das péssima 2 atuações contra Flamengo e Grêmio. Espero que mantenhamos a evolução e o padrão de jogo e não ocorra como depois da vitória contra as frangas. Ábila foi anunciado como reforço. Confesso que conheço pouco do jogador para opinar, mas torço para que seja um bom reforço.
 mrr | Natal | 23-06-16 14h30min
Obrigado pela homenagem JD! Realmente a partida de ontem foi para dar um alívio, um "respiro". Percebi também a mudança tática, e a trican de volantes que foi fundamental para bloquear a Macaca. Os chutões nas dividas no estilo "bola pro mato pq é final de campeonato" indicou a disposição da equipe para esta partida. Ms ficaram algumas perguntas...(cont)
 mrr | Natal | 23-06-16 14h32min
(1) Pq essa diferença de desempenho dentro e fora? Torcida jogando contra, ou adversário jogando fechado? / (2) Se os jogadores se esforçaram tanto nesta partida, resta ainda alguma dúvida ainda sobre o domínio do Bento sobre o grupo? Ou foi resultado de um puxão de orelha da diretoria?
 carlos_Almeida | Vitória | 23-06-16 15h20min
JD, coluna nota 10, análises de primeira qualidade. Se confirmado a contratação de Rafael Sóbis, ele seria improvisado como um meia central? Como seria a formação tática do time?
 carlos_Almeida | Vitória | 23-06-16 15h33min
JD, se você não se importar com uma crítica, é que você só escreveu coluna pós vitória, quando o time jogou bem e cometeu poucos erros. Nas derrotas você não se manifestou, é que talvez a gente poderia entender o que levou Paulo Bento a repetir alguns erros já testados sem sucesso por outros treinadores, um deles é escalar o Rafael Silva de meia esquerda no jogo contra o Grêmio,entre outros. Analisar os erros é uma forma de poder corrigi-los.
 estrelado campeão | Ubá  | 23-06-16 17h43min
Boa tarde João Duarte. Obrigado pela homenagem na coluna da semana retrasada(anterior à vitória ao galináceo). Não comentei, mas li a coluna. Uma vitória para dar tranquilidade, embora, nunca estive com coração apavorado. Mesmo não sendo um dos melhores, nosso plantel tá longe de ser time qualificado para rebaixamento. A torcida tá sem paciência. Alegam que o fato de sermos bi em 14 e 15, não dá o direito de estarmos mal dois anos seguidos. Gente, eu vi o Gambá 23 anos na fila, Bota, quase 20...
 estrelado campeão | Ubá  | 23-06-16 17h47min
Basta recorremos à história para vermos que são raros os casos de bi campeonatos no Brasileirão. Não acho que é hora de tocar fogo em tudo, jogar a casa no chão e começar do zero. Já temos uma boa base, que com três ou quatro jogadores( dois para serem titulares absolutos) e o resto para compor, temos condições de brigarmos em 2017. Em 2017. Vejam a cobrança injusta em cima do Arrascaeta. É gente que não entende de futebol e pensa que o jogador tem que matar um leão por dia.
 estrelado campeão | Ubá  | 23-06-16 17h54min
Acima de tudo, nosso time precisa de bom preparo físico, pois são jogadores de compleição franzina, que necessitam de grande capacidade de mobilização, precisam estar no ápice da forma(Elber, Arrascaeta, Mayke, Rafael Silva, etc).Como dizia um cronista paulista, corre muito que tem extraordinária capacidade orgânica, que só é conseguida com trabalho, a médio e longo prazo. Vide Neymar, Messi no Barça, raramente contundem, apesar de serem franzinos. Estamos no caminho.
 estrelado campeão | Ubá  | 23-06-16 18h01min
Sobre contratações, alguns sites dão conta da possibilidade de trazermos o Quaresma( português) que está no futebol turco. Alguma chance?? Faz sentido.?? Everton Ribeiro e Goulart, para 2017, possível ? E aí vem o aperto no comentarista/colunista : o que você faria com Everton Ribeiro, Ricardo Goulart, Rafael Sobis, Elber, Alisson e Arrascaeta, em um time só, sem perder em combatividade no meio campo? Teorema da bola, só para descontrair e comemorar a ótima goleada. Um abraço.
 João Duarte | Vit�ria | 23-06-16 19h05min
Em resposta ao POLE = Marco de Curitiba,
Ábila é um NOVE puro. Um jogador que trabalha na faixa central do gramado. Que gosta de fazer o pivô, que protege bem a bola e que tem boa capacidade de conclusões a gol. É aquele mesmo centroavante gordinho, que jogando pelo Huracan, acabou com o Cruzeiro na LA2015, quando marcou 2 gols na gente.
Eu considero que foi correta a contratação, mas, será preciso a bola rolar para ver se foi REFORÇO ou não, mas, vem suprir lacuna no elenco.
 PHDF | Brasília | 23-06-16 20h36min
Finalmente boas notícias: vitória e a contratação de 2 atacantes. Faltam agora as laterais e, sobrando uma grana, um volante marcador e bom na bola aérea.
 PHDF | Brasília | 23-06-16 20h39min
A última vez que o time deu certo em uma sequência foi com o Mano e jogando com 3 volantes. Será esta a formação ideal já que os laterais são melhores ofensivamente?
 mrr | Natal | 23-06-16 22h14min
Três volantes protege qualquer zaga do mundo rs... O que ocorre é a dificuldade de mesclar volantes pitbull e de chegada.
 lionmason | Rio de janeiro | 25-06-16 22h49min
PARTIDAÇO do VIANA. Mais tranquilo, saindo MUITO BEM pro jogo. Como correu o ALISSON. E tem gente pedindo pro BENTO IR EMBORA!!!!! O CRUZEIRO pode até ir mal no brasileiro, MAS QUE O TIME ESTÁ ORGANIZADO, isso está!!!!! O VOLUME DO TIME DE HOJE , fez lembrar o time de 2013
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
19/11 - 11h46 [0 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [0 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [0 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [0 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [0 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [0 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

16/11 - 18h51 [0 coment.]
Zagueiro Manoel passará por tratamento o restante da temporada 

16/11 - 17h30 [0 coment.]
Zagueiro Léo lançará livro ´A Quinta Estrela` sobre a CopaBr´17 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster