Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

*** Cruzeiro.Org® - Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - 20 ANOS ***

 Atualizado em 20-10-19 10h57min  |  Fonte: Cruzeiro.Org (*) |  Qtd Leituras: 292
Cruzeiro atropela Huracán e pode garantir 1a. colocação na rodada


Se passou em branco nos primeiros jogos do Cruzeiro na Copa Libertadores, o atacante Fred compensou o jejum com juros na partida desta quarta-feira, contra o Huracán, no Mineirão, pela quarta rodada do Grupo B. O camisa 9 marcou três gols da vitória por 4 a 0, resultado que garantiu ao time celeste o 12º ponto no torneio (100% de aproveitamento) e a classificação antecipada às oitavas de final.

Além do centroavante, Marquinhos Gabriel teve atuação merecedora de elogios. Ele infernizou o lado direito da defesa do Huracán com dribles curtos e jogadas de velocidade. Dos pés do camisa 20 saíram assistências para os dois primeiros gols de Fred. Outro destaque foi o lateral-esquerdo Dodô, com um cruzamento certeiro para o dono da número 9 na etapa inicial e um belo chute de fora da área no segundo tempo.

Tranquilo na Libertadores, o Cruzeiro agora se concentra na primeira partida da final do Campeonato Mineiro. O jogo contra o Atlético será no domingo, às 16h, no Mineirão. Como terminou a primeira fase do Estadual com campanha inferior à do rival, a equipe de Mano Menezes precisa ganhar para minimizar a vantagem alvinegra de jogar por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols.

Já o próximo jogo pela Copa Libertadores será somente na terça-feira, dia 23 de abril. Por causa da crise de energia elétrica na Venezuela, a partida contra o Deportivo Lara será realizada às 17h (de Brasília - 16h na hora local), no Estádio Metropolitano, em Cabudare.

O JOGO

O técnico Mano Menezes resolveu dar descanso aos laterais titulares e escalar Orejuela e Dodô. O time ainda contou com os retornos do volante Henrique e do meia Marquinhos Gabriel, poupados na vitória por 3 a 0 sobre o América, sábado, no Mineirão, pela partida de volta da semifinal do Mineiro. Os demais jogadores eram os da escalação que a torcida já conhece.

A válvula de escape do Cruzeiro no primeiro tempo foi Marquinhos Gabriel. Chimino, lateral-direito do Huracán, sofreu muito com a agilidade do meia cruzeirense. Logo a 1min, ele tabelou com Rodriguinho, adiantou a bola e bateu cruzado para boa defesa de Antony Silva.

Marquinhos estava endiabrado. Em dois lances consecutivos, ele deixou a marcação do Huracán na saudade, porém teve o cruzamento bloqueado pelo zagueiro-central Salcedo. No terceiro, aos 19min, cortou para trás e arriscou lançar de direita. A bola chegou redonda na cabeça de Fred, que finalizou por cobertura e abriu o placar: 1 a 0.

O Huracán até que reagiu rápido, mas parou em Fábio. Aos 20min, o camisa 1 cruzeirense espalmou chute à queima-roupa de Barrios. No rebote, Damonte tentou, porém o goleiro voltou a fazer milagre. Os jogadores do Globo pediram toque de mão de Dedé. O árbitro chileno Julio Bascuñan marcou escanteio.

Não deu nem tempo de o Huracán lamentar a chance perdida. Aos 22min, Marquinhos Gabriel recebeu de Robinho, bateu de primeira e encontrou Fred livre para fazer 2 a 0. Aos 31min, veio o terceiro do Cruzeiro. Em cruzamento de Dodô, Fred cabeceou forte e Antony Silva não conseguiu segurar: 3 a 0. A Raposa quase fez o quarto aos 36min: após passe de Orejuela, Marquinhos Gabriel apareceu sozinho na entrada da área, mas finalizou de pé direito por cima.

No segundo tempo, o Cruzeiro passou a administrar a vantagem, permitindo ao Huracán trocar mais passes, mas sem perder a atenção no setor defensivo. Mano Menezes deu descanso a Robinho e ao destaque Fred, colocando em seus respectivos lugares Rafinha e Raniel. No último terço da etapa complementar, Ariel Cabral substituiu Robinho. A partir dos 35min, a torcida celeste começou a gritar ´olé`, demonstrando toda a sua satisfação com o grande resultado. Mas cabia mais. Aos 37min, Dodô coroou a boa atuação com um belíssimo chute de média distância de pé direito: 4 a 0.

Com a vitória elástica, o Cruzeiro chegou a 12 pontos e oito gols de saldo no Grupo B, enquanto o Huracán amarga a lanterna, com apenas um somado. O outro jogo da chave, entre Emelec e Deportivo Lara, está marcado para 23h (de Brasília) desta quinta-feira, no Estádio George Capwell, em Guayaquil. Os venezuelanos estão na vice-liderança da chave, com quatro pontos. Os equatorianos contabilizaram dois.


ESTATÍSTICAS DO CONFRONTO

Jogos: 4

Vitórias: 2
Empates: 1
Derrotas: 1
Saldo: 1

Gols marcados: 7
Gols sofridos: 3
Saldo: 4

Partida Anterior (Jogo 3)
Huracan 0 x 1 Cruzeiro - 7/mar/2019
Libertadores
Tomás Adolfo Ducó - Buenos Aires (ARG)


CURIOSIDADES

Na Libertadores

Cruzeiro e Huracán (ARG), enfrentaram-se quatro vezes. Todos pela fase de grupos da Libertadores, foram dois em 2015 e dois neste ano. Em 2015, houve empate em 0 x 0 no Mineirão e vitória do Huracán por 3 x 1, no Estádio Tomás Adolfo Ducó, na capital argentina. Em 2019, o Cruzeiro derrotou o adversário em Buenos Aires, por 1 x 0, gol de Rodriguinho e no Mineirão por 4 a 0 com três gols de Fred e um de Dodô.

Contra Argentinos

O Cruzeiro enfrentou nove equipes argentinas na Copa Libertadores da América. Os adversários foram Boca Juniors (nove jogos), Estudiantes (seis), River Plate (cinco), San Lorenzo (quatro), Velez Sarsfield (quatro), Huracán (quatro), Independiente (duas), Racing (duas) e Rosário Central (duas). Nos 37 confrontos com times argentinos, o Cruzeiro venceu 16, empatou sete e perdeu outros 15, com 52 gols marcados e 46 sofridos. No Brasil, sempre em Minas Gerais, nas cidades de Belo Horizonte, Ipatinga (um jogo) e Sete Lagoas (um jogo), foram 18 partidas. A Raposa venceu onze, empatou quatro e perdeu três, com 36 gols feitos e 14 sofridos. Nos 16 jogos em Belo Horizonte, todos eles no Mineirão, a Raposa venceu nove, empatou quatro e perdeu três. Marcou 28 gols e levou 13.

Artilheiros

Fred (3 gols), Dodô, Leandro Damião e Rodriguinho (1 gol).


FICHA TÉCNICA


CRUZEIRO
Fábio; Orejuela, Dedé, Leo e Dodô; Henrique e Lucas Romero (Ariel Cabral, aos 29min do 2ºT); Robinho (Rafinha, aos 16min do 2ºT), Rodriguinho e Marquinhos Gabriel; Fred (Raniel, aos 23min do 2ºT).

HURACÁN
Antony Silva; Chimino, Salcedo, Alderete e Araujo; Auzqui (Toranzo, aos 31min do 2ºT), Rossi, Damonte e Pérez (Roa, no intervalo); Gamba (Andrés Chávez, aos 19min do 2ºT) e Lucas Barrios. Técnico: Antonio Mohamed

Gols: Fred, aos 19, 22 e 31min do 1ºT; Dodô, aos 37min do 2ºT (CRU)
Cartões amarelos: Dedé, aos 29min do 1ºT. Lucas Romero, aos 27min do 2ºT (CRU); Pérez, aos 31min, Alderete, aos 42min do 1ºT, Auzqui, aos 23min do 2ºT (HUR)

Público pagante: 26.077
Público presente: 31.694
Renda: R$ 873.106,00

Motivo: quarta rodada do Grupo B da Copa Libertadores
Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte
Data: quarta-feira, 10 de abril de 2019
Horário: 19h15
Árbitro: Julio Bascuñan (Chile)
Assistentes: Alejandro Molina e Claudio Urrutia (ambos do Chile)

(*) Com material de Cruzeiro.Org / Cruzeiro Site oficial / Portal UAI

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

No h comentrios para esta notcia.

 Twitter 

 Notcias   rss
18/10 - 17h41 [1 coment.]
Sub-14 sofre revés e se despede da Copa Brasileirinho 2019  

18/10 - 12h11 [1 coment.]
Crise: Cruzeiro adota novo formato administrativo temporário 

18/10 - 12h02 [1 coment.]
Cruzeiro vence América e garante vaga na final do Mineiro Sub-17 

18/10 - 12h01 [1 coment.]
Crise: Rodada ´perfeita` reduz possibilidade de rebaixamento  

18/10 - 11h55 [1 coment.]
Cruzeiro terá novidades em relação ao uniforme da Adidas para 2020 

17/10 - 12h17 [1 coment.]
Sub-14 bate Botafogo (RJ) e vai às quartas da Copa Brasileirinho  

17/10 - 11h25 [1 coment.]
Duda, destaque do futebol feminino, renova contrato até dez/2020 

17/10 - 07h35 [7 coment.]
Cruzeiro vence São Paulo e da indícios de que pode recuperar-se 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - 20 ANOS - Contatos para Webmaster