Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home | Noticias | Blog PHD | Charges | Colunistas | Competicoes | Especiais | 

Cruzeirenses pelo Mundo | Torcedor do Futuro | Servicos | Quem Somos 

*** AVISO - Se sua SENHA não estiver funcionando, peça uma nova que será enviada para seu e-mail - Se seu e-mail atual não estiver cadastrado, CADASTRE ***

 Acesso mais recente em 13-07-20 15h28min  |  Fonte: GloboEsporte.Com |  Qtd Leituras: 193
COLAPSO: Bloco de oposição no Conselho Deliberativo é dissolvido


Durou apenas um mês o grupo ´Cruzeiro Forte`, formado por três concorrentes que perderam a eleição no conselho deliberativo do Cruzeiro, em 21 de maio, e que foi criado para ter maioria no conselho deliberativo e também possibilitar apoio ao presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues. Alguns pontos de debate e movimentos dentro do conselho, dos quais os integrantes não entraram em acordo, motivaram a cisão entre os conselheiros Giovanni Baroni, Paulo Sifuentes e Luiz Carlos Rodrigues

O bloco foi criado para criar oposição ao presidente do conselho deliberativo, Paulo César Pedrosa. O grupo foi formado em 25 de maio, pouco depois das eleições. Mas o estopim para o fim foi a entrada do pedido para anulação das eleições para o conselho deliberativo e que o pleito fosse repetido com a presença das chapas de Pedrosa e Giovanni Baroni - os dois primeiros colocados.

Sifuentes e Rodrigues, que ficaram em terceiro e quatro lugares, não foram signatários do documento enviado à comissão eleitoral, presidida por Gilvan de Pinho Tavares. O desembarque ocorreu nessa quinta, começou com Giovanni Baroni e Luiz Carlos Rodrigues, segundo apurou a reportagem.

Em contato com a reportagem, Paulo Roberto Sifuentes informou que mantém a boa relação com Baroni e Luiz Carlos Rodrigues. Mas, no entendimento dele, não haveria mais possibilidade de manutenção do grupo político, com a saída dos seus então colegas.

- Tivemos algumas reuniões, só que, ontem, o Luiz Carlos manifestou no sentido de se retirar do Cruzeiro Forte. Hoje, o Baroni, só por razões que ele pode dizer, por motivos que ele declarou nessa iniciativa. Com isso, não tenho mais como ficar em um grupo que nasceu com o objetivo. A ordem natural é esse grupo se desfazer naturalmente. Mas esse fato do grupo ser desfeito não quer dizer que houve ruptura ou desavença. Muito longe disso. Nós estamos inteiramente abertos ao diálogo. Isso não impede que possamos nos reunir. Temos objetivos comuns, mas alguns específicos que geraram a dissolução do grupo - defendeu Sifuentes.

Por meio de mensagem, Luiz Carlos Rodrigues também se manifestou sobre a saída do grupo. Segundo ele, leituras diferentes do momento político do clube pesaram na decisão de deixar o ´Cruzeiro Forte`.

- Apresentamos as sugestões à reforma do Estatuto, conforme as proposições, que nos nortearam, durante nossa campanha ´independente`. Também nossa oposição explícita à Mesa Diretora do Conselho, que não nos representa. Não que eram discordâncias, mas amarravam outras leituras do momento político. Entendemos que independentes, podemos ser mais importantes ao Cruzeiro - disse Rodrigues.

Em rápido contato com a reportagem, Baroni disse que manteve os outros integrantes da então chapa de Luiz Carlos Rodrigues no grupo. Segundo ele, Paulo Sifuentes ´continua com o grupo`. As três partes vão seguir de maneira independente.


A formação

O então grupo Cruzeiro Forte , ao todo, teve 235 votos na eleição (Giovanni Baroni com 102, Paulo Sifuentes com 99 e Luiz Carlos Rodrigues com 34). Paulo César Pedrosa ganhou a eleição do conselho deliberativo, acumulando 112 votos e vencendo na última urna, em que estavam os membros que tiveram o mandato suspenso, mas que reverteram a decisão na Justiça.

Pedrosa é visto como um aliado da ala política do Cruzeiro, denominada União, base para a vitória e sustentação da presidência de Wagner Pires de Sá, que renunciou ao posto em dezembro passado. Pedrosa foi procurado pela reportagem para se pronunciar sobre as movimentações no conselho, mas preferiu não se pronunciar no momento.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 28-06-20 13h27min
#Maktub !!!
EU avisei, tava na cara que as redes sociais não sustentam NINGUÉM... muito menos oposição-fake.
E tenho grandes suspeitas que as ´discordâncias deste grupo ´oposicionista` tem TUDO A VER com as mudanças estatutárias que já estão definidas.
 Twitter 

 Notcias   rss
10/07 - 11h07 [0 coment.]
COLAPSO: ´Má Gestão x Má Fé` por Sérgio Santos Rodrigues 

10/07 - 07h07 [0 coment.]
CENTENÁRIO: CBF marca jogo contra o Cuiabá (MT) dia 2 de janeiro 

10/07 - 06h49 [0 coment.]
COLAPSO: Aumento das despesas de salários em 50% com Wagner Pires 

09/07 - 19h34 [0 coment.]
CENTENÁRIO: Vinte anos do TRI na Copa do Brasil na Toca 3 

09/07 - 19h17 [0 coment.]
COVID-19: CBF define calendário. Série B encerrará em 30 de janeiro 

08/07 - 12h42 [0 coment.]
COVID-19: Cruzeiro prioriza Toca 3 mas avalia sede no interior 

07/07 - 19h29 [0 coment.]
COVID-19: FMF define retorno do Mineiro 2020 para 26 de julho 

07/07 - 09h59 [0 coment.]
CENTENÁRIO: Cruzeiro detêm a melhor média de pontos da Libertadores 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - ANO 21 - Contatos para Webmaster