Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Not韈ias   

*** Como voc锚 tem acessado o site - Envie sua sugest茫o - N脙O recomendamos o uso do Firefox ***

 Atualizado em 20-07-19 04h28min  |  Fonte: Portal UAI |  Qtd Leituras: 248
Proc贸pio chega aos 80 anos e recordas seus grandes momentos


Um dos grandes zagueiros do futebol brasileiro, campe茫o em todos os clubes que passou, Proc贸pio Cardoso completa 80 anos nesta quinta-feira, dia 21. Para ele, 茅 momento de recordar a carreira, como jogador 鈥 participou das duas primeiras conquistas expressivas do futebol mineiro em n铆vel nacional: o Brasileiro de Sele莽玫es, com a camisa de Minas Gerais, em 1963 (foto abaixo); e a Ta莽a Brasil, com o Cruzeiro, em 1966 鈥 e treinador. Proc贸pio dirigiu os tr锚s da capital sendo que, no Atl茅tico, est谩 atr谩s apenas de Tel锚 Santana entre os t茅cnicos que mais comandaram a equipe. Nesta entrevista ao Estado de Minas e ao Superesportes, ele relembra momentos importantes de sua trajet贸ria, como a contus茫o que sofreu em lance com o Rei do Futebol: 麓Pel茅 foi maldoso comigo, quebrou minha perna`.

O come莽o

Meu pai era procurador de Justi莽a, em Salinas. Depois que ele morreu, eu, que era arrimo de fam铆lia, vim pra BH, trabalhar e estudar. Surgiu a chance de jogar no juvenil do Renascen莽a. Eu era ponta de lan莽a. Quando o time profissional do clube estava sendo montado para o Mineiro de 1958, o ex-volante G茅rson dos Santos, que foi meu 铆dolo no Botafogo, foi contratado como t茅cnico. Resolvi que veria a apresenta莽茫o dele. Quando cheguei, estavam s贸 o presidente Alcides Diamantino e o seu Vicente, t茅cnico do juvenil, na arquibancada. Assentei-me com eles. Nada de o treino come莽ar. O G茅rson dos Santos se aproximou e disse que faltavam jogadores, justamente dois beques. O seu Vicente sugeriu que eu completasse o grupo e o presidente incentivou. O roupeiro Cristiano veio com o uniforme. Para minha surpresa, meu parceiro de zaga foi o G茅rson dos Santos, que meu deu dicas o tempo todo. Virei zagueiro.

Grandes times

麓Em 1959, fui para o Cruzeiro. O time foi bicampe茫o. Foi meu primeiro t铆tulo. O S茫o Paulo veio e me comprou. Logo depois, queria casar, o Atl茅tico me pegou emprestado. Fui bicampe茫o. Veio a Sele莽茫o Mineira e fomos campe玫es brasileiros. Minas Gerais era sempre eliminada. Ningu茅m apostava na gente. E quando ganhamos o t铆tulo, no Rio, em 1963, o Fluminense me contratou. Tive de me apresentar no dia seguinte, 脿s 7h da manh茫. L谩, fui campe茫o carioca.`

O amigo Evaldo

Quando ainda estava no Fluminense, ajudei Fel铆cio Brandi, ent茫o presidente do Cruzeiro, a contratar o Evaldo. Marquei o encontro dele com o presidente do time carioca, N茅lson Vaz Moreira. No dia seguinte o levei 脿 sala do dirigente. Fiquei de fora, mas, de repente, me chamaram, e o N茅lson disse: voc锚 disse que ele viria conversar sobre o Evaldo, mas quer 茅 te contratar. Fiquei boquiaberto. Mas aquilo, foi apenas uma isca do Fel铆cio, que saiu de l谩 com o Evaldo contratado.

Rev贸lver

Em 1966, estava no Atl茅tico. Vencemos o Renascen莽a por 2 a 0, s贸 que o Cruzeiro tinha goleado por 5 a 0. A torcida n茫o aceitou, nem alguns dirigentes. Depois do jogo, um deles foi ao vesti谩rio e disse que n茫o ir铆amos receber o bicho pela vit贸ria e que t铆nhamos de nos apresentar 脿s 7h, em Lourdes, para aprender a jogar. Eu era o capit茫o e disse que quanto ao bicho, tudo bem, mas que ningu茅m treinaria 脿s 7h. Na sa铆da, um convidado do Atl茅tico tentou me agredir. No dia seguinte, um emiss谩rio da diretoria foi 脿 minha casa e disse que eu tinha de ir ao clube, todos os jogadores estavam l谩. Botei um terno e peguei o rev贸lver que tinha sido do meu av么. Um cara invadiu o vesti谩rio, para me bater. Ent茫o, eu disse bem alto que, se ele estivesse sozinho, bateria nele. Mas se fossem mais, mostrei a arma, seria na bala. O cara desapareceu, por茅m, no Galo eu n茫o podia mais ficar. Recebi um telefonema do presidente do Cruzeiro, Fel铆cio Brandi, que disse que ia me contratar. E ele fechou o neg贸cio.

Tima莽o celeste

Quando cheguei ao Cruzeiro, fiquei maravilhado. Tost茫o e Dirceu Lopes eram incr铆veis. Ainda tinha Piazza, Evaldo, Neco, Natal, Hilton Oliveira, Raul... Estava novamente com meu concunhado, William. Um time desconhecido no Brasil, que acabou campe茫o da Ta莽a Brasil de 1966 batendo o Santos de Pel茅 duas vezes, em BH e em S茫o Paulo. Foi demais. Antes do jogo, falei com o nosso t茅cnico, Airton Moreira, que quem tinha de marcar o Pel茅 era o Piazza e que eu e William, os beques, ficar铆amos na sobra. Aprendi isso no S茫o Paulo, no Fluminense e no Palmeiras, quando enfrentava o Santos. Mas ele n茫o quis ouvir. Mesmo assim, vencemos.

Contus茫o e retorno

Pel茅 foi maldoso comigo, quebrou minha perna. Pegou no joelho esquerdo. N茫o me lembro do momento direito, pois desmaiei. Quando acordei, estava no hospital. A dor era insuport谩vel. Minha r贸tula tinha parado na coxa. Fui operado mais de uma vez. Queria voltar, mas parecia imposs铆vel. Resolvi estudar educa莽茫o f铆sica. E l谩, fui me adequando ao problema do joelho. Reuperei movimentos e elasticidade. No fim, estava disputando o campeonato da UFMG. Jogava de atacante. Entrei para o Rapos茫o, time de conselheiros do Cruzeiro. Eles foram ao Fel铆cio pedindo para que eu fizesse um teste para voltar ao profissional. Deram-me a chance. No primeiro jogo, contra o Vasco, no Maracan茫, tive muito apoio do Perfumo e do Z茅 Carlos. Na primeira bola, dei uma caneta em Roberto Dinamite. Ganhei o pr锚mio de melhor em campo, dado por ningu茅m menos que Jo茫o Saldanha.

Desejo de vingan莽a

O jogo seguinte seria no Pacaembu, contra o Santos. O que eu mais queria era me vingar do Pel茅. Pularia com os dois p茅s nos joelhos dele. Eu dividia o quarto com o Z茅 Carlos e sempre fui religioso. A铆 o Z茅 Carlos me questionou: 麓Que neg贸cio 茅 esse de ler a B铆blia e querer quebrar o Pel茅?`. Tentei argumentar, mas ele me passou uma descompostura. Foi melhor pra mim. Dormi uma noite tranquila. No dia seguinte, o Pel茅 me cumprimentou e pediu desculpas. E eu o perdoei.

O t茅cnico

Virei treinador no Cruzeiro, em 1977. Era a final contra o Atl茅tico, em melhor de tr锚s. O Galo venceu o primeiro jogo, 1 a 0. O Fel铆cio me chamou na sala do Yustrich, que era o treinador, e me perguntou o que eu achava que era necess谩rio para vencer o cl谩ssico. Disse que Eduardo e Jo茫ozinho n茫o tinham de ficar defendendo. Que Nelinho precisava ter liberdade para atacar. E que tinha de anular Cerezo, Paulo Isidoro e Reinaldo. O Yustrich ficou uma fera. O Fel铆cio, ent茫o, disse que n茫o o demitiria, pois ele tinha problemas financeiros, mas que eu trabalharia junto dele. Nada seria oficializado. Eu escrevia as instru莽玫es e ele, o Fel铆cio, lia para os jogadores. O Yustrich s贸 ficava no banco. Depois do Mineiro, fui efetivado.

Mundo 谩rabe

Minha primeira experi锚ncia na Ar谩bia foi em 1981. O xeque da Federa莽茫o do Catar, Sultan Khalid, assistiu 脿 final de Atl茅tico e Flamengo, em 81 no Maracan茫. Depois que retornamos do Rio, ele ligou pra mim, querendo conversar. Fui para o Al-Arabi, de Doha. Cheguei l谩 e n茫o tinha nem um time para treinar. Eram s贸 16 jogadores. O juvenil tinha 15 e pedi para comandar as duas equipes. Assim, podia treinar direito, mesclando. Eles nunca tinham sido campe玫es. Levantamos o trof茅u juvenil e profissional. L谩, morava numa suite presidencial. Eu, minha mulher e minha filha. Meus dois filhos tinham um quarto pra eles. Os 谩rabes queriam que cada um ficasse num quarto. Mas l谩, a gente n茫o tinha independ锚ncia. N茫o podia nem receber visita. A铆, depois de nove meses, me deram um apartamento. No total, foram 14 anos no mundo 谩rabe: dez no Catar, dois nos Emirados 脕rabes e dois na Ar谩bia.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Coment醨ios:  Clique aqui e deixe o seu coment醨io

N鉶 h coment醨ios para esta not韈ia.

 Twitter 

 Not韈ias   rss
17/07 - 22h16 [6 coment.]
Cruzeiro avan莽a 脿s semifinais da CopaBr pela quarta vez seguida 

17/07 - 19h18 [1 coment.]
Cruzeiro encaminha contrata莽茫o de destaque do Ol铆mpia (PAR) 

17/07 - 18h08 [0 coment.]
Sub-20 bate o Santos (SP) e garante segunda vit贸ria no Brasileiro 

16/07 - 19h04 [0 coment.]
Cruzeiro empata com a Ponte Preta pelo Br Feminino Sub-18 

16/07 - 15h40 [1 coment.]
Cruzeiro inova e cede 麓Naming Rigths` de Departamento M茅dico 

15/07 - 16h01 [1 coment.]
Cruzeiro compra parte dos direitos econ么micos do volante 脡derson 

15/07 - 13h40 [0 coment.]
Sub-17 goleia o Villa Nova na estreia pela Copa Tributtarium 

15/07 - 06h48 [2 coment.]
Cruzeiro faz p茅ssima apresenta莽茫o e empata sem gols com Bota 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org 1999-2019 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster