Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
WMTI- Tecnologia da Informação



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

27/12/2008 | Voz da Arquibancada
Mil Vêzes o Jonathan...

Por Ricardo Brandão Castanheira

No futebol como em qualquer outra área de atuação, não basta ser bom, é preciso perseverar. Estamos cansados de ver pessoas talentosas e, estranhamente, sem futuro. Determinação não é um clichê comum de jogador de futebol, é uma realidade. O que então explicaria o sucesso do limitado time do Grêmio? o que explica o sucesso de um técnico como Muricy Ramalho, que não tem nada de novo a não ser a capacidade de manter seus jogadores no ápice da concentração? Vejamos o time do Cruzeiro, por exemplo. Não deve em nada aos companheiros que ficaram à sua frente na tabela. Ao contrário, individualmente é até superior. E o que fez esse time ser tão instável? e, principalmente, o que fez esse time negar fogo na hora que mais se precisou dele?

Não quero aqui levantar nenhuma tese sobre o assunto. Mas alguns indícios me levam a inferências possíveis de serem feitas. Uma delas diz respeito à falta de determinação. Segundo o dicionário Houaiss, determinação representa uma “forte inclinação a ser persistente no que se quer alcançar”. Diante disso, ponho-me a questionar: será que esses jogadores querem alcançar alguma coisa no Cruzeiro? creio que uma transferência para o exterior seria uma motivação compatível com o comprometimento demonstrado em campo em 2008. Por essas e outras razões, jogadores como o Jonathan, até outro dia desprezado pela torcida, merecem ser valorizados. Alguém se lembra do jogo contra o Náutico? O Jonathan, com toda a sua limitação, foi o único que partiu para cima da defesa adversária. Contra o Inter foi a mesma coisa. Sobra determinação no Jonathan, especialmente depois que ele se sentiu mais confiante. O que ele tem de mais, jogadores como Wagner, Guilherme e Henrique tem de menos. Lembram-se do Marcelo Moreno? Ele é um jogador do tipo Jonathan, extremamente determinado, focado, para quem bola perdida não existe. E como fez falta o Marcelo Moreno!!!

É claro que um time com 11 Jonathans não chegará a lugar algum. O que vejo como alternativa viável e possível é um time com 11 jogadores, ou melhor, um elenco com 30 jogadores com o espírito do Jonathan. Estou, me perdoem, de “saco cheio” de jogadores apáticos como o Wagner e o Guilherme, especialmente o primeiro. Chega de desculpas, de conversa fiada. Declarações do tipo “temos que aprender a lição para o próximo jogo” irritam profundamente até o torcedor mais indiferente. Não dá mais! Esse time do Cruzeiro precisa de alma, de coração. Mil vezes o Jonathan do que um talento sem alma, como Wagner ou o Guilherme. Não agüento mais tanta apatia, tanto desinteresse. Para mim, isso tem outro nome: enganação!

Como se não bastasse, falta ambição. Até parece que a classificação para a Libertadores é meta a ser alcançada. Para mim, que está acostumado a ver os Nelinhos, Joãozinhos, Palhinhas e Alex da vida, isso não passou de prêmio de consolação, no máximo. Criticaram tanto o Adilson, que se esqueceram dos atores principais da tragédia cruzeirense: os jogadores. Está na hora de reagir, urgentemente: Perrelas, façam alguma coisa. Já que vocês permanecerão à frente do Cruzeiro por tempo indeterminado, não tem outro jeito: o problema é de vocês! Talvez a solução passe pela resposta a seguinte pergunta: “Como contar com jogadores identificados e compromissados com o Cruzeiro, se o objetivo maior é vendê-los?” Que esse texto sirva de reflexão para todos os cruzeirenses que se preocupam com o time e que enxergam um pouco além das aparências.

Ricardo Brandão Castanheira, 43 anos.
Professor Universitário, cruzeirense desde sempre.

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 toninho | Ceilândia-DF | 26-12-08 22h59min
PARABENS RICARDO, ASSINO EMBAIXO. TAMBÉM GOSTO DE JOGADORES GUERREIROS QUE QUEREM UM LUGAR AO SOL MESMO SENDO LIMITADOS TECNICAMENTE, É MAIS FÁCIL ENSINAR O WAGNER E O GUILHERME CORREREM E DAR UM POUCO MAIS DE SANGUE E SUOR DO QUE FAZER O JONATHAN VIRAR UM CRAQUE MAS O ESPÍRITO DE LUTA TEM QUE SER DE TODOS.
 Ricardo Faria | Uberlândia | 27-12-08 08h09min
Muito boa a sua coluna. Mexeu no ponto certo. Por que será que o Wagner cai tanto de produção no segundo semestre? Tem sido assim há várias temporadas. Lembro-me de um recente campeonato brasileiro em que ele disparou na artilharia, mas depois passou mais de 10 rodadas sem marcar um gol. Sobre o Jonathan, tenho comentado que se em 2009 ele apresentar a mesma evolução que teve em 2008, certamente será um dos melhores laterais do Brasil.
 Ricardo Faria | Uberlândia | 27-12-08 08h12min
Muito boa a sua coluna. Mexeu no ponto certo. Por que será que o Wagner cai tanto de produção no segundo semestre? Tem sido assim há várias temporadas. Lembro-me de um recente campeonato brasileiro em que ele disparou na artilharia, mas depois passou mais de 10 rodadas sem marcar um gol. Sobre o Jonathan, tenho comentado que se em 2009 ele apresentar a mesma evolução que teve em 2008, certamente será um dos melhores laterais do Brasil.
 Ricardo Faria | Uberlândia | 27-12-08 08h12min
Muito boa a sua coluna. Mexeu no ponto certo. Por que será que o Wagner cai tanto de produção no segundo semestre? Tem sido assim há várias temporadas. Lembro-me de um recente campeonato brasileiro em que ele disparou na artilharia, mas depois passou mais de 10 rodadas sem marcar um gol. Sobre o Jonathan, tenho comentado que se em 2009 ele apresentar a mesma evolução que teve em 2008, certamente será um dos melhores laterais do Brasil.
 Ricardo Faria | Uberlândia | 27-12-08 08h12min
Muito boa a sua coluna. Mexeu no ponto certo. Por que será que o Wagner cai tanto de produção no segundo semestre? Tem sido assim há várias temporadas. Lembro-me de um recente campeonato brasileiro em que ele disparou na artilharia, mas depois passou mais de 10 rodadas sem marcar um gol. Sobre o Jonathan, tenho comentado que se em 2009 ele apresentar a mesma evolução que teve em 2008, certamente será um dos melhores laterais do Brasil.
 tonyBSB | Brasília | 27-12-08 11h37min
Parabéns Ricardo pela sua coluna, também acho que o Cruzeiro precisa urgentemente criar um espírito de luta no time, não sei se o problema é a venda de jogadores pois inter e grêmio também vendem e não falta luta aos seus jogadores. Acho que falta é cobrança de treinador e dirigentes!
 heliosangueazul | São Paulo | 27-12-08 12h44min
Ricardo, excelente seu ponto de vista. Só uma coisa me intriga, porque será que em jogos no Mineirão esses dois jogadores citados mostraram mais determinação? Seria respeito ou até mesmo medo da torcida? Mais uma pergunta: Será que com Felipão ou Luxa esses jogadores seriam titulares absolutos agindo dessa forma? O que não tenho dúvida é que faltou comprometimento desses atletas com o time. Abraços a todos e um ano novo de vitórias do nosso Cruzeiro.
 Jorge Schulman | Belo Horizonte | 27-12-08 14h09min
Amigo Ricardo;
Seriam duas boas vendas as do Wagner e Guilherme, com o compromisso de sermos reforçados com dois jogadores de alto desempenho. Para mim, não fariam falta, especialmente o segundo, desde que substituídos à altura. Sobre esse negócio de "vitrine", haverá que encontrar outras coisas, porque no exterior (entenda-se Europa) cortaram despesas até de ligação de celular. Estes moços imberbes sem formação, tomara sejam menos paparicados por cartolas e empresários. Abraços - JFS
 rapozaço | Belo Horizonte | 27-12-08 15h12min
Grande prof Ricardo.É por ai mesmo.Jogador operário da bola, não pseudo-craque rebolativo, que na hora do "vamo vê" amarela. O Jonathan foi muito prejudicado devido a contusões.Quem a sorte sorri para ele neste 2009,o preparo seja melhor e ele mantenha uma sequência, vital prá qualquer jogador de bola.
Torço por ele, que já se declarou torcedor.Vibrei como nunca nos gols que ele marcou, principalmente pela perseguição implacável de certa parcela da torcida.
Um grande abraço...
 Eduardo Faria | Passos | 27-12-08 17h39min
"Criticaram tanto o Adilson, que se esqueceram dos atores principais da tragédia cruzeirense: os jogadores." Permita-me, tb assino embaixo. A melhor notícia deste final de ano foi que Wagner e Guilherme estão negociados e que não fazem nem a pré temporada. Parece incrível, mas ambos "negaram fogo" quando o time mais precisou deles...coincidência ou não, ambos não tiveram reservas especialistas nas suas respectivas posições, só quebra galho, comprometendo o resultado de muitos jogos. Continua...
 Eduardo Faria | Passos | 27-12-08 17h40min
Lógico que outros jogadores também "negaram fogo"... Espinosa, Fernandinho, etc. Mas o importante agora é encontrar os jogadores que o Adilson pediu, além de substitutos especialistas para os que sairem, formando o elenco com no mínimo 2 especialistas para cada posição.Quanto aos já apalavrados Soares e W.Paulista, agradaram-me.Mas que venham tb Fábio Luciano e/ou Ânderson para zaga, Jancarlos LD, Leandro(ex SPFC)em subst.ao Charles.Moreno ou Fred seria pedir muito? Libertadores seria possível!
 Marcinho-GV | Manhuaçu | 27-12-08 18h57min
Ricardo nenhum retoque a fazer em suas palavras. Somente quero ser justo com um jogador: Ramires. Esse tem raça, amor à camisa. Franzino, não tem medo de cara feia e nem corre do pau. Toma muita pancada e não tem essa de sair do jogo.
Olha só as palavras do Tostão em sua coluna:
" ... para jogar melhor eles (os atletas) precisam criar vinculos afetivos com os clubes..."
 Ricardo Brandão | Belo Horizonte | 27-12-08 19h12min
Amigos, obrigado pelas palavras elogiosas. Ficaria igualmente lisongeado com posições contrárias as minhas. Quanto ao Ramires, meu caro Marcinho, também o isento de críticas. Esse é decisivo, podemos contar com ele. Já o Wagner não é mais uma promessa e sim uma realidade, forjada em 3 temporadas no Cruzeiro. Infelizmente, uma realidade que aponta para um jogador talentosíssimo, mas sem personalidade. O Guilherme, diferentemente do Wágner, quando não joga não o faz porque não quer (continua...)
 Ricardo Brandão | Belo Horizonte | 27-12-08 19h15min
... (continuando) é isso mesmo! tenho informações de dentro do Cruzeiro de que ele não é o tipo de cara que gostariámos de ter como genro ou cunhado, por exemplo. Não é um jogador de grupo. Portanto, ao contrário do Wagner, "nega fogo" por que não quer e não porque não consegue!!!
 Ricardo Brandão | Belo Horizonte | 27-12-08 19h17min
Continuando sobre o Guilherme... Portanto, o Cruzeiro deve vendê-lo antes que esse tipo de atitude ganhe fama. Por enquanto, a imagem que ele passa é de um jogador talentoso, apenas. E isso ele é! quando quer...
 Gilson Santiago | Londrina | 27-12-08 20h34min
Realmente é um gerreiro e persistente, pq qtas vezes ele ficou no banco para da lugar ao curinga de A.B e ao contrario do q fez Leandro Domingues continuou trabalhando e muitas vezes vaiado...Esse sim merece permanecer. Mas acho tbm q falta dedo do A.B e diretoria nesse quisito de luta e vontade...
 tostao | Belo Horizonte | 28-12-08 09h55min
Amigos, que em 2009 possamos iniciar um mundo diferente. Podemos começar nesse pequeno espaço. Se vc não concorda com uma opinião alheia, argumente com fatos, mas sempre respeite a diferença de pensamentos! Jamais ataque! A paz, pode ser conquistada em um pequeno gesto. Faça seu mundo se tornar melhor! Que a paz acompanhe cada um de nós! E que 2009, cada um encontre a sua vitória, o seu anseio pessoal! Um abraço a todos!
 Kaburé Sauro | Não definido | 28-12-08 20h39min
Ricardo, boa noite! Compartilho com você sobre os tópicos abordados, principalmente quanto à omissão de jogadores com a capacidade técnica do Wagner e Guilherme. O Wagner principalmente é dos jogadores que joga bem quando o time está ganhando. Nunca podemos esperar que chame o jogo para si pois é apático, pipoqueiro e cagão. O Guilherme tem que descer do pedestal e se tornar um profissional dentro da profissão que escolheu. Não pedimos que o Cruzeiro ganhe sempre, pedimos dedicação e esforço...
 Kaburé Sauro | Não definido | 28-12-08 20h43min
continuando...é triste ver jogadores com qualificação técnica que deixem passar a oportunidade de jogar num time como o Cruzeiro, que só tem crescido desde a inauguração do Mineirão (antes, não me lembro, pois era muito novo). Então esses jovens jogadores, caso queiram ficar, devem procurar fazer com quê seus nomes também fiquem gravados na história do clube. Do jeito que está, serão pálidas lembranças junto às novas lendas como Tostão, Dirceu Lopes, Joãozinho, Raul, Alex e por aí vai....
 Getúlio.gov | Não definido | 29-12-08 13h44min
Parabéns Ricardo, excelente coluna,a torcida Cruzeirense ( a maioria ),tem e péssima mania de elogiar ou criticar um jogador muito cedo, ex: M.Paraná de vaiado no 1ºjogo, ele foi um dos mais úteis no ano todo, e o Apodi, que sem nunca ter jogado era ídolo, e qdo entrou foi aquele desastre,Jonatan sempre vaiado(infelizmente)e qdo chegou Maurinho há um tempão sem jogar todos gritavam o nome dele, menos gente, pq então agora a torcida nao exigiu a permanência do Maurinho?
 Getúlio.gov | Não definido | 29-12-08 13h46min
Então acredito muito no Jonatan, e peço a todos que continuem dando muita força a ele e aos demais, pois ele tem muito a crescer, e assim como criticamos jogadores, técnico, diretoria, nós torcedores tb merecemos crítica as vezes e me incluo nessa, e no mais Feliz 2009 a todos, e que seja um ano todo azul e que continuemos apoiando sempre nosso time. um abraço
 JOAO COSTA | BRASILIA | 29-12-08 13h56min
Irretocável. Wagner eo Guilherme ganharam status de grandes jogadores sem merecer. O primeiro, me desculpe pela discordãncia, não o acho "...talentosíssimo.", como vc escreve, mas apenas um jogador de boa técnica e que parece tem lombriga na barriga, tamanha apatia. O segundo não provou nada no Cruzeiro, pois fez apenas umas boas apresentações no elenco principal e se saiu muito bem na copa SP porque o elenco e a comissão técnica eram muito bons.
 Governo | BH | 02-01-09 19h32min
Ricardo, que a parte da torcida que vaia o Jonathan, ao ler este seu depoimento em favor desse bravo jogador e torcedor caia na real e passe a apoiar e respeitar este garoto. Parabéns pela bela e lúcida análise! E, se me permite, quero aqui enviar um grande abraço ao Rapozaço, dizendo-lhe que fico muito feliz ao ler seus comentários aqui neste nosso pedaço. Saudações celestes e um feliz ano novo cheio de bençãos e de luz emitidas pelo Altíssimo a toda nação azul!!!
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
17/11 - 19h32 [0 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [0 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [0 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [0 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

16/11 - 18h51 [0 coment.]
Zagueiro Manoel passará por tratamento o restante da temporada 

16/11 - 17h30 [0 coment.]
Zagueiro Léo lançara livro ´A Quinta Estrela` sobre a CopaBr´17 

15/11 - 22h22 [6 coment.]
Retorno de Judivan é único motivo de comemoração contra o Avaí 

15/11 - 12h51 [2 coment.]
Cruzeiro pode decretar o rebaixamento do Avaí na 36a rodada do Br´17 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster