Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

*** Cruzeiro.Org® - Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - 20 ANOS ***

 Atualizado em 17-11-19 16h46min  |  Fonte: Cruzeiro.Org (*) |  Qtd Leituras: 390
Cruzeiro vence São Paulo e da indícios de que pode recuperar-se


O Cruzeiro ganhou fôlego no Campeonato Brasileiro ao vencer o São Paulo por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Mineirão, pela 26ª rodada. Thiago Neves cumpriu a promessa de ser novamente decisivo para a equipe e marcou, de cabeça, o gol da vitória, aos 12 minutos do segundo tempo.

Apesar de não ter sido brilhante, o time celeste foi eficiente e até criou algumas oportunidades para aumentar o placar. Na parte defensiva, mostrou-se seguro, graças à dupla de zaga formada por Dedé e Fabrício Bruno e a proteção dos volantes Henrique e Éderson. Diante dessa combinação, o técnico Abel Braga enfim celebrou o primeiro triunfo no clube.

Com o resultado em Belo Horizonte, o Cruzeiro encerrou sequência de oito partidas sem vencer no Brasileiro (quatro empates e quatro derrotas) e chegou a 25 pontos, aumentando a chance de se livrar do rebaixamento à Série B.

Embora siga na 18ª posição, a equipe cruzeirense diminuiu a distância para o 16º colocado, Ceará, que enfrentará o Santos nesta quinta, às 19h15, na Vila Belmiro, em Santos-SP.

O próximo desafio será contra o Corinthians, às 19h de sábado, na Arena Corinthians, em São Paulo. No Brasileiro de 2019, o Cruzeiro é o único que não venceu como visitante. Em 13 jogos até o momento, foram seis empates e sete derrotas.


O JOGO

Abel Braga manteve a base do time que empatou com a Chapecoense por 1 a 1, domingo, em Chapecó. A única mudança foi a entrada de Robinho, de volta após cumprir suspensão, no lugar de Marquinhos Gabriel.

Desde o começo, o Cruzeiro apertou a saída de bola do São Paulo, orientado pelo técnico Fernando Diniz a tocar curto em tiros de meta. Num desses lances, a bola sobrou para Thiago Neves, que, pressionado por Luan, não conseguiu chutar.

Assim foi a tônica da etapa inicial: jogada em velocidade pelas beiradas, especialmente com David, mas dificuldade para finalizar. A Raposa só assustou de fato o tricolor em conclusão prensada de Thiago Neves, aos 44min.

Nos acréscimos do primeiro tempo, o São Paulo levou perigo com Alexandre Pato, que driblou Fabrício Bruno e bateu rasteiro, nas mãos de Fábio.

No intervalo, Abel substituiu Robinho por Marquinhos Gabriel. Diniz também mexeu no São Paulo, com Vitor Bueno na vaga de Juanfran, recém-recuperado de dores musculares. Com isso, Daniel Alves virou lateral-direito.

Logo no primeiro minuto da etapa final, o Cruzeiro quase balançou a rede. Thiago Neves recebeu passe nas costas de Daniel Alves e soltou a bomba de pé canhoto. Tiago Volpi fez ótima defesa.

Aos 9min, mais uma grande chance, também com Thiago Neves. Após jogada brilhante de Éderson, que roubou a bola de Antony, livrou-se de dois adversários e rolou para a área, o camisa 10 arrematou forte, mas em cima do zagueiro Arboleda, providencial na hora do corte.

Defensivamente, o Cruzeiro se mostrou seguro, sobretudo pela firmeza de Dedé e pelo poder de recuperação de Fabrício Bruno. No meio-campo, Éderson esbanjava qualidade na condução de bola. A missão era encaixar o último passe no ataque e balançar a rede.

Aos 12min, enfim a torcida vibrou. Depois de toque de Fred, Marquinhos Gabriel ajeitou a bola na linha de fundo, fez a proteção em cima de Reinaldo e conseguiu cruzar de pé esquerdo. Thiago Neves, livre de marcação, pulou de peixinho e, de cabeça, mandou a bola no canto esquerdo: 1 a 0.

Quando a torcida cruzeirense demonstrava empolgação com a evolução, David deu um grande susto no Mineirão ao recuar uma bola longa para a defesa. Alexandre Pato interceptou o passe, porém Dedé, bem posicionado, conseguiu o desarme.

Na reta final da etapa complementar, Abel Braga fez mais duas mudanças. Cansado, Éderson deu lugar a Jadson, enquanto David, por opção tática, foi substituído por Ariel Cabral.

Com marcação reforçada no meio-campo, o Cruzeiro se fechou, segurou o São Paulo e proporcionou alívio aos seus torcedores, agora mais esperançosos em ver o clube do coração permanecer na primeira divisão.


ATUAÇÕES

Por GloboEsporte.Com

Thiago Neves garante vitória, e Éderson vai bem diante do São PauloAtuações do Cruzeiro: Thiago Neves garante vitória, e Éderson vai bem diante do São Paulo

Thiago Neves - O artilheiro da equipe no Brasileiro com seis gols foi decisivo. Vaiado nas últimas partidas no Mineirão e um dos centros de crítica da torcida, Thiago Neves teve uma atuação bastante voluntariosa, correndo em toda parte do gramado e foi premiado com o gol de cabeça, que manteve as esperanças do Cruzeiro de se salvar do rebaixamento. Nota: 7

Éderson - Jovem que atuou mais uma vez com muita personalidade, ao lado de Henrique, que também fez um bom jogo. Foi um dos destaques do time em campo, aparecendo para o jogo, chegando bem ao ataque, como elemento surpresa e bem no passe. Foi firme na marcação e anulou, muitas vezes, as tentativas do São Paulo. Nota: 7,5

Robinho - Não fez uma boa partida novamente. Muito desatento quando teve a bola nos pés para criar alguma jogada de perigo para o Cruzeiro. Errou praticamente tudo que tentou. Foi substituído no intervalo por Marquinhos Gabriel. Nota: 3

As notas para os jogadores do Cruzeiro:

Fábio(7), Edilson(7), Dedé(6,5), Fabrício Bruno(6), Egídio(6,5), Henrique(7), Ederson: 7,5, Jadson(6,5), Robinho(3), Marquinhos Gabriel(5,5), Thiago Neves(7), David(7), Ariel Cabral(sem nota), Fred(6,5).


ESTATÍSTICAS DO CONFRONTO

Jogos: 86

Vitórias: 22
Empates: 22
Derrotas: 42
Saldo: -20

Gols marcados: 83
Gols sofridos: 118
Saldo: -35

Partida Anterior (Jogo 85)
São Paulo 2 x 1 Cruzeiro - 2/jun/2019
Brasileiro
Pacaembu - São Paulo (SP)


CURIOSIDADES

Pelo Brasileiro

Diante do seu maior algoz no Brasileirão, Cruzeiro e São Paulo enfrentaram-se 64 vezes, desde 1967. Foram 13 vitórias, 16 empates e 35 derrotas. O Cruzeiro marcou 59 gols e o São Paulo 95.

Em Minas Gerais

Houve 45 enfretamentos em Minas Gerais, nas cidades de Belo Horizonte, Uberlândia (dois jogos) e Sete Lagoas (um jogo), com 13 vitórias, 11 empates e 22 derrotas. O Cruzeiro marcou 48 gols e sofreu 70.

Em Belo Horizonte

Na capital mineira foram 43 partidas, no Mineirão, Independência (três jogos) e Estádio de Lourdes (um jogo), com 13 vitórias, nove empates e 21 derrotas. O Cruzeiro fez 43 gols e levou 64.

No Mineirão

No Mineirão, foram 39 confrontos. O Cruzeiro venceu 12, empatou nove e perdeu 18, com 39 gols marcados e 54 sofridos. No Mineirão, pelo Brasileiro, as duas equipes se enfrentaram 29 vezes, com raras oito vitórias, seis empates e 15 derrotas, foram 26 gols marcados e 44 sofridos.

Outras competições

O Cruzeiro tem longo histórico de confrontos diante do São Paulo. Pelo Brasileiro a desvantagem numérica é avassaladora. Entretanto, em competições eliminatórias e decisões de títulos, o Cruzeiro tem ampla vantagem sobre um dos seus maiores e mais difíceis rivais nacionais.

Artilheiros

6 gols: Fábio Júnior
5 gols: Dirceu Lopes
4 gols: Tostão
3 gols: Deivid, Geovanni e Luan
2 gols: Cleison, Leandro Damião, Marcelo Ramos, Palhinha, Rafael Donato, Ricardinho e Sassá


FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1X0 SÃO PAULO

Motivo: 26ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 16 de outubro de 2019 (quarta-feira)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA/GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA/GO) e Bruno Raphael Pires (FIFA/GO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Público Pagante: 26.313
Público Presente: 30.969
Renda: R$ 350.646,00


CRUZEIRO - Fábio; Edilson, Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Éderson (Jadson, aos 28min do 2ºT), Robinho (Marquinhos Gabriel, no intervalo) e Thiago Neves; David (Ariel Cabral, aos 31min do 2ºT) e Fred. Técnico: Abel Braga

SÃO PAULO - Tiago Volpi; Juanfran (Vitor Bueno, no intervalo), Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan (Liziero, aos 31min do 2ºT), Tchê Tchê, Hernanes (Igor Gomes, aos 18min do 2ºT) e Daniel Alves; Antony e Alexandre Pato. Técnico: Fernando Diniz

Gol: Thiago Neves, aos 12min do 2ºT (Cruzeiro)

Cartões amarelos: Fred, aos 7min do 1ºT. David, aos 22min do 2ºT (Cruzeiro); Reinaldo, aos 7min do 2ºT (São Paulo)

(*) Com material de Cruzeiro Site Oficial / GloboEsporte.Com / Portal UAI


/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 17-10-19 14h10min
Certamente orei para o jogo acabar...
Certamente acordei assustado achando que o VAR tinha invalidado o gol...
Certamente não gostei da atuação de muita gente e muito menos escolheria TNeves como melhor do jogo (como indicarei na avaliação a seguir...
E certamente acho o torcedor medíocre apenas um simpatizante azul que a partir de UM resultado (que comemorei MUITO!) tudo muda...
Vamos em frente... Go ahead ! Sem zoação... e preocupado SOMENTE com o CRUZEIRO e suas coisas.
 pyxis | BHZ | 17-10-19 14h13min
Melhor em campo: Éderson
Pior em campo: Fred Herói do Jogo: TNeves
Vilão do jogo: Egídio
Minhas Notas: Fábio(6), Edilson(4), Dedé(7), Fabrício(6), Egídio(4,5), Henrique(6), Éderson(7,5), Jadson (sem Nota), Robinho(3,5), MGabriel(6), TNeves(6,5), David(6), ACabral(Sem Nota), Fred(3). Abel Braga(5).
 heliosangueazul | So Paulo | 17-10-19 16h28min
Vitória para lavar a alma, ter uma noite bem dormida, dia seguinte (hoje) muito agradável, largo sorriso a todo momento. Embora seja apenas indício, conforme o título da matéria, já renova muito as esperanças, ainda mais levando em consideração as dificuldades que sempre tivemos contra os bâmbis. Estou muito confiante em uma vitória sábado, se isso acontecer, daremos um passo enorme para sair dessa enrascada.
 _vitor | Vitoria | 17-10-19 20h19min
Vitória merecida, Cruzeiro jogou bem melhor que o São Paulo. Thiago Neves mostrou mais vontade, mas ainda tá devendo! Não entendi a torcida gritando o nome dele depois que comemorou colocando a mão na orelha, enfim.. Pelo menos foi importante. Fred ainda muito mal! Queria ver o Joel, já que o Sassá não convence. E esse Éderson realmente é muito bom jogador! Espero que o Cruzeiro consiga vender ele por um valor alto, pois ainda é novo e tem as características que o futebol europeu pede.
 mrr | Natal | 17-10-19 22h08min
Vejo essa vitória apenas como um respiro e nada mais. Lembro da chegada do Ceni e da sequência inicial. Os braços são fogo de palha. Prefiro aguardar ao menos mais dois resultados para dizer que houve uma mudança real de postura. No mais, as avaliações de MDJ, herói e vilão estão alinhadas com a do Evandro.
 mrr | Natal | 17-10-19 22h08min
Vejo essa vitória apenas como um respiro e nada mais. Lembro da chegada do Ceni e da sequência inicial. Os braços são fogo de palha. Prefiro aguardar ao menos mais dois resultados para dizer que houve uma mudança real de postura. No mais, as avaliações de MDJ, herói e vilão estão alinhadas com a do Evandro.
 heliosangueazul | So Paulo | 18-10-19 08h24min
Quando se fala em mudança de postura, a meu ver, podemos considerar que nos últimos quatro jogos já houve essa mudança, o time até que jogou bem contra o Inter, Flu e Chape, apenas a sorte e o VAR estiveram contra nós, já contra o sp deu tudo certo e ganhamos. Para ajudar mais um pouco, os resultados de ontem foram todos favoráveis a nós.
 Twitter 

 Notcias   rss
11/11 - 08h20 [1 coment.]
Crise: O dia que o clássico mostrou que o futebol morreu em Minas 

10/11 - 23h02 [0 coment.]
Nota Oficial do Cruzeiro - Jogo Cruzeiro 0 x 0 Atlético (MG) 

10/11 - 22h28 [1 coment.]
Cruzeiro tem resultado ruim com uma apresentação terrível 

09/11 - 22h58 [0 coment.]
Sada Cruzeiro vira sobre o Ribeirão Vôlei na estreia da Superliga 

09/11 - 19h11 [0 coment.]
Feminino vence Futgol e termina primeira fase do Mineiro ´100%`  

09/11 - 15h36 [0 coment.]
Cruzeiro e Instituto Mário Penna juntos no ´Novembro Azul` 

08/11 - 07h57 [0 coment.]
Crise: Cruzeiro quita parte dos salários atrasados de setembro 

07/11 - 23h16 [0 coment.]
Sada Cruzeiro é derrotado pelo Taubaté Funvic na Supercopa 2019 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - 20 ANOS - Contatos para Webmaster