Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

*** ATENÇÃO - Atualize seus dados e concorra a ingressos para jogos na Toca III ***

 Atualizado em 19-10-18 03h49min  |  Fonte: Superesportes/UAI |  Qtd Leituras: 901
Cruzeiro será cabeça de chave na Copa Libertadores 2018

Dos 47 clubes que vão participar da Copa Libertadores de 2018, 44 já estão definidos. Conforme a projeção do ranking elaborado pela Confederação Sul-Americana de Futebol, o Cruzeiro será cabeça de chave do torneio, mesmo perdendo pontos em relação à temporada passada: 3.827 para 3.253. As outras equipes no pote 1 são River Plate-ARG, Boca Juniors-ARG, Grêmio, Atlético Nacional-COL, Peñarol-URU, Santos e Corinthians. Ou seja, nenhum desses times enfrentará a Raposa na primeira fase. O sorteio da Libertadores acontecerá em 20 de dezembro (quarta-feira), em Luque, no Paraguai.

Até aqui são 26 equipes garantidas na fase de grupos. Caso a Conmebol mantenha o regulamento da edição de 2017 da Libertadores, o Grêmio, atual campeão (chegará a 5.000 pontos no ranking) será o principal cabeça de chave e ficará no Grupo 1. O Cruzeiro, nesse cenário, poderia enfrentar velhos conhecidos de cara, como Estudiantes (pote 2) e Colo Colo (pote 3).

É preciso ressaltar, porém, que as duas vagas abertas na fase de grupos vão alterar os potes. Na Colômbia, o Santa Fe, que começou o ano na 22ª posição do ranking da Conmebol, enfrentará o Millonarios pela final do Torneio Clausura. Se conquistar o título, deverá ser um dos oito times do ´segundo escalão`. Já o Millonarios se encontra na 62ª posição e, numa eventual vitória, provavelmente faria parte do pote número 3. O Deportivo Lara, da Venezuela, desceria ao pote 4.

Pontuação do Cruzeiro

O Cruzeiro perdeu pontos no ranking da Copa Libertadores porque não participou da competição em 2017. A Conmebol considera, com pesos distintos, os resultados obtidos nos últimos 10 anos (2008-2017) e o coeficiente histórico desde a primeira edição do torneio (1960-2007), além de creditar bônus às agremiações que conquistam troféus nacionais em seus respectivos países.A Raposa, portanto, contabilizará no próximo ano 2.328 pontos pelas participações em Libertadores, 860 pelo histórico e 65 de bônus referentes aos títulos do Campeonato Brasileiro (2013 e 2014). Vale ressaltar que a Copa do Brasil não entra neste cálculo.

Os critérios por performance nos últimos 10 anos são: campeão: 1000 pontos; vice-campeão: 500 pontos; semifinais: 300 pontos; quartas de final: 200 pontos; oitavas de final: 100 pontos; jogo ganho a partir da fase de grupos: 80 pontos; jogo empatado: 40 pontos; participação na fase de grupos: 100 pontos e eliminação na primeira rodada: 25 pontos. Há um decréscimo de 10% na pontuação por temporada. Já a soma do coeficiente histórico não sofre alterações: campeão: 100 pontos; vice-campeão: 50 pontos; semifinalista: 30 pontos; vitória (a partir da fase de grupos): 8 pontos; empate (a partir da fase de grupos): 4 pontos.

DISTRIBUIÇÃO DE MOMENTO DOS POTES:

Pote 1 (cabeças de chave): River Plate-ARG, Boca Juniors-ARG, Grêmio, Atlético Nacional-COL, Peñarol-URU, Santos, Corinthians e Cruzeiro

Pote 2: Emelec-EQU, Estudiantes-ARG, Cerro Porteño-PAR, Palmeiras, Bolívar-BOL, Libertad-PAR, Universidad de Chile e The Strongest-BOL

Pote 3: Colo Colo-CHI, Racing-ARG, Flamengo, Defensor-URU, Alianza Lima-PER, Real Garcilaso-PER, Atlético Tucumán-ARG e Deportivo Lara-VEN (os dois últimos devem descer ao Pote 4)

Pote 4: Delfin-EQU, Monagas-VEN, dois times indefinidos (provavelmente Atlético Tucumán-ARG e Deportivo Lara-VEN, cotados para deixar o Pote 3) e quatro oriundos das fases preliminares

Vagas em aberto (que interferem na distribuição dos potes)

Colômbia 2: Millonarios ou Santa Fe (o primeiro provavelmente entraria no Pote 3; o segundo ocuparia o Pote 2)

Efeitos das mudanças: diante desses cenários, Atlético Tucumán, da Argentina, e Deportivo Lara, da Venezuela, devem ser ´rebaixados` ao pote 4.

Sorteio direcionado: a tendência é que a Conmebol mantenha os critérios de 2017, com as equipes de um mesmo país sendo distribuídas em chaves diferentes. Assim, o Cruzeiro não poderá ser da mesma chave de clubes como Palmeiras e Flamengo. É importante ressaltar que Vasco e Chapecoense, ambos nas etapas iniciais da Libertadores, podem ser sorteados em qualquer grupo.

OS CLUBES CLASSIFICADOS

Conmebol – 2 vagas

Campeão da Copa Libertadores – Grêmio (fase de grupos) *
Campeão da Copa Sul-Americana – Independiente-ARG

Brasil – 7 vagas

Corinthians – campeão do Campeonato Brasileiro (fase de grupos)
Cruzeiro – campeão da Copa do Brasil (fase de grupos) *
Palmeiras – vice-campeão do Campeonato Brasileiro (fase de grupos)
Santos – terceiro colocado no Campeonato Brasileiro (fase de grupos)
Flamengo – sexto colocado no Campeonato Brasileiro (fase de grupos)
Vasco – sétimo colocado no Campeonato Brasileiro (segunda fase)
Chapecoense – oitava colocada no Campeonato Brasileiro (segunda fase)

* O Grêmio, campeão da Copa Libertadores, terminou o Brasileiro em quarto lugar. O Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil, ficou em quinto. Por isso, Vasco e Chapecoense ´herdaram` as vagas via Série A


Argentina – 6 vagas

Boca Juniors – campeão do Campeonato Argentino 2016/2017 (fase de grupos)
River Plate – vice-campeão do Campeonato Argentino 2016/2017 (fase de grupos)
Estudiantes – terceiro colocado no Campeonato Argentino 2016/2017 (fase de grupos)
Racing – quarto colocado no Campeonato Argentino 2016/2017 (fase de grupos)
Atlético Tucumán – finalista da Copa Argentina 2016/2017 (fase de grupos) *
Banfield – quinto colocado do Campeonato Argentino 2016/2017 (segunda fase)

* O Atlético Tucumán se classificou para a Copa Libertadores por ter enfrentado na final da Copa Argentina o River Plate, que já havia garantido presença no torneio sul-americano em função da segunda posição no Campeonato Argentino.


Bolívia – 4 vagas

The Strongest – campeão do Torneio Apertura 2016 (fase de grupos)
Bolívar – campeão do Torneio Apertura 2017 (fase de grupos)
Jorge Wilstermann ou San José – terceiro colocado no Torneio Clausura 2017 (segunda fase)
Oriente Petrolero – terceira melhor pontuação agregada (segunda fase)


Chile – 4 vagas

Universidad de Chile – campeão do Torneio Clausura 2017 (fase de grupos)
Colo Colo – campeão do Torneio Transición (fase de grupos)
Santiago Wanderers – campeão da Copa Chile 2017 (segunda fase)
Unión Española ou Universidad de Concepción – duelo de vice-campeões (segunda fase)


Colômbia – 4 vagas

Atlético Nacional – campeão do Torneio Apertura 2017 (fase de grupos)
Millonarios ou Santa Fe – campeão do Torneio Clausura 2017 (fase de grupos) *
Millonarios ou Santa Fe – melhor pontuação geral (segunda fase) *
Junior Barranquilla – campeão da Copa da Colômbia (segunda fase)

* Millonarios e Santa Fe decidem nos dias 13 e 17 de dezembro quem será campeão do Torneio Apertura. O ganhador vai direto para a fase de grupos. O perdedor disputará a segunda fase.


Equador – 4 vagas

Delfín – campeão do Torneio Apertura 2017 (fase de grupos)*
Emelec – campeão do Torneio Clausura 2017 (fase de grupos)*
Independiente del Valle – terceira melhor pontuação geral (segunda fase)
Macará – quarta melhor pontuação geral (primeira fase)

* Delfín e Emelec decidem nos dias 13 e 18 de dezembro quem será o campeão equatoriano


Paraguai – 4 vagas

Libertad – campeão do Torneio Apertura 2017 (fase de grupos)
Cerro Porteño – campeão do Torneio Clausura 2017 (fase de grupos)
Guaraní – melhor pontuação geral em 2017 (segunda fase)
Olimpia – quarta melhor pontuação geral em 2017 (primeira fase)


Peru – 4 vagas

Alianza Lima – campeão do Campeonato Peruano 2017 (fase de grupos)
Real Garcilaso – vice-campeão do Campeonato Peruano 2017 (fase de grupos)
Melgar – terceiro colocado no Campeonato Peruano 2017 (segunda fase)
Universitario – quarto colocado no Campeonato Peruano 2017 (primeira fase)


Uruguai – 4 vagas

Penãrol – campeão uruguaio 2017 (fase de grupos)
Defensor – vice-campeão uruguaio 2017 (fase de grupos)
Nacional – terceira melhor pontuação geral (segunda fase)
Montevideo Wanderers – quarta melhor pontuação geral (primeira fase)


Venezuela – 4 vagas

Monagas – campeão Torneio Apertura 2017 (fase de grupos)
Deportivo Lara – campeão Torneio Clausura 2017 (fase de grupos)
Carabobo – melhor pontuação geral 2017 (segunda fase)
Deportivo Táchira – segunda melhor pontuação geral 2017 (primeira fase)

* - Revisado em 14dez217


*** Promoção #Cinemark ***

*** Ganhadores da promoção ***

Bárbara Muzzi (Facebook) - Entregue

Cláudio Camargo (Facebook) - Entregue

Clécio Dornelas (Facebook) - Entregue

Marcos Alexandre (Lista-Cruzeiro Yahoo) - Entregue

Mércia Vasconcellos (Facebook) - Entregue



/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 17-12-17 12h21min
Algumas projeções poderão ser feitas a partir do sorteio. Da forma como está, prefiro viajar pouco. Os times que avançaram mais facilmente na Lib´17 tiveram esta vantagem de viajar pouco, na fase de grupos e nas eliminatórias. Vamos ver a capacidade de planejamento da nova diretoria, desde a presença no SORTEIO dos grupos daqui alguns dias.
 Twitter 

 Notcias   rss
17/10 - 12h55 [4 coment.]
Cruzeiro contra tudo e contra todos na luta pelo hexa da CopaBr 

17/10 - 07h16 [2 coment.]
STJD nega efeito suspensivo, e Sassá desfalcará Cruzeiro na final 

16/10 - 18h22 [1 coment.]
Cruzeiro acerta patrocínio pontual em camisa para final da CopaBr 

15/10 - 09h28 [0 coment.]
CBF define arbitragem da finalíssima da Copa do Brasil 2018 

14/10 - 21h37 [0 coment.]
Reservas do Cruzeiro encontram dificuldades e perdem no RJ 

11/10 - 07h59 [2 coment.]
Cruzeiro vence e conquista vantagem do empate na finalíssima  

10/10 - 08h14 [4 coment.]
Cruzeiro joga sua 8a final em busca do hexa na Copa do Brasil 

05/10 - 12h17 [11 coment.]
Cruzeiro é eliminado dentro do Mineirão em atuação complicada 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org 1999-2018 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster