Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home | Noticias | Blog PHD | Charges | Colunistas | Competicoes | Especiais | 

Cruzeirenses pelo Mundo | Torcedor do Futuro | Servicos | Quem Somos 

*** AVISO - PODCASTs, NOTÍCIAS E COLUNAS DE OPINIÃO ESTARÃO, a partir de 26 de JULHO de 2020 no Blog PHD ***

 Acesso mais recente em 09-08-20 20h19min  |  Fonte: Portal UAI |  Qtd Leituras: 196
COLAPSO: Justiça do Trabalho homologa acordos de David e Éderson


Fim do imbróglio. Na tarde desta terça-feira, a Justiça do Trabalho homologou os acordos do Cruzeiro com o volante Éderson e com o atacante David. Os dois jogadores, portanto, retiraram as ações contra o clube celeste e estão livres para acertarem definitivamente com outras equipes. Éderson interessa ao Bahia, enquanto David, que já havia ganhado uma liminar, está no Fortaleza.

Além do fim dos processos trabalhistas, o Cruzeiro recebeu R$ 2,7 milhões em dinheiro e não precisará pagar os salários atrasados dos dois jogadores - montante na ordem de R$ 1,5 milhão. Agente dos jogadores, André Cury também aceitou encerrar na CNRD (Câmara Nacional de Resolução de Disputas), da CBF, cobrança de cerca de R$ 1,9 milhão.

Nesta manhã, Éderson esteve na Sede Administrativa do Cruzeiro, no Barro Preto, em Belo Horizonte, para selar o acordo com o Cruzeiro. Ele deixou o prédio, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, com a carteira de trabalho em mãos, mas sem conceder entrevistas.

A dupla processou o Cruzeiro por causa de atrasos em salários, direitos de imagem, 1/3 sobre férias, 13º e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), além de outras verbas trabalhistas. Ambos solicitaram rescisão indireta do vínculo. O valor cobrado por Éderson era de R$ 2.638.836,57, correspondente à íntegra do contrato, até julho de 2023. O processo de David corria em segredo de Justiça.

David, de 24 anos, foi contratado pelo Cruzeiro ao Vitória em janeiro de 2018, por R$ 10 milhões. Na ocasião, o banco BMG auxiliou na compra de 70% dos direitos econômicos (divididos em partes iguais de 35% entre o clube celeste e o Coimbra). Foram raros os bons momentos do atacante, que marcou apenas quatro gols em 72 jogos.

Já Éderson, de 20 anos, tinha 60% dos direitos econômicos ligados ao Cruzeiro. Adquirido ao Desportivo Brasil, de São Paulo, por R$ 1,25 milhão (parte do valor ainda não foi pago), o volante foi um dos poucos destaques na participação desastrosa do time celeste no Campeonato Brasileiro - rebaixado à Série B em 17º lugar, com 36 pontos em 38 rodadas. Em 21 jogos na competição, ele marcou dois gols.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 14-02-20 09h39min
acordos entre rábulas NO COMANDO... um péssimo acordo para tampar rombos de péssimos contratos ... e ninguém preso !
 Twitter 

 Notcias   rss
26/07 - 07h00 [1 coment.]
Cruzeiro.Org muda o foco de seu conteúdo e serviços 

10/07 - 11h07 [0 coment.]
COLAPSO: ´Má Gestão x Má Fé` por Sérgio Santos Rodrigues 

10/07 - 07h07 [0 coment.]
CENTENÁRIO: CBF marca jogo contra o Cuiabá (MT) dia 2 de janeiro 

10/07 - 06h49 [0 coment.]
COLAPSO: Aumento das despesas de salários em 50% com Wagner Pires 

09/07 - 19h34 [0 coment.]
CENTENÁRIO: Vinte anos do TRI na Copa do Brasil na Toca 3 

09/07 - 19h17 [0 coment.]
COVID-19: CBF define calendário. Série B encerrará em 30 de janeiro 

08/07 - 12h42 [0 coment.]
COVID-19: Cruzeiro prioriza Toca 3 mas avalia sede no interior 

07/07 - 19h29 [0 coment.]
COVID-19: FMF define retorno do Mineiro 2020 para 26 de julho 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - ANO 21 - Contatos para Webmaster