Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Banda Help



Joao Duarte, uma Voz da Velha Guarda Azul
Joao Duarte, engenheiro escreve periodicamente no Cruzeiro.Org

13/02/2017 | Joao Duarte
Primeiras Impressões de 2017

Um elenco homogêneo, pelo menos 2 boas opções para cada função, espírito de time, sem vaidade, busca honesta e justa pela titularidade.

Mundo Azul,

☻ Uma geral das mudanças de elenco nos grandes clubes do Brasil no início do ano - O futebol brasileiro está vivendo um momento interessante. Os times grandes em sua grande maioria mantiveram seus melhores jogadores e também se reforçaram.
Começo com o Palmeiras (Eduardo Baptista), atual campeão brasileiro, que perdeu o garoto Gabriel Jesus, Cuca, mas, trouxe Borja, Felipe Melo, Michel Bastos, Keno, William do Bigode, Hyoran e Rafael Veiga, recompondo e qualificando o elenco.
O Flamengo (Zé Ricardo) perdeu Jorge, mas, trouxe Trauco (seleção peruana), Berrio (seleção colombiana), Rômulo (volante com passagem pela seleção brasileira), Renê (Sport) e ainda terá Conca.
O Botafogo (Jair Ventura Filho), mesmo de forma mais modesta, entre os disputantes da Libertadores. Buscou Montillo (Shandong Luneng), Gilson (Ponte Preta), João Paulo (Santa Cruz), Joel (Cruzeiro) e Roger (Ponte Preta).
O Fluminense ( Abel Braga) depois de perder Cícero, liberar Jonathan, Gum e Wellington Silva, buscou Orejuela e Sornoza do futebol equatoriano para o elenco, Lucas (Palmeiras/Cruzeiro), Henrique Dourado e completou com os bons garotos de Xerém (Léo Pelé, Douglas, Marcos Jr., Nogueira, etc).
O Vasco (Cristóvão Borges) além do instável Escudero, do veloz Kelvin, trouxe Wágner, Gilberto (lateral), Muriqui (futebol chinês) e parece que vai investir em Luiz Fabiano.
O Santos (Dorival Júnior) que já tinha um bom time buscou Hernandez (seleção da Colômbia), Kleber (zagueiro), Kayke (futebol japonês) e Bruno Henrique (futebol alemão), sendo um dos clubes que mais investiu.
O São Paulo (Rogério Ceni) tirou Lucas Pratto do time de Vespasiano, levou o Neilton na troca pelo Hudson, trouxe Cícero de volta e negociou o garoto Deivid Neres por uma verdadeira fortuna com o Ajax.
O Corinthians (Fábio Carilli) trouxe Gabriel (Palmeiras), Kazim (Coritiba), repatriou Jádson (Tianjin Quanjian – China), Filipe Bastos, Pablo (zagueiro) e Jô (contratado já no final do ano passado).
No sul, o Inter (Antônio Carlos Zago) repatriou D’Alessandro, Carlos Fala Fina (Atlético-MG), Alemão (Botafogo), Uendel (Corinthians), Carlinhos (São Paulo) e ainda trouxe Klauss, Robertson e o treinador Antônio Carlos Zago (Juventude). Perdeu Alex Fala Fina e vai se reestruturar para a disputa da série B.
O Grêmio (Renato Gaúcho) perdeu Wallace (vendido para o futebol alemão – Hamburg), Douglas (grave contusão), Henrique Almeida (Coritiba) e, com dificuldades de caixa, trouxe até agora apenas os veteranos Léo Moura e Jael.
O time de Vespasiano (Roger Machado) trouxe o zagueiro Filipe Santana, Rafael Moura de volta, Elias para o meio-campo, Danilo Barcelos repondo as saídas de Lucas Pratto, Leandro Donizete, Carlos e Júnior Urso.
Com o Cruzeiro não foi diferente. Não negociou nenhum de seus titulares mais importantes e vai receber vários reforços nesta temporada. Hoje vejo o nosso time mais encorpado, mas, faremos a análise mais detalhada em capítulo à parte.

☻ O bom problema que Mano Menezes tem nas mãos -
O início de ano do Cruzeiro tem sido muito diferente das campanhas dos últimos anos. Até aqui, sem contar os 3 jogos treinos que resultaram em grandes goleadas, foram 5 vitórias nas 5 partidas oficiais contra Villa Nova (2 x 1), Atlético-MG (1 x 0), Tricordiano (2 x 1), Chapecoense (2 x 0), Tupi (4 x 0). Mano Menezes optou por usar times diferentes nestas partidas iniciais poupando e preservando o elenco, afinal estes 5 jogos foram disputados em 14 dias. E sem ser ufanista, o futebol do time foi muito superior aos adversários, sendo os placares não correspondentes ao número de chances criadas em todos estes jogos. A superioridade cruzeirense foi flagrante, refletindo o que vamos ter ao longo deste ano.
Time A – Fábio, Mayke, Dedé, Léo e Diogo Barbosa; L. Silva, Henrique, Robinho e Tiago Neves; Arrascaeta e Sóbis.
Time B – Rafael, Ezequiel, Manoel, Caicedo e Fabrício; Hudson e Ariel Cabral; Élber, Rafinha, Alisson; Ábila
Time C – Lucas França, Kevin, Ronaldo (da base, voltando de contusão), Murilo Cerqueira e Bryan (Edimar); Lucas Ventura, Lucas Romero, Marcos Vinícius e Alex; Raniel e Judivan.
Hoje o time titular tem Rafael, Ezequiel (Mayke), Léo, Manoel (Caicedo) e Diogo Barbosa; Henrique e Ariel Cabral (Lucas Silva, Hudson); Arrascaeta, Robinho e Álisson (Rafinha); Sóbis (Ábila)... Ou seja, muitas disputas de posição.
A gente reclamava que não tinha cobradores de falta e agora só neste início de ano vimos Robinho e Sóbis fazendo gols em cobrança direta, Arrascaeta e Tiago Neves como ótimas opções tanto nos lances frontais quanto das cobranças laterais.
A boa surpresa tem sido Ezequiel, marcando muito bem e com apoio consistente ao ataque, fazendo bons cruzamentos e até aparecendo de surpresa para arrematar a gol. Mayke voltou bem, mas, neste momento ainda não merece tomar o lugar de Ezequiel.
Do lado esquerdo Diogo Barbosa também não desafinou no ataque e muito menos na defesa. Fabrício é jogador experiente e que pode jogar em outras funções e será importante no elenco. Bryan e Edimar ainda não mostraram todo o seu potencial.
Léo está tendo um início de ano excelente e os seus companheiros Manoel e Caicedo atuaram bem nos jogos, tanto assim que o time levou apenas 2 gols nas partidas iniciais. Mas, a minha maior expectativa é pela volta de Dedé, pois, em forma, é disparado o melhor beque do Brasil. Uma barreira aérea e um azougue para a defesa adversária quando vai para o ataque. Agora tendo competência na cobrança de bola parada, ele vai brilhar.
Todos os nossos volantes marcam e sabem jogar. Hudson parece que já atua há anos no Cruzeiro. Lucas Silva voltou e jogou tranquilo. Ariel Cabral teve atuações muito boas, em especial no clássico. Henrique manteve o alto nível de suas atuações e Lucas Romero é a raça de sempre. Pena o garoto Lucas Ventura ter se lesionado.
Agora nas 4 posições de frente Mano Menezes tem nas mãos um ótimo problema com várias opções como reportadas nos 3 times acima. A briga por posições será intensa e a administração de um grupo estrelado assim é uma das maiores competências de Mano Menezes. E estou sentindo neste começo de ano a formação de um espírito de time muito legal. Inicialmente Robinho, Arrascaeta e Tiago Neves devem ser os titulares jogando junto com Sóbis ou Ábila no ataque. Mas, que ninguém vacile porque Álisson, Rafinha, Marcus Vinícius, Élber, além dos garotos Raniel, Alex e Judivan (ainda demora um pouco) estão só na espreita.
Está aí a razão do bom problema que Mano Menezes tem nas mãos : um elenco homogêneo, com 2 boas opções para cada função pelo menos e com um espírito de time, sem vaidade, com busca honesta e justa pela titularidade. Tudo para lutar por títulos.

Primeira Fase da Copa do Brasil : Volta Redonda - Que ninguém pense que jogar no estádio da cidadania contra o Voltaço em Volta Redonda, vai ser mamão com açúcar. Hoje o time fluminense ganhou do Vasco da Gama por 1 x 0 no palco do jogo de 4ª feira e fez uma boa partida.
O treinador do Voltaço é Cairo Lima, que foi da base e jogou no rival citadino, era um meio-campista de estilo clássico, mais lento e com boa visão de jogo. Hoje contra o Vasco usou Douglas Borges, Henrique, Luan, Felipe e Cristiano; João e Marcelo; Luís Gustavo (Higor Leite), Diego Souza e Pipico (Octávio); David (Diogo Alves).
Um dos destaques do time é o goleiro Douglas Borges, que é cria da base do Cruzeiro. Mais um que não resistiu à longevidade e frequência de Fábio no gol cruzeirense. O garoto Higor leite é do Fluminense, sendo um meia inteligente e que se aproxima bem dos atacantes. Pipico é velho conhecido da interlândia carioca, tem boa técnica. David é um atacante de velocidade e muito oportunista, fez o gol hoje.
O lateral Henrique é o mesmo que teve algumas boas passagens pelo Tupi de Juiz de Fora. Alto, forte, chuta bem de média distância e faz alguns bons cruzamentos. Segundo a crônica de Volta Redonda o meia Diego Souza é o melhor jogador do time. É o motorzinho, que faz os colegas jogarem.
Mesmo jogando em casa, vão atuar atrás, encolhidos, jogando por uma bola, como fizeram contra o Vasco. Este jogo deverá ser estudado pela nossa Comissão Técnica, porque há bastante oportunidade de superar o sistema defensivo do Volta Redonda, jogando em velocidade e principalmente explorando os lances de fundo do campo.

O programa de Sócio do Futebol do Cruzeiro - Depois de soltarem um nº de apenas 26 mil sócios, o Cruzeiro reviu os seus números e agora somos um total de 62 mil sócios adimplentes. De qualquer forma, houve um erro colossal na gestão do programa de sócios que levou a uma política de migração dos programas de Sócios Cativos que pagam R$ 1000 a R$ 2460 de anuidade, para os programas do tipo Cruzeiro Sempre (R$ 360 / ano), Papa Filas (R$ 216 / ano) ou Nação Celeste (R$ 120 / ano), reduzindo a arrecadação do clube.
Ao final de 2014 eram 19.000 sócios das categorias com acesso garantido ao estádio e outros 50.000 das categorias Cruzeiro Sempre, Papa-Filas e Nação, com desconto no preço dos ingressos. Atualmente somos 9000 sócios das categorias com acesso garantido ao estádio e 53 mil das outras categorias. Num momento em que o clube investe, forma um grande elenco é preciso que nossa torcida reveja suas posições e que se volte a prestigiar as categorias que mais aportam recursos que permitirão a manutenção de um elenco forte e vencedor.
Chegamos a ser o 3º time em número de associados antes da explosão do número de sócios torcedores de Corinthians e Palmeiras, perdemos força e precisamos retornar às primeiras posições, como estivemos nos anos 2014/2014 quando conquistamos títulos importantes e dominamos o cenário esportivo brasileiro. Só depende de nós e a hora é agora.
O erro maior foi o desestímulo às categorias de Sócio Cativo em detrimento do Cruzeiro Sempre, permitindo que um sócio Cruzeiro Sempre pudesse comprar até 4 ingressos com desconto de 50%, um erro abissal.
Para que numa família 4 pessoas teriam 4 Cruzeiro Sempre? Qual a motivação?
Ora, bastava um e ainda fazia com que amigos passassem a não mais precisar se manter como sócios, simples assim. Coisa que era requerida com o direito de compra de um ingresso por sócio. Depois, gostaria que os gestores do programa me dissessem qual o benefício de ser sócio de categorias cativas, pois, até economicamente é mais favorável ser Cruzeiro Sempre.
Dou um exemplo matemático.
Categoria Tríplice Coroa paga R$ 2460 por ano tendo direito a se fazer presente a todos os jogos que o Cruzeiro for mandante.
Tomemos o exemplo de 2017, considerando que o Cruzeiro chegará às finais de todas as competições. Serão 5 jogos pela 1ª Liga, 7 jogos pelo Mineiro, 19 jogos pelo Brasileiro, se tudo der certo 6 pela Sul-Americana e 6 pela Copa do Brasil, ou seja, um máximo de 43 jogos, num ano que temos muitas competições. Tomemos 40 jogos como nº razoável.
Sendo assim, um Sócio Tríplice Coroa terá pago R$ 61 por ingresso, se for a todos os jogos.
Agora vamos fazer a conta para um Cruzeiro Sempre, que pagará 50% de desconto pelo mesmo lugar no estádio e pagará R$ 64 para estar presente (50% de R$ 120 + 360 da anuidade). E isto com a prerrogativa de escolher os jogos que vai estar presente.
Se o número de jogos diminui, ainda maior é a vantagem de quem não é sócio cativo, numa inversão injusta e nociva às finanças do clube.
Alguns dirão que o ingresso é caro, mas, o fato é que com o advento das novas arenas e a exigência de que todos tenham o direito de assistir às partidas assentados, reduziu drasticamente a presença de público nos estádios. E pior, ninguém consegue assistir aos jogos assentado, porque existem torcedores que entendem que o legal é ver o jogo em pé, seja em que local for do estádio. E quem reclama ainda é chamado de mau torcedor.
Por esta razão defendo que sejam retiradas as cadeiras da região atrás dos gols em ambos os lados do campo, permitindo a criação de um setor popular, com ingresso mais acessível, como nos tempos antigos do velho Mineirão.
Seria recriar as antigas arquibancadas. Claro que isto deverá requerer algum tipo de reforço estrutural, porque o povo vai pular com força e em muito maior número.
É um ponto pertinente e interessante. Certamente a PMMG vai ser contra, porque reunirá mais gente nos dias de jogos e maior necessidade de contingente policial.

☻ As homenagens desta coluna hoje vão para: Carlos H. C. Campos, Jerônimo Lopes, Isa@c Mirai, Hermes Freitas, Elias Guimarães, Dr. Neverminder, Jorge Schulman, Mauro França, Jorge Santana, Drª Celeste, Beth Makennel, Bruno Gervásio e para o treinador deste selecionado convoco o grande conselheiro Clemenceau Chiabi Saliba Jr.
☻ E de Conceição do Mato Dentro-MG - Paulo Virgílio Lima Carvalho (Grilo), Geraldo Afonso Costa Lima (Pousada do Baú), Xisto Guerra da Silva Neto (Xistinho), José de Souza Morais (Jujuca), Renilson Marcos de Lima Guimarães (o rei Pico), Cláudio Alberto Carvalho Carneiro (Bodão), Nilo Sérgio Carneiro (Nilão), Antônio Lúcio Carvalho Motta (Marreco), Adão de Oliveira Costa Filho (Adãozinho), Evandro Vidigal (Doca) e Flávio Martini Ribeiro (meu irmão Lolê). E para treinador deste timaço o convocado é Romeu da Silva Madureira.
Cruzeiro, Cruzeiro Querido...Tão Combatido, Jamais Vencido


Joao Duarte
joaochiabi@globo.com

Leia também as colunas anteriores Joao Duarte, uma Voz da Velha Guarda Azul

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 pyxis | BHZ | 13-02-17 02h21min
Aproveitando para ser o primeiro a comentar, digo que discordo de um monte. Mas queria destacar somente dois itens:
1) Willian do bigode Já está sendo ODIADO pelos suínos, e de quebra, aumentou o ódio dos suínos para com os cruzeirenses. Torcer para ele não voltar NUNCA MAIS !
2) Sobre o SF, a falta de transparência pode estar prejudicando suas análises. Dá uma olhada no borderô do jogo contra o Tricordiano e verá como a mentira logo vai pegar muita gente com as calças na mão.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 13-02-17 18h34min
João, parabéns pela coluna e obrigada pela homenagem. Eita disposição para escrever! Sobre os outros clubes, já tem gente insatisfeita também com o técnico do Palmeiras. O Santos está bem montado, mas com uma confusão extra gramado relacionada a um diretor demitido e que contrariou os jogadores. Isso não é bom. O Botafogo é igual ao listrado de BH. É o melhor até chegar a fase decisiva.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 13-02-17 21h46min
Sobre o time, ganhar é bom, até em treino na Toca ou jogo de botão. Isso traz tranquilidade para o técnico. Porém cada jogo ganho é uma página a ser virada.Essa sequência não significa sucesso na temporada. O técnico vai precisar trabalhar muito (temporada cheia) e saber administrar um elenco tão inchado. Sobre os jogadores, penso que o Dedé é o maior custo/benefício da nossa história. Sou grata ao futebol apresentado no Bi, porém deveria ter saído do clube.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 13-02-17 21h51min
O MM precisa montar um time com 16 titulares. É importante ter esquemas alternativos e as características de nossos jogadores permitem isso.
 Webmaster | Belo Horizonte | 13-02-17 23h11min
AVISO

Caso você não esteja conseguindo entrar com seu login, pedimos que use a função ESQUECI MINHA SENHA.
Todas as senhas foram alteradas por motivo de segurança (nenhuma senha foi divulgada).
Caso não tenha acesso ao seu email cadastrado, entre em contato conosco pelo email arquibancada@cruzeiro.org.
Se a senha que você receber não for do seu agrado, entre com ela uma vez, clique no MEU PERFIL e altere tudo que desejar.
 heliosangueazul | São Paulo | 15-02-17 09h32min
João Duarte, como sempre excelente sua coluna. Eu estou muito confiante nesta temporada, uma coisa é certa, nosso time é sem dúvida um dos melhores do Brasil neste momento, vai depender muito do técnico saber administrar, mas confio no Mano Menezes, desde que ele não eleja algum queridinho como fez com o moço do bigode ano passado. No mais é esperar pra ver. Aproveitando, jogo de hoje contra VR é muito perigoso, mais pelo regulamento atual, não permite erro.
 PHMG | Brasília - BH | 15-02-17 22h48min
Vejo o sistema defensivo com muitas falhas, com destaque para bolas aéreas e a marcação pelo lado esquerdo (Diogo / Ariel). Quanto à parte ofensiva, vários bons jogadores, embora só o Ábila tenha a característica de matador. Os demais criam muito e perdem muitas chances de gols.
 N-Azul | Santos | 12-03-17 22h38min
Excelente coluna mais uma vez João Duarte! Concordo que o futebol parece cada vez mais elitizado. precisamos reverter este quadro e a solução de setores populares vem a calhar. Afinal: O Cruzeiro é o time do Povo!
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
18/10 - 06h11 [0 coment.]
Wagner Pires confirma contratação de Djian para diretoria de futebol 

17/10 - 20h06 [1 coment.]
Cruzeirenses pagarão R$70 para verem a partida no Couto Pereira 

17/10 - 19h00 [1 coment.]
Zagueiro Arthur estende seu vínculo com o Cruzeiro até mar/2021 

17/10 - 18h41 [1 coment.]
Campeonato Brasileiro Sub-23 (Aspirantes) com dez clubes 

17/10 - 17h54 [2 coment.]
Fábio Brostel assume o comando da categoria sub-14 do Cruzeiro 

16/10 - 18h23 [1 coment.]
Finais de conferência do Brasileiro de Futebol Americano definidas 

16/10 - 10h55 [0 coment.]
Atletismo do Cruzeiro é destaque nas provas do final de semana 

16/10 - 08h55 [1 coment.]
Base tropeça na reta final dos estaduais de cada categoria 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster