Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** AVISO - Se sua SENHA não estiver funcionando, peça uma nova que será enviada para seu e-mail - Se seu e-mail atual não estiver cadastrado, CADASTRE ***

 Atualizado em 26-02-20 03h48min  |  Fonte: Portal UAI |  Qtd Leituras: 213
COLAPSO: Torcedores protestam diante da sede do Barro Preto


Torcedores do Cruzeiro voltaram a protestar neste sábado, em frente ao Parque Esportivo do clube, no Barro Preto, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. O principal alvo da manifestação foi o grupo chamado de 'Família União', composto por aliados do ex-presidente Wagner Pires de Sá. Cerca de 300 pessoas participaram do ato.

O protesto foi convocado via redes sociais pelo grupo de torcedores 'Nascidos Palestra, Forjados Cruzeiro', principal responsável pelas manifestações no fim de 2019. A frente agora cobra a expulsão de membros da 'Família União' do quadro de conselheiros do clube, além de mudança e maior transparência no estatuto celeste.

Os torcedores tentam evitar que pessoas ligadas a Wagner Pires de Sá assumam cargos no clube. Na terça-feira passada, o Superesportes publicou áudio do conselheiro João José Moreira Neto, conhecido como 'João Doido', um dos principais membros da 'Família União', em que ele diz que será candidato à presidência do Cruzeiro nas próximas eleições, marcadas para maio.


SAÍDAS NA CÚPULA CELESTE

A manifestação ocorreu dois dias depois da saída de Pedro Lourenço do Conselho Gestor do Cruzeiro. O empresário, que tinha apoio da torcida, deixou o cargo de vice-presidente de futebol alegando ´não compactuar com incoerências na gestão e no estatuto do clube, que promovem ambiente hostil e desfavorece as mudanças emergenciais necessárias`. Consequentemente, Alexandre Mattos também se desligou das funções no departamento de futebol cruzeirense, por lealdade a Pedrinho, responsável por convidá-lo.

Pedrinho e Mattos foram a terceira baixa em menos de uma semana na nova cúpula do Cruzeiro. No domingo passado, Vittorio Medioli deixou a função de CEO. Como é prefeito de Betim, ele justificou que a lei e o estatuto do clube o impedem de conciliar as funções. O agora ex-dirigente ficou na administração do Cruzeiro por apenas duas semanas, depois da renúncia do então presidente Wagner Pires de Sá.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

Não há comentários para esta notícia.

 Twitter 

 Notícias   rss
25/02 - 11h25 [0 coment.]
Morre Ildeu Cunha Pereira, ex-dirigente do Cruzeiro sob investigação 

21/02 - 08h31 [1 coment.]
Cruzeiro vendeu em 45 dias camisas que projetou vender em 4 meses  

21/02 - 07h37 [1 coment.]
Sada Cruzeiro vence SESC-RJ e mantêm liderança da Superliga 

20/02 - 22h19 [2 coment.]
Cruzeiro perde a primeira partida na temporada para a Tombense (MG) 

20/02 - 17h51 [1 coment.]
Apresentação de Marcelo Moreno ganha repercussão internacional 

19/02 - 20h07 [1 coment.]
Cruzeiro apresenta mudanças no programa de fidelidade do torcedor 

19/02 - 07h29 [1 coment.]
Salomé é homenageada com prêmio no Troféu Telê Santana 

18/02 - 15h44 [3 coment.]
Marcelo Moreno é recebido por torcedores com festa no Barro Preto 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - ANO 21 - Contatos para Webmaster