Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** ATENÇÃO - Atualize seus dados e concorra a ingressos para jogos na Toca III ***

 Atualizado em 21-07-18 12h19min  |  Fonte: Superesportes/UAI |  Qtd Leituras: 1168
Goleador para a disputa da Copa Libertadores 2018 é uma das metas

Na 16ª participação em Copa Libertadores, o Cruzeiro faz planos para brigar pelo terceiro título. Para isso, quer contar com atacantes que marquem muitos gols. Não à toa, a diretoria procurou Fernandão, do Fenerbahçe-TUR, e Gabriel, da Internazionale-ITA (emprestado ao Benfica-POR).

Em edições anteriores da Libertadores, a Raposa contou com goleadores no elenco. Alguns, inclusive, foram artilheiros do torneio. Outros não ficaram no topo geral da lista, mas ajudaram a equipe a fazer boas campanhas. Abaixo, o Superesportes relembra os principais destaques:

1967 – penúltima fase

O Cruzeiro foi quinto colocado de 19 participantes da Copa Libertadores de 1967. A equipe era praticamente a mesma que se sagrou campeã da Taça Brasil de 1966, ao bater o Santos de Pelé e companhia na decisão. Em 14 jogos no torneio sul-americano, foram nove vitórias, um empate e duas derrotas. Os 27 gols marcados pelo esquadrão azul foram bem distribuídos. Evaldo, Tostão e Natal dividiram a artilharia do elenco, com cinco gols cada. O goleador máximo da competição foi Norberto Raffo, do Racing, com 14 gols.

1975 – penúltima fase

Vice-campeão brasileiro em 1974, o Cruzeiro terminou em sexto entre os 21 participantes da Libertadores de 1975. O aproveitamento foi razoável: cinco vitórias, um empate e quatro derrotas. Dos 15 gols marcados pelo clube, sete foram de Palhinha, vice-artilheiro geral da competição.

1976 – campeão

Vice no Brasil pelo segundo ano consecutivo, o Cruzeiro dominou a Copa Libertadores de 1976 e conquistou o primeiro título. Palhinha, mais uma vez, roubou a cena e foi o artilheiro. Ele marcou 13 dos 46 gols cruzeirenses, sendo três nos confrontos da decisão contra o River Plate.

1977 – finalista

Campeão continental em 1976, o Cruzeiro entrou diretamente na segunda fase da Libertadores de 1977 e passou por Internacional e Portuguesa da Venezuela. Na final, enfrentou o Boca Juniors e acabou derrotado. O lateral-direito Nelinho marcou dois dos oito gols celestes no certame.

1994 – oitavas de final

Na campanha modesta de 1994, o Cruzeiro foi eliminado pela Unión Española, do Chile, nas oitavas de final. Luís Fernando Flores e Ronaldo, com dois gols cada, foram os artilheiros do time.

1997 – campeão

O time de 1997 começou mal a fase de grupos, mas se recuperou e conseguiu a classificação. No mata-mata, duas classificações nos pênaltis até a decisão contra o Sporting Cristal. O meia Elivélton foi o herói do título ao balançar a rede na vitória por 1 a 0, no Mineirão. Já a artilharia do time ficou com Marcelo Ramos, responsável por quatro tentos. O goleador máximo daquela Libertadores foi o argentino Alberto Acosta, da Universidad Católica (11 gols).

1998 – oitavas de final

A participação na Libertadores de 1998 foi a pior do Cruzeiro em toda a história. Campeão em 1997, o time entrou diretamente nas oitavas de final. Perdeu para o Vasco por 2 a 1, fora de casa, e empatou por 0 a 0 no Mineirão. Marcelo Ramos marcou o único gol da equipe.

2001 – quartas de final

O Cruzeiro saiu invicto da Copa Libertadores de 2001. Perdeu nos pênaltis para o Palmeiras por 4 a 3, depois de empates no Mineirão (2 a 2) e no Palestra Itália (3 a 3). Nos 10 jogos que fez na competição, ganhou sete e empatou três. O aproveitamento chegou a 80%. O meia Geovanni foi responsável por sete dos 26 gols cruzeirenses.

2004 – oitavas de final

Classificado em primeiro do Grupo 3, o Cruzeiro enfrentou o Deportivo Cali nas oitavas de final e decepcionou sua torcida ao ser eliminado nos pênaltis em pleno Mineirão (3 a 0). O artilheiro da equipe no torneio foi o atacante Guilherme, com quatro gols.

2008 – oitavas de final

Em 2008, o Cruzeiro voltou a ser eliminado nas oitavas de final, dessa vez para o tradicional Boca Juniors. No individual, o atacante Marcelo Moreno se destacou ao ser artilheiro geral da competição ao lado do paraguaio Cabañas, com oito gols.

2009 – finalista

O centroavante Wellington Paulista foi quem mais fez gols pelo Cruzeiro na Libertadores de 2009, da qual o time terminou em segundo lugar ao perder do Estudiantes da Argentina. O camisa 9 balançou as redes cinco vezes. Com quatro gols, Kleber também se destacou.

2010 – quartas de final

Thiago Ribeiro foi o destaque do Cruzeiro que alcançou as quartas de final da Libertadores de 2010. Ele marcou oito gols, com direito a um ´hat-trick` diante do Nacional do Uruguai, pelo duelo de ida das oitavas de final. No campeonato, o time registrou seis vitórias, três empates e três derrotas, com 26 gols a favor e 12 contra.

2011 – oitavas de final

O time apelidado de ´Barcelona das Américas` sobrou no Grupo 7, com 16 pontos em 18 disputados, 20 gols marcados e apenas um sofrido. Nas oitavas de final, o inesperado aconteceu: depois de ganhar do Once Caldas por 2 a 1 na Colômbia, o Cruzeiro perdeu por 2 a 0 na Arena do Jacaré e sofreu uma dura eliminação. Wallyson, com sete gols, foi o artilheiro da competição.

2014 – quartas de final

O Cruzeiro se classificou no Grupo 5 como vice-líder, com 10 pontos, abaixo do Defensor-URU, que somou 11. Nas oitavas de final, superou o Cerro Porteño-PAR. Nas quartas, enfrentou o San Lorenzo e foi eliminado. Perdeu por 1 a 0 na Argentina e empatou por 1 a 1 no Mineirão. Em 2014, dois jogadores dividiram a artilharia celeste: o zagueiro Bruno Rodrigo e o meia Ricardo Goulart, com quatro gols cada.

2015 – quartas de final

Primeiro colocado do Grupo 3, com 11 pontos, o Cruzeiro ganhou do São Paulo nos pênaltis nas oitavas de final e enfrentou o River Plate nas quartas. No jogo de ida, no Monumental de Núñez, ganhou por 1 a 0. Na volta, no Mineirão, decepcionou ao perder por 3 a 0. O goleador cruzeirense na competição foi o atacante Leandro Damião, com quatro gols.

Lista dos goleadores do Cruzeiro em Libertadores

1967: Evaldo, Tostão e Natal (5 gols)
1975: Palhinha (7 gols)
1976: Palhinha (13 gols) *
1977: Nelinho (2 gols)
1994: Ronaldo e Luís Fernando Flores (2 gols)
1997: Marcelo Ramos (4 gols)
1998: Marcelo Ramos (1 gol)
2001: Geovanni (7 gols)
2004: Guilherme (4 gols)
2008: Marcelo Moreno (8 gols) *
2009: Wellington Paulista (5 gols)
2010: Thiago Ribeiro (8 gols) *
2011: Wallyson (7 gols) *
2014: Bruno Rodrigo e Ricardo Goulart (4 gols)
2015: Leandro Damião (4 gols)

* Foram artilheiros das respectivas edições


*** Promoção #Cinemark ***

*** Ganhadores da promoção ***

Bárbara Muzzi (Facebook) - Entregue

Cláudio Camargo (Facebook) - Entregue

Clécio Dornelas (Facebook) - Entregue

Marcos Alexandre (Lista-Cruzeiro Yahoo) - Entregue

Mércia Vasconcellos (Facebook) - Entregue



/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

 pyxis | BHZ | 17-12-17 13h19min
Para quem viu um Palhinha ser artilheiro da Libertadores, viu Marcelo Ramos ser artilheiro num time campeão em 1997 com campanha questionável, e vê Thiago Ribeiro e Wallyson serem ´artilheiros` e torcedor ainda ficar se gabando, é triste...
Mas não tem nada que não possa ser pior... ou ficar terrível...
Enquanto que em 1976 comemoramos a contratação do ´Furacão` (quem nem foi o artilheiro, mas ajudou muito Palhinha a ser), agora temos que ´comemorar` Fernandão... QUEM ???
 Twitter 

 Notícias   rss
21/07 - 07h14 [1 coment.]
Cruzeiro terá doze confrontos difíceis nos próximos 40 dias 

20/07 - 10h24 [0 coment.]
Mano perde dupla de volantes para confronto ante o Atlético-PR 

20/07 - 09h17 [0 coment.]
Léo e Robinho alcançam marcas expressivas atuando pelo Cruzeiro 

20/07 - 08h52 [0 coment.]
De Arrascaeta se diz orgulhoso por fazer história no Cruzeiro 

20/07 - 07h04 [1 coment.]
Cruzeiro joga bem e quebra sequência de partidas sem vitória 

20/07 - 06h58 [0 coment.]
Sub 20 vence Vitória no Brasileiro da categoria dentro do Mineirão 

19/07 - 18h45 [0 coment.]
Sub 17 empata com Atlético-GO na segunda rodada da Taça BH 

19/07 - 07h32 [0 coment.]
Cruzeiro enfrenta América-MG em busca de recuperação no Br´18 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® 1999-2018 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster