Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

*** ATENÇÃO - Peça uma nova senha - Todas as senhas foram alteradas - Atualize seu cadastro ***

 Atualizado em 27-04-18 05h47min  |  Fonte: Superesportes - UAI |  Qtd Leituras: 183
37º título estadual do Cruzeiro em números e fatos comprováveis


O Cruzeiro conquistou seu 37º Campeonato Mineiro ao vencer o Atlético nesse domingo por 2 a 0, no Mineirão, pela segunda partida da decisão. O Superesportes lista abaixo algumas curiosidades a respeito dessa conquista.


Campanha

Na primeira fase, o Cruzeiro somou 29 pontos, com nove vitórias e dois empates, e foi o líder de maneira isolada. O segundo colocado, o América, somou 21. O Atlético, terceiro, alcançou 18.

Nas quartas de final, a Raposa pegou o Patrocinense, oitavo colocado com 13 pontos, e venceu por 2 a 0, no Mineirão.

Já na semifinal, duas vitórias azuis sobre o Tupi: 1 a 0, no Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora; e 2 a 1, no Mineirão.

Na decisão, o time celeste perdeu para o Atlético no confronto de ida, por 3 a 1, no Independência. Na volta, ganhou a taça ao vencer por 2 a 0, já que tinha a vantagem de ser campeão com vitória e derrota pela mesma diferença de gols em função da melhor campanha na etapa classificatória.

Artilheiros

Rafinha largou na frente na briga pela artilharia do elenco, mas logo foi alcançado por Thiago Neves. Cada um marcou cinco gols no Campeonato Mineiro.

Também balançaram a rede Arrascaeta (4), Rafael Sobis (3), Raniel (3), Mancuello (2), Robinho (1), Ariel Cabral (1), Fred (1), Marcelo Hermes (1), Rafael Marques (1) e Rafael Estevam (contra).

O time, portanto, marcou 28 gols em 16 jogos.

Assistências

O principais 'garçons' do Cruzeiro no Campeonato Mineiro foram Rafael Sobis e Robinho, com três assistências cada um. Também contribuíram com passes para gols Edilson (2), Henrique (2), Mancuello (2), Rafinha (2), Thiago Neves (2), Egídio (1), Manoel (1) e Murilo (1).

Defesa

O Cruzeiro sofreu apenas seis gols na competição. Fábio, titular, levou quatro gols em 13 jogos, enquanto Rafael, suplente, foi vazado duas vezes em três partidas.

Outro jogador merecedor de destaque é Dedé, que voltou a jogar com regularidade depois de se recuperar de lesão no joelho esquerdo. Em seis partidas com o camisa 26, o Cruzeiro só sofreu um gol.

Dedé mostrou muita firmeza nas disputas de bola pelo alto, nas divididas por baixo e foi também perigoso nas subidas ao ataque em cobranças de falta e escanteio.

Quem jogou mais

O meia Robinho foi o jogador que mais atuou pelo Cruzeiro no Campeonato Mineiro. Ele disputou 14 partidas. Em seguida vieram o goleiro Fábio e o meias Rafinha e Arrascaeta, com 13.

A lista completa:

Robinho - meia: 14 jogos, 1 gol e 3 assistências
Fábio - goleiro: 13 jogos e 4 gols sofridos
Rafinha - meia: 13 jogos, 5 gols e 2 assistências
Arrascaeta - meia: 13 jogos, 4 gols e 2 assistências
Henrique - volante: 13 jogos e 2 assistências
Thiago Neves - meia: 12 jogos, 5 gols e 2 assistências
Egídio - lateral-esquerdo: 12 jogos e 1 assistência
Ariel Cabral - volante: 11 jogos e 1 gol
Murilo - zagueiro: 11 jogos
Mancuello - meia: 11 jogos, 2 gols e 2 assistências
Raniel - atacante: 10 jogos, 3 gols e 2 assistências
Lucas Romero - volante: 10 jogos
Fred - atacante: 9 jogos e 1 gol
Leo - zagueiro: 9 jogos
Bruno Silva - volante: 8 jogos
Edilson - lateral-direito: 7 jogos e 2 assistências
Dedé - zagueiro: 6 jogos
Lucas Silva - volante: 6 jogos
Manoel - zagueiro: 4 jogos e 1 assistência
Ezequiel - lateral-direito: 4 jogos
Marcelo Hermes - lateral-esquerdo: 4 jogos e 1 gol
Rafael - goleiro: 3 jogos e 2 gols sofridos
Digão - zagueiro: 3 jogos
Sassá - atacante: 3 jogos
Rafael Marques - atacante: 2 jogos e 1 gol
Nonoca - volante: 1 jogo
Marcelo - atacante: 1 jogo (atleta da base)

Não jogaram: Lucas França, Vitor Eudes, Victor Luiz, Arthur, Cacá e David

Principal contratação

Grande contratação do Cruzeiro na temporada 2018, Fred marcou apenas um gol em oito jogos pelo Campeonato Mineiro. Ele se machucou gravemente no começo da partida contra o Tupi, no Mineirão, pelo confronto de volta da semifinal - rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito. Submetido a cirurgia, o camisa 9 só regressará aos gramados entre setembro e novembro.

Contando a primeira passagem, entre 2004 e 2005, Fred chegou a 57 gols em 80 partidas pelo Cruzeiro, ocupando a 34ª posição no ranking dos maiores artilheiros da história do clube.

Treinador

O título do Campeonato Mineiro de 2018 foi o quarto estadual da carreira do técnico Mano Menezes, campeão também por Grêmio (2006 e 2007) e Corinthians (2009).

No Cruzeiro desde julho de 2016, quando substituiu o português Paulo Bento, Mano inteirou 137 partidas à frente da Raposa: 70 vitórias, 40 empates e 27 derrotas, com 209 gols marcados e 119 sofridos.

Supremacia em finais do Mineiro

Campeão, o Cruzeiro aumentou sua supremacia contra o Atlético em finais diretas de Estadual. Foi o 23º encontro entre os arquirrivais na última fase da competição.

A equipe celeste se deu melhor em 13 oportunidades: 1940, 1967, 1972, 1977, 1987, 1990, 1998, 2001, 2008, 2009, 2011, 2014 e 2018.

O alvinegro venceu nove embates: 1931, 1954, 1962, 1976, 1985, 2000, 2007, 2013 e 2017.

Houve, ainda, divisão do título na edição de 1956 do Estadual.

37º ou 39º título?

Por meio de suas redes sociais e do próprio site oficial, o Cruzeiro afirmou ter ganhado o 39º Campeonato Mineiro. Porém, há divergências em 1926 e 2002.

Segundo o Almanaque do Cruzeiro, do jornalista e historiador Henrique Ribeiro, o então Palestra Itália formou ao lado de Minas Geraes, Avante, Fluminense, Olympic, Botafogo, Santa Cruz e Grêmio – todos clubes de Belo Horizonte – uma instituição denominada Associação Mineira de Esportes Terrestres (AMET). O motivo seria uma perseguição da Liga Mineira de Desportos Terrestres (LMDT) – atual Federação Mineira de Futebol – aos atletas de origem italiana.

O Cruzeiro ganhou a competição disputada contra esses pequenos clubes em 1926, mas não há um reconhecimento oficial por parte da FMF quanto à conquista do troféu. O campeão mineiro de 92 anos atrás, nos registros da entidade, é o Atlético.

Já em 2002, o Estadual organizado pela FMF não contou com as presenças de Cruzeiro, Atlético, América e Mamoré, pois esses clubes participavam da Copa Sul-Minas. A Caldense foi campeã no sistema de pontos corridos ao ficar em primeiro entre oito participantes. Em 14 jogos, a Veterana ganhou sete, empatou cinco e perdeu dois. O artilheiro foi Gustavinho, com oito gols.

Por conta do título, a Caldense se classificou para o Supercampeonato Mineiro, torneio organizado pelos próprios clubes e que contou apenas com o apoio da FMF. As partidas foram realizadas no Mineirão entre 16 e 30 de maio.

O Cruzeiro ganhou o torneio ao somar nove pontos em quatro jogos, levando vantagem no saldo de gols sobre a vice-campeã Caldense: 5 a 2. Completaram a tabela América (3º, com 7), Atlético (4º, com 4) e Mamoré (5º, sem pontuar).

Campeonato Mineiro e Supercampeonato Mineiro, portanto, foram torneios paralelos. A Caldense conquistou o primeiro, enquanto o Cruzeiro levantou a taça do segundo.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

No h comentrios para esta notcia.

 Twitter 

 Notcias   rss
26/04 - 12h50 [1 coment.]
Cruzeiro decide Libertadores´18 numa única partida na Toca III 

26/04 - 07h02 [2 coment.]
Reunião tumultuada do Conselho Deliberativo expõe sérios problemas 

25/04 - 19h19 [1 coment.]
Sada Cruzeiro pode ter desfalque de Leal, que será julgado pelo STJD 

25/04 - 17h25 [1 coment.]
Cruzeiro lançará categoria de sócio para pessoas com deficiência 

25/04 - 16h31 [0 coment.]
Sada Cruzeiro divulga detalhes da venda de ingressos para final 

24/04 - 18h49 [8 coment.]
Jogo Cruzeiro e La U pela Libertadores será apitado por equatoriano 

24/04 - 17h54 [4 coment.]
Cruzeiro formaliza renovação de patrocínio a Caixa Federal 

24/04 - 17h09 [6 coment.]
Henrique se manifesta sobre cobranças ´Se esquecem do que foi feito` 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org 1999-2018 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster