Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home | Noticias | Blog PHD | Charges | Colunistas | Competicoes | Especiais | 

Cruzeirenses pelo Mundo | Torcedor do Futuro | Servicos | Quem Somos 

*** AVISO - Se sua SENHA não estiver funcionando, peça uma nova que será enviada para seu e-mail - Se seu e-mail atual não estiver cadastrado, CADASTRE ***

 Acesso mais recente em 13-07-20 14h11min  |  Fonte: GloboEsporte.Com |  Qtd Leituras: 176
COLAPSO: STJD diminui pena do Cruzeiro por desordem contra CSA


O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, em reunião realizada na tarde desta terça-feira, reformou a decisão aplicada ao Cruzeiro por desordens ocorridas na partida diante do CSA, pelo Campeonato Brasileiro do ano passado, e diminuiu a punição da perda de três mandos de campo com portões fechados para apenas um. Ela deverá ser cumprida em um jogo da Série B.

A decisão ainda implica que a pena deverá ser cumprida após a pandemia do novo coronavírus - ou seja, quando os jogos puderem receber público - e destaca a necessidade de constar com a presença de uma faixa na arquibancada informando sobre a punição do clube celeste. Um dos relatores argumentou que a punição deve ser aplicada após os jogos voltarem a receber público, uma vez que os campeonatos no Brasil certamente voltarão com portões fechados em função da pandemia de Covid-19.

- Essa perda com portões fechados só teria sentido se for aplicada após o isolamento social da pandemia da Covid-19, uma vez que a competição deve retornar sem a presença de torcida - disse Mauro Marcelo de Lima e Silva.

Vale lembrar que o clube, além de perder mandos de campo pelas confusões na partida contra o CSA, também foi punido por incidentes no clássico contra o Atlético-MG (pena atual de um perda de um mando) e no jogo contra o Palmeiras, que decretou o rebaixamento (pena atual de perda de três mandos de campo). Essas decisões ainda podem ser reformadas pelo Pleno. As penas somadas, portanto, significam cinco jogos sem torcida (em competições nacionais).


Relembre o caso

No dia 28 de novembro de 2019, o Cruzeiro recebeu o CSA, no Mineirão, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A e lutava pela fuga do rebaixamento. Na ocasião, o clube foi derrotado pelo visitante por 1 a 0 - na partida, o meia Thiago Neves perdeu um pênalti que empataria a partida.

Aos 32 minutos do segundo tempo, a torcida da Raposa soltou fogos dentro do estádio e jogou sinalizadores no campo. A fumaça tomou conta do gramado, e o árbitro precisou parar a partida por dois minutos.

Por conta da confusão causada pelos torcedores, o clube foi punido com a perda de três mandos de campo com portões fechados (agora reformada para um mando), mais uma multa de R$40 mil.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

Não há comentários para esta notícia.

 Twitter 

 Notícias   rss
10/07 - 11h07 [0 coment.]
COLAPSO: ´Má Gestão x Má Fé` por Sérgio Santos Rodrigues 

10/07 - 07h07 [0 coment.]
CENTENÁRIO: CBF marca jogo contra o Cuiabá (MT) dia 2 de janeiro 

10/07 - 06h49 [0 coment.]
COLAPSO: Aumento das despesas de salários em 50% com Wagner Pires 

09/07 - 19h34 [0 coment.]
CENTENÁRIO: Vinte anos do TRI na Copa do Brasil na Toca 3 

09/07 - 19h17 [0 coment.]
COVID-19: CBF define calendário. Série B encerrará em 30 de janeiro 

08/07 - 12h42 [0 coment.]
COVID-19: Cruzeiro prioriza Toca 3 mas avalia sede no interior 

07/07 - 19h29 [0 coment.]
COVID-19: FMF define retorno do Mineiro 2020 para 26 de julho 

07/07 - 09h59 [0 coment.]
CENTENÁRIO: Cruzeiro detêm a melhor média de pontos da Libertadores 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - ANO 21 - Contatos para Webmaster