Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** AVISO - Se sua SENHA não estiver funcionando, peça uma nova que será enviada para seu e-mail - Se seu e-mail atual não estiver cadastrado, CADASTRE ***
Cruzeiro.Org - 25 anos



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

02/01/2020 | Voz da Arquibancada
A Ítaca Eterna e Azul de Homero

Por Sandra Starling - CLIQUE aqui par ler e comentar ...


Revisitação de texto escrito por Sandra Starling, torcedora do Cruzeiro, sobre sua paixão pelo Cruzeiro no texto de título original ´O destino numeroso de torcer para o Cruzeiro`.

´O coração tem razões que a própria razão desconhece`, ensinava Pascal.

A mim, me foi dado o destino numeroso de ser cruzeirense, de participar da exaltação provocada por uma camisa azul e branca, decorada com as estrelas do Cruzeiro do Sul, que outrora transcorria por humildes campos de Minas nas tardes de domingo, mas que hoje arrasta multidões a estádios monumentais ao redor do mundo, ou nos eletriza por meio das ondas de televisão que integram a aldeia global.

Mudaram-se os meios, mas a paixão permanece intocada, como a Ítaca eterna e azul de Homero, destinada a ressoar para sempre em minha alma.

Antes de ser um time, o Cruzeiro, para mim, é uma paixão, e é da natureza das paixões não se deixarem reduzir aos parâmetros e equações da economia.
Porque, se a economia é cinza, a terra é azul como a camisa do Cruzeiro.

Não me comove portanto saber se o adversário é ou não financiado por esta ou aquela multinacional, multimilionária. Busco sobretudo fruir o momento mágico em que o balé viril, dançado por 11 atletas, se converte na alegria do gol, que percorre instantânea cidades, campos, nações, provocando o riso, arrancando as lágrimas, iluminando cotidianos tristes com a faísca elétrica da felicidade.

Hoje, quero ver a coreografia regida por Palhinha, sustentada por Nonato, defendida por Dida e partilhada por todos os jogadores do Cruzeiro se transformar em gols.

Nas asas desta paixão ilimitada já vivi momentos inesquecíveis. Em 1966, ouvi de joelhos a final do Campeonato Mineiro, presa em casa para amamentar minha primeira filha. Em 1969 fui doente ao Mineirão assistir Cruzeiro e Santa Cruz, ocultando meu estado para não perder o jogo.

Hoje, esteja onde estiver, na vida que abracei, não apenas verei o jogo, mas anunciarei os gols a meu marido – também ele cruzeirense doente -, mas que evita ver os jogos com medo de sofrer um infarto.

Com os olhos colados na televisão, acompanharei com o coração na mão cada um dos movimentos da partida, oscilarei da depressão à exaltação segundo o local em que se encontre a bola, sempre acalentando a esperança inesgotável na vitória, mesmo quando ela se afigure impossível, mesmo quando todos os fatores se combinem para decretar a derrota.

Muitos anos de fidelidade às estrelas do Cruzeiro me tornaram invulnerável às noites nubladas, às eventuais derrotas, conquistei o direito de repetir com o poeta: ´Renasci muitas vezes do fundo de estrelas derrotadas, reconstruindo o fio das eternidades que povoei com minhas mãos`.

Mas estou certa que, no frio desta noite, as estrelas do Cruzeiro do Sul incendiarão os corações mineiros e eu poderei parafrasear Pablo Neruda: Não me pertence mais a sombra que indaguei, eu tenho a alegria duradoura de ser estrela, a herança dos bosques e o vento dos caminhos da vitória.

Cruzeiro Esporte Clube, aqui me tens.

Sandra Starling

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 pyxis | BHZ | 04-01-20 15h16min
Este é um texto ETERNO.
Nuvens ´azul escuro`, tempestades e trovoadas JAMAIS tirarão o Cruzeiro do Sul do firmamento.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 04-01-20 19h18min
Lindo texto.Traduz uma cruzeiridade magnifíca. Sugiro que seja publicado uma vez por mês.
 pyxis | BHZ | 05-01-20 20h56min
Dra Celeste, este texto foi uma das primeiras colunas publicadas no nosso site, quando ainda nem existia o domínio Cruzeiro.Org registrado.
Vez por outra republicamos ou publicamos excertos ...
É impressionante como O texto beira a perfeição... e olha que foi feito num momento de glória e conquistas...
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
25/02 - 11h25 [0 coment.]
Morre Ildeu Cunha Pereira, ex-dirigente do Cruzeiro sob investigação 

21/02 - 08h31 [1 coment.]
Cruzeiro vendeu em 45 dias camisas que projetou vender em 4 meses  

21/02 - 07h37 [1 coment.]
Sada Cruzeiro vence SESC-RJ e mantêm liderança da Superliga 

20/02 - 22h19 [2 coment.]
Cruzeiro perde a primeira partida na temporada para a Tombense (MG) 

20/02 - 17h51 [1 coment.]
Apresentação de Marcelo Moreno ganha repercussão internacional 

19/02 - 20h07 [1 coment.]
Cruzeiro apresenta mudanças no programa de fidelidade do torcedor 

19/02 - 07h29 [1 coment.]
Salomé é homenageada com prêmio no Troféu Telê Santana 

18/02 - 15h44 [3 coment.]
Marcelo Moreno é recebido por torcedores com festa no Barro Preto 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org® Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - ANO 21 - Contatos para Webmaster