Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO - Solicitamos que todos os usuários alterem suas senhas - Cliquem em ESQUECI minha senha e aguardem o recebimento de uma nova senha
Site Oficial da Torcida do Cruzeiro



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

27/03/2017 | Evandro Oliveira
Torcedor Cibernético - Dos golpes e do ´dilema tostin

As movimentações políticas que estão ocorrendo no Cruzeiro não são boas. Já apareceram dois ´candidatos` que ´desistiram` ...

Quando vejo alguma situação influenciando outra, logo me vem à mente uma determinada propaganda de biscoito (para alguns, bolacha) que virou lenda. É fresquinho por que vende mais ou vende mais por que é fresquinho?

O chamado ´dilema Tostines` invade a nossa vida em muitos instantes. Neste momento, o que mais meu deixa intrigado é sobre as eleições do Cruzeiro.

Sofremos um golpe ao deixar movimentos pueris e déspotas esclarecidos convencerem parcela da população de que o Impeachment não era golpe e que era necessário tirar a presidenta Dilma para o país melhorar. Mal sabiam os seguidores dos Kataguiri da vida que estava tudo articulado, ´inclusive com o STF` como preconizou um determinado senador que era governo e na primeira acusação, voltou para sua cúpula fechada ´em copas`.

Voltando ao Cruzeiro, entramos num ano eleitoral em que o expediente de uma segunda reeleição não é permitido, estatutariamente.

Já foi diferente, era um mandato menor, para ser mais democrático, esticaram o tempo de mandato e tome reeleição. Não foi golpe, foi de acordo com o Estatuto vigente e teve votação.

Na eleição do atual mandatário, a coisa complicou. Vivíamos em plena ´novidade` do Ficha Limpa e, a pretexto de modernizar e trazer novos ares ao clube, livrando de ameaças de quem mistura o privado (clube) com o público (mandatos eletivos) introduziram algumas alterações estatutárias.

O maior prejudicado ficou calado e cuidou de articular a manutenção do poder através da consolidação do instamento burocrático do clube. Depois trabalhou contra e quase afundou o time na segunda divisão. Seus apaniguados ainda habitam o Barro Preto.

A reeleição ocorrida na eleição mais recente ocorreu porque dois títulos brasileiros em seguida tem um peso enorme, até junto aos conselheiros que cagam e andam para esportes e são verdadeiros patrimonialistas jurássicos.

Eu, na condição de sócio do clube, já tentei apresentar várias sugestões de alteração estatutária, verdadeiramente modernizadoras para o clube, e nenhuma delas é eleitoreira e casuísta. Claro que quem está no poder acha que é muito arrojado. Preferem ver o clube social e de lazer definhando, como tem acontecido nas últimas décadas e continuar se locupletando do futebol, sem dar o mínimo espaço para o torcedor, nem aquele que paga, em alguns casos, muito mais do que conselheiros e sócios do clube, para o Cruzeiro.

Agora fico surpreso quando vejo manifestações na Internet, e declarações do ex-superintendente de futebol profissional, dizendo que alteração estatutária é golpe. No que é seguido por teleguiados e gente que está mais preocupada com interesses e questões pessoais.

Primeiro é necessário saber QUAIS são as alterações estatutárias propostas. Depois é importante informar que quem decide por alterações no estatuto tem previsão e definição. Golpe seria se alguém não previsto no estatuto determinasse a alteração. Como no país em que pessoas pouco qualificadas determinaram um golpe. Aí voltamos ao ´dilema tostines`. Vemos um articulador do golpe preso e percebemos que pessoas não qualificadas querem dar golpe em tudo quanto é lugar, inclusive no Cruzeiro.

Creio que é legítimo que é associado ao Programa Sócio do Futebol, lute e reivindique sua inclusão nos estatutos do clube. Mais do que legítimo, uma necessidade democrática e correta. Mas quem não é sócio, não faz parte dos estatutos querer dar palpite sobre o que não sabe, sobre o que não viveu, tomar partido de ´A` ou ´B` é desrespeitoso com quem está preocupado com a situação política do Cruzeiro.

Na eleição de 2011, apoiei o candidato, mesmo sabendo que ele alijou adversários de maneira pouco convencional e contando com a maioria dos conselheiros para uma alteração estatutária. Retirei o meu apoio a ele assim que, em meados de 2014, ele lançou-se candidato a deputado. Muito mal assessorado, como sempre foi, e turrão que não ouve ninguém, quebrou a cara e ferrou com o Cruzeiro após sua derrota.

Nestas eleições apoio qualquer mudança que permitir que políticos e aventureiros usem o Cruzeiro em benefício próprio e nas suas campanhas e mandatos particulares. Todo torcedor do Cruzeiro (na realidade todos que gostam de futebol) que mistura política eleitoral, futebol e política interna do clube não passa de mais um sem noção a facilitar golpes.

´Dilema Tostines` é coisa de gente despreparada metida a pensador.

As movimentações políticas que estão ocorrendo no Cruzeiro não são boas. Já apareceram dois ´candidatos` que ´desistiram`. O atual presidente acha que pode influenciar muita gente para eleger um sucessor que seja alinhado com suas ideias (pobre coitado!). Alguns estão se candidatando somente como ´ponto para negociação` de cargos (pois é...), não possuem a mínima condição de exercer um mandato de três anos sem retrocedermos (é como se o Temer assumisse a Presidência da República no lugar da Dilma). Outros podem até ser voluntariosos, mas não possuem qualificação mínima para posto de tamanha envergadura. O que mais me deixa ressabiado é que dois ou três que, ao meu critério, teriam condições de assumir a função, estão silenciosos, estão se mantendo distantes. Não querem se meter na política do Cruzeiro, mas estão sintonizados e preocupados com possíveis retrocessos. Possuem até propostas de alterações estatutárias que não seriam nenhum golpe.

E o jogo ainda nem começou. Que os jogadores façam a sua parte dentro de campo pois senão serão usados, MAIS UMA VEZ, para decidir os rumos longe dos gramados e perto das piscinas.



Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 Celeste  | Sorocaba-Itajub� | 30-03-17 14h49min
Pelo jeito o ano promete mais sofrimento. Clube bagunçado e time idem. Gostei do texto, Evandro. Gostaria de saber quem são os nomes da turma do bem.
 pyxis | BHZ | 31-03-17 12h45min
Dra.Celeste,
Infelizmente, oportunistas, em especial muitos que nem SF possuem, e que habitam estas redes sociais podres, estão reproduzindo as práticas de nossa sociedade e política nacional.
Tenho lido cada coisa de gente que conheço MUITO BEM, de gente que frequentou o Cruzeiro.Org e a Lista-Cruzeiro, que é de assustar. Escrevem como se NINGUÉM soubesse que estão defendendo interesses próprios e ESCUSOS. Esta política interna tá LAMENTÁVEL !
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
26/05 - 07h51 [1 coment.]
Presidente do Conselho minimiza manifestações e crítica ao Conselho 

25/05 - 19h30 [1 coment.]
Cruzeiro faz bom jogo em amistoso contra a Seleção Sub20 

25/05 - 17h39 [2 coment.]
Marcos Vinícius negocia com Bota e vira opção na troca por Sassá 

25/05 - 13h24 [1 coment.]
Alejandro e Alysson são convocados para Seleção nacional Sub15 

24/05 - 11h41 [3 coment.]
Cruzeiro inaugurou academia de última geração na Toca da Raposa I 

24/05 - 10h29 [3 coment.]
Faixas contra conselheiros são colocadas em frente a sede da Timbiras 

24/05 - 09h47 [3 coment.]
Gilvan se declara favorável à mudança do estatuto do Cruzeiro 

24/05 - 08h58 [1 coment.]
Cruzeiro extingue categorias do Sócio do Futebol para reduzir custos 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster