Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Agência Minas Esportes



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

05/11/2014 | Evandro Oliveira
Torcedor Cibernético – Sem Medo de Ser Feliz

Trabalho e me divirto com Internet há muitos anos. Nos últimos vinte anos, 80% das amizades e relacionamentos que tenho foram iniciados virtualmente

A disseminação de redes sociais e serviços de Internet, com acesso à Banda Larga, pela maioria das pessoas com atividades econômicas ou acadêmicas, provocou um boom de pessoas que agora podem falar de tudo a qualquer momento.

Trabalho e me divirto com Internet há muitos anos. Nos últimos vinte anos, 80% das amizades e relacionamentos que cultivo, foram iniciados em ambiente virtual e, somente depois, pessoalmente e/ou presencialmente. Até no exterior isto se confirmou. Ainda restam muitos para conhecer pessoalmente. Alguns casos interessantes já aconteceram. Viajei três vezes para a cidade do cidadão que conheci virtualmente, e ele NUNCA apareceu. Talvez seja medo de ser feliz.

Eu chamo esta explosão do uso da Internet de MALDITA INCLUSÃO DIGITAL. Vários são os assuntos que as pessoas não estão ainda preparadas para debater. No início, lá pelos idos de 1993, eu cheguei a sonhar que os cruzeirenses seriam diferentes de outros torcedores de futebol. Ledo engano.

Na pauta do Cruzeiro, desde que chamei aquele o “torcedor de radinho” para aquele torcedor que, mesmo vendo o jogo de uma arquibancada, precisa de um radinho para que alguém explicar para ele o que ele esté vendo (no que fui completamente incompreendido), a coisa só piora.

Outro dia, num destes grupos de cruzeirenses, alguém chamou para um churrasco ou pelada de futebol. Se autodenominaram “velha guarda”. Fui observando e vi que o mais velhinho tem 30 anos e começou a acompanhar futebol com o título da Copa do Brasil de 1996. Que porra de “velha guarda” é esta? Excluíram-me por que sou “velha guarda” demais? A discussão entre gerações diferentes tem sido muito difícil.

Anos atrás, mais precisamente em 2004 e 2008, escrevi sobre o comportamento dos torcedores e como grupos e grupelhos estavam se formando. Estão todos aí... ficaram mais velhos, alguns cresceram, outros não. Aí, alguns, não aceitando as carapuças devidas, se arvoram em criticar e dizer que “... ninguém pode dizer como se deve torcer| ...”.

Na boa? Torcedor que vai ao estádio e vaia gol do meu time, eu não quero dizer para ele como torcer pois ele não sabe. Nunca soube... NUNCA saberá. É simples. Basta ver os tipos de torcedores aqui mesmo elencados no Cruzeiro.Org pelo Wilson Flávio e teremos a certeza de que cada um torce como quer, DESDE que torça para o Cruzeiro. Tô de saco cheio de pivete “cheio de razão”, de gente me dizendo que preciso “respeitar opinião” e o cara torcedor contra só para falar “eu tinha razão”. NÃO RESPEITO, de jeito nenhum, torcedor que torce para a própria opinião do que para o Cruzeiro.... ainda mais se o cabra fica escondido atrás de um teclado e não aparece e mostra a verdadeira face nunca.

Alguns temas estão se tornando belicosos demais. Após o jogo contra o Botafogo, no Mineirão, teve coisas que são inconcebíveis. Torcedor que não viu o jogo mas comentou sobre atuação de jogador e até escolheu como “melhor em campo” e torcedor defendendo a proposta de que ver um jogo pela TV e ver na arquibancada é a mesma coisa. Sinto muito... uma opinião destas não deve ser respeitada, é imbecil. E ainda vai demorar séculos para que estes torcedores saibam o que é torcer para o Cruzeiro.

Outros temas estão se tornando proibitivos. Enquanto dizemos que, POR EXEMPLO, o lateral fulano é bom jogador, os torcedores que não gostam do lateral fulano, “entendem” que estamos dizendo que o jogador é craque ou não deve ser criticado. Escolhem um jogador para #MITO, e não de pode criticá-lo, sob pena de, quando ele marca um gol, aparecerem os “donos da verdade”.
Passou dos limites, tá muito chato. Antes eu pensava que era somente um conflito de gerações e experiência, agora, depois de ver manifestações parecidas na política eleitoral, vejo que os mesmos efeitos prosperarão no futebol entre torcedores do mesmo time.

Eu, a propósito de um tema mais do que explosivo nos últimos dias (disputar para vencer as duas competições – CopaBr e Brasileiro) não hesito em dizer: NÃO TENHO MEDO DE SER FELIZ. E assumo as minhas escolhas e apoio as escolhas da diretoria, comissão técnica e jogadores, mesmo que o jogador fulano não jogue ou o beltrano que eu acho fraco jogue. E entendo que torcedores do Cruzeiro que estão com medinho, podiam conversar com torcedores mais experientes para ver se aprendem alguma coisa sobre TORCER PARA O CRUZEIRO. Eu não sou apto a entregar cartilhas para quem obteve adestramento tardio.

Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 João Duarte | Vit�ria | 05-11-14 08h15min
Bom tema Evandro. Uma das coisas que mais me chateiam nas redes sociais são os profetas do POLITICAMENTE CORRETO.
Creio que qualquer jogador possa e deva ser criticado se gostando dele ou não. Mas, o PRE-CONCEITO é algo que eu não concordo. Então o EGÍDIO é ruim... O cara pode matar a pau e os caras vão lá e escrevem que ele é ruim, que é isto ou aquilo. Do mesmo modo ao fim da ceia o Dedé é o MITO, então, quem critica o Dedé é logo taxado de anti-cruzeirense e coisa que o valha.
 João Duarte | Vit�ria | 05-11-14 08h18min
E quanto ao FÁBIO o negócio é pior...
Temos um grupo de cruzeirenses que qualquer lance em que a participação dele não seja perfeita, entram nas redes sociais e desfilam um rosário de suas falhas. Se lembram desde a final do Mineiro de 2005, logo em seu primeiro ano de clube. E quando é feita uma defesa mostrando o valor e o que de bom ele fez pelo Cruzeiro, eles ficam "agressivos", apelam. Pois bem, estes torcedores estão aí no dia-a-dia das grandes redes.
 João Duarte | Vit�ria | 05-11-14 08h21min
Hoje é o dia de enfrentar o Santos na Vila Belmiro. Vi gente defendendo que o Cruzeiro entregasse este jogo para focar apenas no Brasileiro e outros que realmente estão com o medo ao qual você se referiu na coluna. Pois a estes eu digo que já vimos o Cruzeiro se sair de situação muito piores na história. Temos que ter a confiança nos jogadores que entrarão no gramado e que eles possam dar o melhor que podem. Que esqueçam o cansaço e lutem como sempre fizeram os que envergaram a camisa azul...
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 05-11-14 09h02min
Evandro, concordo contigo e os comentários de João Duarte foram pertinentes. Vejam o caso do Egídio. Tem torcedor que detesta o jogador e não o aceita no time. Não é por aí. Em certos momentos, Egídio vinha jogando mal e cometendo erros infantis, mas nada que não pudesse ser corrigido. Quem já jogou e joga futebol sabe que posicionamento e forma de jogar podem ser corrigidos e aperfeiçoados. Foi o que aconteceu com Egídio, pois no último jogo, sua atuação foi merecedora de elogios. Ou não?
 pyxis | BHZ | 05-11-14 09h10min
JCD, o grande problema é que as redes sociais não veem com manual de entendimento e compreensão do mundo real.
Quando alguém emite uma opinião, RESPEITÁ-LA é você ler e, se concordar ou não, se manifestar. A maioria absurda dos comentaristas de redes sociais entende que só respeita quem CONCORDA com a opinião. Discordar virou afronta. TODO interlocutor que quando vai comentar sobre a MINHA opinião, inicia falando sobre a FORMA com que eu escrevo, que EU deveria ser assim ou assado ... cont
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 05-11-14 09h11min
Já comentei antes e vou repetir: futebol visto em campo é especial por diversos motivos. Em campo, se vive o jogo, participa, torce, apoia e acima de tudo, tem uma visão espetacular. A TV restringe o torcedor ao lance do jogo e não mostra o contexto da partida. Tem ainda a questão dos comentários mal intencionados e direcionados da imprensa do eixo do Rio-SP. Não tem como ouvir por rádio e ver na TV, pois não há sincronia do som com a imagem. Pena não morar em BH.
 pyxis | BHZ | 05-11-14 09h12min
... eu vou perdendo o RESPEITO...
Qualquer um que precisa avaliar a FORMA, é porque não tem CONTEÚDO para fundamentar uma opinião. Estes, via de regra, são assim... como no caso do goleiro Fábio... SÃO OS MESMOS que tem a opinião desde 2005 e, neste momento, só aparecem quando o goleiro falha, como se existisse ao menos UM goleiro no mundo que não falhasse. Estes TOLOS que perseguem o Fábio, colocam o Gomes II acima do Fábio (pela Triplice Coroa), mas não conseguem enxergar ... cont
 pyxis | BHZ | 05-11-14 09h14min
... que o Gomes é muito PIOR do que o Fábio em tudo que é exigido de um goleiro. A discussão vai longe, mas os detratores do Fábio não tem coragem e competência para este debate.
E, nestas redes sociais, este comportamento se reproduz, como ratazanas... sem controle... INFELIZMENTE, a Geração ZZP foi adestrada para ser assim.
 pyxis | BHZ | 05-11-14 09h16min
Aloisio, acredito que você captou a essência desta coluna. Fico feliz que existem algumas pessoas como você que podem discordar de muito do que escrevo mas sabem concordar e até alinhar ao meu pensamento. EU já tive o desejo de debater CONTEÚDOS relevantes com muita gente. Infelizmente, as pessoas preferem a hipocrisia.
Outro dia, abri meu coração para debater com uma franga. Caso raro... não faço isto... pensei que a franga tinha CONTEÚDO. Qual não foi a minha surpresa ... cont
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 05-11-14 09h18min
A questão da vaia e complicada, pois tem torcedor que vai ao estádio para xingar e descarregar tudo em alguém. Com derrota do time ou se algum jogador faz algo errado, para o ponto de vista dele, é motivo de vaia. Se o time está perdendo aí essa vaia complica mais ainda e afunda de vez o time. Mas tem torcedor que não entende isto.
 pyxis | BHZ | 05-11-14 09h19min
... No meio do debate, com a seguinte frase da franga: "... Não discuto com cruzeirense ..."
Ali eu tive a certeza de que a posição politica eleitoral que vimos nas últimas semanas, é posição de eleitor-torcedor. É o que sempre condeno nos que dizem: "não me venha com fatos que tenho opinião formada"...
Muitos amigos me recomendaram que eu abandone estas discussões pois é uma "geração perdida" para o diálogo. DISCORDO... não existe geração perdida... mas dá MUITO DESÂNIMO.
 pyxis | BHZ | 05-11-14 09h21min
Sobre a vaia... sempre defendi, com elementos concretos, que arquibancada de futebol e praia são os lugares mais democráticos do mundo (atualmente arquibancada passou a ser seletivo e pouco democrático).
Não admito vaia durante o jogo... e não encontrei até hoje, nenhum pensador ou torcedor-filósofo que ao menos iniciasse a teoria de onde e como a vaia ajuda. Não serve nem para desestressar o torcedor teleguiado e alienado.
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 05-11-14 09h42min
Com relação a disputa da CB e do Brasileirão, simultaneamente, e com disposição para vencer, eu defendo essas disputas pelo time. Eu com meus 20 anos jogava no time cascudo, chamado de 2º quadro e depois no time titular. Ou seja, duas partidas, uma após a outra. Tenho certeza que muitos fizeram isto. Então, como não disputar as 2 competições? Entendo a necessidade de se poupar um ou outro jogador, tal como MO está fazendo muito bem. Mas deixar uma de lado, como fizeram Inter e Flu. Isto não.
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 05-11-14 09h50min
Mas, devo lhe parabenizar, pois sua coluna, aborda e muito bem, a questão do torcedor. Muitos deveriam ler e refletir e se a carapuça servir, tomar como um puxão de orelha. Mas, pelo contrário, virão postar comentários maldosos e com revide. Eu procuro ver os jogos do Cruzeiro com meus filhos e no intervalo e após discutimos( no bom sentido ) o jogo e analisamos alternativas de jogadas e atuações de jogadores. Tenho opinião formada e assim procuro orientar meus filhos para adquirirem também.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 05-11-14 10h34min
Caro Evandro, as pessoas, em sua maioria, não mudam o modo de pensar ou agir. Ainda assim não devemos desistir de expor nossas opiniões e correr o risco de dar a cara a tapa muitas vêzes.Acredito que uma ou outra alma a gente consegue salvar e já sai no lucro. Toda discussão nos engrandece desde que ocorra com respeito. Aqui no site tem muita gente com quem vale a pena interagir, não necessariamente pensando da mesma forma.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 05-11-14 10h36min
E falando do Cruzeiro, eu também quero o time brigando pela CB e, me diga uma coisa, ainda dá para acreditar no Dagol, JB e Borges.Podem ser decisivos?
 mrr | Natal | 05-11-14 13h59min
Ótima coluna, melhor ainda o complemento do João Duarte! Aproveitando o tema, faço a mesma ressalva que fiz meses atrás. Seu ímpeto, saga de comentar/julgar conforme sua opinião, que fique bem claro, os comentários dos demais colegas, muitas vezes tropeça, ou seja, o faz recair sobre um erro que muito critica e já criticou aqui, que é a fuga do tema, fazer comentários sem relação alguma sobre a notícia ou coluna. (Cont)
 mrr | Natal | 05-11-14 14h05min
Para que ficar criticando comentários alheios, se já existe uma coluna, mesmo que indiretamente, para este fim? Outro ponto, discordar da opinião de alguém, isso não tem problema, afinal cada um com sua cabeça. Mas a partir disso, JULGAR, dizer quem é fulaninho em razão dos seus comentários, sinceramente ultrapassa a barreira da discordância... Deixo aí minha opinião! PS.: Cuidado com o fígado Evandro rs... quando avalia os comentários dos colegas aqui... rs...
 mrr | Natal | 05-11-14 14h14min
Ainda em tempo, já parou para pensar que muitos aqui acessam este e outros sites, apenas para desopilarem, descansar ou até perturbar? Rs... Pyxis para mim este blog é uma mesa de bar, digo o coisas as vezes coerentes, as vezes absurdas, mas pouco importa para mim o que vão dizer, afinal estou ali para beber e me divertir, contar piadas, discutir e rir, ou seja, ser feliz!(Cont)
 mrr | Natal | 05-11-14 14h16min
Diferentemente do dia a dia de trabalho, ou em uma palestra, estranhará totalmente meu comportamento, que se divergirá muito da "mesa de bar"(Cruzeiro.org). Aqui não sou responsável por planta de automação, não estou formando opinião para uma turma de alunos...
 mrr | Natal | 05-11-14 14h20min
Então por fim, aceito as críticas, as discordâncias, como já pode observar, mas.... não aceito, JAMAIS, que alguém me julgue, defina não sei com que direito quem ou que sou de forma tão limitada e superficial, só por que leu meus comentários em uma página. Quando isso ocorre, faço rir, lembra me aqueles psicólogos de araque, terapeutas...
 Mariana_Bh | Não definido | 05-11-14 14h40min
Evandro, a verdade é que durante esse período que se passou, de eleições, muitas vezes me lembrei das questões que vc costuma levantar e discutir em suas colunas. Sei que são assuntos distintos, política e futebol, mas muitas vezes dá tristeza ver que o imediatismo e a pressa em emitir julgamentos faz com que o que deveria ser um debate de opiniões se transforme apenas em troca de ofensas. E isso, obviamente, reverbera no meio do futebol, sob outros aspectos.
 Mariana_Bh | Não definido | 05-11-14 14h40min
Não sei se seria apropriado usar o termo ‘geração midiática’ – um lugar comum, pra falar de uma geração que adora o lugar comum – mas o fato é que não me parece apenas um conflito de gerações. Será que a inclusão digital, embora faça circular com mais intensidade as informações, também está contribuindo para aumentarmos o índice de analfabetismo funcional? Ou seja, lemos e discutimos muito e rápido, mas sem cuidado?
 Mariana_Bh | Não definido | 05-11-14 14h41min
Com relação ao cruzeiro, o que mais me incomoda são os torcedores, desavisados, que estão decepcionados por terem descoberto a essa altura que nossos jogadores não são máquinas. E vejo, nas arquibancadas, a reinante falta de educação e paciência. Pergunto-me qual o limite da tolerância? Será que devemos tolerar a intolerância irracional e ilegítima de alguns? Uma alternativa, a que prefiro, é a do diálogo. O que não é sempre fácil, pois requer abertura e respeito recíprocos.
 Mariana_Bh | Não definido | 05-11-14 14h43min
Concordo que estamos em tempos difíceis. Mas não dá pra desistir. Ao Cruzeiro, desejo muita força! Ser campeão nunca foi fácil! Um abraço
 estrelado campeao | Ubá  | 05-11-14 15h53min
Fechado com o Evandro, fechado com o Cruzeiro. Sem medo de ser feliz. Sem medo ser Tetra, sem medo de ser Penta, sem medo de ser Bi da Tríplice, sem medo das manifestações de ulktra-direita querendo a volta do militarismo. E vamos sugerir o seguinte : Velha Guarda somente quem viu Raul, Nelinho, Palinha, Joãozinho, Dirceu Lopes.... prá cá.
 estrelado campeao | Ubá  | 05-11-14 15h56min
As torcidas organizadas vão ter que mudar as músicas : nós somos Cruzeirôôôô, tetracampeão brasileiro, penta da Copa do Brasil, duas tríplices coroas, nunca foi rebaixadooooo , nada mais interessa, nós fazemos a feeeeestaa..... Ôôôôô...
 Jorge Schulman | Belo Horizonte | 05-11-14 16h50min
Meu amigo Evandro. Sou da teoria, que há tempo tento praticar, de cuidar de mim em primeiro lugar. Na verdade, nem disso dou conta, quanto mais dos demais. A respeito do torcedor cibernético, o mundo ganhou espaço do anonimato. A Internet se transformou numa grande dádiva de poder que não tem rumo e brinda a palavra a todos. É democrático, mas, temos que ter paciência monstruosa. O único que me incomoda é a perda de sensibilidade. A máquina rouba devagar os corações. Grande abraço - JFS
 PHDF | Brasília | 05-11-14 20h55min
- Isso não tem jeito. Fábio já salvou o Cruzeiro de rebaixamento e participou decisivamente do brasileirao/14, mas basta alguém da grande mídia enaltecer uma falha dele que muitos entraram na onda. Assim como sempre será com Egídio e outros. É a força do quarto poder.
- Esta lógica vale para a política, religião, etc. Cabe aos que podem tentar anular essas ações com alertas e criação da onda positiva entre jogadores, clube e torcedores.
 carlos_Almeida | Vitória | 05-11-14 21h01min
Evandro, infelizmente a realidade é que muita gente quer morrer abraçado com sua razão. Muita coisa vem da educação do berço, você lembra do vídeo do depoimento de uma senhora que era catadora de lixo? Aquilo pra mim foi uma palestra que deveria passar nas escolas e universidades.
 PHDF | Brasília | 05-11-14 21h03min
- Quanto à Copa do Brasil - CB, entendo a necessidade do clube em arrecadar, mas desde o início sempre fiquei temeroso com o prejuízo que poderá ser para o brasileirao. Sonhava que novos jogadores fossem lançados (jovens e reservas) na CB e ainda pudessem ajudar no tetra.
- Espero que este receio seja improcedente e o Cruzeiro vença pelo menos o brasileiro.
 estrelado campeão | Ubá  | 05-11-14 21h26min
PHDF, que discurso é esse? Você espera "pelo menos" o Brasileiro? Já está jogando a toalha na Copa do Brasil e ainda teme que não conquistemos o Brasileiro? Revista-se de pensamentos positivos, pois estamos a poucos momentos da partida. Pergunte a um torcedor do São Paulo e/ou Santos, se eles gostariam de trocar de posições? Anime-se, revista-se de otimismo e fé.
 PHDF | Brasília | 05-11-14 21h49min
Estrelado, não é isso. Para mim a CB é um extra. O foco deveria ser o brasileirao. Jogadores deveriam ser poupados na CB, se alguém estiver sentindo o cansaço, e não o contrário como foi realizado nas últimas rodadas.
 gtpzeiro | Belo Horizonte | 07-11-14 11h39min
Já eu, quero as duas taças. Mas tenho um receio: a torcida do Cruzeiro perder o foco no Brasileiro que tá quase na nossa mão. O assunto agora é a final contra as frangas, a imprensa não fala do jogo contra o Criciúma. Acho que elas vão fazer desta final os jogos da vida... nós deveríamos dar a devida importância aos dois torneios. Copa do Brasil já temos 4, já temos vaga na Libertadores 99% garantida e o Brasileiro sempre foi mais importante.Portanto, vamos ter consciência.Acho,inclusive...
 gtpzeiro | Belo Horizonte | 07-11-14 11h39min
.. que se for pra poupar alguma coisa, deveria ser feito no torneio mata-mata. Nós não podemos brincar e a vitória contra o Criciúma é mais que obrigatória!
 mrr | Natal | 07-11-14 12h20min
EM OFF TOPICO! "...Não por causa da costela, ninguém sabe disso, mas o Willian vinha sofrendo com dores e foi vetado várias vezes. O momento de falar isso é agora. Se fosse em outra hora, poderia parecer desculpa. Ele foi muito homem de passar por cima. No momento que o Cruzeiro mais precisou dele, fizemos o pedido para que ele estivesse em campo mesmo com dores. Ouvíamos vaias e críticas, mas sabíamos que ele mostraria sua importância...." O que acha disso pyxis?
 aladim | Não definido | 07-11-14 22h26min
Caso não esteja previsto, por precaução, o Cruzeiro deveria solicitar à CBF a realização de exames ANTIDOPING nos jogos finais da Copa do Brasil. Acho isso de fundamental importância. PYXIS, se você tiver algum contato no Cruzeiro, se fosse possível, poderia fazer esse alerta. Obrigado. Um abraço.
 redmosk | Uberl�ndia | 08-11-14 08h21min
MRR vou dar minha opinião sobre essa declaração do mattos,acho oportunismo!! essa carta na manga serve para 2 lados,dizer ta vendo como valeu investir nele mesmo machucado.... ou falar ele bom jogador so não rendeu esse ano porque está com problemas,para min nada justifica o investimento nele é muito alto entre luvas,salários de 5 anos é valor do passe ele vai custar mais de 20 milhões de reais,acho ele bom jogador mas não vale esse investimento,com esse tipo de politica podem quebrar clube.
 pyxis | BHZ | 10-11-14 08h47min
JCD, fiz questão de escrever a coluna ANTES do jogo na Vila Belmiro e de comentar sobre o que vocês escreveram depois... Até agora, acredito que a minha posição/opinião mostrou-se correta. Agora, o mais incrível é que já vejo estes panacas-bananões dizendo que "preferem que o Cruzeiro ganha a CopaBr das frangas do que o Brasileiro".
BANDO DE FROUXOS !!!! SImpatizantes...
 pyxis | BHZ | 10-11-14 08h50min
Dra.Celeste, é a "ditadura" da tchurma do ´opinião formada` que não aceitam as opiniões alheias e acham que discordar é igual a não respeitar. Eu ultrapassei meus limites e agora resolvi que vou DESRESPEITAR opinião das pessoas... até determinado momento, eu mostrei sinal de respeito e tentei DEBATER... Cada um que eu contraditar a opinião e vier com papo de desrespeito à opinião e/ou situação de criticar a FORMA do que eu faço... vou desrespeitar de verdade. É lamentável esta "ditadura".
 pyxis | BHZ | 10-11-14 08h52min
mrr, VAI LAMBER SABÃO !!!
 pyxis | BHZ | 10-11-14 08h55min
Mariana-BH, fico feliz quando você escreve que se lembra de algo que eu disse ou escrevi no sentido de que é possível que eu tenha razão na abordagem.
Infelizmente,em todas as editorias (futebol, social, política, etc), as pessoas deveriam ter equilíbrio para se divertir, opinar sem preocupação, agir com determinação e responsabilidade mas parece que as mídias digitais estão distorcendo tudo... FORMA e CONTEÚDO estão sendo, equivocadamente, traduzidos e praticados... Obrigado pelo comentário.
 pyxis | BHZ | 10-11-14 08h56min
Estrelado, parece, ao menos parece, que até agora estamos com a razão e quando vejo algumas pessoas se calarem ante os resultados, já me dou por satisfeito... Calados, alguns corneteiros são até poetas.
 pyxis | BHZ | 10-11-14 08h58min
Hermano Schulman, TAMOS JUNTOS !!!!
 pyxis | BHZ | 10-11-14 08h59min
PH,
Que tal você ler o que escreveu e após dois Jogos (um pelo Brasileiro e outro pela CopaBr) reescrever Ou avaliar melhor o que você quis dizer????
 pyxis | BHZ | 10-11-14 09h00min
GTPzeiro, pois é... ontem, na Itatiaia, ouvi um torcedor pedindo para o Cruzeiro ganhar a CopaBr, garantir vaga na Libertadores e deixar o título do Brasileiro de lado... que coisa não? O que você acha de um torcedor como este?
 pyxis | BHZ | 28-11-14 15h14min
EU não tive medo de ser feliz... Estou muito feliz... Por estas coisas do futebol, não somos campeões de tudo... MUITO DIFICIL... e nem vou fica crucificando este ou aquele, embora, nas duas partidas das finais da CopaBr, alguns jogadores claudicaram... Agora é comemorar FELIZ O TETRA e ano que vem tem mais...
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
20/11 - 07h30 [0 coment.]
Zagueiro Léo lançará livro ´A Quinta Estrela` sobre a CopaBr´17 

19/11 - 12h33 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA vira nos minutos finais e garante-se no Brasil Bowl 

19/11 - 11h46 [1 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [1 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [1 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [1 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [1 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster