Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO - COMENTE E COMPARTILHE NOTÍCIAS E COLUNAS DO CRUZEIRO.ORG

 Atualizado em 25-06-17 19h36min  |  Fonte: Superesportes/UAI |  Qtd Leituras: 418
Cruzeiro segue contratando para a base planejando o longo prazo

Robinho, Rafael Sobis, Ramón Ábila, Thiago Neves, Lucas Silva... todas essas contratações animaram o torcedor cruzeirense a ver o time brigar por títulos em 2017. Mas não é apenas para o grupo principal que a diretoria mantém os olhares. Há também observações detalhadas nas divisões de base. Sempre que monitora algum atleta de potencial, a cúpula do clube discute a possibilidade de apresentar oferta. Foi isso que ocorreu com os meias Eduardo (ex-Criciúma), Nickson (Vitória), Pablo Pardal (Sport) e o atacante Jonata (CRB), que vão reforçar o grupo sub-20 do Cruzeiro.

Eduardo e Nickson têm em comum os laços que ligam suas respectivas famílias ao Cruzeiro. O primeiro é irmão do lateral-direito Ezequiel, titular da equipe profissional da Raposa. O segundo é filho de Jackson, jogador do time entre os anos de 2000 e 2001. Tais situações, no entanto, não terão interferência nas avaliações dos responsáveis pela base, e os atletas terão de se destacar nesse período de um ano para provarem que terão condições de continuar na Toca da Raposa II.

Pablo Pardal e Jonata também chegam a BH cercados de expectativa. O jogador cedido pelo Sport, em troca do lateral-esquerdo Mena, destacou-se na campanha que levou o time ao vice-campeonato da Copa do Brasil de juvenis e foi chamado para um período de treinamentos com a Seleção Brasileira Sub-18. Já o atacante fez 12 gols pelo CRB nas duas últimas edições do Campeonato Alagoano Sub-20, além de ter marcado duas vezes na Copa do Nordeste da categoria.

Em declaração à imprensa nesta terça-feira, o vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Bruno Vicintin, destacou que o investimento feito em jovens faz parte de planejamento em longo prazo. ´É um novo formato que a gente vem trabalhando. Sempre procuraremos reforçar nossas categorias de base. O Pardal fez um grande trabalho na base do Sport. Conseguimos fazer essa negociação, assim como fizemos com o Nickson, do Vitória. A gente age de forma agressiva na captação. O Cruzeiro tem que formar jogadores e também buscar os melhores atletas do outro time`, disse o dirigente.

Esse projeto começou com a aquisição do meia Marcos Vinícius, que era do Náutico, em dezembro de 2014. Com atuações destacadas no time sub-20, o jogador foi convocado para o grupo principal e, desde então, não saiu mais. Em fevereiro de 2015, o Cruzeiro comprou o também meia Alex ao Botafogo de Ribeirão Preto. Apesar de ainda não ter atuado com brilho na equipe de cima, o jovem de 20 anos é considerado promessa e deve amadurecer na carreira.

Dez exemplos de atletas contratados para a base do Cruzeiro

Marcos Vinícius (meia): destaque da base do Náutico, foi contratado pelo Cruzeiro em 2014. Depois de curto período na base, ganhou espaço entre os profissionais e não saiu mais. Em 38 jogos, marcou quatro gols.

Alex (meia): destaque do Botafogo-SP vice-campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior – marcou dois gols na competição –, o jovem chegou ao Cruzeiro em fevereiro de 2015. Em seu primeiro ano no sub-20, marcou 12 gols. Na Copinha de 2016, Alex balançou as redes por quatro vezes. Promovido ao time principal, ele ainda não mostrou o rendimento apresentado na base.

Allano (meia): contratado ao Botafogo em 2014, subiu ao profissional do Cruzeiro no segundo semestre de 2015. Até teve boa sequência – 37 jogos e 2 gols –, mas nunca ostentou prestígio com a torcida. Posteriormente, foi emprestado a Bahia e Estoril-POR.

Raniel (atacante): com bom aproveitamento no time sub-20 – marcou vários gols em cobranças de falta –, o garoto de apenas 20 anos foi promovido ao elenco de cima e faz parte dos planos do técnico Mano Menezes. Antes de atuar no Cruzeiro, Raniel fez 41 partidas pelo Santa Cruz e anotou dois gols. Sua permanência em Belo Horizonte foi condicionada a empréstimos da Raposa ao clube pernambucano, casos do volante Federico Gino e do atacante Halef Pitbull)

Pardal (meia): chegou à Toca como ´contrapeso` da ida do lateral-esquerdo Mena para o Sport.

Nickson (meia): moeda de troca do empréstimo de Gabriel Xavier ao Vitória.

Eduardo (meia): ´compensação` à cessão de Caíque Valdívia ao Criciúma.

Jonata (atacante): contratado do CRB de Alagoas.

Tonhão (zagueiro): passou dois anos na base do Cruzeiro e foi devolvido ao ABC de Natal.

Hugo Ragelli (atacante): contratado da base do Palmeiras, fez gol em seu único jogo como profissional do Cruzeiro, mas não teve sequência. Hoje está no Gil Vicente-POR.

/elo


De Jure - Coworking

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

 pyxis | BHZ | 08-03-17 09h37min
Tenho restrições a esta política. JOgadores contratados com idade de base,não ajudam a base, mas ocupam espaço dos jogadores da base ao se profissionalizarem e treinarem com os profissionais. Esta bastante desequilibrada a contratação de ´base` e aproveitamento da base de verdade.
 Twitter 

 Notícias   rss
25/06 - 11h07 [1 coment.]
Cruzeiro enfrenta o Coxa precisando vencer para recuperar estabilidade 

24/06 - 16h58 [1 coment.]
Cruzeiro realiza edição do Mídia Day com torcedores na Toca 2 

24/06 - 16h43 [1 coment.]
Quarteto ofensivo é esperança na retomada das vitórias no Br´17 

24/06 - 16h26 [1 coment.]
Sub15: Lucas Batista parabeniza seus atletas por goleada sobre Villa 

23/06 - 18h16 [1 coment.]
Mano usa Copa do Brasil e clássico para justificar time de Campinas 

23/06 - 17h55 [2 coment.]
Cruzeiro goleia o Athletic e segue invicto no Estadual Sub-20 

23/06 - 15h27 [1 coment.]
Cruzeiro enfrentará sequência difícil com mata-mata e clássico 

23/06 - 08h39 [14 coment.]
Cruzeiro faz jogo apático, perde para Ponte e se afasta do G6 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster