Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

PROMOÇÃO CRUZEIRO.ORG 25 anos - COPA DO BRASIL - FINAL NO MINEIRÃO
Comente no site, Compartilhe no Facebook ou Retuíte as notícias no Cruzeiro.Org e concorra a ingresso na final da Copa do Brasil
Blog Páginas Heróicas Digitais



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

30/08/2007 | Voz da Arquibancada
Aos INIMIGOS, a lei

Por Silvério Cândido

O que se viu e se confirmou na última 4ª feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva- STJD, foi a estrita aplicação da lei. E isto era de se esperar, se vivêssemos em um país que preservasse os conceitos éticos, morais e, sobretudo, que cumprisse as suas leis.

Vale buscar aqui, ab initio, os ensinamentos do grande filósofo político do iluminismo, Charles-Louis de Secondat, mais conhecido por Montesquieu, quando diz em sua obra em sua obra, “O espírito da Leis”: “Quando vou a um país, não examino se há boas leis, mas se as que lá existem são cumpridas, porque boas leis há em todos os lugares.”

Pois bem, o STJD no julgamento do último dia 29, ao aplicar a sanção de 120 dias ao treinador do Cruzeiro, Dorival Júnior, não fez nada mais do que aplicar a lei, pois o art. 274 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva- CBJD previa a suspensão do treinador de 120 a 720 dias.

Mas, o que é de se estranhar, é que o rigor da lei não foi aplicado a casos recentes e análogos naquele mesmo tribunal. Por exemplo: O treinador do São Paulo, Muricy Ramalho, num comentário, certo dentro do contexto e da situação fática, porém, considerado como infração no CBJD (tipificado no art. 190, que prevê pena de 60 até 720 dias, por desrespeito a decisões proferidas pela Justiça Desportiva), ironizou a decisão daquele mesmo tribunal, ao alegar que ela acabava com a credibilidade do exame anti-dopping. Muricy, embora suas palavras fossem consideradas um afronta à decisão da justiça, passível, portanto de condenação, estava certo com o seu comentário, uma vez que o STJD, numa decisão, absurda, absolveu o jogador Dodô que jogou, comprovadamente (provas e contra-provas) dopado, seja intencionalmente ou não, desmoralizando, in totum, a medicina desportiva.

Como se não bastasse aquela decisão, ressalte-se aqui, o caso em que o treinador do Fluminense, Renato Gaúcho, disse publicamente na imprensa televisiva, que seu time estava “sendo ROUBADO”, infringindo pois, o art. 188 do “descartado” CBJD - que também prevê penas de 60 a 360 dias pelos depoimentos daquela ordem, contudo, também foi absolvido e com a recomendação, irônica, de certa forma, que se repetisse no erro, seria reincidente.

E aí, para não restringir estes absurdos, cite-se, ainda, os casos do treinadores Joel e Emerson Leão. O primeiro, mandou seu time “dar porrada”, porque o adversário estava jogando um futebol bonito, de exibição, contra o seu time e o outro faz gestos insinuando que seu time estava sendo roubado. E o resultado foi único para todos: ABSOLVIÇÃO.

Pois bem. Com qual autoridade este tribunal pune um treinador, sério, honesto, responsável, que estava no limite de sua emoção, vendo seu time ser prejudicado dentro do seu estádio e de diante de sua torcida? Não se aplicou, in casu, o princípio da isonomia, assegurado no art. 5º da Constituição da República, LEX MATER, LEX FUNDAMENTALIS.

O certo, seria o Superior Tribunal de Justiça punir a todos os infratores retro mencionados, com a devida aplicação e avaliação de provas e meios jurídicos cabíveis e não, como o fez, absolvendo a todos, principalmente ao jogador Dodô, que foi alvo, talvez, da mais atrapalhada, anti-ética e imoral decisão jurídica dada por um Tribunal Desportivo, que irá, certamente, colocar em xeque, todas as demais decisões proferidas por aquele Tribunal.

O treinador Dorival Júnior foi punido, repita-se, estritamente com base na lei e isto é um espanto neste país da fantasia, onde se vê, dia-a-dia, escândalos e crimes envolvendo magistrados, policiais e políticos, onde a sociedade não sabe mais em quem acreditar.

O STJD, ao punir o treinador Dorival Júnior e absolver os demais treinadores citados, concedeu privilégios a uns em detrimento de outro. E isto não se pode admitir num Estado Democrático de Direito. Os treinadores Muricy Ramalho, Renato Gaúcho, Emerson Leão e Joel Santana, bem como o jogador Dodô, tiveram o privilégio de serem absolvidos POLITICAMENTE. É este o país em que vivemos: O país da fantasia, onde se passa por cima da lei para salvar amigos e companheiros. Até quando?

Data venia, o STJD só se fez confirmar ontem que é um TRIBUNAL DE POLÍTICA DESPORTIVA e não de JUSTIÇA DESPORTIVA, porém com uma ressalva: De política vil e sórdida.

Fica, por último, a indagação: Como credenciar um país que não respeita as suas próprias leis desportivas (pra não dizer todas) a sediar uma copa do mundo?

Silvério Cândido
*Advogado;
Procurador no município de Contagem/MG;
Pós-Graduado em Administração de Serviços Públicos;
Pós-graduado em Direito Eleitoral;
Mestrando em Direito Público.

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 rapozaço | Belo Horizonte | 30-08-07 18h16min
Grande Silvério...
Espetacular coluna.
Esclarecedora, até para leigos. Principalmente na parte final, onde nos deparamos com uma questão da mais alta indagação...
Copa do Mundo aqui?Como, se até o básico do básico, ou seja, tratamento igual para casos análogos não é cumprido por quem de direito, no caso o Tribunal?O Cruzeiro nesta quarta-feira foi(como dizem no sul) tri-roubado.Julgamento sumário(pela ausência do treinador na partida), dois gols irregulares e o absurdo dos 120 dias...
 rapozaço | Belo Horizonte | 30-08-07 18h17min
A aplaudir a atitude equilibrada e sensata do Dorival, após a "traulitada" que levou. Esse treinador vai longe...
 Isaac | Guarapari | 30-08-07 18h18min
SILVER
Parabéns pela ótima coluna!
O que se pede é igualdade. Não se pede favorecimento. Não dá pra entender, em pleno 2007, ainda ter no Brasil, tantos desmandos e na área do futebol, um CBF e um TJD e STJD tão passionais. Na boa, meu irmão, eu que voce sabe que sou fanático, to sem animo nenhum pra este ano...são dois campeonatos, um pro SAMPA ser campeão e outro pro FLA não cair.
 Ricardo Faria | Uberlândia | 30-08-07 18h21min
Parabéns, Silvério, uma verdadeira lição de "direito", "ética" e "moral". Além dos casos citados, há mais alguns fatos recententes que, pelo visto, o STJD vai deixar sem punição. O Túlio, do privilegiado Botafogo, chutou o rosto de um adversário caído. Outro jogador, também do privilegiado Botafogo, no mesmo jogo, partiu a perna do atleta sãopaulino em uma entrada criminosa, que merecia não só suspensão dos jogos, mas alguns meses na "cadeia" para refletir.
 Isaac | Guarapari | 30-08-07 18h23min
silver,
SÃO CASOS QUE NÃO TEM EXPLICAÇÃO...
1- DODO ser absolvido de doping....qundo a determinação da FIFA é outra.
2- Edmundo agrediu um jogador e não tomou 120 dias...mas o Tulio levou....estranho!!!!
3- Muitos penaltis não marcados para o Cruzeiro e os duvidosos contra, eles nem piscam....jogo das Frangas no turno e ontem.
4- Porque o DJ levou este gancho e os outros treineiros mais renomados não?
5- Porque não erram contra o SAMPA?
to de saco cheio....jogando
 LUIZ ANTONIO | SAMPA | 30-08-07 19h46min
Alô Silvério. Achei muito oportuno o seu comentário. Parabéns. A grande nação azul estava buscando esses esclarecimentos que a mídia se esforça em não divulgar. Você disse tudo e os amigos já comentaram muito bem essa coluna. Como disse o Isaac: Tão enchendo o saco do ...
 rapozaço | Belo Horizonte | 31-08-07 08h57min
Ouvindo a resenha das 8 na tal “rádio de Minas” ( que, diga-se de passagem, ultimamente tem demonstrado um perfil mais neutro - será resultado da pressão???) ouvi um Dr. Gilvan de Pinho Tavares, Advogado do Cruzeiro no STJD, tremendamente indignado e com razão. Segundo ele, ao ouvir o árbitro Leonardo Gaciba na última quarta-feira, o auditor o questionou sobre a conduta do Dorival, perguntando se ele Dorival havia dito palavrões ao árbitro.
 rapozaço | Belo Horizonte | 31-08-07 08h58min
Esse disse que não e que o Dorival em momento algum o ofendeu com palavras ou gestos. Não satisfeito, o auditor disse que assistia o jogo ( Cruzeiro X Botafogo ) e que deu prá perceber que o Dorival havia xingado o árbitro. Diante de nova negativa, o auditor teve ainda a petulância de perguntar se então os xingamentos foram dirigidos ao auxiliar ou terceiro árbitro.
 rapozaço | Belo Horizonte | 31-08-07 08h59min
Nova negativa por parte do Gaciba, firme no depoimento. É incrível, pessoal. Eis ai a prova inconteste de que esse “tribunal” está irremediavelmente comprometido. Sabe-se lá por quem e para quem. E sem querer passar por coitadinho, se o Cruzeiro por sua diretoria não firmar uma posição em defesa de seus direitos sempre será prejudicado. É muita inocência pensar que o futebol se ganha somente nas quatro linhas.
 Isaac | Guarapari | 31-08-07 11h38min
O TATE DISSE:
"É muita inocência pensar que o futebol se ganha somente nas quatro linhas."
O TATE TÁ CERTO!
 silvercan | Belo Horizonte | 31-08-07 12h30min
Agradeço aos amigos, RAPOZAÇO (Tate), ISAAC, LUIZ ANTÔNIO e RICARDO FARIA pelas palavras e pelas considerações acima. Procurei, de certa forma, demonstrar o tratamento e o desrespeito do STJD com o Cruzeiro, prejudicando o time justamente agora em que estava numa crescente.
 maferreira | Nova Olímpia - MT | 31-08-07 12h36min
Excelente a coluna! Aliás, a cruzeiro.org tem sempre colunistas de primeira linha e presta um grande serviço à NAÇÃO AZUL. Sinceramente, me sinto imensamente orgulhoso, como cruzeirense, por ter um espaço como esse, onde é possível encontrar opiniões das mais abalizadas nas mais diversas linhas de pensamento e dos mais diversos profissionais. Silvério parabéns por sua coluna!
 Raposões do Cerrado | Guará | 31-08-07 14h43min
Caro Silvério, são de pessoas sensatas e profundamente conhecedoras daquilo que se fala que nosso País, futebol, jornalismo etc, precissa pois na atual conjuntura que encontramos ninguém viu ninguém sabe e ninguém conhece, mas nós a maioria de Minas claro, somos privilegiados de fazermos parte de torcedores elitizados, em sabedoria, coerência, preferência e tantas outras qualidades, quem disse que o cruzeiro.org não é cultura, não pode deixar de fazer parte dessa grandiosa obra, qto ao conteúdo
 rapozaço | Belo Horizonte | 31-08-07 17h05min
A Fifa vai entrar com um recurso no Tribunal Arbitral do Esporte, na Suíça, contra a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) no caso Dodô. A entidade não aceita a absolvição do jogador e entende que houve erro de direito. A decisão da entidade foi comunicada à CBF nesta sexta-feira. No início do mês, a Agência Mundial Antidoping (Wada) pediu à Fifa a investigação, já que o resultado do exame antidoping de Dodô deu positivo com a substância femproporex, mas mesmo assim o jogado
 Isaac | Guarapari | 31-08-07 19h37min
SILVER..............EFEITO SUSPENSIVO NEGADO.........O QUE PODEMOS FAZER AGORA? HA SAÍDA JURÍDICA?
 eu_sô_cruzeiro_meu | BH | 31-08-07 21h21min
Gde SILVER! Beleza de coluna, e indosso tudo que o ISSAC disse, acho, se fosse possível, que deveríamos fazer (será que a REDE BOBO sede os videos) uma sequencia completa de trechos dos jogso mostrando os penaltis, as faltas não marcadas, faltas invertidas, escanteios não marcados, a final do mineiro, a sakanagem do juiz contra o ANDRÉ LUIZ, a SUMULAÇÃO do murro com o video correspondente, fazer um DOSSIÊ completo da coisa de agora 2007, e enviar a FIFA predindo uma URGENTE INTERVENÇÃO!!!
 eu_sô_cruzeiro_meu | BH | 31-08-07 21h25min
Aogra, gente, vcs também estão de marcação! puxa, RENATO GAÚCHO chamar árbitro de LA-DRÃO, e LEÃO dizer que o árbitro está roubando com o clássico "girar a mão", oh... gente isso não pode ser considerado AGRESSÃO! Isso é ELOGIO! Desde que o pai deles ARMANDO MARQUES (pros de SP!) é um RA-TO CARA-DE-PAU, e isso também é um elogio; então não dá punição! Todo mundo sabe que eles roubam pra RJ/SP, menos a mídia, claro; então que bobagem é essa??? Chamar árbitro da CBF de LA-DRÃO é um ato de justiça
 eu_sô_cruzeiro_meu | BH | 31-08-07 21h27min
então não pode dar punição! E jogador do RJ com drogas não pode dar nada, afinal a torcida nem quer saber mais de bebida, é maconha mesmo, então qual a diferença??? No RJ a droga está no ar, na CBF, no STJD, então aparece até na urina... ou vcs não sabiam??? É isso... kkkkkkkkkkkkkkkkkk
 Rogerio DF | Brasília e Entorno | 31-08-07 23h05min
Parabéns DR. Silvério Cândido, peço-Lhe desculpas e permissões antecipadas, para colocar nesse espaço o meu desabafo e desagravo, pela sacanagem imposta a todos Nós da Nação Celeste!
 Rogerio DF | Brasília e Entorno | 31-08-07 23h09min
Galera, longe d'Eu ser pessimista! Contudo, diante das atuais circunstâncias que ora estamos sendo submetidos, tais como: Contusões em série, distribuição de cartões desenfreiada, roubalheira a torto-e-a-direita e por último a penalidade aplicada ao professor Dorival Jr.! Sei não, repito: Longe d'Eu ser pessimista, pois fui cotucado pelo Meu lado realista e acho que com as tremendas armações prá cima de Nós, pois se o STJD não rever sua decisão, creio que o ano não acabou mais cedo só para o DJ!
 Rogerio DF | Brasília e Entorno | 31-08-07 23h10min
Caso existisse uma pequenina brexa na lei desportiva ou no regulamento da FIFA, CONMEBOL, CBF ou de qualquer liga desportiva internacional, onde citasse que não caberia imputações ou penalizações que afastasse um clube, das disputas de certames por abandono de competição, Euzinho no lugar do Zezé, tiraria o time dessa malfadada, ensaiada e premeditada armação! Daria um jeito de competir em outro país, mesmo que fosse no Japão, na Turquia, na Espanha, em Israel ou até na hermana viziña Argentina!
 pyxis | BHZ | 01-09-07 00h26min
Ô professor,
Vai me tirar da praça de novo???
Teconvido a ouvir o Programa Cruzeiro.Org logo após o jogo de domingo. Mas não fura o esquema não.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
21/09 - 11h24 [5 coment.]
Mano esboça time misto do Cruzeiro para atuar em Goiânia no Br´17 

21/09 - 10h06 [3 coment.]
Jogadores refutam interpretações equivocadas em fala de Romero 

21/09 - 09h57 [6 coment.]
Cruzeiro contrata goleador e mais dois jogadores para a base  

21/09 - 08h47 [3 coment.]
Eleição à presidência da FMF sinaliza o continuísmo criminoso 

20/09 - 08h13 [1 coment.]
Cruzeiro firma parceria para aperfeiçoar desempenho dos jogadores 

20/09 - 07h09 [2 coment.]
Copa do Brasil: Sócio do Futebol deve ficar atento para decisão 

20/09 - 06h59 [1 coment.]
Cruzeiro lança Sócio Cruzeiro Digital de conteúdo exclusivo 

19/09 - 14h20 [15 coment.]
Baixo aproveitamento nos pênaltis em toda a temporada liga alerta 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster