Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

*** CRUZEIRO.ORG - 25ANOS - Leia e comente e concorra a prêmios ***

 Atualizado em 18-12-17 16h19min  |  Fonte: Superesportes/UAI |  Qtd Leituras: 618
Eleições: Lideranças do Cruzeiro intensificam atuação na campanha

O edital publicado em 6 de setembro confirmou a eleição presidencial do Cruzeiro para 2 de outubro, cinco dias depois do segundo jogo da final da Copa do Brasil, contra o Flamengo, no Mineirão.

A menos de três semanas do pleito que decidirá o mandatário do clube pelos próximos três anos, o Superesportes destaca quem são as lideranças das duas chapas inscritas: União (situação) e Tríplice Coroa (oposição).

A chapa União, encabeçada pelo empresário e economista Wagner Pires de Sá, tem o atual presidente Gilvan de Pinho Tavares como principal apoiador. Outro grande influenciador no conselho deliberativo do Cruzeiro é o vice-presidente José Francisco Lemos, aliado de Wagner. O vice de futebol Bruno Vicintin e o 2º secretário do conselho deliberativo, Gustavo Gatti, são outros nomes importantes do grupo.

A ala de Wagner Pires também tem como aliado o ex-presidente do Ipatinga, Itair Machado, que trabalha nos bastidores em busca de votos de conselheiros – embora não faça parte do quadro no Cruzeiro. Sócio do Cruzeiro e com residência em Belo Horizonte, o empresário da área financeira é amigo do candidato de Gilvan e por isso prestará o auxílio necessário.

´Se o Zezé, o Alvimar ou o Zé Maria (coordenadores da campanha de Sérgio Santos Rodrigues) fossem candidatos, eu estaria apoiando eles. São meus amigos de longa data. O candidato é o Sérgio, então, optei pelo Wagner, que é um amigo antigo que tenho. Não conheço o Sérgio`, disse Itair à reportagem.

Do lado da chapa Tríplice Coroa, liderada pelo advogado Sérgio Santos Rodrigues, os correligionários mais influentes são os ex-presidentes Zézé Perrella, Alvimar de Oliveira Costa e César Masci. O presidente do conselho deliberativo, João Carlos Gontijo de Amorim, também está ao lado de Rodrigues.

´Hoje, o meu papel é pedir votos e estar ao lado do Sérgio. Deixei claro em vários momentos que estou totalmente disposto a ajudá-los em qualquer questão que possa contribuir para o trabalho, tanto na campanha como em sua futura administração`, disse Alvimar.

CHAPA UNIÃO (SITUAÇÃO)

Wagner Pires de Sá (candidato a presidente):

Wagner Antônio Pires de Sá tem 76 anos e é graduado em economia. Trabalhou na Companhia Energética de Minas Gerais S.A. (Cemig) e na Secretaria da Fazenda do Governo de Minas Gerais, quando participou das negociações que trouxeram a Fiat para Minas Gerais, em 1973. Depois, foi nomeado assessor econômico da Vale, então Vale do Rio Doce. Presidiu a Fundação Vale do Rio Doce no período em que esteve na companhia. Hoje, é sócio-diretor da Lagos Indústria Química, empresa produtora de carbonato de cálcio, localizada em Arcos, Região Centro-Oeste de Minas Gerais.

A história de Wagner no Cruzeiro teve início nos anos de 1990, quando foi diretor de planejamento na gestão de Benito Masci. Em 1992, se tornou conselheiro nato do clube. Participou por nove anos do Conselho Fiscal, durante as presidências de Zezé e Alvimar Perrella, sendo três deles como presidente. Em 1966, a pedido de José Francisco Lemos, Wagner foi autor do Plano Diretor ecônomico-financeiro para viabilizar a continuidade e construção da Sede Campestre do Cruzeiro.

Hermínio Lemos

Candidato a primeiro vice-presidente e irmão de José Francisco Lemos, Hermínio é engenheiro civil da Copasa. No Cruzeiro, ele desempenha a função de superintendente administrativo de futebol de base.

Ronaldo Granata

Segundo vice-presidente de Wagner Sá, o empresário do ramo imobiliário aventou lançar a candidatura própria, mas se juntou a Wagner Pires de Sá na chapa da situação.

Alguns apoiadores influentes

Gilvan - Presidente do clube desde janeiro de 2013, Gilvan de Pinho Tavares, de 77 anos, caminha para o fim de seu segundo mandato. No período, o Cruzeiro foi uma vez campeão mineiro (2014) e bicampeão brasileiro (2013 e 2014). Em 2017, o time celeste poderá conquistar o quarto troféu na atual gestão: a Copa do Brasil. Em algumas conversas informais com a imprensa, Gilvan mostrou muita confiança de que o conselho elegerá Wagner Pires para ser seu sucessor.

Bruno Vicintin - Engenheiro e empresário nos setores de mineração, metalurgia e agropecuária, Bruno Vicintin é vice-presidente de futebol do Cruzeiro desde agosto de 2015. Antes, ocupou a função de superintendente das categorias de base. Ele seria o candidato da situação caso o estatuto do clube fosse alterado e permitisse que associados conselheiros concorressem na eleição (apenas conselheiros natos e beneméritos podem disputar o pleito).

José Francisco Lemos - O engenheiro de carreira da Cemig é considerado por muitos como mais influente que o próprio presidente Gilvan de Pinho Tavares. José Francisco Lemos, de 88 anos, presidiu o Cruzeiro em 1954, sendo o mais jovem a preencher o cargo. Também foi vice-presidente nas gestões de Zezé Perrella e Alvimar de Oliveira Costa, além de ter liderado o conselho deliberativo.

Fernando Torquetti - Histórico opositor de Zezé Perella, o engenheiro mecânico de 59 anos, já foi candidato derrotado à presidência do clube. Hoje ao lado da situação, ele deverá encontrar o velho adversário na concorrência pela presidência do conselho deliberativo.

José Gustavo de Mattos Gatti - Engenheiro e empresário do ramo imobiliário, José Gustavo de Mattos Gatti, também conhecido como Gatti, é 2º secretário do conselho deliberativo. Seu nome foi bem avaliado por Gilvan para uma eventual sucessão, mas o conselheiro enfrentou resistência familiar e acabou não se candidatando à presidência.

Wilmer Santa Luzia - Proprietário de uma corretora de seguros, Wilmer Santa Luzia Mendes foi antecessor de João Carlos Gontijo Amorim na presidência do conselho deliberativo do Cruzeiro. Seu mandato durou de 2012 a 2014.


CHAPA TRÍPLICE COROA (OPOSIÇÃO)

Sérgio Rodrigues(Candidato a presidente):

Sérgio Santos Rodrigues, que completa 35 anos neste sábado, é advogado e mestre em Direito. Foi professor na Escola Superior Dom Hélder Câmara e na Universidade Fumec. Ministrou aulas de Direito Empresarial, Direito Desportivo, Direito do Consumidor e Teoria Geral do Direito. Foi conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no triênio 2013/2015 e atualmente ocupa o cargo de conselheiro seccional da entidade. Atuou também como conselheiro fiscal do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), em 2013/2014, e auditor do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), entre 2006 e 2009.

No Cruzeiro, Sérgio Rodrigues foi assessor jurídico da presidência e ocupou o cargo de superintendente de futebol de outubro de 2015 a março de 2017, quando alegou ´motivos particulares` para deixar o clube. Pouco antes de sair, o então dirigente se mostrou contrário à possível mudança estatutária e prestou apoio ao senador Zezé Perrella, que se lançara pré-candidato à presidência. Em junho, porém, Perrella desistiu da disputa em meio a um escândalo de corrupção na política e lançou Rodrigues como representante da oposição.

Giovanni Baroni

Candidato a primeiro vice-presidente da chapa Tríplice Coroa, Giovanni Baroni é empreendedor do ramo imobiliário em Belo Horizonte, onde possui seis empresas, entre elas a Gold Imóveis.

Marco Túlio Miranda

Segundo vice-presidente de Sérgio Santos Rodrigues, Marco Túlio Miranda, de 45 anos, é proprietário da rede de pizzarias Mangabeiras, uma das mais conhecidas de Belo Horizonte.

Alguns apoiadores influentes

Zezé Perrella - Foi presidente do Cruzeiro de 1995 a 2002 e de 2009 a 2011. Sob sua gestão, o clube ganhou 15 títulos oficiais, sendo os mais importantes a Copa Libertadores de 1997, as Copas do Brasil de 1996 e 2000, a Recopa Sul-Americana de 1998 e as Copas Sul-Minas de 2001 e 2002. Senador da República desde 2011, Zezé Perrella, de 60 anos, chegou a se lançar como pré-candidato à presidência da Raposa, mas desistiu depois que vieram à tona escândalos de corrupção na política envolvendo seu nome. Anunciou, recentemente, que tentará a presidência do conselho deliberativo.

Alvimar de Oliveira Costa - Alvimar de Oliveira Costa, de 56 anos, foi o presidente do Cruzeiro na conquista da Tríplice Coroa, em 2003 (Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro). Em outros mandatos atuou como vice do irmão, Zezé Perrella. Desde que deixou a presidência, em dezembro de 2008, desligou-se dos holofotes do futebol. Em 2017, porém, está novamente em cena para apoiar Sérgio Rodrigues.

César Masci - Aos 80 anos, César Masci cogitou se candidatar à presidência do Cruzeiro, cargo que ocupou de 1991 a 1994, mas as obrigações da função aliadas à própria idade lhe fizeram repensar o desejo. Com ele, a Raposa ganhou as Supercopas da Libertadores de 1991 e 1992 e as edições do Campeonato Mineiro de 1992 e 1994.

José Maria Fialho - Aliado histórico de Zezé Perrella e sócio de Alvimar em empresas alimentícias (que foram investigadas pelo Ministério Público por suspeita de fraude em licitações de fornecimento de merenda escolar), José Maria Fialho foi vice-presidente de futebol no primeiro ano da gestão Gilvan de Pinho Tavares, em 2012. Contudo, algumas divergências abreviaram sua passagem na função, como a rejeição à contratação de Marcelo Oliveira – que viria a ser bicampeão brasileiro em 2013 e 2014 – e a ´perda de espaço` para o então diretor de futebol Alexandre Mattos, que recebeu autonomia de Gilvan na montagem do time de 2013. Fialho seguiu no Cruzeiro apenas no cargo estatutário de vice-presidente.

João Carlos Gontijo de Amorim - Advogado formado pela faculdade de Direito da PUC Minas e pós-graduado em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela Universidade Gama Filho, João Carlos é superintendente da Regional do Trabalho e Emprego em Minas Gerais (SRTE/MG) desde julho de 2016. No Cruzeiro, ele ocupa desde 2015 a presidência do conselho deliberativo.

Rafael Brandi - Filho de Felício Brandi (1928-2004), presidente do Cruzeiro entre os anos de 1961 e 1982, o conselheiro nato Rafael Brandi é administrador de empresas graduado pela UNA e pós-graduado em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas.


-----------------------------------------------
*** Promoção Especial - Cruzeiro.Org 25anos ***

COMPARTILHE, RETUITE E COMENTE
as notícias e colunas do site Cruzeiro.org
( www.cruzeiro.org ) e concorra a um ingresso
para a decisão da Copa do Brasil
no dia 27 de setembro de 2017

O indicado será anunciado no dia 25 de setembro

Participe #24HnoMineirão

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 17-09-17 05h29min
IMNSHO, as eleições estão definidas a favor do Wagner (que espertamente foge do debate e de questões objetivas).
Na realidade e na prática, a eleição para o Conselho é que vai determinar como será a gestão do novo presidente.
Aí que a coisa tá pegando fogo. AS indicações de quem ocupará os principais cargos e, em especial, a tal vice-presidência de futebol, faz arrepiar até o cabelo do UC ... PODEMOS RETROCEDER COMO NUNCA ACONTECEU ANTES.
 Eduardo Stein | Belo Horizonte | 18-09-17 13h44min
As propostas do Sérgio Rodrigues são superiores ao do Wagner Pires. Fica uma interrogação, conseguirá implantar já no primeiro ano?
O Wagner é despreparado para assumir o cargo. Sem falar que se esconde nos bastidores, imagina depois de eleito.
O Estatuto tem que ser alterado no inicio de 2018 com os balancetes trimestrais detalhados e orçamentos obrigatórios. Faltam muita informações e números nos balanços anuais do clube.
 Eduardo Stein | Belo Horizonte | 18-09-17 13h53min
O Sérgio Rodrigues tem propostas bem próximas utilizadas pelo Eduardo Bandeira no Flamengo e digo mais...
O Balanço do Flamengo é o mais completo do Brasil, ele é melhor que de muitas multinacionais que tem ações na CVM, tem ações na Bovespa. As informações do balanço do Cruzeiro não são boas, não são claras, tem muitas obrigatoriedades que são colocadas no CPC, que são as normais contábeis, que não estão no balanço do Cruzeiro.
 Twitter 

 Notcias   rss
17/12 - 10h10 [1 coment.]
Goleador para a disputa da Copa Libertadores 2018 é uma das metas  

16/12 - 14h28 [1 coment.]
Cruzeiro anuncia Lopes Júnior como novo auxiliar técnico fixo 

15/12 - 18h49 [1 coment.]
Marco Antônio Lage revela desafios e projetos da sua gestão 

14/12 - 19h56 [1 coment.]
Os planos para jogadores da base integrarem o elenco principal 

14/12 - 18h11 [1 coment.]
Assembleia Legislativa aprova, em primeiro turno, bebidas alcoólicas 

13/12 - 18h56 [1 coment.]
Toca III pode sediar primeira final de jogo único da Lib´19 

13/12 - 17h48 [1 coment.]
Cruzeiro será cabeça de chave na Copa Libertadores 2018 

12/12 - 17h37 [1 coment.]
Conselheiros efetivos e suplentes tomam posse para triênio 2018/20 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster