Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home | Noticias | Blog PHD | Charges | Colunistas | Competicoes | Especiais | 

Cruzeirenses pelo Mundo | Torcedor do Futuro | Servicos | Quem Somos 

*** AVISO - PODCASTs, NOTÍCIAS E COLUNAS DE OPINIÃO ESTARÃO, a partir de 26 de JULHO de 2020 no Blog PHD ***

 Acesso mais recente em 24-06-21 22h54min  |  Fonte: Portal UAI |  Qtd Leituras: 447
COLAPSO: ´Nossas análises são técnicas, responde Sérgio Rodrigues


Empossado no último dia 1º como presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues tem utilizado com frequência as redes sociais. Já em 21 de maio, data de sua eleição, ele prometeu explorar o Twitter para ‘comunicar assuntos relevantes’.

No geral, a receptividade tem sido positiva ao novo dirigente. Uma cobrança, no entanto, segue constante: por que manter Benecy Queiroz, supervisor administrativo do futebol, e Renê Salviano, diretor comercial, no quadro de funcionários do clube?


Em entrevista à Rádio Itatiaia, Sérgio Rodrigues tentou explicar as manutenções. Ele justificou que ´análises técnicas` respaldam as decisões.
´Nossa análise geral, sempre aqui dentro, vai ser essa. Como André Argolo ficou, como Sandro Gonzales ficou, como a Deis (Chaves) que foi demitida e voltou. A gente não tem aqui fulano é ligado a A, é ligado a B ou é ligado a C. Nossa questão é: essa pessoa tem capacidade técnica de compor nossa equipe? Ela vai compor`, garantiu o presidente.


Renê Salviano

De acordo com Sérgio, Renê Salviano terá um ´voto de confiança`. Ele também já havia recebido esse ‘apoio’ do Conselho Gestor, que comandou o Cruzeiro entre dezembro de 2019 e maio de 2020. Renê ficou marcado para o torcedor ao aparecer como signatário, ao lado de outros 130 conselheiros, de uma solicitação na Justiça que pedia o retorno de Itair Machado ao cargo de vice de futebol do Cruzeiro, em 2019.

´Nossas análises são técnicas. A gente chegou, nossa equipe de marketing e comercial analisou o trabalho que o Renê vinha desempenhando e falaram que vale a pena dar um voto de confiança para ele continuar demonstrando para nós a capacidade que ele tem de gerar receita para o clube, que é essa a função dele. Então, ele permanece por isso`, disse Sérgio.

Renê Salviano foi um dos principais cabos eleitorais do próprio Sérgio na primeira eleição que o advogado disputou, em 2017. Naquela oportunidade, no entanto, o atual presidente acabou sendo derrotado por Wagner Pires de Sá. Um mês a posse, em fevereiro de 2018, Renê foi convidado por Wagner para assumir a direção de negócios internacionais do Cruzeiro.

Em fevereiro deste ano, durante campanha eleitoral, Sérgio Rodrigues falou sobre a relação com Renê Salviano em entrevista ao portal ‘Deus me Dibre’.

´Não gostei da forma como acabou a nossa relação pessoal. Foi um cara que trabalhou na minha campanha, me procurou aqui no meu escritório, primeiro para participar da chapa do Conselho Deliberativo. Eu já falava com ele, você vai para o mundo do futebol, eu acho que você não deveria mexer com Conselho. Mas ele quis. Foi colocado na nossa lista. Depois, me informou que trabalharia com a turma. Converso, cumprimento, mas deixei claro para ele: a partir do momento que você cola sua imagem com pessoas do nível de Itair Machado, e queira ou não colou - como vimos vídeos circulando o Itair -, eu acho que ele tomou um caminho do qual eu não concordo. E falei isso para ele pessoalmente. Mas eu o encontro no Mineirão, cumprimento, converso, mas nesse aspecto eu não concordo de forma nenhuma com o caminho que ele tomou`, opinou, na ocasião.


Benecy Queiroz

No Cruzeiro há mais de 50 anos, Benecy Queiroz é outro profissional que não reúne prestígio com o torcedor. Apesar da longa história de serviços prestados, o atual supervisor administrativo do futebol se envolveu em casos polêmicos nas últimas temporadas. O maior deles foi revelado em janeiro de 2016. Na oportunidade, o dirigente afirmou que o clube tentou ´comprar um juiz` no passado. Clique aqui para relembrar o caso.

´Eu, que já trabalhei com ele… É o que eu falo, a torcida reclama muito, ele teve aquele episódio lamentável, que nós sabemos, ele foi até punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por isso, mas ele também tem seu papel dentro do clube. Por isso que eu falo que é diferente ver do sofá e de dentro. Quem já viveu com ele sabe como outros clubes, como a Conmebol, como a CBF, gostam muito dele. Ele tem 50 anos de história de Cruzeiro. Enquanto tecnicamente estiver nos ajudando, vai ficar com a gente`, justificou Sérgio.

Assim como Renê, Benecy Queiroz também foi mantido no Cruzeiro pelo Conselho Gestor. Em março, o grupo foi cobrado, assim como o então presidente interino, José Dalai Rocha, pela demissão de Benecy. Em faixas afixadas próximas ao clube, o grupo NPFC, que liderou as manifestações de rua pela renúncia de Wagner Pires de Sá, em 2019, pedia a aposentadoria do dirigente.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

No h comentrios para esta notcia.

 Twitter 

 Notcias   rss
26/07 - 07h00 [1 coment.]
Cruzeiro.Org muda o foco de seu conteúdo e serviços 

10/07 - 11h07 [2 coment.]
COLAPSO: ´Má Gestão x Má Fé` por Sérgio Santos Rodrigues 

10/07 - 07h07 [0 coment.]
CENTENÁRIO: CBF marca jogo contra o Cuiabá (MT) dia 2 de janeiro 

10/07 - 06h49 [1 coment.]
COLAPSO: Aumento das despesas de salários em 50% com Wagner Pires 

09/07 - 19h34 [0 coment.]
CENTENÁRIO: Vinte anos do TRI na Copa do Brasil na Toca 3 

09/07 - 19h17 [0 coment.]
COVID-19: CBF define calendário. Série B encerrará em 30 de janeiro 

08/07 - 12h42 [0 coment.]
COVID-19: Cruzeiro prioriza Toca 3 mas avalia sede no interior 

07/07 - 19h29 [0 coment.]
COVID-19: FMF define retorno do Mineiro 2020 para 26 de julho 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - ANO 21 - Contatos para Webmaster