Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

*** Se tiver problemas com sua senha, clique em ESQUECI MINHA SENHA e receba uma nova ***

 Atualizado em 20-05-19 01h38min  |  Fonte: Portal UAI |  Qtd Leituras: 116
Campeões da Tríplice Coroa vencem Máster em comemoração na Toca 3


Eternizado pela conquista da Tríplice Coroa, o elenco do Cruzeiro de 2003 voltou ao Mineirão em grande estilo. Neste domingo, os campeões do Campeonato Mineiro, da Copa do Brasil e do Brasileiro foram homenageados pelo aniversário de 15 anos daquele feito e premiaram os torcedores presentes com uma vitória por 2 a 1 sobre a equipe máster do clube, também recheada de craques e multicampeões. O gol do triunfo foi de Alex, grande nome daquele time histórico comandado por Vanderlei Luxemburgo.

A festa da Tríplice Coroa reuniu jogadores de diferentes gerações do clube. O pontapé inicial foi de Nogueirinha, de 98 anos, ponta-direita que viveu a transição de Palestra Itália para Cruzeiro entre 1940 e 47, e marcou 50 gols em 157 partidas. Ele foi conduzido ao centro do gramado por Dirceu Lopes, dono da camisa 10 cruzeirense nas décadas de 1960 e 1970.

Quando a bola rolou, os gols demoraram a sair. O primeiro foi do time da Tríplice Coroa e foi convertido pelo atacante Diego Clementino, só aos 20 do segundo tempo. Aos 23 minutos, com a categoria que lhe era peculiar, Alex fez o segundo, de cobertura. O placar foi fechado pelo ex-zagueiro Célio Lúcio, autor do gol de honra da equipe máster celeste.

Depois da partida, o presidente do Cruzeiro Wagner Pires de Sá e o vice, Hermínio Lemos, entregaram medalhas aos campeões da Tríplice Coroa de 2003. Em seguida, eles repetiram o gesto de 15 anos atrás e ergueram as taças do Mineiro, da Copa do Brasil e do Brasileiro.

O time mágico de 2003 iniciou com Gatti; Maurinho, Cris, Marcelo Batatais e Leandro; Maldonado, Augusto Recife, Wendel e Alex; Aristizábal e Marcelo Ramos. Também entraram Gleison, Gladstone, Alex Dias, Maicon, Jardel, Diego Clementino, Irineu, Ruy, Sandro e Thiago.

A equipe máster cruzeirense contou inicialmente com Paulo César Borges; Cléber Monteiro, Reginaldo, Célio Lúcio e Elivelton; Djair, Leandro Guerreiro, Cleison e Ricardinho; Palhinha e Geovanni. Também jogaram Gleison, Vitor, Nonato, Fabio Junior, Da Silva, Donizete Amorim e Walter Minhoca.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 02-12-18 09h47min
Ótima festa...
mas ver o que alguns jogadores, que até recentemente estavam atuando, viraram, nos dá a certeza de futebol é uma benção para alguns (empresários bons ajudam muito !).
 Twitter 

 Notcias   rss
19/05 - 08h27 [2 coment.]
Cruzeiro amarga nova derrota para Flu em apresentação vexaminosa 

18/05 - 09h07 [1 coment.]
Raul comemora recorde mundial de invencibilidade de gols sofridos 

17/05 - 03h12 [7 coment.]
Cruzeiro é superado nos pênaltis na final da Copa do Brasil Sub-20 

16/05 - 23h09 [2 coment.]
Cruzeiro Feminino vence Pinheirense (PA) e decide vaga em casa 

16/05 - 21h24 [2 coment.]
Conselho Deliberativo elegerá membros para vagas do Conselho Fiscal  

16/05 - 20h34 [0 coment.]
Gustavo Perrela declara que ainda não assumiu cargo no Cruzeiro 

16/05 - 07h47 [9 coment.]
Cruzeiro faz apresentação deplorável e é ´premiado` com empate 

16/05 - 06h44 [1 coment.]
Rafinha utiiiza-se de cláusula contratual e troca Cruzeiro por Coxa 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org 1999-2019 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster