Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO - COMENTE E COMPARTILHE NOTÍCIAS E COLUNAS DO CRUZEIRO.ORG
Agência Minas Esportes



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

18/01/2016 | Voz da Arquibancada
Benecy Queir�z x Z� do R�dio

O Duelo dos Chatos - CLIQUE AQUI para ler e comentar

Em oito anos que trabalhei no Cruzeiro nunca vi algu�m t�o antip�tico como o supervisor Benecy Queiroz. Ele era o fino da grosseria. Pra trabalhar no seu setor � necess�rio ter feito um curso de sobreviv�ncia na selva. � faca na caveira, meu irm�o. Garanto que at� o capit�o Nascimento do Bope pedia pra sair!

Funcion�rios j� pediram demiss�o por causa do Ben�. J� teve quem pedisse a sua demiss�o. E o Ben� adora comemorar a demiss�o de algu�m. O Ben� � daqueles que n�o d�o o bra�o a torcer nunca, principalmente, quando est� errado.

Benecy veio do Villa Nova em 1973, como preparador f�sico. Sua grande frustra��o foi n�o ter sido treinador. N�o perdia a oportunidade quando um t�cnico adoecia ou sa�a do clube para assumir interinamente o cargo. Mas para ser t�cnico � necess�rio ser diplom�tico e isto o Ben� n�o �. Por isso tamb�m n�o deu certo como preparador f�sico. Como gostava de ficar regulando Deus e o mundo, acharam para ele a fun��o ideal: supervisor.

A Revista Placar, certa vez, quis saber quem era o dirigente mais chato do futebol brasileiro. Foram consultados v�rios jogadores. Ben� s� foi menos votado que Eurico Miranda, o ex-presidente do Vasco. H� quem desconfie que o resultado fora manipulado, pois falar mal do Eurico, naquela �poca, vendia revista.

Mas a grosseria do Ben� chega a ser divertida. E ele foi protagonista de um dos duelos mais impressionantes da hist�ria do futebol brasileiro, quando esteve frente a frente com o Z� do R�dio, o torcedor mais chato do mundo, reconhecido pelo Guiness.

Este cl�ssico encontro aconteceu no est�dio da Ilha do Retiro, que � a casa do Z� do R�dio, torcedor do Sport Recife, quando o Cruzeiro foi jogar l� no Campeonato Brasileiro de 2001.

Z� do R�dio tem esse apelido, porque costuma ir aos jogos do Sport, na Ilha do Retiro, acompanhado de um enorme r�dio. Ele fica pr�ximo ao alambrado, atr�s do banco de reservas do time advers�rio, com o r�dio no volume m�ximo. Seu objetivo � esquentar a orelha dos jogadores reservas e do treinador advers�rio com a sua barulhada.

Sua chatura ficou conhecida nacionalmente em 1999, ap�s um jogo do Sport com a Portuguesa. O treinador Zagallo, estava comandando a Lusa, e numa entrevista a um programa de TV referiu-se a ele como "o torcedor mais chato do Brasil".

Assim que o time do Cruzeiro pisou o gramado da Ilha, Z� do R�dio j� estava junto ao alambrado, atr�s do banco de reservas do Cruzeiro com o r�dio num volume ensurdecedor. O Ben� que n�o estava l� pra ser amigo de ningu�m n�o demorou muito pra apelar com o cara. Pediu ao massagista Bolinha que enchesse um balde com �gua. No momento em que o time do Sport atacava, Ben� aproveitou-se da distra��o do Z�, se aproximou dele e derramou toda a �gua do balde no seu r�dio. O aparelho pifou na hora! O banco de reservas e at� os torcedores do Sport se divertiram com a cena.

O Z� do Radio nesse dia n�o incomodou ningu�m. O Cruzeiro venceu o jogo por 1 a 0. E o Ben� teve o seu dia de cara legal!"


Publicado no Almanaque do Cruzeiro e reproduzido no Blog Guerrilha Celeste em 2012.



Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 pyxis | BHZ | 18-01-16 00h23min
Embora envolva o nome de Benecy Queiróz, esta crônica é verdadeira. Não tem o ranço do corporativismo e proteção dos jornalistas para com o supervisor falante do Cruzeiro.
Talvez seja o relato da única vez que Benecy foi legal.
Quem defende o Benecy é porque, um dia, já teve um favor pessoal atendido por ele. FUNCIONA ASSIM !
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
28/06 - 08h41 [0 coment.]
Rivais históricos enfrentam-se, mais uma vez, em mata-mata da CopaBr 

28/06 - 07h35 [0 coment.]
Mandante terá carga de 90% dos ingressos sem as caixas de som 

27/06 - 21h01 [0 coment.]
Wagner Pires de Sá será o candidato da situação à presidência 

27/06 - 20h07 [0 coment.]
Federação discute caixas de som e ingressos para o clássico 

27/06 - 16h49 [0 coment.]
Cruzeiro e Palmeiras formariam um time inteiro somente de ´ex` 

26/06 - 19h43 [0 coment.]
Klauss e Gilvan abordam as cobranças feitas por Mano na mídia 

26/06 - 18h37 [0 coment.]
Belo Horizonte terá mais uma edição do Reduto Azul, na Pampulha 

26/06 - 17h30 [0 coment.]
Atletismo azul conquista grandes vitórias pelo Brasil 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster