Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

CRUZEIRO.ORG - 25ANOS - OPEN BAR COMEMORATIVO #CalaverasBar *** CRUZEIRO.ORG - 25ANOS - OPEN BAR COMEMORATIVO #CalaverasBar ***

 Atualizado em 14-12-17 16h49min  |  Fonte: Superesportes/GloboEsporte.Com/Lance! |  Qtd Leituras: 1252
Cruzeiro vence pelo placar mínimo na estreia do Brasileiro´17

Na rodada de estreia do Campeonato Brasileiro, a equipe de Mano Menezes conseguiu a reação e superou o São Paulo, por 1 a 0, no Mineirão. O gol da vitória celeste sobre o Tricolor – que também vem de insucesso na competição internacional, além de quedas no Paulistão e na Copa do Brasil – foi anotado por Ramón Ábila. O centroavante argentino perdeu boas chances no primeiro tempo, mas garantiu o resultado positivo aos dois minutos da etapa final, após boa jogada de Alisson.

Com os primeiros três pontos na Série A, o Cruzeiro se vinga do São Paulo, responsável por tirar a invencibilidade celeste na temporada, vencendo por 2 a 1, no Mineirão, pela Copa do Brasil, há um mês. Apesar do revés na ocasião, a Raposa garantiu a classificação diante do time de Rogério Ceni. A partida deste domingo ainda marcou o retorno do capitão Fábio como titular à meta cruzeirense.

Chances desperdiçadas em etapa monótona

O primeiro tempo entre Cruzeiro e São Paulo começou morno. A equipe celeste explorou as jogadas pelas laterais, com Alisson e Rafinha, mas não levou perigo ao adversário. Arrascaeta apareceu bem na criação das jogadas e chegou a arriscar chute de longa distância, para a defesa de Renan Ribeiro. Já o Tricolor esperou as chances de contra-ataque e assustou Fábio aos 18 minutos. Após troca rápida de passes, Junior Tavares ficou com a bola na grande área, finalizou rasteiro, e o camisa 1 segurou firme.

A resposta do Cruzeiro ocorreu cinco minutos depois, em finalização de Ábila. Lucas Romero cruzou da ponta direita, o centroavante subiu entre a zaga são-paulina e cabeceou sobre o travessão. Aos 32 minutos, o argentino teve uma chance ainda mais clara de balançar a rede, mas desperdiçou cara a cara com o goleiro. O camisa 9 foi lançado na intermediária, ganhou na força de Rodrigo Caio, entrou livre na grande área e bateu forte, rasteiro, no canto esquerdo. A bola explodiu nas pernas de Renan Ribeiro e saiu a escanteio.

O ritmo do jogo esquentou um pouco. E o São Paulo conseguiu dar o bote no Cruzeiro em rápido contra-ataque de Marcinho. O atacante tentou a jogada com Lucas Pratto, que acabou interceptado, ficou com a sobra e cruzou com precisão para Cueva. o peruano, porém, concluiu mal e mandou na rede pelo lado de fora. O time do Morumbi voltou a ameaçar aos 40 minutos. João Schmidt tomou a bola de Ábila no campo de defesa, lançou Cueva, que cruzou para Marcinho. O atacante subiu livre, cabeceou no meio gol, e Fábio defendeu bem.

´Wanchope` se redime e garante vitória celeste

As chances perdidas não abalaram a confiança de Ramón Ábila, que se redimiu logo aos 2min do segundo tempo. Diogo Barbosa cobrou lateral rapidamente e acionou Alisson. O meia-atacante fez boa jogada pela ponta esquerda e rolou para a grande área. O argentino aproveitou o passe rasteiro e bateu no canto direito, deslocando Renan Ribeiro: 1 a 0. Na comemoração, o ´Wanchope` colocou a bola na barriga, em alusão à chegada do terceiro filho. Logo em seguida, o Cruzeiro partiu em rápido contragolpe, e Arrascaeta ficou com a bola na entrada da área, mas chutou fraco, nas mãos do goleiro.

O São Paulo passou a pressionar o Cruzeiro e respondeu em arremates de Luiz Araújo – um para fora, e outro defendido por Fábio. Os paulistas mantiveram a maior posse de bola e trabalharam as jogadas na intermediária adversária. Para reforçar a marcação celeste, o técnico Mano Menezes sacou o meia Rafinha e colocou o volante Lucas Silva. A outra mexida foi na lateral direita: Lennon entrou na vaga de Romero, improvisado.

Com a vantagem no placar, o Cruzeiro se retraiu no campo de defesa e deixou de agredir o São Paulo. O time visitante dominou as ações, teve dificuldades para achar espaços e arriscou chutes de longa distância. Thomaz, Luiz Araújo, Lucas Pratto e Gilberto insistiram bastante pelo lado tricolor, mas sem êxito. Aos 37 minutos, Ábila foi substituído por Raniel. Apesar da pressão, a Raposa seguiu fechada, administrou o resultado e estreou com sucesso no Brasileirão.

ATUAÇÕES

GloboEsporte.Com

Ramón Ábila: Substituiu Sobis e deixou sua marca. Apesar de ter perdido dois gols na cara, no primeiro tempo, marcou o da vitória e ainda lutou muito durante a partida. Nota: 7,0

Fábio: O ex-capitão cruzeirense voltou à titularidade e não decepcionou. Foi seguro em todos os chutes do São Paulo. Mano Menezes tem uma ótima dor de cabeça. Nota: 7,0

Dedé: Atuação tranquila do zagueiro cruzeirense, que ganhou, praticamente, todas as disputas de bola com Lucas Pratto. Nota: 7,0

AS NOTAS:
Fábio [GOL]: 7,0
Lucas Romero [LAD]: 6,5
(Lennon [LAD]: 5,5)
Léo [ZAG]: 6,5
Dedé [ZAG]: 7,0
Diogo Barbosa [LAE]: 6,0
Henrique [VOL]: 6,0
Hudson [VOL]: 6,5
Rafinha [MEI]: 6,5
(Lucas Silva [VOL]: 5,5)
Arrascaeta [MEI]: 6,5
Alisson [MEI]: 6,5
Ramón Ábila [ATA]: 7,0
(Raniel [ATA]: 6,0)

Lancenet

Ábila vacilou, mas se recuperou e mandou para a rede na jogada que decidiu o jogo contra o São Paulo. O mesmo não se pode dizer da dupla de zaga tricolor, em especial Maicon, com erros infantis no Mineirão. O Cruzeiro venceu por 1 a 0. Confira as notas do jogo pela primeira rodada do Brasileirão:

CRUZEIRO

Fábio 6,0 - No 500º jogo pelo Brasileirão, fez algumas defesas fáceis em dois tempos.

Lucas Romero 6,0 - Improvisado, bobeou e quase entregou gol. Saiu exausto.

Dedé 6,0 - Ganhou a maioria das bolas pelo alto e não deu sustos ao goleiro Fábio.

Léo 6,5 - Melhor que o companheiro, deu combate e cortou bolas perigosas na área.

Diogo Barbosa 6,5 - Regular. Foi ligeiro na cobrança da lateral que originou o gol.

Henrique 6,5 - Marcação firme. Diminuiu consideravelmente os espaços no meio.

Hudson 6,0 - Apagado. Errou passes, mas não comprometeu a marcação da Raposa.

Rafinha 6,5 - Mostrou intensidade e deu trabalho abrindo espaço pela direita.

Alisson 6,5 - Teve dificuldade para criar. Foi oportunista na assistência para Ábila.

Arrascaeta 7,0 - Desafogou o ataque, distribuiu o jogo e incomodou o Tricolor.

Ábila 7,0 - Perdeu grande chance no início, mas se redimiu e garantiu a vitória.

Lucas Silva 6,0 - Entrou para dar velocidade ao contra-ataque. Pouco fez.

Lennon 5,5 - Errou passe em momento crucial e desperdiçou bom contra-ataque.

Raniel 6,5 - Entrou no fim, segurou a bola no ataque e incomodou o adversário.

Mano Menezes 6,5 - Sentiu desfalques. Oportunismo de Ábila garantiu o triunfo.

ESTATÍSTICAS

Footstats

Posse de bola do Cruzeiro: 40%
Posse de bola do São Paulo: 60%

Finalizações certas do Cruzeiro: 5
Finalizações certas do São Paulo: 3
Finalizações erradas do Cruzeiro: 3
Finalizações erradas do São Paulo: 10

Cruzamentos certos do Cruzeiro: 1
Cruzamentos certos do São Paulo: 6
Cruzamentos errados do Cruzeiro: 20
Cruzamentos errados do São Paulo: 19

Passes certos do Cruzeiro: 252
Passes certos do São Paulo: 453
Passes errados do Cruzeiro: 32
Passes errados do São Paulo: 36

Desarmes certos do Cruzeiro: 23
Desarmes certos do São Paulo: 17

Lançamentos certos do Cruzeiro: 9
Lançamentos certos do São Paulo: 17
Lançamentos errados do Cruzeiro: 26
Lançamentos errados do São Paulo: 18

Faltas cometidas pelo Cruzeiro: 10
Faltas cometidas pelo São Paulo: 13

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 X 0 SÃO PAULO

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero (Lennon), Léo, Dedé, Diogo Barbosa, Henrique, Hudson, Rafinha (Lucas Silva), Arrascaeta e Alisson; Ramon Ábila (Raniel). Técnico: Mano Menezes.

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Éder Militão (Thomaz), Maicon e Rodrigo Caio; Thiago Mendes, Jucilei, João Schmidt e Júnior Tavares; Marcinho (Gilberto), Cueva (Luiz Araújo) e Lucas Pratto. Técnico: Rogério Ceni

Cartão amarelo: Rodrigo Caio (São Paulo)
Gol: Ábila (Cruzeiro), aos dois minutos do segundo tempo

Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 14 de maio de 2017 (Domingo)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés e Michael Correia (ambos do RJ)

Público pagante: 6.528
Público presente: 11.413
Renda: R$ 125.549,00


#MudaEstatutoCEC

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 15-05-17 09h55min
Sob todos os aspectos, e nas condições atuais, EXCELENTE VITÓRIA. Mas não me engano e nem fico como estes ufanistas de redes sociais. Fiquem atentos !
Melhor em campo: Alisson
Pior em campo: Hudson
Herói do jogo: Ábila
Vilão do jogo: Arrascaeta
Minhas Notas: Fábio(6), LRomero(5), Lennon(4,5), Léo(6,5), Dedé(6), DBarbosa(6,5), Henrique(5,5), Hudson(4,5), Rafinha(5,5), LSilva(4,5), Arrascaeta(5,5), Alisson(7), RÁbila(6,5), Raniel(4,5). MMenezes(5).
 pyxis | BHZ | 15-05-17 10h13min
Fico impressionado como a teimosia, como a do Mano Menezes, é superior a qualquer coisa racional. O Romero está procurando time para jogar e nós com dificuldades com a lateral direita.
Mayke se foi, Ezequiel tá gostando do DM, Lennon tá Muito nervoso (a camisa pesou)... e o Romero à disposição DESDE O ANO PASSADO.
Meu time ideal PODERIA jogar com: Rafael, Romero, Léo, Dedé, DBarbosa, Hudson, Ariel, Robinho, Arrascaeta, Alisson e Ábila.
Não é um time ruim... poderia encarar a maioria...
 Filipe Braga | Belo Horizonte | 15-05-17 11h20min
Mano além de teimoso tá pedindo para o Cruzeiro se f* nos jogos. O gol, quando acontece serve para fazer o time recuar totalmente, sendo que a principal arma do Cruzeiro na temporada é justamente usar o Ábila como referência e expor a defesa adversária ao erro (ele faz isso muito bem). Se recuar tanto o Cruzeiro perderá pontos importantes, pois expor-se a pressão uma hora ou outra resultará em erro de alguém da linha de defesa.
 Filipe Braga | Belo Horizonte | 15-05-17 11h24min
Melhor em campo: Léo Pior em campo: Arrascaeta Herói do jogo: Ábila Vilão do jogo: Arrascaeta Notas: Fábio(6), Romero(5), Lennon(4,5), Léo(7,5), Dedé(6), Diogo Barbosa(6), Henrique(6,5), Hudson(5), Rafinha(6), Lucas Silva(4), Arrascaeta(4), Alisson(6), Ábila(7), Raniel(5). Mano Menezes(4).
 Filipe Braga | Belo Horizonte | 15-05-17 11h30min
Enfim o Alisson fez um bom jogo (apesar dos chutes sempre fracos), com boa movimentação ofensiva e compromisso na marcação. E fez o correto, passando a bola para quem finaliza melhor. Mano foi salvo pela esperteza e visão de jogo do Henrique no lance da lateral, pois meio gol se deu ali ao pegar a defesa aberta. E o treinador ainda arriscou o resultado, ao tirar Rafinha que estava melhor que Arrascaeta e pasmem recuar o Arrascaeta para marcar lateral, mesmo com 3 volantes.
 Ronito | Marilia | 15-05-17 12h07min
Vi outro jogo! Continuamos apagados, assim como iniciamos a temporada. Mano errando como todo humano! Hudson e Dedé foram os que mais desarmaram e tiraram bola do campo do Cruzeiro. Abila é sem duvidas melhor opção que o Sobis, porém, não sabe jogar de pivô, de costas para quem vem de trás. Seu domínio é ruim e raciocínio lento para passar a bola. Alisson, continua ciscando como sempre fez!
 mrr | Natal | 15-05-17 13h00min
Está bom demais, se observarmos os 2 RESULTADOS(ELIMINAÇÔES) anteriores a esta partida. Porém, preocupa-me essa birra da Fábio, como se diria em Natal/RN - 'Parece um bói buchudo...'. Espero sinceramente que sua cegueira religiosa imposta a uma parte dos jogadores do grupo não esteja de fato influenciando o ambiente. Quanto a escalação comentada por Pyxis, estou 100% de acordo!
 mrr | Natal | 15-05-17 13h02min
Uma correção. Onde se diz ESCALAÇÃO, na verdade deve substituir por OBSERVAÇÃO no comentário anterior. Tenho fé com a volta do Ariel e Robinho as coisas tomem rumo...
 Dr.Magno* | BH | 15-05-17 13h11min
Melhores em campo: Alisson e Dedé
Pior em campo: Lucas Silva (entrou perdido no jogo)
Herói do jogo: Ábila
Vilão do jogo: Nível técnico baixo das duas equipes
NOTAS: Fábio(6), L.Romero(6,5), Lennon(5,0), Léo(6), Dedé(7), D.Barbosa(5,5), Henrique(5,5), Hudson(5,0), Rafinha(5,5), L.Silva(3,5), Arrascaeta(5,0), Alisson(7), Ábila(6,5), Raniel(5,5). M.Menezes(5)
Grande atuação do Lucas Romero, mesmo atuando fora da posição deu proteção a zaga. Um leão enquanto esteve em campo
 mrr | Natal | 15-05-17 13h15min
Lucas Romero é o nosso único Pit Bull. Na minha opinião, se quisere jogar com a linha avançada, esse jogador é imprecindível no esquema. Duro ver o Henrique trotando no segundo tempo, tendo o Romero no banco.
 Lets | No definido | 16-05-17 09h30min
Jogo fraco, mas alguns jogadores fizeram uma partida decente, como Alisson, Léo, Romero, Dedé. Melhor em campo; Alisson. Pior em campo;Hudson. Heroi do jogo; Henrique, pela inteligência ao cobrar rapido o lateral.
 Lets | No definido | 16-05-17 09h37min
Incrível como o Cruzeiro sente a falta de um l.direito e o Lucas Romero no banco, mais ainda, sente a falta do Robinho e L.Romero poderia fazer a mesma função.Os melhores momentos do Mano no Cruzeiro foram jogando com três volantes, o horroroso Willians mais avançado pela direita em 2015 e recentemente o Robinho, então por que não o Romero?
 Twitter 

 Notcias   rss
12/12 - 08h18 [2 coment.]
Cruzeiro renova com Gabriel Brazão, melhor goleiro do Mundial Sub-17 

11/12 - 13h39 [1 coment.]
Atletismo cinco estrelas tem final de semana de muitas conquistas 

11/12 - 08h58 [1 coment.]
Wagner Pires traça linhas de ação e proposições para seu mandato 

11/12 - 08h29 [2 coment.]
Destaques e decepções marcaram a avaliação dos atletas em 2017 

10/12 - 23h29 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA é o grande vencedor do Brasil Bowl VIII da BFA 

10/12 - 12h37 [1 coment.]
Projeto ´Azul Escuro` atinge sua meta de financiamento com sucesso 

10/12 - 10h47 [1 coment.]
Wagner Pires terá desafio de manter escrita de presidentes novatos 

09/12 - 23h13 [1 coment.]
Libertadores de 2018 já tem Cruzeiro e mais 41 classificados 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster