Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

ATENÇÃO
COMENTE E COMPARTILHE AS NOTÍCIAS E COLUNAS DO CRUZEIRO.ORG e concorra a ingressos para o jogo contra o Sport(PE) no próximo domingo

 Atualizado em 16-08-17 18h38min  |  Fonte: Cruzeiro.Org (*) |  Qtd Leituras: 566
Cruzeiro tem domínio estéril e perde dois pontos preciosos em casa

A história se repetiu na tarde deste domingo, no Mineirão. Assim como no empate por 0 a 0 com o Vitória, no último fim de semana, o Cruzeiro controlou as ações, dominou o Botafogo, mas ficou no placar igual e sem gols em jogo válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Embora tenha criado oportunidades, o time de Mano Menezes pecou nas finalizações (foram 12 erradas) e não conseguiu furar o sistema defensivo do alvinegro da estrela solitária.

O empate acabou com sabor amargo, uma vez que o Cruzeiro desperdiçou a chance de terminar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro no 5º lugar e no grupo dos seis primeiros colocados - zona de classificação para a Libertadores de 2018.

Durante a semana, Mano Menezes terá tempo para trabalhar com seus jogadores na Toca da Raposa II. Na próxima rodada, o Cruzeiro volta a atuar fora de seus domínios. O compromisso será no domingo, dia 13, diante do São Paulo, no Morumbi. O clássico interestadual está marcado para as 11h. O Botafogo, por sua vez, recebe o vice-líder Grêmio no Engenhão – também no domingo, mas às 19h.

O JOGO

Confiante depois da goleada sobre o Vasco fora de casa, o Cruzeiro voltou ao Mineirão seguro sobre seu sistema ofensivo, propondo jogo e com muito volume. Ainda aos 2’, Sassá já tinha dado trabalho em finalização ao gol de Gatito Fernandéz e Rafinha havia colocado bola na trave direita do goleiro paraguaio. O time de Mano Menezes aproveitava, especialmente, a fragilidade de marcação pelo lado esquerdo da equipe da estrela solitária.

Acuado nos instantes iniciais da partida, o Botafogo controlou um pouco mais a posse de bola e conseguiu diminuir o ímpeto do Cruzeiro. Apesar disso, a equipe comandado por Jair Ventura nada assustou o goleiro Fábio e seguiu dando algum espaço ao time celeste, principalmente nos contra-ataques. Thiago Neves fez bonita jogada aos 42’, fintou dois marcadores, mas Alisson desperdiçou dentro da área. Ao fim da primeira etapa, os números mostraram a superioridade azul: foram nove finalizações da Raposa (três certas, seis erradas) e 56% de posse de bola.

Assim como iniciou a primeira etapa, o Cruzeiro voltou para o segundo tempo amassando o Botafogo em seu campo defensivo. A equipe celeste, porém, não conseguiu criar chances claras para abrir o placar. Quando não pecava no último passe, os pontas do esquema de Mano Menezes, Alisson e Rafinha, desperdiçavam as oportunidades de finalizações. Mano tentou corrigir os problemas acionando Robinho e Rafael Sobis no banco de reservas – Nonoca e Rafinha deixaram o time.

A chance clara apareceu. Aos 35’, Thiago Neves recebeu dentro da área, serviu Alisson de cabeça e o camisa 11 testou a bola na trave esquerda de Gatito. No lance, o Cruzeiro reclamou pênalti em Rafael Sobis, que foi deslocado por um defensor do Botafogo. A partida caminhou para os instantes finais com a Raposa propondo jogo, muito ofensiva, e dando espaços para o contra-ataque do Botafogo. Com Marcos Vinícius, o alvinegro foi dono da última chance do duelo, aos 42’. Guilherme saiu em velocidade e deixou o meia-atacante livre, na entrada da área. A finalização foi para fora.


ATUAÇÕES

Por GloboEsporte.Com

Cruzeiro tem dia pouco inspirado, e Murilo é o destaque. Equipe tem segundo 0 a 0 seguido jogando como mandante no Campeonato Brasileiro.

Sassá - Deu trabalho para a defesa do Botafogo em boa parte do jogo, mas no segundo tempo parece ter cansado e caiu de rendimento. Nota: 6,0

Alisson - Mostrou muita disposição em campo, como tem sido normal com ele. Tentou levar perigo ao gol de Gatito, mas estava em um dia pouco inspirado. Nota: 6,5

Murilo - Outra atuação muito segura do jovem zagueiro do Cruzeiro. No fim da partida, impediu uma boa chance criada pelo Botafogo em contra-ataque. Nota: 7,0

AS NOTAS:

Fábio [GOL]: 6,5
Lucas Romero [LAD]: 6,0
Léo [ZAG]: 6,5
Murilo Cerqueira [ZAG]: 7,0
Diogo Barbosa [LAE]: 6,5
Lucas Silva [VOL]: 6,5
Nonoca [VOL]: 6,0
(Robinho [MEI]: 5,5)
Rafinha [MEI]: 6,0
(Rafael Sobis [ATA]: 6,0 )
Alisson [MEI]: 6,5
(Raniel [ATA]: sem nota)
Thiago Neves [MEI]: 6,5
Sassá [ATA]: 6,0

Por Lancenet!

Fábio (6,0) - Saiu mal do gol em um lance, mas o saldo foi positivo.

Lucas Romero (6,0) - Puxou dois contra-ataques perigoso no primeiro tempo.

Léo (6,0) - Não apareceu muito, mas não teve falhas no setor.

Murilo (6,0) - Fez dois desarmes no momento certo, no segundo tempo.

Diogo Barbosa (6,5) - Foi a principal válvula de escape do time. Deu trabalho.

Nonoca (6,5) - Fez uma boa partida, com desarmes importantes.

Lucas Silva (7,0) - Foi um dos destaques. Ajudou a marcar e distribuiu bem a bola.

Alisson (7,0) - Dos pés dele saíram as melhores chances. Carimbou a trave.

Rafinha (5,5) - Mandou uma na trave no início, mas não manteve o rendimento.

Thiago Neves (6,0) - Fez um bom primeiro tempo, mas caiu de rendimento.

Sassá (5,5) - Começou a todo vapor, mas, depois, participou pouco.

Robinho (5,0) - Teve atuação apagada e não deu a movimentação esperada.

Rafael Sobis (5,5) - Chamou bem a marcação no segundo tempo.

Raniel (5,5) - Entrou nos minutos finais e não ajudou muito.

Mano Menezes (5,5) - Time não mostrou muita efetividade.


ESTATÍSTICAS DO JOGO

Posse de bola do Cruzeiro: 61%
Posse de bola do Botafogo: 39%

Finalizações certas do Cruzeiro: 6
Finalizações certas do Botafogo: 1
Finalizações erradas do Cruzeiro: 13
Finalizações erradas do Botafogo: 5

Cruzamentos certos do Cruzeiro: 7
Cruzamentos certos do Botafogo: 1
Cruzamentos errados do Cruzeiro: 28
Cruzamentos errados do Botafogo: 10

Passes certos do Cruzeiro: 428
Passes certos do Botafogo: 229
Passes errados do Cruzeiro: 43
Passes errados do Botafogo: 31

Desarmes certos do Cruzeiro: 11
Desarmes certos do Botafogo: 10

Faltas cometidas pelo Cruzeiro: 15
Faltas cometidas pelo Botafogo: 16


FICHA TÈCNICA

CRUZEIRO 0 x 0 BOTAFOGO

Motivo: 19ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: 6 de agosto de 2017 (domingo), às 16h
Árbitro: Claudio Francisco Lima E Silva (SE/CBF)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE/CBF) e Fabio Pereira (TO/CBF)

Público Presente: 22.691
Público Pagante: 19.030
Renda: R$ 457.410,00

Cruzeiro - Fábio; Lucas Romero, Leo, Murilo e Diogo Barbosa; Nonoca (Robinho) e Lucas Silva; Rafinha (Rafael Sobis), Thiago Neves e Alisson (Raniel); Sassá. Técnico: Mano Menezes.

Botafogo - Gatito; Emerson Santos, Marcelo, Emerson Silva e Gilson; Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense, Bruno Silva e Leonardo Valencia (Marcos Vinícius); Guilherme e Brenner (Vinícius Tanque). Técnico: Jair Ventura

Cartões amarelos: Sassá, Lucas Silva, Diogo Barbosa (Cruzeiro); Dudu Cearense, Leonardo Valência, Emerson Santos (Botafogo)

* Com material de: Superesportes / Lancenet / FootStats / GloboEsporte.Com

/elo


Banda Help

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 06-08-17 22h53min
Quando vejo torcedor dizendo que Sóbis atuou bem, outro dizendo que Rafinha é pior que Rafael Marques e o treinador arrumando desculpas para a péssima exibição e péssimo resultado, é porque as coisas estão malparadas.
Entendo que a arbitragem foi MUITO RUIM. Isto atrapalha. Mas o Cruzeiro tem que passar por cima disto. Vieram aqui com time misto e MUITO RUIM e levaram um empate. Uma vergonha!
cont ...
 pyxis | BHZ | 06-08-17 22h57min
Se fico assustado com notas e avaliações destes ´profissionais` mequetrefes, imagina com dos torcedores.
Melhor em campo: Alisson
Pior em campo: Sassá
Herói do jogo: Marcus Vinícius
Vilão do jogo: Sassá
Minhas Notas: Fábio(4), LRomero(5), Leo(5,5), Murilo(5), DBarbosa(6), Nonoca(4,5), Robinho(4), Lucas Silva(6), Rafinha(3,5), RSobis(3,5), TNeves(6), Alisson(6,5), Raniel(Sem Nota), Sassá(2). Mano Menezes(3).
 Fernandao_Br | Belo Horizonte | 07-08-17 08h58min
Joguinho de ``taiar´´ o sangue. Sem agressividade é difícil fazer gols em adversários fechados. Faltou um pouco mais de fome dos atacantes. Entrar na área mesmo. Mas faltou sorte e uma arbitragem menos compreensiva com a cera do adversário também. Uma lástima, ótima chance de assumir o 5º lugar desperdiçada. Não vou escrever coluna desse joguinho horrível. Ao longo da semana vou fazer um balanço do turno do campeonato e publicar. Saudações Celestes a todos.
 pyxis | BHZ | 07-08-17 21h37min
Fernandao, taí a expressão que procurei para designar minha indignação com este treinador e a apresentação de ontem: TAIAR O SANGUE
Descobri porque meu sangue não ´taiou` ... estou tomando injeções para o sangue não coagular (é sério!).
É exatamente isto...INDIGNADO DEMAIS !!!
 Twitter 

 Notcias   rss
16/08 - 13h53 [0 coment.]
Cruzeiro x Grêmio: O maior confronto de times copeiros do Brasil  

16/08 - 12h58 [1 coment.]
Números fazem Grêmio e Cruzeiro os ´donos` da Copa do Brasil 

16/08 - 11h43 [0 coment.]
Cruzeiro expande negócios internacionais com futebol de base 

16/08 - 10h38 [0 coment.]
Cruzeiro x Sport (PE): Ingressos à venda para Sócios do Futebol 

15/08 - 12h40 [6 coment.]
Zezé Perrella anuncia intenção em ser presidente do Conselho 

15/08 - 07h31 [2 coment.]
Vicintin abre o jogo sobre política, DM, diretoria e futuro 

14/08 - 09h29 [1 coment.]
Vinte anos atrás a América do Sul ficava colorida de azul e branco 

13/08 - 16h37 [2 coment.]
Cruzeiro perde para São Paulo com a contribuição da arbitragem 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster