Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.

 Atualizado em 17-10-17 18h24min  |  Fonte: GloboEsporte.Com |  Qtd Leituras: 530
Wagner Pires ´abre o jogo` sobre transição, reforços e técnico

Em entrevista, o novo presidente afirmou que começará a se inteirar mais sobre o futebol do clube a partir desta sexta. De acordo com ele, o então mandatário Gilvan de Pinho Tavares já abriu as portas para o início da transição.

Até o momento, já estão confirmadas a integração de Itair Machado como vice-presidente de futebol e Marco Antônio Lage na direção de comunicação e marketing, além da saída de Bruno Vicintin (ex-vice de futebol). A permanência de Tinga, gerente, e Klauss Câmara, diretor, seguem incertas. Apesar disso, Wagner garante que deseja manter a atual equipe de gestão.

- A transição foi mais precipitada. Desde o princípio somos apoiados pela direção atual. E era uma promessa nossa manter toda a equipe, inclusive o Vicintin na vice-presidência de futebol. Infelizmente, talvez por problemas pessoais, o pai dele está doente e ele tem responsabilidade na empresa dele, resolveu sair, de maneira tranquila e cordial. Estamos esperando que o Gilvan nos abra as portas definitivamente para que possamos fazer uma aproximação. A partir de amanhã, o Gilvan abriu as portas, e eu pretendo começar a me inteirar das coisas internas do Cruzeiro.

Uma das principais dúvidas para 2018 é sobre a permanência de Mano Menezes. O treinador gostaria de continuar trabalhando com a atual diretoria cruzeirense, mas a mesma não permanecerá inteiramente. Wagner afirma que já iniciou as tratativas com a comissão técnica para a renovação, mas aguarda o retorno de Mano, que está em tratamento médico, para fazer um contato mais direto.

- Hoje eu acertei com o presidente e vou começar a me inteirar das coisas internas do Cruzeiro. Já procurei parte da comissão técnica, ligamos para o Mano, que está em São Paulo (em tratamento médico). Logo que ele possa ter uma situação (de saúde) melhor, vai entrar em contato conosco. Nossa intenção imensa é que ele fique no Cruzeiro.

O início da busca por reforços passa diretamente pela definição de quem será o treinador na próxima temporada. Segundo Wagner Pires, o novo vice-presidente de futebol, Itair Machado, terá total autonomia nos processos de negociações. As contratações devem ser poucas, já que o Cruzeiro tem um bom grupo de jogadores, no ponto de vista da nova gestão.

- Essa montagem passa, principalmente, pelo técnico. Nós gostaríamos antes de ouvir o técnico. Gostaria imensamente que fosse o Mano. O Itair tem carta branca, para, junto com eles (da comissão técnica), começar a negociar, dentro das nossas possibilidades. Estamos nos esforçando para termos recursos melhores para manter o time e reforços pontuais.

Dos jogadores do atual grupo, apenas Hudson não está garantido para 2018. Ele está emprestado pelo São Paulo ao Cruzeiro até o fim do ano. Para ficar com o volante, o clube precisa exercer o direito de compra do passe do jogador, que está fixado no valor de cerca de 1,5 milhões de euros.

- Esse esforço, ao que me consta, já foi iniciado, inclusive, pelo Gilvan. Vou tomar conhecimento e tranquilamente que dou meu total apoio e aprovo a medida de segurar o Hudson dentro da nossa equipe.

Veja outros pontos da entrevista de Wagner Pires de Sá

Desafios da gestão

- Os desafios são grandes, porque a gestão do Gilvan fez uma belíssima campanha: dois Brasileiros, Taça Brasil (na verdade, Copa do Brasil), no fim. Deixou uma responsabilidade muito grande, de ganhar a Libertadores e partir para o Mundial. Esse é o maior desafio. E vamos partir para o melhor

Objetivos na temporada

- Filosofia nossa agora é maior ainda. Temos o desafio de ganhar a Libertadores e partir para o Mundial. Um grande time precisa de títulos. Nossa filosofia é títulos.

Momento ´conturbado`

- Essa pacificação interna, desde o dia que ganhamos a eleição, meu discurso foi: unir todas as correntes políticas. Lá não existe oposição ferrenha. Existem ideias diferentes. Procuramos unir tudo, ao lado dos torcedores. É natural que alguém, principalmente, na mídia, faça polêmica. Isso agora (críticas da torcida) é mais acirrado, mas depois ameniza. Espero que na minha posse isso já esteja tudo acertado.

Traiu Vicintin? (que deixou o clube, que agora terá Itair Machado como vice-presidente de futebol)

- Eu não vi essa fala de traição. O que nós tratamos e conversamos é que, se eu ganhasse, como eu ganhei, eu manteria na vice de futebol e que o gestor de futebol seria o Itair Machado, que vem me acompanhando desde o primeiro momento da nossa campanha. Tive o prazer enorme de ver o trabalho e comentários sobre sua competência, principalmente na are do futebol.

A atual gestão sabia da participação de Itair Machado?

- Naturalmente, diariamente participaram das nossas conversas. Tanto o Bruno, quanto o presidente, diretorias, todos. Eles tinham a absoluta certeza de que o Itair Machado me acompanharia.

Críticas da torcida

- É natural que toda mudança haja uma reação. Principalmente, quando logo no início a gente perde um vice presidente. O Itair Machado, como pretendemos acabar com isso (com as críticas) ? Com ele ganhando títulos. Aí o torcedor vai ver a competência dele. No Ipatinga, ele foi ganhador. Temos a certeza de que ele vencerá num time como o Cruzeiro.

Reforços para 2018

- Será pontual (as contratações). Vamos aumentar nossa responsabilidade (Libertadores) e ter mais jogos. Tem que ser reforços pontuais. Há o barato que só torna caro. E o caro que se torna barato, desde que saibamos encontrar os melhores atletas nesse mercado que extremamente competitivo e inflacionado.

Possível saída de Mano

- Isso preocupa (possível interesse do Palmeiras). A procura de uma mercadoria de valor como o Mano nos deixa preocupado. Espero que ele olhe o Cruzeiro como uma caixa e que nós possamos levar esse tesouro com muito carinho.

Nomeação de Marco Antônio Lage na direção de comunicação e marketing

- O Cruzeiro tem dois grandes segmentos: institucional e futebol. Do futebol, nós falamos. Na parte institucional e da administração, eu olho com os olhos de um profissional que vem desde o princípio da atividade econômica privada. Quando eu olho para a parte institucional, eu procuro ver cada profissional no seu lugar. Temos a proposta de colocar, em cada lugar, colocar o nome certo. No Brasil, um dos nomes mais falados e procurados é o do Marco Antônio Lage, que durante 25 anos trabalhou na Fiat. Espero que possa nos dar uma nova visão de mercado na área esportiva aplicando toda a técnica da empresa privada num clube de futebol.

Sócio-torcedor e estatuto

- Pretendemos mudar o estatuto. Queremos fazer o estatuto como uma constituição, na qual vão participar: conselheiros, os nossos sócios fiéis e os nossos torcedores de futebol fiéis. Às vezes temos torcedores que numa final de campanha, aumentamos o número em 20 mil (sócios) só de entrarmos numa final. Vamos pretender dar ao nosso sócio-torcedor algo mais do que ele tem. Além da compra de ingresso. Aqueles que se interessarem, poderão, com uma participação um pouquinho maior, poderão participar do sócio institucional

Recado para o torcedor

- A mensagem que eu quero deixar para os torcedores é que, neste primeiro momento, dê um voto de confiança para nós que estamos entrando agora. Porque o nosso desejo é o mesmo de todos vocês. Temos de nos unir para ganhar títulos. Temos que ganhar a Libertadores, porque vamos para o Mundial. Com vocês, com a energia de vocês, chegaremos lá. Nos dê um voto de confiança. Trabalhar contra a gente agora é trabalhar contra o Cruzeiro, contra todos os nossos objetivos, que é ganhar títulos.



* P R O M O Ç Ã O - #CruzeiroOrg25anos *

COMPARTILHE E COMENTE AS NOTÍCIAS E COLUNAS
CRUZEIRO.ORG
e ganhe INGRESSO para o jogo
Cruzeiro x Ponte Preta - Mineirão - Sábado (07/10) - 16 hrs

Divulgue a hashtag #CruzeiroOrg25anos *

/elo


WMTI -Tecnologia da Informao

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 estrelado campeao | Ubá  | 06-10-17 20h17min
O algo mais ao sócio torcedor, seria o mesmo ter direito a voto, em caso de manter fidelidade por mais de 5 ou 6 anos,por exemplo. E ganhar a Libertadores antes do Centenário é fundamental, senhor presidente eleito. Hoje, Boca e River nos ultrapassaram. E vencemos a Libertas primeiro que eles.Agora tem que ter união presidente. Sem fazer burrada. Cuidado. Cuidado.
 estrelado campeao | Ubá  | 06-10-17 20h19min
Quando a Esperteza é grande, ela vira bicho e come o Esperto. Em terra estranha o bode berra igual cabra. Vai com calma Wagner.
 pyxis | BHZ | 07-10-17 21h32min
Olha... neste balaio de gato não tem NINGUÉM INOCENTE. Só me assusto com alguns VENDIDOS fazendo proselitismo pelo dinheiro que receberam. Os que defendem coisas indefensáveis sem receber nenhum por fora, são somente otários.

E recebi um folheto apócrifo chamando para uma reunião de SÓCIOS DO FUTEBOL para exigir que o Sócio do futebol possa votar... Pode?
 Twitter 

 Notcias   rss
16/10 - 08h55 [1 coment.]
Base tropeça na reta final dos estaduais de cada categoria 

15/10 - 18h50 [6 coment.]
Eleições para o Conselho voltam a agitar a política do clube 

15/10 - 17h39 [2 coment.]
Parte da torcida experimentou emoções contraditórias este ano 

15/10 - 16h34 [7 coment.]
Diretoria acata pedido de adiamento de cirurgia feito por Sassá 

15/10 - 15h26 [1 coment.]
Cruzeiro vence rival por 3 a 0 e conquista a Copa Dadazinho Nacional 

15/10 - 14h18 [4 coment.]
Sada Cruzeiro Vôlei vence por 3 a 1 na estreia da Superliga 17/18 

15/10 - 13h09 [2 coment.]
Sada Cruzeiro FA está na final da Conferência Sudeste do BFA 

14/10 - 09h54 [3 coment.]
Itair Machado confirma permanência de Pedro Moreira como supervisor 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster