Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

PROMOÇÃO CRUZEIRO.ORG 25 anos - COPA DO BRASIL - FINAL NO MINEIRÃO
Comente no site, Compartilhe no Facebook ou Retuíte as notícias no Cruzeiro.Org e concorra a ingresso na final da Copa do Brasil
Blog Páginas Heróicas Digitais



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

04/12/2008 | Voz da Arquibancada
Faltou-nos um líder

Por João Francisco - Brasília-DF

No apagar das luzes do campeonato brasileiro, já quase definido,  independentemente de sermos ou não classificados para a Libertadores, algumas conclusões já podem ser tiradas. Podemos concluir que alguns jogadores não servem para o Cruzeiro, não vou citar nomes, e que outros se firmaram, que o nosso técnico foi, em várias ocasiões, trapalhão, noutras quase  brilhante, em algumas medíocre, ele e o time, que fomos garfados em muitos jogos - mas qual time não foi? - porém, uma conclusão da maior relevância, temos de reconhecer que nos faltou um líder. Um lider dentro de campo.

Dos jogadores que temos no plantel, à exceção do Sorin, que não jogou nesse campeonato, nenhum outro jogador tem, ou pelo menos não demonstrou, perfil de líder. Um líder não precisa ser um craque, se for melhor ainda; mas pode ser apenas um grande jogador, ou seja aquele cara que reúna qualidades físicas, técnicas, de caráter, de personalidade. Aquele cara que tenha o respeito dos companheiros, da torcida, do técnico e dirigentes, que levanta a mão nas reuniões, que defenda o time, a instituição. È claro que não precisa ser perfeito, visto que ninguém o é, mas precisa ser carismático.

Liderar, segundo os dicionários, dentre outras definições, é chefiar, orientar. Ora, pois nos faltou alguém para cumprir esse papel. Como eu dizia, no nosso elenco não teve esse cara, o cara. Fábio,  que me parece um tímido, fala pouquíssimo, até pra um goleiro, Wagner, um craque que, às vezes, tem a capacidade de se tornar invisível em campo, é de um mutismo de impressionar. Os mais experientes, MParaná , Espinoza, Fabrício e outros menos votados, também não quiseram, ou não puderam, assumir essa postura.

Para os mais jovens e inexperientes liderar é um fardo muito pesado. Aliás, o próprio Fabrício teria dito em entrevista ser a favor da contratação de "medalhões", então se encontrarmos algum "medalhão" com essas características eu também defenderei sua contratação. Voltando aos papeis do líder, em vários jogos, alguns em que estávamos ganhando e perdemos bestamente, ou cedemos o empate por pura pressão do adversário, time e torcida, ou outros em que estávamos perdendo e não conseguimos reagir, faltou o tal cara. Para empurrar o time, pra peitar o juiz, no bom sentido,  claro, para orientar um companheiro mal colocado, motivar o desmotivado, injetar coragem no amarelado, gritar, comandar uma reação, ou, inversamente, para se necessário, esfriar os ânimos, tirar os companheiros de um tumulto, etc.

Pra impor respeito ao adversário, pra trocar figurinhas com o técnico e com os companheiros. Sim, um líder também deve ter essa função, ser o porta voz do técnico dentro do campo: passar orientações e levar suas impressões. Não como um usurpador ou um delator, mas com a intenção única de ajudar o time. 

Espero que o Sorin  cumpra esse papel. Não sei se ele é o indicado, se não for teremos, para o nosso bem, acho, que encontrar alguém ou formar alguém para essa função, pois um jogador com esse perfil faz falta. Muita falta.

João Francisco
Brasília - DF

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 Rogerio DF | Brasília e Entorno | 04-12-08 16h39min
NOBRE JOÃO FRANCISCO, Parabéns pela coluna que por sinal aborda um tema muitíssimo oportuno para o fechamento da temporada 2008 e que se DEUS quiser, essa lacuna será preenchida em 2009! Você postou com o título FALTOU-NOS UM LÍDER, enquanto que o NOBRE JOÃO DUARTE, por várias vezes também nos brindou, com o FALTOU A CEREJA DO BÔLO! Mais uma vez, parabéns e Saudações Celestes.
 JOAO COSTA | BRASILIA | 04-12-08 16h43min
Grande Rogério, obrigado pelos comentários. È bom saber que estamos na mesma sintonia, para o bem do nosso querido Cruzeiro. Um forte abraço.
 fabianosc18 | ponte nova | 04-12-08 17h04min
Nós como cruzeirenses todos os anos depois de 2003, sempre q acaba um campeonato brasileiro, tentamos arranjar desculpas pelo fracasso, de mais um ano sem um grande título, e o que tenho para dizer é para pararmos de procurar desculpas e admitir mais uma vez por causa dos perrela$$$$$$$$$$$, faltou um time mais competitivo, e na hora H mais uma vez ficamos no quase e enquanto não tivermos um time que ganhe fora de casa não seremos campeões.!!!
 JOAO COSTA | BRASILIA | 04-12-08 17h18min
Caro Fabianoso, ou eu não me fiz explicar ou vc não captou o espírito da coluna. Ao escrevê-la eu não quis buscar desculpas pelo nosso fracasso(?), pois independetemente disso, o que vc chama de fracasso, coisa que eu não acho, penso que nos faltou um líder dentro do campo. Aliás, poderiamos ter terminado em pior colocação mesmo tendo esse líder, pois diversos fatores, inclusive os extra-campo, interferem num resultado, seja ele bom ou ruim. Abraços.
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 04-12-08 22h27min
João Francisco,você foi perfeito. Realmente, nos faltou um líder.AB terá que procurar pois não será fácil.São Paulo tem Rogério Ceni, Grêmio tem Tcheco, Palmeiras o Marcos. Flamengo e Cruzeiro não possuem seu líder. Mas acredito que Sorín e Fabrício poderiam dividir esta responsabilidade, pois líder em um time não precisa ser apenas um. Quem sabe AB não descobre um típico líder no exterior. Estou confiante para 2009 e vejo bastante motivação no nosso técnico. Saudações Celestes.
 Charles Libertadores | Belo Horizonte | 05-12-08 00h49min
CONCORDO
 Luizprego. | Não definido | 05-12-08 10h25min
Seria o Charles então um candidato a lider, que perdemos? Pois ele injetava ânimo, garra no time, inclusive no próprio Fabrício. E a falta de garra do time fica clara com baixa média de faltas cometidas.
 JOAO COSTA | BRASILIA | 05-12-08 11h19min
Pois é meus amigos, um ou mais jogadores podem desempenhar essa função, até porque um líder também se machuca, às vezes pode estar suspenso,etc. Mas, é preciso um referencial, aquele exemplo. E aí, quando ele não puder jogar, um ou mais seguirão o seu exemplo e sua falta será suprida, nem que seja momentaneamente. Saudações a todos!
 afonso celso | BH | 06-12-08 13h44min
faltou-nos um líder, um matador, um tecnico, sorte em algumas partidas, competencia em outra, e com certeza faltou coragem fora de casa.
 estrelado campeão | N�o definido | 07-12-08 22h58min
Sim meus caros colegas estrelados, realmente nosso grupo carecia de lideranças dentro de campo. E mais ainda, experiência nem sempre é sinal de liderança. Mesmo tendo alguns jogadores com mais experiência, não tivemos nehum com características de liderança, aquele que grita e as vezes direciona o jogo com o dedo. Principalmente em partidas fora. Esperamos que em 2009, esse problema seja solucionado.
 estrelado campeão | Ubá | 07-12-08 22h58min
Sim meus caros colegas estrelados, realmente nosso grupo carecia de lideranças dentro de campo. E mais ainda, experiência nem sempre é sinal de liderança. Mesmo tendo alguns jogadores com mais experiência, não tivemos nehum com características de liderança, aquele que grita e as vezes direciona o jogo com o dedo. Principalmente em partidas fora. Esperamos que em 2009, esse problema seja solucionado.
 JORGE SETE LAGOAS | Não definido | 08-12-08 11h27min
CONCORDO COM VC EM PARTE COM RELAÇÃO AO LIDER, MAS A LIDERANÇA DEVE COMEÇAR P/ TÉCNICO, CAPACIDADE QUE O ADILSON BATISTA NÃO TEM. O VERDADEIRO LIDER É AQUELE QUE TEM A HABILIDADE DE MOTIVAR OS SEUS COMANDADOS, ISSO INFELIZMENTE FALTA A ESSE TÉCNICO QUE AÍ ESTÁ. POR MAIS ESTUDIOSO, DEDICADO, BOM MOÇO, CRUZEIRENSE, TRABALHADOR QUE ELE SEJA, FALTA-LHE O PRINCIPAL, A LIDERANÇA. ISSO FICA BEM CLARO QUANDO O CRUZEIRO JOGA FORA DO MINEIRÃO, PORQUE AQUI A TORCIDA FAZ O PAPEL DE MOTIVADOR.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
19/09 - 14h20 [13 coment.]
Baixo aproveitamento nos pênaltis em toda a temporada liga alerta 

19/09 - 09h13 [4 coment.]
Cruzeiro alcança terceira melhor campanha do returno do Brasileiro 

19/09 - 08h08 [3 coment.]
Mano revela por que ainda não utiliza Arrascaeta como titular 

19/09 - 07h55 [1 coment.]
Sub17 conquista a J-League Challenge Cup, em Osaka (JPN) 

19/09 - 06h48 [1 coment.]
Atletismo conquista todas as provas disputadas no fim de semana 

18/09 - 08h56 [8 coment.]
Cruzeiro vence o Bahia e consegue se manter entre os 6 melhores 

18/09 - 07h39 [4 coment.]
Eleições: Lideranças do Cruzeiro intensificam atuação na campanha 

18/09 - 07h33 [2 coment.]
Cruzeiro lutará contra o Flamengo por sua 40a conquista no Mineirão 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster