Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** ATENÇÃO - Atualize seus dados e concorra a ingressos para jogos na Toca III ***

 Atualizado em 12-12-18 12h00min  |  Fonte: Superesportes - UAI |  Qtd Leituras: 361
Sada Cruzeiro perde invencibilidade em casa depois de dois anos


Em jogo adiado da nona rodada do segundo turno da Superliga Masculina, o Cruzeiro preservou os titulares e acabou batido pelo Campinas por 3 sets a 1, de virada, na noite desta quarta-feira, no Ginásio do Riacho, em Contagem. As parciais foram de 25/19, 24/26, 22/25 e 16/25. O time celeste já garantira a liderança da fase de classificação, razão pela qual o técnico Marcelo Mendez optou por usar os reservas em quadra.

O Cruzeiro permaneceu com 54 pontos e encerrará a primeira fase diante do Taubaté, neste sábado, às 21h30, novamente em Contagem. O time celeste não pode ser ultrapassado pelo Sesc-RJ, que soma 49 e só poderá chegar a 52. O Campinas, por sua vez, chegou a 31 pontos e mantém a disputa pela sexta posição contra o Corinthians. A equipe campineira visita o Maringá, no mesmo dia e horário, na rodada final.

A derrota para o Campinas representou a quebra de uma invencibilidade do Cruzeiro em casa. O time celeste não perdia no Ginásio do Riacho há mais de dois anos, desde 4 de fevereiro de 2016, quando foi superado pelo Montes Claros, por 3 a 1, também em reta final de fase classificatória da Superliga.

O técnico Marcelo Mendez aproveitou a liderança alcançada com antecedência para dar chance e ritmo de jogo a reservas. Entre as novidades lançadas desde o começo estavam o levantador Fernando Cachopa, o ponteiro Rodriguinho, o oposto Alemão e o líbero Lukinhas. O time celeste começou bem o jogo, ganhou o primeiro set, mas não manteve o embalo e levou a virada.

´Ninguém gosta de perder, não é bom, mas são coisas necessárias. Precisávamos colocar alguns atletas para jogar, como o Fernando Cachopa, e esta era a oportunidade. Esta era a partida que podíamos fazer isso. Gostei muito da atuação do Rodriguinho, que se lesionou, está voltando agora e ele foi muito bem no ataque, passou bem. O mais importante é preparar todo o grupo para os playoffs`, afirmou Marcelo Mendez.

Cruzeiro
Fernando Cachopa, Evandro, Rodriguinho, Leal, Simon, Isac e o líbero Serginho. Entraram Nico Uriarte, Alemão, Pablo, Lukinhas e Robert
Técnico: Marcelo Mendez

Campinas
Rodriguinho, Vissoto, Diogo, Renan, Vini, Júnior e o líbero Jacundo. Entraram Matheus, Daniel, Mão, Salsa
Técnico: Horácio Dileo

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

Não há comentários para esta notícia.

 Twitter 

 Notícias   rss
08/12 - 07h36 [3 coment.]
Cruzeiro: raio-X da situação contratual do elenco 

07/12 - 17h00 [1 coment.]
Torcida do Cruzeiro rompe 1 milhão de presentes na Toca 3 em 2018 

02/12 - 06h12 [4 coment.]
Cruzeiro enfrenta Bahia no Pituaçu em ritmo de despedida 

01/12 - 19h31 [3 coment.]
Cruzeiro anuncia que recusou proposta de negociação de Romero 

30/11 - 10h19 [1 coment.]
Tríplice Coroa - 15 anos de feito histórico no futebol brasileiro 

29/11 - 18h36 [2 coment.]
Sada Cruzeiro despede-se do Mundial de Clubes com vitória 

28/11 - 19h40 [2 coment.]
Cruzeiro cede ao Palmeiras (SP), direitos sobre o lateral Mayke 

28/11 - 18h48 [1 coment.]
Da Arquibancada - Procuram-se Sombras - Gustavo Nolasco 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® 1999-2018 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster