Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Agência Minas Esportes



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

14/01/2009 | Voz da Arquibancada
Uma Iniciativa a ser Abraçada pela Torcida

Por Henrique Santana

"Sócio Torcedor" uma iniciativa a ser abraçada pela Torcida

Pessoal, essa é uma boa iniciativa, devemos nos unir e apoiar a Diretoria. Se quisermos um time competitivo temos que colaborar.

Atualmente o proprietário do Cartão 5 Estrelas já acumula pontos e troca por produtos ou benefícios relacionados ao clube. Ele pode almoçar com o Presidente, ir à Toca da Raposa II, viajar com o time entre outros. O benefício já alcança também de camisas e produtos oficiais na loja do Cruzeiro.

Contudo, acho que deveria ter cotas diferenciadas, a exemplo dos Cartões de milhagem das empresas de aviação (companhias áreas), quanto mais você participa (contribui) mais você tem benefícios. No início poderia ter categorias, que você vai galgando mais benefícios conforme o montante de sua contribuição. E a sua permanência naquele estágio depende no montante contribuído no ano ou num determinado período a ser definido.

Apenas a título de exemplo: Para essas contribuições, poderia ter cotas (faixas) de R$ 20, de R$30 e de R$ 50 mensais. Virou sócio o torcedor recebi o Cartão 5 Estrelas "Prata" com validade de 1 ano, chegou a contribuir no ano um montante igual ou maior que R$ 360, receberia então o Cartão 5 Estrelas "Ouro", com um conjunto de benefícios maior. Contribui R$ 600 ou mais receberia o Cartão 5 Estrela "Azul VIP" (com o máximo de benefícios do programa), todos com validade de um ano. Para se manter na categoria por mais um ano deve manter igual ou maior patamar de contribuição.

Poderia ainda ser computada, além dessas respectivas contribuições, pontuação adicional (porém menor “R$/5” = “R$ 0,20 por R$”) pelas compras antecipadas de ingressos e a compra de material oficial que revertesse em $$$ para o Cruzeiro.

A estrutura de benefícios poderá ser: oferecer ao sócio torcedor desconto na compra de ingresso ou na compra de material oficial do clube, ter acesso eventual às sedes das Tocas ou a alguns vídeos especiais pela internet, ter o privilegio de participar de promoções de patrocinadores ou ainda possibilitar a sua participação (coletiva ou representar) num Conselho de Gestão Participativa, onde poderia opinar (votar) em determinados assuntos (enquetes ou fóruns realizados pela Diretoria) de interesse do Clube.

A cesta (conjunto) de benefícios do Sócio Torcedor será proporcional a categoria do seu Cartão. Isto faz com que os mesmos sejam incentivados a se associar e, principalmente, manter sua contribuição (combate à inadimplência) para permanecer num determinado patamar (categoria) ou galgar para uma categoria que possa ter maior número de benefícios.

Para finalizar minha humilde opinião, entendo que no mínimo X% dos recursos obtidos deverão ser carimbados para investir no futebol de base e X% para construção do nosso estádio. O restante seria de livre investimento. Assim o Cruzeiro estaria sempre mais forte e ampliando as condições de atraírem mais torcedores e, consequente mais Sócios Torcedores.

Nesta oportunidade, no que tange o time de 2009, apesar de não compreender alguns movimentos da DIRETORIA, acho que o importante é continuar nossa luta pela manutenção da estrutura do ano passado (a crise mundial tem ajudado) e torcer que seja confirmada a reposição de mais um bom Zagueiro. No gol, laterais, volantes de contenção, meias de armação e atacantes o time tem excelentes jogadores e tem diversas alternativas de formação tática. Resta saber quem deixará ainda o elenco, apoiar a Diretoria e torcer que a visão de nossos dirigentes vá além do Campeonato Mineiro.

Ficou sempre atento aos comentários do Mestre João Duarte, que registra ainda necessidade de um investimento em mais um homem de qualidade na armação (camisa 10) e também aposto na garotada do time de base que estão voando na Copinha.

Portanto e apesar do aproveitamento dos garotos de base, para um time de impacto ainda resta mais algumas contratações. Contudo, faz-se necessário que a grande família azul possa, neste momento, abraça o nosso time e apostar no pleno sucesso 2009. Vamos torcer e depois criticar, se for o caso.

PARABÉNS A TODOS E VIVA O CRUZEIRO E SUA MARAVILHOSA TORCIDA. ESSA INICIATIVA "SOCIO TORCEDOR" EU ACREDITO. 2009 EU ACREDITO.

Saudações Celestes!!!

Henrique Santana
Brasília - Belo Horizonte

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 TORCEDOR | N�o definido | 18-01-09 03h03min
Agora resta a manifestação da Diretoria. Efetuei alguns cálculos e com cerca de 40 mil Sócios Torcedores, com uma média de contribuição mensal de apenas R$ 30,00, no final de 12 meses teria um Fundo com quase R$ 15 milhões. O Clube aplica em média R$ 5,0 milhões com a formação de atletas federados (Base), a iniciativa poderia representar, portanto, o triplo desse valor, um montante equivalente a receita anual da TV ou recurso suficiente para trazer e manter bons atletas.
 pyxis | BHZ | 18-01-09 12h53min
Torcedor,
Dificilmente a diretoria se manifestará sobre a proposta apresentada no texto da Voz da Arquibancada. São vários os motivos e compreendo a maioria deles. O texto "peca" por falar de coisas que SÃO FEITAS e JÁ FORAM feitas sem os resultados imaginados.
Sobre SEU comentário só tenho um alerta. Você tem idéia do CUSTO OPERACIONAL de se administrar 40mil associados a R$30/mês???
Nestes empreendimentos e idéias existem curvas de custos fixos, variáveis e outras... cont
 pyxis | BHZ | 18-01-09 12h55min
... que tem um "ponto de equilibrio"... com um número baixo de contribuintes, os custos fixos são altos... com um número elevado de contribuíntes os custos variáveis tornam o processo inviável.
Aí as contas dos benefícios devem ser bem feitas pois os custos variáveis EXPLODE o processo. Diga-se de passagem, o INTER experimenta esta "explosão"... Mas NINGUÉM fala nisso, fala so nos "100 mil sócios"... NINGUÉM se preocupa, por exemplo, com o que fazer com 40mil sócios inadimplentes. É isso!
 Hugo Serelo | Não definido | 19-01-09 11h22min
Henrique Santana, Moro em Divinópolis, cidade só de cruzeirense, e só conheço 2 sócios por aqui. A maioria alega que não compensa ser sócio morando no interior, e olha que Divinópolis nem é tão longe da capital(130km). Se a força maior do Cruzeiro é no interior, por que não criar um plano específico pra esses torcedores? O Figueirense criou um. Sou leigo e posso estar errado. Mas é triste ver uma cidade cruzeirense sem sócios. Ótimo texto, parabéns! Abraços. Hugo Serelo de Divinópolis.
 TORCEDOR | N�o definido | 21-01-09 00h35min
Pyxis, a releväncia desse assunto nesta coluna está na oportunidade nos oferecida para analisar, pensar e comentar (ou nao) o assunto, de modo possamos, juntos, construir uma proposta de modelo que seja mais adequado aos objetivos do Cruzeiro, com maior viabilidade técnica operacional e mais aderente à visão dos torcedores. Como qualquer investimento, quando da implantação de qualquer modelo deve ser feito um estudo técnico mais acurado, com base em preceitos e variáveis econömicas do mercado.
 TORCEDOR | N�o definido | 21-01-09 01h04min
Cont . . . Modelo operacional de menor complexidade poderá ser sustentado em uma estrutura de baixa custo, onde o ponto de equilibrio é localizado em um patamar de mais fãcil acesso. Projetos que tenham caracteristicas similares exigem, normalmente, ferramentas customizadas de mercado, para gestão, operacionalização e controles (cadastrais, financeiras e benefícios). Estudos de economica de escala devem ser realizados, de modo possam viabilizar modelo adequado ao nicho de mercado potencial.
 gersoncruzeirense | Belo Horizonte | 23-01-09 18h01min
DETALHE IMPORTANTE, O QUE FAZER COM OS ASSOCIADOS DO CARTÃO 5 ESTRELAS, EU SOU CARTÃO DIAMANTE E PAGO R$73,00 POR MÊS A 4 ANOS(DESDE O INICIO)E AI, COMO FICA? GOSTARIA DE SABER TAMBEM, QUAL É A ATUAL ARRECADAÇÃO COM O CARTÃO 5 ESTRELAS.
 alexaug | Belo Horizonte | 23-01-09 22h25min
Acredito que não podemos confundir as coisas. Ser sócio não pode ser algo do tipo moeda de troca; tenho visto muitas manifestações sobre retorno, benefícios, etc. Vejo as pretensões como algo legítimo, contudo, em se tratando de torcedor do Cruzeiro, exigente, acredito que seria mais normal ser sócio torcedor pel simples objetivo ajudar o Clube. Penso que há uma diretoria estável e que não se meterá em aventuras com os recursos. Precisamos pensar... e agir.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
15/11 - 22h22 [5 coment.]
Retorno de Judivan é único motivo de comemoração contra o Avaí 

15/11 - 12h51 [2 coment.]
Cruzeiro pode decretar o rebaixamento do Avaí na 36a rodada do Br´17 

15/11 - 07h46 [13 coment.]
Diogo Barbosa pode atuar pelo Palestra Paulista em 2018 

14/11 - 07h39 [4 coment.]
Ronaldo Granata, vice de Wagner Pires, registra chapa de conselheiros 

13/11 - 07h16 [1 coment.]
Cruzeiro vence Fluminense (RJ), de virada, e fica em quinto lugar 

12/11 - 12h16 [4 coment.]
De olho em 2018, Cruzeiro enfrenta Fluminense, no Mineirão 

12/11 - 10h03 [1 coment.]
Alex10 apoia projeto que vai contar a história do ´Seu Lúcio` 

11/11 - 23h03 [2 coment.]
Cruzeiro perde e vê classificação ameaçada no Br´17 de Aspirantes 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster