Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** AVISO - Se sua SENHA não estiver funcionando, peça uma nova que será enviada para seu e-mail - Se seu e-mail atual não estiver cadastrado, CADASTRE ***

 Atualizado em 24-02-20 09h26min  |  Fonte: Portal UAI |  Qtd Leituras: 203
COLAPSO: Wagner Pires negocia Alisson de maneira lesiva ao clube


Em 25 de novembro de 2019, portanto 27 dias antes de renunciar ao cargo, o ex-presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, assinou documento, obtido pelo Superesportes, em que confirmou a venda de mais 30% dos direitos econômicos do meia-atacante Alisson ao Grêmio. Esse percentual estava com valor fixado em R$ 3,5 milhões desde janeiro de 2018, na negociação que levou o jovem atleta, hoje com 26 anos, ao Tricolor.

Naquela oportunidade, o Cruzeiro recebeu Edilson como moeda de troca e já cedeu 30% dos direitos de Alisson. Ou seja, o Grêmio hoje é detentor de 60% do percentual, tendo desembolsado R$ 3,5 milhões. A Raposa alega ter os outros 40%, mas enfrenta batalha judicial para provar sua tese, uma vez que o Ubaense, que descobriu o atleta no interior de Minas Gerais, garante ser dono de 30% dos direitos (leia mais abaixo).

Apesar da grave situação financeira vivida pela Raposa, o Grêmio pediu, e os mineiros aceitaram parcelar o valor da venda de Alisson em seis meses, a partir de janeiro de 2020. Por isso, o Tricolor realizou, no último dia 10, o pagamento da primeira parcela de R$ 583.333,33 em uma conta da Raposa no Banco Renner, patrocinador do clube. A segunda parte do pagamento está prevista para 10 de fevereiro e assim sucessivamente, até 10 de junho.

Vale lembrar que, na mesma negociação, em janeiro de 2018, o Cruzeiro cedeu 30% dos direitos do jovem Thonny Anderson ao Grêmio. Ainda fixou outros 20% do meia-atacante em R$ 500 mil, pagos pelo Tricolor em janeiro de 2019. Em resumo, o clube celeste recebeu R$ 4 milhões mais Edilson em troca de 60% dos direitos econômicos de Alisson e 50% de Thonny Anderson.

Os dois meia-atacantes, sempre tratados como joias na Toca da Raposa I, se desenvolveram desde que deixaram o Cruzeiro. No início do mês passado, Thonny foi negociado pelo Tricolor ao Red Bull Bragantino, que pagou cerca de R$13,5 milhões por 35% dos direitos econômicos. Já Alisson se tornou titular absoluto da equipe de Renato Gaúcho. Pelo Tricolor, são 102 partidas e 17 gols marcados.


Ubaense na Justiça

Apesar de o Cruzeiro ter garantido - inclusive no negócio com o Grêmio - ser detentor dos outros 40% de Alisson, o Ubaense, clube da Zona da Mata Mineira, garante ser dono de 35% dos direitos. Na Justiça, o clube apresentou um documento de 26 de novembro de 2009, assinado pelo então presidente, Zezé Perrella, em que a Raposa reconhece ter apenas 65% em documento abaixo.

Vale lembrar que o Ubaense é antigo parceiro do Cruzeiro. Principal ativo do elenco do clube na atualidade, o zagueiro Cacá também foi formado no clube da Zona da Mata, que detém 30% dos direitos econômicos do jovem.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

 pyxis | BHZ | 08-02-20 09h27min
E segue a caixa de pandora sendo entreaberta... cada minuto uma maldade diferente... sabem nada de teorias maquiavélicas...
 Twitter 

 Notícias   rss
21/02 - 08h31 [1 coment.]
Cruzeiro vendeu em 45 dias camisas que projetou vender em 4 meses  

21/02 - 07h37 [1 coment.]
Sada Cruzeiro vence SESC-RJ e mantêm liderança da Superliga 

20/02 - 22h19 [2 coment.]
Cruzeiro perde a primeira partida na temporada para a Tombense (MG) 

20/02 - 17h51 [1 coment.]
Apresentação de Marcelo Moreno ganha repercussão internacional 

19/02 - 20h07 [1 coment.]
Cruzeiro apresenta mudanças no programa de fidelidade do torcedor 

19/02 - 07h29 [1 coment.]
Salomé é homenageada com prêmio no Troféu Telê Santana 

18/02 - 15h44 [3 coment.]
Marcelo Moreno é recebido por torcedores com festa no Barro Preto 

18/02 - 14h34 [1 coment.]
FMF e Rede Globo alteram horário do jogo contra rival pelo Min´2020 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - ANO 21 - Contatos para Webmaster