Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Eliane Pessoa - Consultora RH



Joao Duarte, uma Voz da Velha Guarda Azul
Joao Duarte, engenheiro escreve periodicamente no Cruzeiro.Org

03/11/2014 | Joao Duarte
Vitória e Poupança de Energia

"Após fazer 2 x 0 com 15' de jogo, foi visível que o Cruzeiro procurou se poupar, não havendo motivo para tanto exagero...

Mundo Azul,

Uma nova vitória magra, com a mesma marca : Cruzeiro 2 x 1 Botafogo - É preciso reconhecer que o Cruzeiro começou mais uma vez a partida de modo avassalador, fazendo 2 gols nos primeiros 15 minutos de partida e que depois, administrou a parte física. Não parou é bem verdade, mas, se poupou fisicamente. Não fosse a infelicidade de Marcelo Moreno em duas lindas assistências de Éverton Ribeiro e Mayke, não fosse a precipitação de Júlio Baptista ao rolar a bola no canto esquerdo de Jefferson ou mesmo a grande forma que vive o goleiro do Botafogo, sem favor algum o Cruzeiro teria aberto 3 x 0 e daí para a goleada teria sido um pulo. O Botafogo depois de ficar preso atrás, não porque queria, mas, porque a marcação perfeita do Cruzeiro não permitia, com o afrouxamento do torniquete, saiu para o jogo. Na etapa final logo no 1º minuto Carlos Alberto não esperava a falha de Dedé e perdeu a chance. Depois Fábio fez boa defesa em chute de Jóbson, a quem coube perder o gol mais feito no final, mas, não foi o Cruzeiro de fato sufocado.
As entradas de Dagoberto no posto de Júlio Batista (com 20’ da etapa final), de Nilton no posto de Lucas Silva que havia sido amarelado (no intervalo) e de William Farias no posto de Éverton Ribeiro (aos 30’ do 2º tempo), fizeram o time se posicionar mais atrás e ao mesmo tempo ser mais frouxo na marcação. E isto foi muito parecido com o que vimos o Cruzeiro mostrar contra o Figueirense, contra o Santos no meio de semana pela Copa do Brasil e até mesmo contra o Palmeiras, quando embora o time não tenha sido recuado, mostrou pegada de menor intensidade e permitiu demais ao time adversário.
Na partida de ontem o Cruzeiro mais uma vez levou gol no finalzinho do jogo, como já se observara contra o Palmeiras (88’), Figueirense (91’) e só não havia acontecido contra o Santos porque Robinho perdeu após rebatida de Fábio e intervenção providencial do Dedé.
O fato é que o Cruzeiro tem perdido muitas chances claras de gol, que desanimariam o adversário, acusa o cansaço e se abate, acabando por provocar neles a chama de que de possibilidade de mudança de quadro.
"Após fazer 2 x 0 com 15' de jogo, foi visível que o Cruzeiro procurou se poupar, não havendo motivo para tanto exagero...". Felizmente, continuamos muito vivos em ambas as frentes. E esta semana é mais uma vez decisiva.

Quando a gente mostra os lances mais importantes da partida tem a ideia de como a supremacia aconteceu, muito embora as estatísticas de uma partida por vezes sejam enganosas, normalmente elas nos permitem entender o que se passou no jogo.
Vamos aos lances :
☺ 5’ – GOL DO CRUZEIRO – Cruzeiro 1 x 0 Botafogo - Falta a favor do Cruzeiro na ponta esquerda. Éverton Ribeiro põe na área, Henrique tenta a raspadinha. A defesa do Botafogo alivia parcialmente e a bola é recolocada na área por Egídio. Rodrigo Souto tenta matar no peito e a bola lhe foge ao controle. Marquinhos dá uma chaleira na bola, Jefferson vacila na saída e ele depois de adiantar a bola, dá um toque perfeito no canto superior do goleiro do Botafogo e sai batendo as asas e celebrando o gol, para a alegria da torcida do Cruzeiro.
☺ 15’ – GOL DO CRUZEIRO – Cruzeiro 2 x 0 Botafogo - Jefferson faz a reposição na lateral esquerda para Bolatti que não percebe a aproximação de Henrique feito um raio. O volante retoma a bola e dá um toque de primeira para Marcelo Moreno. Deste a bola vai a Júlio Batista que domina mal, mas, sofre a falta de Rodrigo Souto na meia-lua da grande área. Na cobrança Egídio que fazia a sua partida de nº 100 bate com perfeição no ângulo e Jefferson, paralisado, sem ter o que fazer. Um GOLAÇO. Ele atravessa o campo e vai comemorar com o treinador que havia lhe falado que ele faria um gol de falta nesta partida.
☺ 20’ – O Cruzeiro toca a bola no ataque pelo lado direito. A bola é virada para Marquinhos do lado esquerdo e depois de uma tabela com Júlio Batista é ajeitada para Lucas Silva que pega de fora da área forte e no canto esquerdo, para defesa de Jefferson em 2 tempos.
A coisa estava tão feia que Jefferson recebe pedido de Vágner Mancini para que caia no gramado e pare o jogo um pouco. Foi a chance que o treinador alvinegro teve de mudar alguma coisa no jogo. Até ali a posse de bola do Cruzeiro era de 62%.
☺ 39’ – Mais uma vez o Cruzeiro chega com muita gente no ataque. De Júlio Baptista a Mayke que cruza, Régis afasta mal e a bola cai no pé direito de Marquinhos que bate de prima e isola.
☺ 45’ + 1’ – Júnior César recua a bola para Jefferson, o juiz marca a infração. Só que Marcelo Moreno, com FAIRPLAY acusa o toque e o lance é invalidado.
☻ 46’ - Régis faz boa jogada pela direita e cruza. Dedé falha e a bola fica limpa para Carlos Alberto que não consegue o domínio e dá tempo de Dedé se recuperar e isolar.
☺ 48’ – Egídio vai pela esquerda e cruza, a defesa do Botafogo rebate, Henrique retoma a bola e lança Éverton Ribeira na meia direita. Ele põe a bola com perfeição na cabeça de Marcelo Moreno no bico da pequena área e ele cabeceia para fora, perdendo chance incrível.
☺ 50’ – Corner da esquerda, Éverton Ribeiro bate e Moreno, mesmo longe da meta cabeceia forte, para boa defesa de Jefferson.
☺ 51’ – De Henrique a Júlio Batista pelo corredor central, Júlio passa por um marcador, tabela com Éverton Ribeiro e recebe livre na entrada da grande área. Ao invés de caminhar um pouco mais, resolve chutar no canto esquerdo de Jefferson que defende fácil, perdendo mais uma ótima chance de gol.
☺ 54’ – O Cruzeiro avança pelo meio e Éverton Ribeiro mais uma vez recebe falta de Jr. César. Na cobrança Júlio Batista bate um verdadeiro tiro de meta e isola a bola.
☺ 61’ – Agora é Mayke que avança pela direita e cruza certinho na cabeça de Moreno que livre cabeceia na trave, perdendo outra chance claríssima de gol.
☻ 68’ – Jóbson recebe pela esquerda corta para o meio e de dentro da área chuta forte para boa defesa de Fábio.
☺ 77’ – Corner a favor do Cruzeiro no lado esquerdo, Éverton Ribeiro cobra alto, Dedé ganha da defesa do Botafogo e testa firme, para grande defesa de Jefferson.
☻ 82’ – Após um escanteio Jóbson se enrola todo com a bola e perde uma grande chance de marcar. A defesa do Cruzeiro finalmente alivia.
☻ 90’ + 1’ – GOL DO BOTAFOGO – Cruzeiro 2 x 1 Botafogo - Após um cruzamento da direita do ataque alvinegro Léo tenta afastar o perigo na pequena área e acaba mandando contra o seu próprio patrimônio. Fábio ainda tenta fazer a defesa, mas não consegue impedir que a bola passasse da linha do gol.
☻ SÚMULA de Cruzeiro 2 x 1 Botafogo
☻ Dia, Local, Hora : 02/11/2014, Mineirão (BH), 17:00 h
☻ Motivo : 32ª Rodada do Campeonato Brasileiro
☺ CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Dedé, Leo Simões e Egídio; Lucas Silva (Nílton) e Henrique; Everton Ribeiro (Willian Farias), Júlio Baptista (Dagoberto) e Marquinhos; Marcelo Moreno. +++ DT: Marcelo Oliveira.
☻ BOTAFOGO: Jefferson, Régis, Dankler, Rodrigo Souto e Junior Cesar; Andreazzi (Airton), Gabriel e Bolatti (Luís Ramirez); Carlos Alberto; Murilo e Rogério (Jobson). +++ DT: Vágner Mancini.
☻ ARBITRAGEM: Elmo Alves Resende Cunha (GO), árbitro principal ; Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO), bandeiras; Emerson de Almeida Ferreira (MG), 4º árbitro, Cleber Vaz da Silva (GO) e Roberto Giovanny Oliveira Silva (GO), adicionais; Juliano Lopes Lobato (MG), delegado da partida.
☻ Cartões Amarelos : Lucas Silva, Marquinhos (Cruzeiro), Rodrigo Souto, Júnior César, Andreazzi (Botafogo)
☻ GOLS : Marquinhos 5’, Egídio 15’ e Léo (contra) a 91’
☻ Público Presente : 37.768 e Público Pagante : 36.004 torcedores
☻ Renda : R$ 1.807.922,00 (ingresso médio = R$ 50).
♦ Finalizações : Cruzeiro 14 (Marcelo Moreno 3) x 5 Botafogo (Jóbson 2)
♦ Faltas Cometidas : Cruzeiro 17 (Éverton Ribeiro 4) x 14 Botafogo (Andreazzi 2)
♦ Passes Errados : Cruzeiro 43 (Marquinhos 11, Dedé 7, Júlio Batista 5 e Everton Ribeiro 5) x Botafogo 35 (Bolatti 5 e Régis 5)
♦ Roubadas de Bola : Cruzeiro 20 (Dedé 5, Egídio 3, Mayke 3) x Botafogo 11 (Andreazzi 3, Gabriel 2)
♦ Impedimentos : Cruzeiro 4 (Marcelo Moreno 3) x Botafogo 2 (Carlos Alberto 2)

☻ As notas : Fábio (7), Mayke (7), Dedé (7.5), Léo (7) e Egídio (8); Lucas Silva (6.5) depois Nilton (6.5) e Henrique (8); Éverton Ribeiro (7) depois William Farias (5), Júlio Batista (6,5) depois Dagoberto (6) e Marquinhos (7.5); Marcelo Moreno (6,5); Marcelo Oliveira (7,5).

☻ O que nos espera na próxima rodada = 33ª ? - Felizmente, a liderança no Brasileiro com 5 pontos de vantagem se consolida em relação ao São Paulo e no final de semana que vem o Cruzeiro mais uma vez joga em casa contra o Criciúma (jogo muito difícil porque o time de Santa Catarina deve fazer o tal jogo da vida deles contra a gente), enquanto o São Paulo fará uma partida contra o Vitória em Salvador (ambos times precisando de fazer o resultado, porque para o tricolor paulista até mesmo um empate lá fará a distância ficar muito mais difícil de ser revertida, enquanto ao Vitória poderá custar a volta ao Z4). Enquanto o isto o Inter terá que fazer o clássico contra o Grêmio, que luta por vaga no G4 na ARENA do tricolor. Ou seja, é jogo duro. Já o Fluminense irá a Curitiba enfrentar o Coritiba, em jogo cujo cenário é muito parecido com o de São Paulo x Vitória. Finalmente o Atlético-MG (que perdeu a vaga no G4) terá que jogar as suas fichas num jogo contra o Palmeiras em São Paulo (com os porcinos tentando escapar de vez da zona de rebaixamento). Ou seja, se o Cruzeiro fizer a sua parte, a tendência é que todos os nossos adversários pela posição de honra percam pontos, o que nos ajudará ainda mais a consolidar ou mesmo aumentar a diferença.
☻ O time dos homenageados desta semana tem : Torcedor_1, Maior de Minas, Carlos Almeida, Is@ac Mirai, Carlos H. C. Campos, Elias Guimarães, Jorge Schulman, Beth Makennel, Sicília, Nádia Schleiss, Zuloobas e Chiabi Jr.
E de Conceição do Mato Dentro-MG :Natanael e Serginho da Costa Roque, Xisto Guerra da Silva Neto, Marcelo Brasileiro, Cláudio Cyrino, Zezé, Nilson Tubara e Vílson do Zezé Moreno, Olímpio José Ferreira e Eduardo de Carvalho Ferreira, só sangue azul no pedaço.
Cruzeiro, Cruzeiro Querido...Tão Combatido, Jamais Vencido


Joao Duarte
joaochiabi@globo.com

Leia também as colunas anteriores Joao Duarte, uma Voz da Velha Guarda Azul

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 edg | Belem | 03-11-14 11h49min
Boa tarde João, estamos na ponta, somos os melhores. Já erramos o que tinha que errar. Todos queremos ser campeões. E só nós temos gordura para queimar. Então deixe os outros correrem atrás. Olhemos pra eles pelo retrovisor. Adeus secadores, Brasileirão 2014 é nosso.
 MAIOR DE MINAS | Pouso Alegre | 03-11-14 13h15min
Alô mestre João. Concordo plenamente sobre o time segurar após os 2 x 0. É uma loucura esse calendário brasileiro. O time foi campeão mineiro e disputou a copa libertadores no primeiro semestre de 2014. Teve também o início do brasileirão onde o time está no primeiro lugar desde a 6ª rodada. No segundo semestre continua líder do brasileirão e está na disputa acirrada da copa do Brasil. O elenco é ótimo,mas mesmo assim o cansaço chegou.
 MAIOR DE MINAS | Pouso Alegre | 03-11-14 13h18min
E ainda teve a convocação dos 2 craques para a seleção. E mais as graves lesões de alguns jogadores. Todos os times estão abrindo o bico no final dos jogos, mas o cruzeiro está sentindo um pouco mais. Agora vale a raça, o coração e a experiência de alguns, como Júlio Batista e Dagol. Se passar pelo Santos serão 9 partidas e a experiência vai fazer a diferença. Grande abraço!
 MAIOR DE MINAS | Pouso Alegre | 03-11-14 13h22min
Ah... só para completar.... Postei na outra coluna, minha opinião sobre as 6 últimas rodadas. Vejam aí e informem seus palpites. Cruzeiro..... 3V, 3E São Paulo.....4V, 2E Inter.........4V, 2E
 mrr | Natal | 03-11-14 13h44min
Boa tarde João Duarte! A respeito do desgaste e calendário apertado, vejo o Cruzeiro em MAIOR DESVANTAGEM que os demais, pois é um time que imprime um ritmo muito forte, NÃO SABE DOSAR, CADENCIAR QUANDO NECESSÁRIO... O resultado disso já vimos e continuamos a ver a queda monstruosa de produtividade no segundo tempo. Então vejo o Cruzeiro sofrer mais com o calendário pois é um time que não sabe RESPIRAR rs...
 mrr | Natal | 03-11-14 13h46min
A palavra RESPIRAR é uma comparação quando um nadador em provas de profundidade esquece de respirar...
 Léo Gontijo | Patos de Minas - MG | 03-11-14 14h34min
Olá João e amigos.
João, a vitória de ontem foi fundamental. Joga para SPFC a pressão toda.
O SPFC teve de correr muito sob chuva pra virar o jogo, tem uma viagem ao Equador no meio da semana e joga a próxima fora de casa contra um adversário desesperado.
Creio numa vitória domingo. Início de mês, e 40.000 no Mineirão.
Minhas contas: com 73 pontos vamos campeonar.Ou seja, mais 3 vitórias em 6 jogos. Ou 2 vitórias e 3 empates.
A pressão éstá com eles e não com a gente.
 Léo Gontijo | Patos de Minas - MG | 03-11-14 14h50min
Outra coisa: que inhaca essa do Moreno.
Ontem e contra o Flamengo teve a bola limpa, sem a pressão do zagueiro, na linha da pequena área e errou!
Mas ele dá trabalho, marca a saída de bola e ajuda.
Outra coisa: voltamos a fazer um gol de falta. Como isso ajuda no futebol de hoje.
Temos um Everton Ribeiro habilidoso no meio que sofre faltas em frente à area todo jogo.
Se aquela nossa jogada de escanteio, antes mortal, não funciona mais, vamos arrumar outros recursos.
 Léo Gontijo | Patos de Minas - MG | 03-11-14 15h00min
E por fim, o jogo de 4a. Esse jogo vai ser o inverso.
Não vamos sair pra cima e maneirar no 2o tempo.
O Santos é que virá babando.
Então temos a chance de poupar o gás pra matarmos no contra-ataque.
Vamos ver como o time vai se comportar nessa situação.
Goulart voltando descansado pode ajudar muito.
Se Willian puder jogar também.
Espero que Dedé esteja inspirado pois vamos precisar muito.Já o Léo tem mostrado uma grande regularidade. O erro de ontem foi uma exceção.
 estrelado campeão | Ubá  | 03-11-14 16h21min
Boa tarde João Duarte e demais cruzeirenses. Conforme você disse o time se poupou claramente para o jogo de quarta, porém poderia ter feito o terceiro para dar tranquilidade total. Moreno não está em boa fase mesmo. Penso que com mais 10 pontos garantiremos o título. Então são mais 3 vitória e 1 empate. Nossa briga é com o São Paulo mesmo. Pode esquecer os demais. Nesse aspecto, até seria interessante uma vitória dos galináceos contra o Porco, pois Bambi e Porco jogam na rodada seguinte.
 estrelado campeão | Ubá  | 03-11-14 16h21min
Boa tarde João Duarte e demais cruzeirenses. Conforme você disse o time se poupou claramente para o jogo de quarta, porém poderia ter feito o terceiro para dar tranquilidade total. Moreno não está em boa fase mesmo. Penso que com mais 10 pontos garantiremos o título. Então são mais 3 vitória e 1 empate. Nossa briga é com o São Paulo mesmo. Pode esquecer os demais. Nesse aspecto, até seria interessante uma vitória dos galináceos contra o Porco, pois Bambi e Porco jogam na rodada seguinte.
 PHDF | Brasília | 03-11-14 20h25min
- Inacreditável, mas o único jogador celeste que está conseguindo um ritmo intenso no meio é o Marquinhos. Os demais estão sempre cadenciando. O outro seria o Alison, juventude que está faltando. Quem dera existissem novas revelações neste ano para ocupar este espaço nesta época.
- Contra o Criciuma poderá faltar velocidade com as ausências já confirmadas.
- Ontem foi positivo também ver jogadores se entregando, mesmo quando não jogavam bem, tal como M. Moreno, J. Batista e Dedé.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 03-11-14 21h07min
Caro João eu preferia que o Cruzeiro colocasse o pé no freio depois de fazer uns quatro gols.Quem sobreviver ao mês de novembro não precisa de cardiologista por uns 10 anos. Apesar da ansiedade e do medo do fim do jogo (gols adversários),o jogo de ontem nos fez acreditar que má fase ficou pata trás junto do mês de Outubro.Boa sorte para todos nós.
 carlos_Almeida | Vitória | 03-11-14 21h33min
JD, quando você diz que com as substituições o time "ficou mais frouxo" na marcação, você quis dizer que Willian Farias não está correspondendo como marcador, Nilton ainda está um pouco pesadão e Dagoberto não jogou bem. Contra o Figueirense Willian Farias entrou na dividida com a perna recolhida e tomamos o gol de empate. Contra o Botafogo, ele foi driblado facilmente em alguns lances, tá devendo futebol.
 carlos_Almeida | Vitória | 03-11-14 21h38min
Marcelo Moreno é bom no jogo aéreo, mas peca com a bola nos pés. Será que na base não tem um jogador mais completo, como um David de 2003?
 carlos_Almeida | Vitória | 03-11-14 21h40min
"ficou mais frouxo na marcação"
 carlos_Almeida | Vitória | 03-11-14 22h23min
Retificando:"ENTENDI que você quis dizer..."
 João Duarte | Vit�ria | 04-11-14 06h29min
Prezado Carlos Almeida,
Para não deixar dúvida alguma no que eu quis dizer. Dagoberto tem mais dificuldade de marcação. Nilton não está chegando com tudo como fazia no ano passado. Sinto que depois da contusão não adquiriu ainda a mesma força de antes. Ele se vale de um ótimo tempo de bola que tem, mas, tem sido menos efetivo que antes. E William Farias não é mau jogador, mas, está sem ritmo de jogo. Ora chega muito forte e faz a falta ou senão chega atrasado e também faz faltas.
 João Duarte | Vit�ria | 04-11-14 06h31min
Mas, o objetivo da entrada deles (Nilton e William Farias) era exatamente renovar a energia, retomar a intensidade da pegada. Marquinhos voltando para recompor e liberando assim Dagoberto desta obrigação de voltar em 100% das bolas e reservando a energia para o contra-ataque. Só que infelizmente o posicionamento dos 3 volantes não está sendo correto, pois estão AFUNDANDO demais na marcação e abrindo um boqueirão no meio, facilitando os ataques e manobras dos adversários.
 João Duarte | Vit�ria | 04-11-14 06h36min
Minha sugestão para o Marcelo Oliveira é treinar e implementar o 3-5-2 no fim das partidas com Léo pela direita, Dedé no centro e Bruno Rodrigo pela esquerda. À frente deles Mayke pela direita, Nilton ou Henrique entre Léo e Dedé, Henrique ou Lucas Silva entre Dedé e Bruno Rodrigo e Egídio pela esquerda. Marquinhos neste caso se posicionaria mais fechado pelo centro à frente dos 2 volantes formando o triângulo. Dagoberto na esquerda e Moreno mais à direita. Fechado que nem boca de bode.
 João Duarte | Vit�ria | 04-11-14 06h40min
Outro ponto é que a marcação se afrouxa em função do próprio cansaço. O time adversário normalmente se poupa ao ficar só defendendo. E como temos perdido gols demais, que definiriam o jogo, o nosso time vai se enervando e a eficiência cai mais ainda. Veja bem que no 1º tempo contra o Botafogo tivemos 4 chances de fazer e fizemos 2 gols. Na etapa final antes dos 15' tivemos outras 4 boas chances e erramos todas, aliás, situações muito mais claras que as do 1º tempo. E tem gente que RECLAMA...
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 04-11-14 08h22min
Tenho visto colegas reclamarem da postura do time, mas para mim MO está correto. Contra o Botafogo o importante era os 3 pontos e foram conseguidos. Após marcar 2 gols em 15 minutos o time recuou e se poupou, pensando no jogo contra o Santos. Vejam que não tivemos jogador contundido e todos, além de Willian, estarão disponíveis. Até Manoel está a disposição. Também entendo que temos que ir com tudo para os 2 campeonatos e é assim mesmo, poupando jogador e comendo pelas beiradas.
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 04-11-14 08h31min
João Duarte, defende a implantação do esquema 3-5-2. Mas acho muito arriscado, pois nosso time nunca se deu bem com esse esquema e MO não é de jogar atrás.Penso que MO não usa o Bruno Rodrigo, por receio, haja vista que retornou de uma longa inatividade e poderá ser fatal em jogos tão decisivos e importantes. Acredito que com seu retorno Manoel terá preferência sobre Bruno Rodrigo. Este deverá voltar apenas em 2015, após uma pré-temporada. Placar de Santos e Cruzeiro: 2 X 2.
 João Duarte | Vit�ria | 04-11-14 12h35min
ALOISIO MENDES,
Não defendo a adoção do esquema 3-5-2, mas, o considero um esquema defensivo melhor do que o 4-3-3 com 3 volantes no meio como Marcelo Oliveira tem adotado para defender os resultados. Que isto fique bem claro...
 helioazulceleste | São Paulo | 04-11-14 13h24min
João, gostei muito do jogo contra o Botafogo, o time entrou arrazador, fez o resultado e se poupou, pois o 2x0 deixava uma margem para algum erro e isso foi bem administrado, tanto é que tomamos o gol no finalzinho e mesmo assim contra. Quanto ao jogo contra o Santos o MO já deixou nas entrelinhas que fará o contrário, vai se resguadar um pouco no inicio, sem deixar de agredir, mas com muito cuidado e mais pro final, se necessário tentar matar o jogo. Acho que o melhor caminho é esse.
 mrr | Natal | 04-11-14 13h29min
João Duarte, a respeito do seu ultimo e penultimo post, achei uma ÓTIMA ideia, e deveria ser sugerido ao MO, se é que alguém aqui tem influência ou contato com a comissão técnica. A situação da ineficiência da entrada do W. Farias deve-se mais ao posicionamento dos volantes (Henrique e Lucas Silva) que já estão cansados, e tendem a recuar a linha de marcação chamando mais o adversário para o nosso campo. Teoricamente o WF deveria atuar a frente deles dando o primeiro combate...
 mrr | Natal | 04-11-14 13h32min
O problema é que só o WF na frente não é o suficiente, pois nosso atacantes já cansados não recompõem mais, e o time adversário vem com todo gás. Então temos aí o problema onde os dois volantes cansados encostam na zaga, o WF avançado sozinho para dar combate contra dois ou mais jogadores...
 mrr | Natal | 04-11-14 13h35min
Saindo em defesa do MO, embora tenha parcela de culpa nisso, acredito que o técnico treine a entrada do WF, mas uma coisa é treino onde ninguém esta cansado etc... Outra coisa é "na hora do vamos ver", então acho que o MO falha em não considerar o fator cansaço para este tipo de formação, coisa que não é possível ser vista durante os treinos. Essa é minha opinião.
 Jorge Schulman | Belo Horizonte | 05-11-14 16h44min
Querido amigo João, gostaria de agradecer você pela lembrança e carinho habitual. Somos todos conscientes da poupança de energia e também do desejo de acertarem mais com a recuperação de nossos atletas. Da minha parte, ainda estou inconformado com a forma como "retornaram" Alisson e voltou a se contundir. Essa novela já a conhecemos bem. Vamos rumo à vitória. Forte abraço - JFS
 mrr | Natal | 06-11-14 00h07min
O "velho" william esta de volta!!!!!!!!
 Rodrigo Ferrari | Pindamonhangaba | 06-11-14 12h05min
J.D. semana passada falei de alguns comentário meu sobre os colegas antigos muitos deles que andam sumidos ,e nesta sua coluna você fez a suas homenagens a uma boa parcela dos colegas antigos , muito legal , parabéns e tomara que voltem a comentar em nosso espaço !!!
 webber | Belo Horizonte | 06-11-14 14h01min
O Cruzeiro, seus torcedores, seus jogadores e sua comissão técnica terão que formar uma verdadeira comunhão nesta reta final de temporada. Pela alta carga de adrenalina, nós precisaremos unir forças, ter paciência e inteligência para domar os nervos, a ansiedade, os adversários! Nossos guerreiros precisam muito do nosso carinho e incentivo. O Atl vem motivado menos pelo título, mais para impedir a 2a Tríplice. Tenta no BR14, não consegue chegar. Tentará no CdoBr, não conseguirá. Somos Cruzeiros!
 webber | Belo Horizonte | 06-11-14 14h07min
O Atl joga intenso, no abafa. Povoa a grande área com 4 ou 5, um aberto pelos lados, como Luan mostrou. Tem o Maicosuel e Tardelli que se metem pelo meio. O nosso posicionamento e saída de bola será fundamental. Arriscaria entrar com Marquinhos, Goulart um pouco mais centralizado e sem Moreno na opção de contra-ataques. Tudo dependerá do 1o jogo. E esse deverá ser intenso. Não na correria, mas na disposição e comprometimento. 2 gols em casa já mostrou que não é placar confortável. Vamos Cruzeiro
 webber | Belo Horizonte | 06-11-14 14h15min
Existem jogadores que são decisivos, copeiros, matreiros. Sabem quando economizar energias e sabem quando matar. Willian é um deles. Dagoberto é outro e pasmem, JBatista provou que com adrenalina no sangue é outro que sabe entrar em jogos decisivos. Henrique é um leão no desarme e a zaga só precisa de melhor cobertura pelas laterais com a ajuda dos volantes e Marquinhos aberto com Goulart posicionado pode ser o contra ataque perfeito. E vamos acreditar, abraçar este time. Confiar e trabalhar.
 webber | Belo Horizonte | 07-11-14 10h25min
Oi Torcedor, foi mal, esqueci que o Marquinhos não pode jogar a CdoBr porque jogou pelo vitória, não é esta história? Mas ainda insisto numa válvula de escape de velocidade aberto pelas pontas. O Goulart não me parece com a mesma força para puxar um contra-ataque. Um velocista... Se não tivermos o time terá que jogar compactado, como na final contra o SPFW, quando o Marco Aurélio trancou o adversário. Mas para um adversário que joga no abafa é difícil armar um esquema a não ser botar adrenalina
 webber | Belo Horizonte | 07-11-14 10h31min
...na nossa rapaziada também. Mas não quero dizer com isso que o Cruzeiro deve apelar para a correria insana. Não. O que eu quero dizer é que o time entre em campo com espírito decisivo, dividindo a bola com vigor, mesmo porque se entrar frouxo vai sair machucado e a minha preocupação é que estamos na reta decisiva de outro campeonato. Portanto, jogar com inteligência, mas com espírito de campeão. Não tem a história do cachorrão que diz "larga que esse osso é meu"? Pois se somos a raposa, então
 webber | Belo Horizonte | 07-11-14 10h34min
a nós que somos representados pela raposa cabe dizer "larga que esta galinha é minha"! Vamos prá cima que a galinha é nossa. Temos que quebrar é o abafa deles. Para isso o toque de bola do Cruzeiro vai ter que estar afiado. Isso humilha qualquer adversário.
 Carlos Campos | Resende | 09-11-14 22h42min
Mestre, qual a informação oficial sobre a perda de mando de campo? Vamos cumprir contra o Goiás? Vamos cumprir contra o Fluminense ? OU VAMOS CONSEGUIR EMPURRAR PARA O ANO QUE VEM? Faltam 5 rodadas...
 Carlos Campos | Resende | 09-11-14 22h47min
Será uma reta final muito complicada: jogar fora contra o Santos ( talvez seja o nosso jogo menos complicado, pelo atual momento do peixe ). Temos que apostar tudo nesse jogo! O JOGO CONTRA O GRÊMIO será uma guerra ! ESSES 2 JOGOS SERÃO FUNDAMENTAIS PARA PROJETARMOS A RETA FINAL CONTRA GOIÁS, CHAPECOENSE E FLUMINENSE! Os jogos do SP são complicados INTER, PALMEIRAS E SANTOS. Mas os dois jogos finais são mais simples: FIGUEIRENSE E SPORT. Reta final complicada!
 estrelado campeão | Ubá  | 10-11-14 08h38min
Carlos Campos, o Cruzeiro terá que vencer 3 dos 5 jogos restantes para não depender de tropeços do São Paulo. E o São Paulo tem cacife para vencer os 5 jogos. Discordo da sua avaliação em relação às dificuldades do São Paulo. Pegarão Inter com farol baixo devido à goleada no Grenal. Pegarão Porco( que é muito fraco). Pegarão Santos, que já não têm nenhuma aspiração, Figueirense que até lá já estará fora da degola e Sport sem nenhuma aspiração. Eles têm condições de vencer as 5.
 estrelado campeão | Ubá  | 10-11-14 08h38min
Carlos Campos, o Cruzeiro terá que vencer 3 dos 5 jogos restantes para não depender de tropeços do São Paulo. E o São Paulo tem cacife para vencer os 5 jogos. Discordo da sua avaliação em relação às dificuldades do São Paulo. Pegarão Inter com farol baixo devido à goleada no Grenal. Pegarão Porco( que é muito fraco). Pegarão Santos, que já não têm nenhuma aspiração, Figueirense que até lá já estará fora da degola e Sport sem nenhuma aspiração. Eles têm condições de vencer as 5.
 estrelado campeão | Ubá  | 10-11-14 08h44min
Concordo com sua avaliações em relação aos nossos jogos. O Cruzeiro terá Santos e Grêmio na sequencia, são jogos fora. Temos que vencer pelo menos uma. Não sabemos qual a reação do Santos após a eliminação da CB. Talvez possa ser um jogo mais tenso por causa disso. Contra o Grêmio será um guerra. Espero que não tenhamos que cumprir nenhum jogo fora da Toca III. Que a diretoria já inicie as vendas dos jogos restantes, usando o Est. do Torcedor a nosso favor, como fizeram os Gambás ano passado.
 estrelado campeão | Ubá  | 10-11-14 08h44min
Concordo com sua avaliações em relação aos nossos jogos. O Cruzeiro terá Santos e Grêmio na sequencia, são jogos fora. Temos que vencer pelo menos uma. Não sabemos qual a reação do Santos após a eliminação da CB. Talvez possa ser um jogo mais tenso por causa disso. Contra o Grêmio será um guerra. Espero que não tenhamos que cumprir nenhum jogo fora da Toca III. Que a diretoria já inicie as vendas dos jogos restantes, usando o Est. do Torcedor a nosso favor, como fizeram os Gambás ano passado.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
19/11 - 11h46 [0 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [0 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [0 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [0 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [0 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [0 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

16/11 - 18h51 [0 coment.]
Zagueiro Manoel passará por tratamento o restante da temporada 

16/11 - 17h30 [0 coment.]
Zagueiro Léo lançará livro ´A Quinta Estrela` sobre a CopaBr´17 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster