Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

*** Cruzeiro.Org® - Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - 20 ANOS ***

 Atualizado em 15-09-19 20h58min  |  Fonte: Cruzeiro.Org (*) |  Qtd Leituras: 211
Cruzeiro é goleado e volta à posição de ameaçado com rebaixamento


Com muitos erros de passe e falhas de posicionamento e marcação, o Cruzeiro perdeu para o Grêmio de goleada, por 4 a 1, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Por causa da atuação ruim, os torcedores que compareceram ao Independência na manhã deste domingo chamaram o time de ´sem vergonha` e xingaram integrantes da diretoria, investigados pela Polícia Civil por suspeitas de corrupção.

O Grêmio teve extrema facilidade para fazer os quatro gols. No primeiro, Diego Tardelli se antecipou à zaga celeste e tocou de letra após assistência de Rafael Galhardo. No segundo, Alisson se aproveitou de erro de passe de Marquinhos Gabriel, tabelou com Everton Cebolinha e bateu rasteiro na saída de Fábio. No terceiro e quarto gols, Cebolinha driblou facilmente os defensores Cacá e Leo antes de balançar a rede.

O tento celeste foi anotado pelo atacante Fred, em cobrança de pênalti no primeiro tempo, quando o Grêmio vencia por 2 a 0. Embora esteja também sem prestígio com os torcedores, o camisa 9 se esforçou bastante no ataque e obrigou Paulo Victor a fazer duas grandes defesas, além de preparar, como pivô, jogadas para seus companheiros.

Derrotado, o Cruzeiro segue em 16º lugar no Brasileiro, com 18 pontos, e pode ser ultrapassado pelo Fluminense, que terá duelo atrasado da 16ª rodada, contra o Palmeiras, às 20h de terça-feira, no Allianz Parque, em São Paulo. O tricolor carioca está em 17º, com 15 pontos, e tem o mesmo número de vitórias dos mineiros (4).

No próximo sábado, às 19h, a Raposa enfrentará o Palmeiras, comandado por seu ex-técnico, Mano Menezes. Os paulistas estão na terceira colocação do Brasileiro, com 33 pontos, e ainda sonham com a possibilidade de brigar pelo título. O duelo acontecerá no Allianz Parque.


O JOGO

Rogério Ceni promoveu mudanças na escalação do Cruzeiro em relação ao time que foi eliminado pelo Internacional na semifinal da Copa do Brasil. As caras novas foram o lateral-direito Edilson, os zagueiros Cacá e Leo, e o atacante Fred. Saíram Jadson, Fabrício Bruno, Dedé (machucado) e Pedro Rocha.

O início parecia promissor. Aos 7 minutos, David recebeu de Dodô, foi à linha de fundo e cruzou. Fred subiu mais que Kannemann e cabeceou forte, exigindo boa defesa de Paulo Victor. Aos 13’, Thiago Neves tentou buscar o ângulo em cobrança de falta, mas mandou a bola por cima.

Em seu primeiro ataque, o Grêmio derrubou a estratégia inicial cruzeirense. Aos 18’, Alisson tocou a bola na ponta direita para Rafael Galhardo, que foi à linha de fundo e deu passe rasteiro. Diego Tardelli se antecipou a Cacá e deu belo toque de letra para fazer 1 a 0. Na comemoração, apontou para o gramado do estádio e avisou: ´Aqui é minha casa!`. Em 2013 e 2014, quando defendeu o Atlético, o atacante marcou 19 gols no Horto.

A partir dali bateu um grande nervosismo no Cruzeiro, que se atrapalhava até mesmo em passes de três metros. Num desses erros, de Marquinhos Gabriel, Alisson recuperou a bola, tabelou com Everton Cebolinha e, dentro da grande área, chutou cruzado de pé esquerdo: 2 a 0. Por respeito ao ex-clube, o jogador celebrou discretamente.

Tão logo a equipe sofreu o segundo gol, o técnico Rogério Ceni colocou Pedro Rocha no lugar de David. O camisa 32 teve boa oportunidade aos 32 minutos, quando recebeu assistência de Fred e finalizou forte, mas no centro da meta. Paulo Victor defendeu em dois tempos.

Os sucessivos equívocos na saída de bola irritaram os torcedores celestes. Thiago Neves e Marquinhos Gabriel eram os mais cobrados. David, que saiu ainda na etapa inicial, também recebeu vaias. Aos 35 minutos, veio a esperança de reação. Michel atingiu a perna de Henrique com um chute e cometeu pênalti. Na cobrança, Fred buscou o lado esquerdo, Paulo Victor ainda encostou a mão na bola, mas não conseguiu defender: 2 a 1.

O Cruzeiro voltou para o segundo tempo com mais posse de bola, porém esbarrando na falta de repertório para superar o Grêmio, bastante compacto na marcação. O time trocava passes na defesa e até a intermediária do campo de ataque. Quando tentava penetrar na área adversária, perdia a redonda.


Num desses erros, aos 18min, o Grêmio encaixou contra-ataque mortal. Após recuperação do zagueiro David Braz, que entrara no lugar do lesionado Geromel, aos 6' da etapa final, Matheus Henrique conduziu a bola até o meio-campo e alongou o passe para Everton. O zagueiro Cacá até conseguiu voltar à sua posição tempo, porém acabou driblado pelo atacante gremista, que soltou a bomba de pé esquerdo e mandou no ângulo: 3 a 1.

Na tentativa de diminuir o prejuízo, Rogério Ceni recorreu ao estreante Ezequiel, que finalizou com perigo aos 27 minutos - Paulo Victor espalmou para escanteio -, e a Sassá, com poucas oportunidades para balançar a rede. Na retaguarda, o time ficou muito exposto. Em mais uma chegada do Grêmio, Everton Cebolinha deu meia-lua no zagueiro Leo e transformou o placar em goleada: 4 a 1.

O vexame só não foi maior porque Fábio fez duas grandes defesas, em conclusões de Pepê, aos 35’, e Jean Pyerre, aos 48’. No ataque, o Cruzeiro quase diminuiu o prejuízo aos 40’, em cabeceio de Fred. Após o apito final, muitas vaias ao time e protestos principalmente contra Itair Machado, vice-presidente de futebol do clube.


ATUAÇÕES

Cruzeiro perde por 4 a 1 para o tricolor gaúcho com quatro mudanças em relação ao time que perdeu para o Internacional pela Copa do Brasil (Cacá, Léo, Edilson e Fred)

Edilson - Voltou, e não voltou bem. Apesar de ter atuado todo o tempo, até trocou passes no ataque, mas ainda está longe daquilo que se espera dele, com cruzamentos e finalizações. Burocrático. Nota: 4,0

Fred - Fez o gol de pênalti, tenta se posicionar para receber a bola, mas ela quase não chega. Depende muito de um esquema em função dele para render mais, ou seja, ter oportunidades claras de finalizar para a rede. Nota: 5,5

Ezequiel - Fez sua estreia pelo Cruzeiro. Entrou aos 20 minutos do segundo tempo, viu a Raposa levar o terceiro gol enquanto aguardava para entrar. Mostrou disposição, tentou uma jogada ou outra, mas entrou mesmo ´numa fria`. Nota: 5,5

As notas para os jogadores do Cruzeiro: Fábio(5), Edilson(4), Cacá(4), Léo(4), Dodô(4), Henrique(5), Robinho(4,5), Sassá(5,5), Marquinhos Gabriel(5,5), Thiago Neves(5), Ezequiel(5,5), David(4), Pedro Rocha(5), Fred(5,5).


ESTATÍSTICAS DO CONFRONTO

Jogos: 77

Vitórias: 33
Empates: 20
Derrotas: 24
Saldo: 9

Gols marcados: 96
Gols sofridos: 79
Saldo: 17

Partida Anterior (Jogo 76)
Grêmio 1 x 1 Cruzeiro - 22/ago/2018
Brasileiro
Arena do Grêmio - Porto Alegre (RS)


CURIOSIDADES

Pelo Brasileiro
Cruzeiro e Grêmio se enfrentaram 56 vezes pelo Brasileirão, desde 1966. Foram 23 vitórias do Cruzeiro, 15 empates e 18 vitórias do Grêmio. O Cruzeiro marcou 71 gols e sofreu 62.

Em Minas Gerais
Foram 37 confrontos disputados em Minas Gerais, quase todos em Belo Horizonte, nos estádios Mineirão (31) e Independência (4), e dois deles em Sete Lagoas, na Arena do Jacaré. O Cruzeiro venceu 25, empatou 5 e perdeu 7, tendo marcado 66 gols e sofrido 33. Em Minas Gerais, pelo Campeonato Brasileiro, foram 26 partidas, com 17 vitórias do Cruzeiro, 5 empates e 4 vitórias do Grêmio. O time mineiro marcou 49 gols e sofreu 24.

Em Belo Horizonte
Na capital mineira, foram 35 jogos, com 24 vitórias da Raposa, 4 empates e 7 derrotas. O Cruzeiro marcou 62 gols e o Grêmio 31. Pelo Campeonato Brasileiro na capital mineira houve 24 jogos. O Cruzeiro venceu 16, empatou 4 e perdeu 4, com 45 gols marcados e 22 sofridos.
Os adversários se enfrentaram 4 vezes no estádio Independência, com 2 vitórias da Raposa e 2 do Grêmio. O Cruzeiro fez 7 gols e sofreu 10. Pelo Campeonato Brasileiro no Independência foram 3 jogos, com uma vitória do Cruzeiro e duas derrotas. O Cruzeiro marcou 5 gols e sofreu 9.

Artilheiros
5 gols – Wellington Paulista
3 gols – Montillo, Tostão e Wagner


FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 X 4 GRÊMIO

Motivo: 18ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Independência
Data: domingo, 8 de setembro de 2019
Horário: 11h

Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Helton Nunes e Éder Alexandre
VAR: Rodrigo D’Alonso Ferreira
Assistentes do VAR: William Machado Steffen e Alex dos Santos

CRUZEIRO - Fábio; Edilson, Cacá, Leo e Dodô; Henrique e Robinho (Sassá, aos 27min do 2ºT); Marquinhos Gabriel, Thiago Neves (Ezequiel, aos 19min do 2ºT) e David (Pedro Rocha, aos 29min do 1ºT); Fred. Técnico: Rogério Ceni

GRÊMIO - Paulo Victor; Rafael Galhardo, Geromel (David Braz, aos 6min do 2ºT), Kannemann e Cortez; Michel (Luan, aos 34min do 2ºT) e Matheus Henrique; Alisson, Jean Pyerre e Everton; Diego Tardelli (Pepê, aos 26min do 2ºT). Técnico: Renato Gaúcho

Gols: Fred, aos 36 do 1ºT (Cruzeiro); Diego Tardelli, aos 18min, Alisson, aos 27min do 1ºT. Everton, aos 18min e aos 31min do 2ºT (Grêmio)

Cartões amarelos: David, aos 14min do 1ºT. Henrique, aos 11min do 2ºT (Cruzeiro); Alisson, aos 7min do 2ºT (Grêmio)

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 09-09-19 17h54min
Muita tristeza nesta hora.
A falta de caráter e profissionalismo de alguns jogadores assusta. Assustou o Rogério Ceni que, pela sua experiência, já viu como jogadores derrubam técnico.
Complicado !
 pyxis | BHZ | 09-09-19 17h57min
Melhor em campo: Cacá
Pior em campo: TNeves
Heroi do Jogo: Fábio
Vilão do Jogo: TNeves
Minhas Notas: Fábio(5), Edilson(2), Cacá(5), Léo(4,5,, Dodô(4), Henrique(4,5), Robinho(4), Sassá(Sem Nota), MGabriel(3), TNeves(1), Ezequiel(Sem Nota), David(3,5), Pedro Rocha(4), Fred(4). Rogério Ceni(4).
 _vitor | Vitoria | 09-09-19 19h28min
Eu já nem sei mais o que falar do canalha do Thiago Neves, que finalmente deve ir pro banco. Ficou bem claro que ele não está nem um pouco afim de jogar com o Ceni. Ele e Edílson. Marquinhos Gabriel péssimo! Ele literalmente começou o segundo gol do Grêmio. E o David é um Élber piorado, só é mais mascarado. Rogério Ceni vai ter trabalho em ter que reformular esse time no meio do campeonato, utilizando os mais jovens e com a missão de fugir do rebaixamento.
 marco | Curitiba | 09-09-19 21h08min
R. Ceni parece disposto a fazer a reformulação que precisamos desesperadamente, porém, precisa de respaldo da diretoria. TN, Edilson, Egídio e mais alguns tem que ser afastados e treinar a parte. Com a mescla de jogadores oriundos da base e outros que não foram contaminados pelos canalhas do elenco dá para escapar do rebaixamento. Aí sim, para 2020 uma limpeza geral tem que ser feita e rua com estes sangue-sugas.
 pyxis | BHZ | 10-09-19 03h46min
O mais engraçado é que teremos que ´aturar` jogadores da base... e pensar que alguns são praticamente expulsos do Cruzeiro por serem da base e GRANDE PARTE DA TORCIDA, a partir da influência de redes sociais e mídia, prefere gritar mais alto nomes como TNeves, Fred e outros...
POR QUÊ SERÁ que torcedor que grita mais torce por alguém ou alguma coisa e não pelo clube?
 Twitter 

 Notcias   rss
15/09 - 02h11 [1 coment.]
Sada Cruzeiro é derrotado pelo América, no Mineiro 2019 

14/09 - 21h41 [3 coment.]
Crise: Cruzeiro segue sem vencer fora de casa no Brasileiro´19 

14/09 - 18h29 [1 coment.]
Sub-15 encerra primeira fase do Mineiro na liderança 

13/09 - 21h23 [1 coment.]
FMF divulga tabela do Campeonato Mineiro de Futebol Feminino 

13/09 - 17h26 [1 coment.]
Crise: Cruzeiro faz acordo e dívida por Mayke é equacionada 

13/09 - 10h37 [1 coment.]
Sada Cruzeiro faz 3 a 0 no Lavras Vòlei na cidade de Sete Lagoas 

13/09 - 08h47 [1 coment.]
Crise: Agentes do jogador Robinho cobram dívida na Justiça 

13/09 - 06h56 [1 coment.]
Crise: Gilvan relata como elevou a dívida em dois mandatos 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - 20 ANOS - Contatos para Webmaster