Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Agência Minas Esportes



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

05/07/2007 | Voz da Arquibancada
Adeus a um ídolo. Quem sabe, até breve.

Por Douglas Ramos

Quem acompanhou a trajetória de Ricardinho no Cruzeiro, com certeza nunca se esquecerá dele. Sempre o colocará entre os jogadores que mais honraram nossas cores e tradição.

Para quem não o acompanhou, não será difícil de conhecer sua história com a camisa estrelada. Já que esta história se confunde com a do próprio Cruzeiro.

Após a década de 80, onde nós cruzeirenses passamos por anos difíceis, tivemos a década de 90 onde nos consolidamos ainda mais como uma das principais potências do futebol brasileiro, sul-americano e mundial. O que fez crescer ainda mais nossa imensa torcida. Torcedores que hoje estão na faixa etária de 25 e 30 anos, como eu. Com certeza se consolidaram ainda mais fiéis ao Cruzeiro porque quando começaram a entender mesmo de futebol, com mais ou menos 10 anos, tiveram um grande exemplo de jogador que jogava com o “coração na ponta da chuteira”, como a muito não se via pelos gramados do Brasil. Este era Ricardinho.

Ricardinho esteve presente no time estrelado em 6 anos desta década tão fértil em títulos do nosso Cruzeirão, se tornando o jogador com maior número de títulos conquistados pelo esquadrão azul. Portanto acredito que deveríamos reverenciá-lo e sermos eternamente gratos pelo que fez pela nossa história. Jogos inesquecíveis como a épica batalha contra o Palmeiras que contava com meia seleção brasileira e os da Libertadores de 97 onde após um começo catastrófico fomos campeões, tiveram a presença de Ricardinho.

Acredito que o que liga a torcida ao time são os ídolos e Ricardinho foi um desses. Quantas pessoas não iam ao estádio só para ver as academias da década de 60 e 70? Quantos não iam apenas por gostar de Dida, Renato Gaúcho, Boiadeiro, Sorín, Alex entre outros. Hoje quantos não vão para ver Guilherme?

Vaiar Ricardinho? Isto nunca! Mas que essa última passagem pelo Cruzeiro tem que ser apagada da história tem. Porque iria manchar tudo o que já foi dito acima, mesmo que por motivos alheios ao nosso conhecimento esse time não rendeu, com ele ou sem ele. E mostrando mais uma vez o grande craque que é dentro e fora de campo, esperou o time se recuperar, dando sua contribuição, mesmo que fora de campo ao nosso jovem time e pediu o boné por perceber que não estava mais podendo ajudar dentro de campo como outrora.

Ricardinho, nunca o esqueceremos. Muito obrigado por tudo.

Douglas Ramos, 25 anos, torcedor assíduo na arquibancada do Mineirão, a Toca da Raposa 3.

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 LUIZ ANTONIO | SAMPA | 04-07-07 19h54min
Alô Douglas. Parabéns pelas palavras ao craque Ricardinho. Você fechou seu comentário com chave de ouro, pois o Ricardinho não podia + continuar na equipe nessa sua volta. Nossa eterna gratidão ao hoje Rico-Ardinho pelos 6 anos de dedicação ao maior de Minas. Um grande abraço. Vamos juntos levar o nosso cruzeirão aos primeiros lugares nesse Brasileirão 2007. Com a contratação de mais 2 ou 3 bons jogadores para a zaga nosso time vai conseguir enfrentar os grandes sem nenhum problema.ZEIRÔÔÔÔÔ.
 Jose eustaquio de ol | Ipatinga | 04-07-07 23h48min
Douglas, sobre Ricardinho, você disse tudo, só quero dizer que ele demonstrou ser um grande jogador, torcedor,e honrou nossa camisa durante estes anos em que defendeu as cores do nosso glorioso. Seu espirito de luta, deve ser encarado pelos mais jovens,como um jogador que sempre jogou pelo time,não pensando como muitos que aqui aportaram, pensando em ir para outros paises. A diretoria e nós torcedores devemos fazer uma grande festa em agradecimentos por tudo que fez.
 douglas fanatico | Belo Horizonte | 05-07-07 08h29min
LUIZ ANTONIO e Jose eustaquio de ol, muito obrigado pelos elogios. Só tentei expressar o que acredito ser o comportamento correto que os torcedores devem ter perante a um grande ídolo como foi Ricardinho.
 Dr. Fovibio | Não definido | 05-07-07 10h58min
Ao Sr. Isaac Guarapari e cia. Estou aqui em Goiatuba-GO, há 28 anos como medico e apesar da distância continuo cruzeirense que sou desde os tempos de estudante em BH, quando minha maior alegria era ir ao Minerão ver Tostão, Dirceu e cia, honrarem nossa camisa azul. Apesar de longe, acompanho o cruzeiro via internet, tv paga e quando posso vou ao Mineirão, como fui para a ultima decisão da libertadores, a final da copa do brasil contra o São-Paulo e a penúltima partida contra o galo
 Dr. Fovibio | Não definido | 05-07-07 10h59min
quando perdemos por 4 x 0 e execraram erradamente o goleiro Fábio, que nos salvou naquele jogo de uma goleada muito maior. Depois de minha família e de minha profissão médica, ser cruzeirense e também certeza de ser feliz. Considero a instituição cruzeira acima de qualquer fanatismo individual e acho no mínimo deselegante, para não dizer fascista, o que certos blogueiros deste site, que se julgam sempre os mais entendidos,espalhar clima de terrorismo e de cobranças exageradas e na maioria das
 Dr. Fovibio | Não definido | 05-07-07 11h00min
vezes injustas, sobre os jogadores cruzeirenses. A gota d’água foi o massacre que se fez contra o Ricardinho, jogador que tantas glórias e tantas provas de amor e dedicação ao cruzeiro nos deu. Ricardinho hoje joga com sobras em qualquer time do Brasil. Jogador ético, de grupo e tão cruzeirense como nós. Viram a falta que ele fez contra o Figueirense? Os jrs da defesa não tinham a referência de um companheiro experiente que lhes pudessem passar tranqüilidade. Renam, Ramires, Daniel, Charles ?
 Dr. Fovibio | Não definido | 05-07-07 11h01min
Qual deles se aproxima da experiência, do futebol, da raça e do carisma de Ricardinho? Assim vamos queimando nossos poucos ídolos de hoje identificados com o cruzeiro, como Geovanne, Fábio goleiro, Gladstone, Wagner e até o jovem Kerlon, que alguns já chamam de cachaceiros. Democratizar um espaço para expor as nossas opiniões é extremamente salutar e válido, porém querer fazer deste mesmo espaço democrático, local de imposição de idéias é burrice e ditatorial.
 Dr. Fovibio | Não definido | 05-07-07 11h03min
Se esses senhores blogueiros acham que todos concordam com suas idéias impositivas, estão tremendamente enganados, pois tenho certeza que assim como eu a maioria abomina esse tipo de torcedor, que se acha sempre o dono da verdade. Ter um time para torcer da grandiosidade do cruzeiro deveria servir para nós cruzeirenses, motivo de orgulho e de união. A minha indignação mesmo que tardia e a mesma tenho que certeza da maioria de cruzeirenses q acessam esse sit. Saudações aos verdadeiros cruzeirense
 douglas fanatico | Belo Horizonte | 07-07-07 11h38min
Isso ae pessoal. Eu sempre pensei em escrever uma coluna aqui pro site mas como a anos tinha somente motivações nagativas pra isso, esperei um bom motivo para tal. E esse motivo foi falar de um ÍDOLO. Eu sempre penso que temos sim de reverenciar quem fez algo bom por nós. Não sou daqueles que só vê as coisas negativasm (mas também não deixo de enxergá-las), mas sim exalto as positivas. Eu gostaria de saber como esse pessoal que conhece tanto os bastidores do Cruzeiro a ponto de conhecer panelas
 douglas fanatico | Belo Horizonte | 07-07-07 11h43min
fica sabendo destas coisas. Porque esse lado sim eu acredito que deveria ser banido do futebol. Como dirigentes que tomam os clubes para si. Ou empresários que mandam e desmandam nos jogadores levando eles daqui pra ali parecendo mercadorias. Perdendo o vínculo que atrai torcedores ao estádio. A identificação com o time. Porque nos últimos anos o que vemos é um amontoado de jogadores sem identificação nenhuma com o Clube e que não representam realmente o que é o Cruzeiro.
 douglas fanatico | Belo Horizonte | 07-07-07 11h46min
E quando temos alguém assim, ainda existem pessoas que ficam detonando. Jogar bem ou mal pra mim não faz diferença contanto que se entreguem em campo. Futebol a algum tempo já não tem mais aquela magia de muita técnica e sim mais aplicação e determinação. Eu tenho saudade daqueles times como os que disputaram as supercopas, e enfrentavam os sulamericanos sem temor algum. Tivemos muitos times com jogadores pouco expressivos que nos deram muito mais alegrias que as estrelas de ultimamente.
 TUBÃO | BELO HORIZONTE | 10-07-07 20h19min
DOUGLAS MEUS PARABENS!!!!!!isso sim que é uma coluna de verdade,ricardinho merece todo apoio do cruzeiro e de sua torcida.Vc mandou muito bem.
 Rogerio DF | Brasília e Entorno | 18-07-07 15h25min
Douglas, concordo com o seu raciocínio! Pois nossa torcida por ser exigente demais, acaba por execrar pessoas que pelo menos em um jogo ou em um minuto no caso do Geovanni, que nos propiciou com grande alegria a conquista da Copa do Brasil 2000! Ricardinho, ajudou o time a nos presentear com 15 títulos, é mole! Ultimamente pediram as cabeças de peças importantíssimas ao nosso elenco, como o Fábio e o Araújo! Infelizmente, temos que conviver com tais torcedores e respeitar suas controvérsias!
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
23/11 - 21h14 [1 coment.]
Cruzeiro vence rival e é campeão da Supercopa Sub 20 do Brasil 

23/11 - 10h51 [1 coment.]
Blog denuncia Itair e Ângelo Pimentel por receber dinheiro de jogador 

22/11 - 20h26 [1 coment.]
Vicintin: As cobranças de conselheiros, contratações e dívida 

22/11 - 20h00 [1 coment.]
Conselheiros pedem comissão para investigar gestão de Gilvan Tavares 

21/11 - 20h54 [1 coment.]
Léo protagoniza lançamento do livro ´A Quinta Estrela` sobre CopaBr 

21/11 - 20h38 [1 coment.]
Ex-diretor diz que Gilvan sabia das negociações com Latorre 

20/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

20/11 - 18h31 [2 coment.]
Cruzeiro esbarra na trave e empata com o Vitória (BA), no Barradão,  

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster