Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Blog Páginas Heróicas Digitais



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

05/05/2014 | Evandro Oliveira
Torcedor Cibernético - Mió qui tá tenu (Parte III)

Finalizando as avaliações e/ou projeções e perspectivas daquilo que vi e analisei sobre o elenco cada um dos jogadores ...

Finalizando as avaliações e/ou projeções e perspectivas daquilo que vi e analisei sobre o elenco e as possibilidades do que cada um dos jogadores pode oferecer. Passamos à Parte III, somente com os chamados meias, meias-atacantes e atacantes.

Lembrando da classificação, em termos de “estrelas”, atribuídas a jogador, onde:
5 Estrelas – Titular absoluto e com reposição difícil
4 Estrelas – Titular que pode ser substituído no próprio elenco
3 Estrelas – Titular ou Reserva Imediato que agrega valor ao time
2 Estrelas – Serve para compor o elenco ou banco de reservas em eventualidades
1 Estrela – É esforçado, tecnicamente não agrada parte da torcida e não transmite confiança.

Talvez a pior parte. Se na Parte I, procurei não entrar em polêmica sobre posição e função, posto que zagueiro é zagueiro e todo mundo aceita a definição de lateral (ala é “acúmulo” de função) e na Parte II, mencionei an passant a questão de primeiro e segundo volantes, sem entrar nas potencialidades e qualificações que cada um deve ter, esta Parte III é mais complicada. Torcedor costuma ainda a identificar posição e função, pelo número da camisa. O “9” é aquele cara que tem que ficar dentro da área, empurrando as bolas pra dentro do gol. O “10” tem que ser o “armador das jogadas”, o “cérebro do time”, o “cara que ganha mais”. Tem gente que ainda vive na época dos “pontas”, muito embora, alguns técnicos estejam resgatando atacantes que jogam com velocidade e pelos lados do campo, como antigos pontas.

Como não estou avaliando muito as funções (só um pouquinho) e a capacidade dos jogadores desempenharem as funções de cada posição, este último capítulo, pode até ser mais polêmico, a maioria dos torcedores tem suas preferências, o que é lamentável. Mas vamos à análise do elenco.

22. Alisson (Armador) – 3 Estrelas
Meia que teve retorno solicitado do empréstimo porque o técnico acredita na sua capacidade. Mostrou qualidades para ser titular do time “B” ou mesclado, quando fosse necessários poupar os principais titulares, mas não vingou. Seu trabalho é dobrado pois tem contra si a maioria da torcida, que prefere contratações “famosas” e não admite uma sequencia maior do que seis partidas para dar rodagem e avaliar jogadores da base. Tem se apresentado melhor do que seus concorrentes, até titulares “absolutos”.
23. Éverton Ribeiro (Armador) – 5 Estrelas
É a estrela da companhia. Armador de grande qualidade técnica mas que ainda tem seus detratores dentro da própria torcida. Tem algumas deficiências como se ligar no jogo e conseguir se livrar de seus marcadores quando estes pegam “pesado”. Quando está ausente do time, percebe-se a diminuição da rapidez e efetividade da armação e finalizações. Em campo, e com os adversários não fazendo pressão excessiva, decide partidas e trilha caminho de títulos. É, junto com o goleiro |Fábio, o jogador de mais difícil reposição do elenco.
24. Élber (Armador) – 3 Estrelas
Meia que atua mais como meia atacante e que estava entrando bem e se adaptando ao time titular e principal. Sofreu uma contusão no jogo pelas quartas-de-final da Libertadores que cheguei a ouvir de torcedores na arquibancada que “... ele está fazendo cera para fugir do jogo ...”. Assim são muitos torcedores.Ainda bem que está retornando e com a visão se recuperando. É muito franzino e tem contusões constantes, algumas até inexplicáveis. Vai deixando passar o tempo e pode passar promessa à decepção com facilidade. É um dos que a torcida não poupará se a diretoria negociar algum armador e ele começar a atuar.
25. Ricardo Goulart (Armador) – 4 Estrelas
É um dos casos mais curiosos do time titular. Ao mesmo tempo que é visto como essencial, pelo grupo de torcedores que consegue enxergar a queda de rendimento da equipe, quando ele não atua, outro grupo o critica e entende até que ele deveria ser negociado rapidamente pois é enganador. É conhecido como jogador de esquema. Por isso, técnicos sempre o desejam em seu time. Voluntarioso, de ótimo porte físico, com qualidade com a bola nos pés, acumula erros nas finalizações que colocam todo o seu potencial e trabalho tático a perder. Deveria treinar finalizações com a bola em movimento pois suas “aparições” de surpresa, dentro da área, poderiam ser bem mais eficazes se não chegasse tão desequilibrado para as finalizações.
26. Júlio Baptista (Armador) – 3 Estrelas
Para mim foi a maior decepção das contratações para a temporada 2014. Ainda acredito no seu futebol mas, dentro os onze considerados “titulares” é o que tem rendido menos e com baixa eficiência. Jogar fora de posição foi uma solução-tampão que virou válvula de escape. Se fosse atuar na sua real função, seria reserva absoluto e entraria somente para ajudar o time durante as partidas. Está numa situação delicada e as perspectivas de que saia do Cruzeiro antes do final do ano são mínimas. Tem muito recurso para ser um titular com possibilidade de substituição em todas as partidas. Precisa de melhor condicionamento e mobilidade.
27. Borges (Atacante) – 2 Estrelas
A saída do atacante Vinícius Araújo deu tranquilidade a ele e aos demais atacantes de área, sob todos os aspectos. É um atacante que tem qualidade técnica mas pouca mobilidade para receber bolas dos alas e armadores. É jogador para meio tempo de partida. Com todo respeito, nada mais do que isto. Faz com que a posição de grande parte da torcida é de que “tem que contratar um centroavante”. Torcemos para que o jogador não caia mais ainda de qualidade e que, se tiver que sair, o faça com a diretoria fazendo a reposição com qualidade.
28. Marcelo Moreno (Atacante) – 3 Estrelas
Tem técnica inferior aos dois outros atacantes (Borges e Júlio), mas possui dois atributos que supera os dois: Atitude e Vontade. Mesmo que esteja em melhores condições que os citados, não tem condições técnicas e físicas para jogar noventa minutos. Quem o pede desde o início das partidas, ou seja, conhecem pouco acima de nada, sobre futebol. É jogador para integrar nosso elenco e atuar em períodos inferiores 30 minutos.
29. Martinuccio (Atacante) – 2 Estrelas
Atacante que nem deveria ter ficado no Cruzeiro. Seu histórico de contusões não servem para defender a manutenção do jogador. Fazer uma partida boa a cada temporada é o suficiente para que seja dispensado e criar oportunidade para algum jogador da base. Foi contratado machucado, jogou pouco, com alguma qualidade, mas nada que justifique sua permanência durante 2014.
30. Dagoberto (Atacante) - 5 Estrelas
Embora não seja meu atacante preferido, mostrou a muitos que ainda tem “lenha para queimar”. O time, quando atacante e Éverton Ribeiro está bem marcado, precisa, dramaticamente, da qualidade de seu futebol. Completamente destemperado para jogar futebol com marcação individual cerrada. Já deu demonstrações de reação em momentos impróprios e como prejudicar sua equipe com expulsões sem sentido. Faz falta no time.
31. Willian (Atacante) – 2 Estrelas
Seu empréstimo vence no meio da temporada, durante a Copa do Mundo, se o time que detêm os direitos econômicos do jogador não quiser reemprestá-lo, Pode levar de volta. Suas atuações começando a partida tem mostrado que é jogador mais apropriado para entrar no decorrer da partida. O custo-benefício é alto e não é possível manter jogador caro para este tipo de situação e posição.
32. Luan (Atacante) – 2 Estrelas
Sua maior utilidade foi ter sido trocado pelo Marcelo Oliveira (volante) e Charles (volante) com o Palmeiras. Entendo que é voluntarioso, tem algumas (poucas) virtudes e tem sido aproveitado, pela sua disponibilidade e desejo de ser cooperativo, até de lateral esquerdo. Não é a dele. Passou por períodos de contusões e como tem contrato mais extenso,vai ficando.

As “promessas”
Aqui abrimos espaço para alguma das possíveis promessas que, em situação de contingência Ou desespero, podem ser utilizados em uma ou outra competição, se apresentando no banco de reservas, nada além disso em 2014.

33. Georgemy (Goleiro) – Bom porte físico, Ótimas atuações na sua categoria. Apto a ser profissionalizado, o que é muito diferente de ser até reserva do profissional. Somente numa grande eventualidade ou com a saída de algum dos quatro goleiros profissionalizados poderia ser integrado ao elenco.
34. Bruno Viana (Zagueiro) – Experiente na sua categoria e que tem alguma técnica. Dificilmente estará até mesmo treinando na Toca II. Somente numa eventualidade muito grande poderá aparecer entre os profissionais.
35. Antônio Carlos (Lateral) - Voltando de longos períodos de afastamento na temporada passada, tem técnica para figurar entre os profissionais. A concorrência pela titularidade na lateral esquerda, e os resultados da equipe nesta temporada, podem ser sua grande chance. Tem que se cuidar e se preparar caso a oportunidade apareça.
36. Bruno Edgar (Volante) - Estilo de jogo e movimentação parecida com o Ramires. Não tem a qualidade do jogador que está no Chelsea. Não vejo a mínima chance de que ele apareça no elenco profissional com a quantidade de volantes na Toca II. Seria bem interessante que fosse profissionalizado e emprestado a algum time da segunda ou terceira divisão e que tivesse a oportunidade de atuar.
37. Kelvin (Armador) – Jogador novo e com pouca experiência até em sua categoria. Ainda tem que se firmar nos juniores para tentar mostrar que suas qualidades não são “nuvem passageira”.
38. Juninho (Armador) – Tem alta qualidade técnica. Precisa ser titular absoluto nos juniores para ser candidatar à profissionalização no Cruzeiro. Qualquer oportunidade na Toca II vai estar condicionada aos titulares e contratações do profissional.
39. Emerson Carioca (Atacante) – Tem muita qualidade técnica. Mas é daqueles jogadores que precisa de orientação na carreira e ajuda profissional especializada, para se tornar jogador de futebol profissional. Se não melhorar muito, fora de campo, nenhum técnico profissional vai querer trabalhar com ele.
40. Judivan (Atacante) – Possui técnica e características que todos os times profissionais buscam, como velocidade, posicionamento etc. Deve ter oportunidades como titular nos juniores para depois ser promovido e profissionalizado.
41. Rodrigo Dias (Atacante) – É a melhor promessa da base. Sofreu afastamentos em 2013por contusões que atrasaram sua carreira. Tem que aproveitar a temporada deste ano, nos juniores, de maneira a estar preparado para ser chamado a qualquer momento. Se o Cruzeiro não contratar nenhum atacante de área, nesta temporada, pode ter sua grande oportunidade.
42. Pedro Paulo (Atacante) – Atacante que chegou a treinar na Toca II e devido a problemas e dificuldades contratuais, ficou no limbo, chegando até a dar como efetivada a sua saída do Cruzeiro. Não tem todo o potencial que muitos imaginam, mas tem características específicas que podem ser exploradas em função do adversário e do momento do jogo. Se demorar muito a se profissionalizar, cai de maduro.
43. Hugo Sanches (Atacante) – Jogador que começou sua carreira na base como lateral. Já foi alvo de “disputas” políticas entre comissão técnica e “observadores” e acabou como meia-atacante. Seu biotipo não o favorece para quase nenhuma posição. É jogador para muitas posições mas como aquele curinga-eterno. No profissional de hoje, é o jogador que pode ser firmar como ala, volante ou atacante de velocidade. Nada de excepcional.

Este é o nosso elenco, com pequena análise sobre juniores (bônus track !!!). Um time vencedor tem que ter elenco, nem sempre, tem somente craques “5 Estrelas”, alguém tem que carregar e afinar o piano. A diretoria se comprometeu a montar um time competitivo, com ajuda do torcedor. Nós, na condição de torcedores, estamos fazendo a nossa parte. A diretoria comete alguns erros de julgamento e atividades impróprias, mas faz parte. Todo mundo erra (repetir o erro é equivocado). Vamos tocando, torcendo e combatendo “guerreiro de teclado” que nada sabe e que nada enxerga, e fica pedindo a cabeça deste ou daquele jogador, coloca sob suspeita todo o trabalho feito por gente séria e, muitas vezes, assume posições e faz acusações e declarações completamente irresponsáveis.

Estou muito animado, como raras vezes estive na minha história completa na condição de cruzeirense. Confio na qualidade do trabalho realizado e na capacidade do técnico em colocar até jogadores medianos para desempenhar funções essenciais ao conjunto do time. Não respeito torcedor que fica pedindo a saída de jogadores e que nem imaginam quanto a diretoria gastaria para recompor o elenco. Este tempo, da contratação e dispensas realizadas, irresponsavelmente, passou !!! Agora é torcer para contratações pontuais e que incorporem a dinâmica do TRI Campeão Brasileiro.

#ForçaCruzeiro
#FechadocomoCruzeiro


Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 carlos_Almeida | Vitória | 05-05-14 00h44min
Evandro, fiz um comentário na Parte II, não sei se você leu... Na Parte III, a nota do Willian surpreendeu porque ele é o titular, MO elogia muito Dagoberto, mas a verdade é que Dagoberto está sempre na reserva, não sei se é contusão tática ou contusão mesmo.
 estrelado campeão | Ubá  | 05-05-14 09h51min
Boa coluna Evandro. Notas e análise coerentes. Só acrescentaria 5 também para o Ricardo Goulart, pois normalmente quando joga bem o time cresce junto, evidenciando sua importância no elenco. Sobre as promessas, acho o Hugo Sanches com bom fundamento para lateral, com cruzamentos precisos, porém sem capacidade orgânica para 90 minutos; seu porte físico também não ajuda muito. Sobre o goleiro que Raul depositava grandes esperanças acho estranho não figurar no banco, mesmo com contusão de Rafael.
 estrelado campeão | Ubá  | 05-05-14 09h53min
Continuando.. Ou Rafael já voltou, razão pela qual você citou que somente na ausência de um dos 4 profissionalizados justificaria sua agregação ao elenco?
 estrelado campeão | Ubá  | 05-05-14 09h59min
Sobre comportamentos de torcedores, acho fantástico quando acompanho jogos por telão em locais públicos e aquele muito criticado faz um gol ou salva o time. Eles ficam constrangidos na hora de vibrar. Chega a ser cômico.
 GeraldoFaria/Div | Divinópolis | 05-05-14 12h30min
Evandro, me desculpe por mudar de assunto mas vcs já viram qual a data da final da libertadores? 13/08/2014, 17 anos após nossa conquista de 1997 que se deu em 13/08/1997, isso pode não ter nada a ver mas que a gente começa a pensar nas coincidências... Pra cima deles Cruzeirão!!!
 abilio | Belo Horizonte | 05-05-14 15h16min
Evandro, parabéns! Essas foram uma das melhores colunas sobre futebol do Cruzeiro, que li recentemente. Gostaria de ler mais informações a respeito das Categorias de Base. Em minha opinião, os clubes deveriam mostrar mais os jovens, pois essa aproximação ajudaria na transição para o profissional.
 alexaug | Belo Horizonte | 05-05-14 20h39min
Alguns jogadores parecem que só se dão bem entrando com a partida em andamento: Borges, JBatista, Willian e, eventualmente, Moreno. O Moreno está escorado no passado; encontra dificuldades de jogar quando o time que toca a bola (o negócio dele é mesmo a bola alta e só). Acho que o clube só vai mesmo prorrogar a permanência de Willian, por causa do valor alto do investimento no passe. Marlone precisa começar a jogar; dificilmente será titular. Acho que está no nível de Alisson e Helber.
 pyxis | BHZ | 06-05-14 21h31min
Carlos_Almeida, li tudo e respondo tudo,ou quase tudo. Sobre o Willian, a condição dele de vencimento de empréstimo e as ações que o empresário faz no meio jornalístico, colocam o jogador numa posição defensiva e acuado. É titular como o Egídio foi no início do ano, como o Borges foi no ano passado... pra mim é um reserva que pode entrar a qualquer momento.
 pyxis | BHZ | 06-05-14 21h33min
Estrelado, Obrigado... tentei ser coerente com aquilo que vejo e com o CONJUNTO... claro que alguma coisa não vai sair como eu imagino, senão, ganharemos tudo. RSRSRS.
O goleiro que o Raul andou falando (boquirroto o Raul), é o Alan. Melhor ir com calma mesmo. Ele vai ficar no banco ainda neste Brasileiro.
 pyxis | BHZ | 06-05-14 21h35min
... sobre o Rafael, acredito que ele deveria ser emprestado para JOGAR a temporada inteira em algum time, e mostrar que a contusão foi superada e ele está recuperado ATUANDO. Um empréstimo com o Cruzeiro pagando os salários dele, mas que ele jogue até o final do ano... é o que eu penso. Ficar com ele no elenco só treinando e se aparecer no banco causar tremores na torcida e nos jogadores, NÃO VALE A PENA.
 pyxis | BHZ | 06-05-14 21h36min
... sobre estes simpatizantes que se acham torcedores, verdadeiros cornetas de teclado, ficam constrangidos só um pouquinho... e se o jogador que eles criticam erra, ficam cheios de si... este tipo de torcedor é um NOJO !!!
 pyxis | BHZ | 06-05-14 21h39min
Abílio, temos tentando falar sobre a base.Pra falar a verdade, já convidei quase uma dúzia de cruzeirenses para falar sobre isto no Cruzeiro.Org. Alguns não querem para não assumir nenhum compromisso, outros não querem escrever NO Cruzeiro.Org e preferem outros espaços, mas aí eu me dou por satisfeito pois a coisa tá "feia"... muita gente para cornetar em 140 caracteres, mas para escrever mais de 3 parágrafos, não conseguem...
 pyxis | BHZ | 06-05-14 21h42min
Concordo em partes e discordo de algumas coisas. Um dos equívocos mais comuns, dos torcedores de hoje em dia ("guerreiros de teclados") é avaliar individualidades e transferir gostos pessoais para este ou aquele jogador/comissão técnica. Pra mim, o peso das individualidades é 40% e o peso das capacidades e perspectivas coletivas é 60%. Por isso tá cheio de time com "estrelinha" e dando vexame. As coisas estão ótimas no Cruzeiro em termos de COOPERAÇÃO e COLETIVIDADE. Pouco buxixo...
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 10-05-14 11h52min
Evandro, estive em Buenos Aires e vi o jogo. Acho que Mayke já está merecendo a titularidade, mas o momento não pode ser contra o San Lorenzo, pois pode ser queimado. Dois jogadores me chamaram a atenção. Dedé e Júlio Batista. Dedé está entrando de forma estabanada nas jogadas. Quer antecipar e acaba fazendo faltas desnecessárias. Agora, Júlio Batista não está acertando nada. Neste jogo foi o grande responsável pelo ataque não ter chutado a gol. Foi uma nulidade. MO tem que rever isto.
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 10-05-14 12h00min
Espero que MO ache outra solução para este jogo de volta no Mineirão. Começe com Borges ou MM e recue Júlio Batista para a meia. Ou deixe JB no banco, pois não dá para começar o jogo com ele. Eu acho que Marcelo Moreno ficará no banco neste jogo. Aliás, deverá ter todos atacantes disponíveis no banco, pois será jogo de vida ou morte. Eu começaria com Borges de titular, JB e MM no banco. O time tem que ser acertado e jogar como jogou ano passado no Mineirão como contra o Grêmio. Vamos acreditar.
 pyxis | BHZ | 11-05-14 23h00min
O tempo passa, o tempo voa... e no futebol não existem verdades que durem mais de 24h.
Não retiro nada do que escrevi pois era, e ainda é, a minha opinião... acrescentaria muitas coisas...
1. Esqueci de citar, uma jovem promessa para o ano que vem. Leo Bonattini, volta e terá oportunidade para ficar no Cruzeiro.
2. Judivan tem mais do que chances nos juniores. Treina há quase um mês na Toca II e pode ser lançado pelo Marcelo Oliveira ainda este ano.
cont...
 pyxis | BHZ | 11-05-14 23h03min
... os juniores disputarão torneio na Holanda em breve e, meu receio, é que alguns dos que citei, sejam "fisgados" pelos olheiros europeus que frequentam estes torneio.
Além de Bonnatini e Judivan, Pedro Paulo é o outro atacante mais cotado para se profissionalizar. Emerson Carioca está atuando mais como meia-atacante e a fila de candidatos é muito maior que as oportunidades... Espero que não apareça nenhum caso como do goleiro Gabriel e do meia Daniel.
 Gabriel M Santos | Ribeirão Preto | 20-05-14 10h22min
Só hoje estou lendo a parte III das avaliações. Como nas duas anteriores, concordo com praticamente todas as avaliações. Sobre o Goulart o Everton Ribeiro, de fato imprescindíveis pro time, acho que realmente foram mal em alguns jogos, mas não cabe pedir a cabeça deles no time por isso. Acredito que as razões existentes pra que um jogador faça uma boa ou má partida são de diversas fontes e naturezas, e pra se avaliar elenco o melhor é observar o trabalho desenvolvido a longo prazo.
 Gabriel M Santos | Ribeirão Preto | 20-05-14 10h27min
Em relação ao Borges, e obviamente considerando a última partida contra o Coritiba, eu poderia atribuir uma nota 3. Mas o histórico de contusões e a idade prejudicam demais a situação dele. Sobre o Julio Batista, acredito que saiba de fato jogar futebol ou não teria passado em clubes do calibre de um Real Madrid, por exemplo. Ano passado ele ajudou a decidir jogos chave no Camp. Brasileiro, como contra o Botafogo, no Mineirão. Mas a conta apresentada até agora é devedora, infelizmente.
 Gabriel M Santos | Ribeirão Preto | 20-05-14 10h30min
E em relação à base, nos últimos dias tenho visto com alguma frequencia o nome do Judivan, mas ainda não o vi jogar. Um bom jogador a meu ver é o Rodrigo Dias.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
20/11 - 07h30 [0 coment.]
Zagueiro Léo lançará livro ´A Quinta Estrela` sobre a CopaBr´17 

19/11 - 12h33 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA vira nos minutos finais e garante-se no Brasil Bowl 

19/11 - 11h46 [1 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [1 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [1 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [1 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [1 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster