Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
WMTI -Tecnologia da Informação



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

07/02/2016 | Evandro Oliveira
Observatório da Imprensa - Suicídio Coletivo Fatalista

Manuais de Redação são, completamente, confundidos com Código de Ética e Juramento para alguns profissionais da mídia ...

Manuais de Redação são, completamente, confundidos com Código de Ética e Juramento para alguns profissionais da mídia. Alguns? Eu diria muitos. Mas existem casos curiosos de profissionais que pregam uma coisa e fazem outra. O famoso “faça o que eu falo e não faça o que eu faço”.

A mídia esportiva mineira é pródiga neste tipo de comportamento. Desde aquele apresentador que se recusa a falar de maus comportamentos de seus coleguinhas (arguindo uma pretensa ética) e, ao mesmo tempo, usa artifícios aéticos para alavancar audiência e vomitar especulação e factoide.

Ao ler alguns artigos sobre suicídio e seu tratamento pela mídia mundial vi que, basicamente, existem quatro tipos: “suicídio egoísta”, “suicídio altruísta”, suicídio anômico” e “suicídio fatalista”. Fiquei pensando como alguns profissionais da mídia mineira cometem suicídio profissional (que pode levar às vias de fato) só porque são induzidos a cometerem um verdadeiro haraquiri profissional.

É compreensível que a defesa do emprego seja um motivo para que um profissional faça coisas condenáveis e eticamente reprováveis. Mas suicidar? Por outro lado, alguns profissionais que procuram preservar alguns valores éticos são tratados como escória ou “traidores da causa”.

Tá certo que o tema suicídio, strictu sensu, é um tabu na mídia mundial. Mas nem o melhor de todos os divãs, resolveria esta questão em relação ao que fazem certos representantes da mídia mineira. Não tem explicação. Nem o dinheiro que recebem explica. Em alguns casos, o dinheiro nem é tão assim compensador (pelo menos aquele que é declarado para a Receita Federal).

A imprensa esportiva mineira, grosso modo, deveria, respeitados preceitos éticos e morais, relatar fatos que proporcionassem a reflexão, deveria ser isenta de preconceitos e leviandades, que tanto tem encerrado discussões difíceis. Deveria proporcionar ao leitor e futebolista mineiro alguns fundamentos para mudar ou evoluir nas opiniões. No caso do futebol mineiro toda esta lógica tem sido jogada no lixo. Opiniões eivadas de achismos e com interesses individuais se sobrepondo a tudo e a todos. Falar em um “vale tudo” na mídia mineira é pouco. Superficial.

Cada profissional (???) da mídia esportiva mineira buscando, a qualquer custo, o “farinha pouca meu pirão primeiro”. Entrevistas e reportagens que não acrescentam muito a nenhuma discussão. Casos de informação privilegiada sem nenhum critério profissional e ético. “Furos de reportagem” que não passam de vazamento de agentes para midiáticos interesseiros. Um certo jogador, toda vez que queria aumento de salário, colocava seu procurador para conversar com proxenetas da mídia para fabricarem seus “fatos”.

Aí o que vemos é uma “notícia” dada como se fosse furo, ter que ser refutada por nota oficial dos atingidos, como foi o caso da notícia sobre uma possível falsa contusão do Willian para não jogar por estar em negociação com time do estrangeiro. Aí, daqui alguns meses ou semanas, o jogador é negociado e o profissional (???) da imprensa ainda vai dizer “eu que dei o furo”.

O torcedor mineiro, que gosta de futebol ou acompanha seu time através da mídia, não tem tido a capacidade de distinguir fatos de factoides e balões de ensaio. Basta ver uma manchete numa rede social de 140 caracteres e o rastilho de pólvora corre rápido, transformando-se numa verdade.

Infelizmente, esta violência midiática está firmada. E aí de quem tenta alertar incautos e alienados. Perde-se mais tempo tentando explicar para as pessoas “incluídas digitalmente” que as coisas PODEM não ser bem do jeito que elas receberam a primeira informação, e o campo para se arrumar inimigos está formado.

Só penso que, estes pseudo profissionais experientes, e os neófitos que estão tomando de assalto as antigas redações de jornais, não respeitam limite algum. E não é nenhuma nova onda de quebra de tabus, é suicídio egoísta, é suicídio coletivo fatalista. É indução ao suicídio no salve-se quem puder.

Ao mesmo tempo que fico vendo movimento em defesa do emprego de profissionais de mídia como o que acontece com os trabalhadores dos Diários Associados, e algumas outras demissões aqui e acolá da mídia, vejo que os velhacos e donos das editorias de esporte em jornais, rádios e TV vão aproveitando e orientando seus subordinados a praticarem suicídio profissional. UMA PENA!

Solidarizo-me com todos os dignos profissionais da mídia mineira que, subjugados pelos donos da mídia e seus prepostos, não se rendem. Que a força esteja com vocês !!!


Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 07-02-16 10h52min
Evandro, a midia contribui para o emburrecimento da sociedade. Jornalismo era para ser cultura.Esses psedojornalistas estão enterrando a própria carreira e contribuindo para o retrocesso do futebol brasileiro. Na minha família (eu e meus irmãos) sempre fomos apaixonados por futebol, líamos os jornais, ouviamos rádio e viamos programas esportivos na TV ( e juntos, quando possivel).Hoje nossos filhos(as) nos acompanham futebol, mas só na hora do jogos.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 07-02-16 10h55min
Quanto à falta de profissionalismo, vou pontuar todas as besteiras que ouvir nos próximos jogos do Cruzeiro. E tenho certeza absoluta que, no Brasileirão, o pessoal de BH, que fizer jogos do Cruzeiro, vai falar da história do BQ, como quem não quer nada...
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 07-02-16 10h58min
Minha avó morou conosco nos últimos anos da vida dela. Eu, vez por outra, abria um jornal para ler e ela me dizia:toma cuidado porque papel e tinta aceita qualquer coisa (isso no início dos anos 80)...
 Raposão do Brasil | Não definido | 07-02-16 14h30min
Pois é Evandro,um dia desses disse pra um Cruzeirense sem noção que a mídia tem a maior parcela de cupa nesse definhamento do futebol brasileiro. Ele sorriu e disse que o mundo está mudado e que as coisas são assim mesmo...e até defendeu a atitude do MMenezes e disse que torce pros perrelas voltarem...é mole?A pergunta que fica é a seguinte..onde se trabalha isso pra ser mais eficaz?Como destruir esses" Suicídios Múltiplos "?Não tenho habilidade e nem conhecimento acadêmico pra isso....
 Raposão do Brasil | Não definido | 07-02-16 14h34min
...mas queria ter.O problema é que esses Suicídios não acontecem só em Minas,é no país inteiro e com extrema força, ASSUSTADOR.Gostei muito da parte da Dra.Celeste...Papel e tinta e hoje em TVs e internet... Força e Paz aos homens de bom coração na terra.
 Celeste  | Sorocaba-Itajub� | 07-02-16 22h00min
Raposão, obrigada! Precisamos de ilhas de inteligência na imprensa esportiva.
 pyxis | BHZ | 08-02-16 17h47min
Dra. Celeste, Não vou dizer que a sua avó era sábia pois digo que ele tinha lucidez suficiente para ver o que sempre existiu. Minha mãe sempre foi reticente com a mídia, me ensinou muita coisa mas o básico é sempre ler e ouvir outras opiniões, principalmente contraditórias... e ver a práxis... mídia esportiva e política no Brasil NON ECXISTE !!!
 pyxis | BHZ | 08-02-16 17h50min
Raposão, estes que pregam que "as coisas são assim ... desígnios da vida ..." eu DISPENSO... PIOR que muitos usam isto (verdadeiras falácias) para se manterem em alguma posição que exerça influência e poder sobre outras pessoas.
Qualquer pessoas, minimamente aculturada, que der uma lida (E ENTENDER!) das 30 falácias mais comuns, passará, imediatamente, a abominar TUDO que vê na mídia esportiva, cultural e política do Brasil.
 carlos_Almeida | Vitória | 13-02-16 18h29min
Evandro, tenho interessado com o comportamento da Mídia, principalmente com seus textos que tento ler com mais atenção. Como leio mais notícia do Cruzeiro, não sei se os jornalista são aéticos com o rival da mesma forma do Cruzeiro. Vi poucas vezes o Alterosa Esporte, achei aquilo uma aberração, assim como os comentários do Bob Faria, não sei te dizer se é por antipatia, acho muito passional. Queria saber se o jornalismo sempre foi assim ou se piorou nos últimos anos. Nas décadas de 70 e 80...
 carlos_Almeida | Vitória | 13-02-16 18h37min
...que não tinha a mesma formação que hoje, acredito que dava pra listar alguns éticos jornalista, por exemplo, sempre fui fã do Roberto Drumond. Hoje, um Tostão, e aqui no Cruzeiro.org, você mesmo e alguns colunistas. É lógico, como mesmo diz, a pressão influencia... Repito a pergunta. O jornalismo era diferente?
 pyxis | BHZ | 13-02-16 19h29min
Carlos_ALmeida, a resposta não é a que você espera...
EM TERMOS.
Não posso responder que SIM e nem NÃO.
Digo que existiam profissionais da mídia mais confiáveis. Alguns ainda estão ai.
COmo diria o poeta, conheço alguns que estão aí, calados, sofrendo e vendo o que estão fazendo com a profissão.
Temos que separar as editorias. COnheço um destes jornalistas, que cansado das editorias de esportes (ele adorava e tem livro escrito sobre futebol) e política, resolveu ...
cont...
 pyxis | BHZ | 13-02-16 19h32min
...mudar para a editoria de CULTURA (mas lá ele encontra o mundo das gravadoras, dos artistas globais, dos sertanejos ... muda a *****).Na editoria SOCIAL, por exemplo, era muito pior... mas o "mercado" de troca de favores, MENOR...
 pyxis | BHZ | 13-02-16 19h35min
...
. o que mudou, de verdade, foi o receptor das mensagens (o povão) que passou a ter acesso a mais informação (De maneira desenfreada e desorganizada) e descobriu (até este momento) que pode questionar... como questionar e vociferar é mais fácil do que construir, vemos este quadro de que, QUALQUER UM, pode se meter a ser repórter e/ou jornalista.
Se, por um lado, isto parece ser bem democrático, por outro, é anárquico e vem prevalecendo,
cont ...
 pyxis | BHZ | 13-02-16 19h37min
...
fora algumas ilhas de exceção, a desorganização e a baixíssima qualidade de textos e opiniões... cada um quer que a sua opinião prevaleça e o debate e avanço de ideias não passa pela cabeço de 80% deste povo.
A briga pela audiência atingiu os grandes meios de comunicação, está matando os jornalões impressos e vem mais por aí. Está batendo desespero.
E digo mais... Canais de Youtube, Blogs etc vão destruir este povo... MENOS uma coisa... O RÁDIO... este vai ficar...
 Beth Makennel | Belo Horizonte | 16-02-16 16h26min
Poxa Evandro... falou tudo. é a grande verdade. Até jornalistas que se dizem Cruzeirense e que conheço como grandes Cruzeirense... caindo nas armadilhas ou sei lá o que dos donos da mídia e jogando sujo contra o Cruzeiro. Mandei mensagem ao Orlando Augusto declarando a minha imensa decepção com ele. E o J.A. Ferrari é dos poucos vejo na mídia defendendo com unhas e dentes o Maior de Minas.
 pyxis | BHZ | 17-02-16 15h53min
Obrigado Beth.
Adicionalmente, queria te pedir uma poesia em homenagem ao JA Ferrari, grande cruzeirense...
ELe é o jornalista cruzeirense vivo mais injustiçado da mídia. NUNCA se curvou para estes bandidos de Federa6a1o, de jornalecos e rádios... E o desrespeito de muitos (a maioria) dos profissionais da mídia para com ele é fenomenal.
JA Ferrari é cruzeirense de verdade !!!!
 estrelado campeao | Ubá  | 19-02-16 21h08min
Boa noite Evandro. Não dou mais atenção pra eles. Só vejo notícias do Cruzeiro , aqui nesse espaço, entretanto concordo com o seu texto . E já te falei sobre a neutralidade do jornalismo como um todo e do esportivo em si. O problema de qualidade e credibilidade se estende por vasto território. Não disseram que Arrascaeta é argentino?
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
20/11 - 07h30 [0 coment.]
Zagueiro Léo lançará livro ´A Quinta Estrela` sobre a CopaBr´17 

19/11 - 12h33 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA vira nos minutos finais e garante-se no Brasil Bowl 

19/11 - 11h46 [1 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [1 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [1 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [1 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [1 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster