Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
De Jure - Coworking



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

10/09/2005 | Evandro Oliveira
Paz, Justiça e Eleições.

Lançar palavras sem pensar, e muitas delas de forma ofensiva, podem marcar o futuro e relações sensatas se tornarem irrecuperáveis...

Existem alguns temas que, a princípio, parecem ser incompatíveis ou que não tem nenhum relacionamento. Ao tomarmos estes tópicos associados ao futebol e, em especial, ao time do Cruzeiro e o momento vivido pela torcida, é que ficamos ainda mais surpresos ao ver como estão relacionados e até mesmo dependentes.


“Paz e Justiça”


Queremos aqui elogiar e enaltecer a iniciativa de grandes torcidas organizadas que estão também presentes na Internet e, no caso da torcida do Cruzeiro, representados que somos pela Máfia Azul, pelo posicionamento em prol da Paz e Justiça entre as torcidas organizadas e torcedores de times rivais.


A rivalidade faz parte do movimento social do futebol e, vez por outra, extrapola os limites da racionalidade e coloca a violência exposta de maneira inadequada e despropositada. Interessante observar, e não existe destaque neste sentido no manifesto das torcidas, que muitas delas realizam trabalhos e ações em prol da cidadania e do social que muita gente que se apropria do futebol como negócio não realiza.


Podemos tomar, como exemplo, muitos órgãos da mídia que usufruem a audiência relacionada ao futebol que não prestam nenhum serviço social e que não perdem a oportunidade, quando ocorre qualquer evento negativo relacionado a torcidas organizadas, de aumentar o volume de seus microfones e direcionar todo o seu poder de fogo contra esta ou aquela organização de torcedores.


Somente quem acompanha este tipo de movimento social, conhecido como torcida organizada, pode avaliar os benefícios, dificuldades e problemas que todo e qualquer movimento possui e tem que enfrentar para evoluir.


Parabéns às torcidas que se unem neste manifesto básico e relevante, embora reconheçamos que o tom da manifestação e algumas colocações não ajudam de forma que os torcedores não-organizados possam conhecer e participar mais efetivamente da vida do time que cada um escolhe.


A propósito disso, uma coisa que causa estranhamento é o fato de várias torcidas organizadas do Cruzeiro (o Cruzeiro é um dos times com maior número de torcidas organizadas do país o que, comprovadamente, não garante qualidade nos movimentos e ações) se posicionarem de maneira muito estranha. Não quero aqui, em hipótese nenhuma, atribuir esta posição exclusivamente a Máfia azul, mas sim a todas as outras torcidas que anunciam e se comportam nas arquibancadas de uma maneira e de outra, completamente diferente, quando têm oportunidade de se manifestarem fora das arquibancadas. Como participo de torcidas organizadas há muitas décadas, tenho a certeza de que falta maior integração entre estas torcidas e compreensão de que o CRUZEIRO deva ser a motivação maior e não os interesses de cada uma delas. Outros times, com menor número de torcidas, tem maior facilidade na união e uniformidade de ações. Está faltando isso para as torcidas organizadas do Cruzeiro.



Eleições no Cruzeiro


Não poderia ser pior o momento para ocorrerem eleições no Cruzeiro.
A frase pode parecer indefinida ou mesmo pode deixar a impressão que é parcial. Erra feio quem imaginar assim.


Um processo eleitoral exige que o clima esteja tranqüilo para que as pessoas possam raciocinar de maneira igualmente tranqüila. Num ambiente de alta instabilidade, de resultados negativos e absurdos , de demonstrações explícitas de atos vergonhosos, de sucessivos erros relacionados ao futebol, dentre muitos outros fatores, fica praticamente impossível que o torcedor consiga avaliar o que é certo e errado e aquilo que poderia ser o melhor para o Cruzeiro avançar, melhorar, crescer, evoluir, firmar-se como um dos maiores clubes / times do mundo. O momento indica que nada no Cruzeiro está certo, que nada é feito para conseguirmos vencer, que nada funciona. Mas a história diz exatamente o contrário.


Mais uma vez, a experiência vivida em diversos processos sucessórios do Cruzeiro, é fundamental para entender e se posicionar quanto ao que dizem e fazem aqueles que assumem ou pretendem assumir a condução de uma das maiores paixões futebolísticas do país. É bom lembrar que mais do que uma eleição, o Cruzeiro passa por um possível processo sucessório caso a atual direção não permaneça.


Já vimos o Cruzeiro passar por fases muito mais difíceis dentro de campo e sempre que uma eleição se aproximava existiam posicionamentos muito parecidos com os que existem hoje. Isto faz parte da história do Cruzeiro que, na maioria dos casos, não é contada e relatada por nenhum livro ou, pela mídia que se interessa pelo momentâneo e não por explicar estes processos.


Impressiona, negativamente, o desinteresse dos cruzeirenses mais novos sobre como foram conduzidos estes processos eleitorais anteriores, e que sirvam de exemplo ao menos para que erros não se repitam. Igualmente surpresos ficamos com o desinteresse completo das pessoas em entenderem como funcionam as eleições no Cruzeiro, quem pode votar, quem não pode votar (o torcedor não pode absolutamente nada!) num processo que teria tudo para ser democrático mas torna-se, no mínimo, obscuro, indefinido e estranho à maioria que se interessa pelo Cruzeiro e por evoluirmos.


Chega-se ao absurdo de torcedores do Cruzeiro compararem ou usarem exemplo de times menos afeitos a este tipo de democracia para exemplificar ou justificar algumas idéias. Querem, por exemplo, que uma Assembléia Geral como a que será realizada na próxima segunda-feira, sejam desqualificadas e freqüentem as páginas policiais como estão acostumados os torcedores e jornalistas adeptos do nosso rival local.


Atenção, Cruzeirenses Verdadeiros, não caiam na armadilha que querem colocar para o torcedor. Por mais dificuldades que estejamos enfrentando, não podemos deixar o processo eleitoral do Cruzeiro se equiparar às baixarias de outros clubes e muito menos ser contaminado pelos graves erros que a atual direção tem cometido nos últimos meses.


Pedir racionalidade e tranqüilidade neste momento e com esta fase do time é muito difícil, mas separar as manifestações e reclamações necessárias, e que devem ser praticadas pelo torcedor, do processo eleitoral (que cabe aos associados e conselheiros) é fundamental para que os próprios torcedores do Cruzeiro não sejam enganados e caiam em armadilhas das quais podem se arrepender depois. Lançar palavras sem pensar, e muitas delas de forma ofensiva, podem marcar o futuro e relações sensatas se tornarem irrecuperáveis.


É como diz o humorista: “MUITA CALMA NESTA HORA”.




Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

Não há comentários para esta Coluna.

 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
20/11 - 07h30 [0 coment.]
Zagueiro Léo lançará livro ´A Quinta Estrela` sobre a CopaBr´17 

19/11 - 12h33 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA vira nos minutos finais e garante-se no Brasil Bowl 

19/11 - 11h46 [1 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [1 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [1 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [1 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [1 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster