Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** Estamos com novos servidores e preparando mudanças radicais para breve - Envie sua sugestão ***

 Atualizado em 27-06-19 05h54min  |  Fonte: Portal UAI |  Qtd Leituras: 256
Henrique fala sobre Libertadores de 2009 e sua vida no Cruzeiro


O volante Henrique, do Cruzeiro, abriu o jogo sobre o vice-campeonato da Copa Libertadores, em 2009, quando a Raposa foi derrotada pelo Estudiantes, da Argentina, por 2 a 1, no Mineirão. Além de falar sobre o tema, o experiente jogador celeste, de 33 anos, também comentou relação com o ex-técnico cruzeirense Adilson Batista, carreira e sua situação na Toca da Raposa II. A entrevista foi concedida ao canal de Youtube ´Desimpedidos`.

Em 2009, no segundo ano de Cruzeiro, Henrique foi titular no jogo de volta da final da Libertadores, contra o Estudiantes. Na época com 24 anos, o jogador foi o responsável por abrir o marcador para a Raposa. Entretanto, os argentinos viraram a partida em pleno Mineirão e levantaram o troféu de campeão continental. Questionado sobre possíveis atritos em torno do valor da bonificação em caso de uma conquista, o atleta abriu o jogo e negou qualquer atrito em relação ao tema.

´Antes do jogo tiveram conversas, sobre quanto vai ser o ‘bicho’. Mas discussão, isso não aconteceu. Teve foi gente falando ‘e aí, quando vai ser o pagamento?’, ‘quanto vai ser o valor arrecadado?’. Mas briga, discussão, nenhuma`, disse o volante.

Henrique chegou ao Cruzeiro em 2008, a pedido do então treinador celeste Adilson Batista. O volante também foi comandado pelo técnico no Figueirense, em 2005 e 2006, e no Jubilo Uwata, do Japão, em 2007. Eles trabalharam juntos na Toca da Raposa II até 2010, e o jogador relatou que considera Adilson um ´paizão` no futebol.

´Ele é meu paizão, não tenho vergonha nenhuma de falar isso. Porque o cara quando confia no seu trabalho, acredita no seu trabalho, faz isso. Claro que eu fiz por merecer, não é à toa que estou aqui há dez anos. Ele me deu essa confiança, e eu pude corresponder a altura. Nós fomos campeões mineiros aqui, no Figueirense juntos, chegamos na final de uma Libertadores. Então o trabalho foi bom`, comentou o capitão do Cruzeiro.

Henrique está em sua segunda passagem pelo Cruzeiro. Após ficar no clube de 2008 a 2011, ele foi para o Santos em julho de 2011. O volante retornou à Toca da Raposa II em janeiro de 2013, onde segue até hoje. O volante, capitão da equipe, soma 458 jogos pela Raposa. No clube, o camisa 8 já conquistou dois Campeonatos Brasileiros (2013 e 2014), duas Copas do Brasil (2017 e 2018) e cinco Campeonatos Mineiros (2008, 2009, 2011, 2014 e 2018).

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

Não há comentários para esta notícia.

 Twitter 

 Notícias   rss
26/06 - 10h00 [1 coment.]
Jogadores da base ganham espaço para serem observados 

26/06 - 09h16 [1 coment.]
30 dias de crise: após denúncias, o Cruzeiro segue em ´erupção` 

25/06 - 22h57 [1 coment.]
Edu, zagueiro de 19 anos, vai aos profissionais no lugar de Murilo 

25/06 - 17h57 [1 coment.]
Primeira Liga - Crônica de uma morte mais do que anunciada 

25/06 - 16h48 [2 coment.]
Sem acordo com Real Madrid, Cruzeiro despede-se de Lucas Silva 

25/06 - 07h06 [1 coment.]
O desafio de 7 confrontos complicados em dezenove dias de julho 

24/06 - 16h43 [1 coment.]
Sada Cruzeiro inicia preparação para a temporada 2019/2020 

24/06 - 08h57 [0 coment.]
Identificação da sede administrativa é retirada em meio a polêmica 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® 1999-2019 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster