Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
De Jure - Coworking



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

05/10/2013 | Voz da Arquibancada
A Segunda Grande Chance

Por Rodrigo Marques (Clique AQUI para comentar)

Imaginando que o campeonato brasileiro será decidido no dia 10 de novembro com o Cruzeiro garantindo matematicamente o título de campeão contra o Grêmio, no Mineirão, faço algumas considerações para 2014 e 2015.

O trabalho iniciado esse ano rendeu frutos bem mais cedo do que o esperado. A previsão era que títulos importantes seriam conquistados a partir de 2014. Mérito dos jogadores, do treinador e da diretoria do Cruzeiro. Porém, montar e manter um time como esse é oportunidade única na história de um clube.

Quando o Cruzeiro conquistou a tríplice coroa de 2003 foi oportunidade ímpar de manter uma hegemonia no futebol brasileiro pelo menos por 2 anos. No início, a diretoria do Cruzeiro deu até mostras desse objetivo com a contratação de Guilherme e Rivaldo, era a primeira grande chance do Cruzeiro assumir algumas temporadas de hegemonia, depois de décadas de domínio do Eixo do Mal, mas "a maionese desandou" rapidamente

Em 2006, 2007 e 2008 o São Paulo conseguiu essa hegemonia. Em 2008 a concorrência deu mole e acabou conquistando o tricampeonato. O time paulista até pensou que seria eternamente imbatível por ter dinheiro, mídia e infraestrutura, mas o futebol mostra que se não fizer o trabalho bem feito dança como agora estão dançando (rebolando para não cair).

Penso que o Cruzeiro pode obter essa hegemonia de 2013 a 2015. Em 2013, esse elenco forte teve a vantagem de disputar o campeonato mineiro totalmente concentrado e com a desclassificação precoce na Copa do Brasil levou também a uma concentração no campeonato brasileiro. Com certeza, 2014 será um ano bem mais difícil para esse grupo de jogadores do que 2013. Como sonhar não custa nada e quero que o Cruzeiro conquiste tudo em 2014, solto aqui algumas idéias para o ano que vem:

Dividir esse elenco em A+ e A, sendo que 6 a 10 jogadores, dependendo das circunstâncias, jogam num e noutro time. Sem regra rígida, mas apenas para uma melhor organização do time. Eis os campeonatos para cada um:

Elenco A+: Libertadores, campeonato mineiro (fase final), campeonato brasileiro (2ª parte) e Mundial
Elenco A: campeonato mineiro (primeira fase), campeonato brasileiro (1ª parte), Copa do Brasil

Libertadores (1º semestre)
Campeonato mineiro (1º semestre)
Campeonato brasileiro – 1ª parte (1º semestre)
Campeonato brasileiro – 2ª parte (2º semestre)
Copa do Brasil (ano inteiro)
Mundial (2º semestre)

Podem ocorrer erros acima porque não tenho em mãos o calendário da Conmebol e da CBF, aliás, quase ninguém tem, neste confuso futebol brasileiro onde sobrevivem os parasitas e a desordem

Penso que algum planejamento, que preveja as próximas duas temporadas, pode evitar acomodações do grupo de jogadores quando se conquista um grande título.

Parece que um título no Brasil dá ao jogador campeão o direito de ser medíocre o resto do ano (vide Corinthians o ano inteiro e Cocota no 2º semestre). Essa virtual separação do elenco dará objetivos a serem conquistados por cada grupo e evita um número excessivo de jogos para os jogadores.

Com certeza a diretoria do Cruzeiro terá que reforçar esse elenco para o ano que vem porque esse time tem uns 18 jogadores com condições de serem titulares absolutos e para 2014 precisaríamos de no mínimo de 22 jogadores. E para isso deverá contar com o apoio da torcida celeste. Embora tenhamos 37 mil sócios, somente 13 mil têm direito ao ingresso ao Mineirão. Seria bom que esses 13 mil pulem para 50 mil, ou seja, Mineirão de casa cheia em qualquer partida.

* Rodrigo Marques é servidor público, mora atualmente em Brasília e é comentarista assíduo nas páginas Cruzeiro.Org e Blog PHD.

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 alexaug | Belo Horizonte | 05-10-13 19h16min
Prezado Rodrigo, estou certo de a diretoria já está planejando para 2014 para manter os principais jogadores e reforçar o grupo. Alguns que não tiveram ou perderam espaço e outros chegarão. O CEC2013 é competitivo, com intensa dinâmica de armação e marcação, com variações na preparação e conclusão. É cedo para tratar isto com atletas, por causa da concentração no BR2013, mas o credenciamento ou não passará por esse perfil. Também é certo: Haverá propostas para levar jogadores do CEC.
 estrelado campeao | Ubá  | 05-10-13 20h04min
Prezado Rodrigo. Tivemos transmissão de pensamento. Pensava exatamente na comparação entre 2003 e 2013. Em 2004 o Cruzeiro dava toda pinta de que seria soberano outra vez. Pra se ter uma idéia, ganhamos do Santos lá na Vila Belmiro. E o Santos acabou sendo campeão. Não ficou claro, o que aconteceu, como o time foi desmanchado daquela maneira. E agora nós temos outra chance, conforme abordado em sua coluna. Penso que em 2014, temos que traçar metas audaciosas, forma time forte para os desafios.
 estrelado campeao | Ubá  | 05-10-13 20h08min
Vale ainda ressaltar uma coisa interessante : em 2014 teremos Cruzeiro e Atlético na Libertadores. Com o título deles, temos que montar time forte para brigar, pois certamente eles tentaram o Bi. Uma vantagem nossa é o pensamento do Gilvan em relação ao Perrela. O Gilvan prioriza mais títulos que dinheiro em caixa, com o devido equilíbrio é claro. Creio que é nossa grande chance. O futebol paulista está em crise, e talvez não tenhamos nenhume deles na Libertas. Gostei da sua coluna.
 pyxis | BHZ | 06-10-13 13h30min
Romarol, parabéns pelo texto... serve para muita gente começar a pensar que torcer para o Cruzeiro não é somente cornetar em redes sociais ou ficar vaiando qualquer coisa na arquibancada.
 XANDAO CAPINEIRO |  CAMPINAS-PELOTAS | 15-10-13 19h31min
Se tem acesso a alguém da Diretoria diga-lhe que se não houver uma intervenção forte, mostrando o outro lado aos jogadores e comissão técnica nós vamos perder de forma vergonhosa este título. Reforço, não temos um líder de fato.
 XANDAO CAPINEIRO |  CAMPINAS-PELOTAS | 15-10-13 19h31min
Se tem acesso a alguém da Diretoria diga-lhe que se não houver uma intervenção forte, mostrando o outro lado aos jogadores e comissão técnica nós vamos perder de forma vergonhosa este título. Reforço, não temos um líder de fato.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
23/11 - 21h14 [1 coment.]
Cruzeiro vence rival e é campeão da Supercopa Sub 20 do Brasil 

23/11 - 10h51 [1 coment.]
Blog denuncia Itair e Ângelo Pimentel por receber dinheiro de jogador 

22/11 - 20h26 [1 coment.]
Vicintin: As cobranças de conselheiros, contratações e dívida 

22/11 - 20h00 [1 coment.]
Conselheiros pedem comissão para investigar gestão de Gilvan Tavares 

21/11 - 20h54 [1 coment.]
Léo protagoniza lançamento do livro ´A Quinta Estrela` sobre CopaBr 

21/11 - 20h38 [1 coment.]
Ex-diretor diz que Gilvan sabia das negociações com Latorre 

20/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

20/11 - 18h31 [2 coment.]
Cruzeiro esbarra na trave e empata com o Vitória (BA), no Barradão,  

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster