Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
WMTI- Tecnologia da Informação



Joao Duarte, uma Voz da Velha Guarda Azul
Joao Duarte, engenheiro escreve periodicamente no Cruzeiro.Org

14/04/2014 | Joao Duarte
"Cruzeiro, o rei do Mineirão"

O Cruzeiro foi melhor em tudo neste Campeonato Mineiro e o título fez justiça a quem trabalhou e fez por onde.

Mundo Azul,


É tempo de celebrar mais um título - O Cruzeiro é o campeão mineiro de 2014 com inteira justiça, pois realmente foi melhor em tudo. Terminou a competição INVICTO, com 11 vitórias e 4 empates. O ataque fez 27 gols e a defesa só deixou passar 5 em 15 jogos. Teve o melhor ataque, a melhor defesa e terminou 8 pontos a frente de seu cruel perseguidor.
Agora atingimos a 29 títulos de Campeão Mineiro (59, 60, 61, 65, 66, 67, 68, 69, 72, 73, 74, 75, 77, 84, 87, 90, 92, 94, 96, 97, 98, 02, 03, 04, 06, 08, 09, 11, 14), que somados aos 9 Campeonatos da Cidade (26, 28, 29, 30, 40, 43, 44, 45 e 56) nos levam a 38 conquistas estaduais.
O Cruzeiro conta em seu cartel agora com 55 títulos oficiais sendo os outros 17 assim distribuídos : 2 Libertadores (76, 97), 2 Supercopas (91, 92), 1 Recopa Sul-Americana (98), 1 Copa Ouro (95), 1 Copa Masters da Supercopa (95), 3 Campeonatos Brasileiros (66, 2003 e 2013), 4 Copas do Brasil (93, 96, 2000 e 2003), 2 Copas Sul-Minas (2001, 2002) e uma Copa Centro-Oeste (99).
Com 55 títulos, o Cruzeiro é o clube com o maior nº de conquistas oficiais do Brasil, seguido de perto pelo Internacional com 54 (já computado o título conquistado ontem em cima do Grêmio).
A conquista deste título tem alguns sabores a destacar : não temos que aguentar cocota dizendo que conquistou 2 títulos na nossa casa e nós não ganhamos nenhum, evitamos que eles fossem TRI-campeões mais uma vez, calamos a bocarra da Vovó Mafalda Gargamelada e restabelecemos a ordem no futebol mineiro.
E nas decisões de títulos entre os 2 clubes no Mineirão a história regista :
Cruzeiro 10 (67, 72, 77, 87, 90, 98, 04, 08, 09 e 14) x 5 (76, 85, 00, 07 e 13) Atlético-MG... É por isto que digo que o Cruzeiro é o rei do Mineirão.

☺ E com a conquista podemos jogar por terra alguns dogmas :
1 - Marcelo Oliveira não sabe disputar mata-mata. O Cruzeiro estava em situação dificílima na Libertadores após ter cedido de forma melancólica o gol de empate ao Defensor no último lance do jogo no Mineirão (2 x 2). E foi lá no Chile ganhar do líder do grupo que era a La U (2 x 0), depois fez o resultado que nos dava a classificação independentemente do que acontecesse no jogo do Uruguai com um 3 x 0 no Real Garcilaso no Mineirão (na prática até com 2 gols de diferença o Cruzeiro teria se classificado). Depois decidiu o título contra o Atlético-Mg e fez valer a vantagem conquistada em campo. Ganhou o título de forma invicta.
2 - O time do Cruzeiro não sabe defender resultado.
3 - O sistema tático do Cruzeiro abre um boqueirão no meio-campo e é perigosíssimo de ser utilizado. O time tomou um gol nos 6 últimos jogos, quando o elenco claramente se fechou com TODOS os jogadores adotando uma postura diferente em campo, se doando um pouco mais na marcação, já a partir do campo adversário. Com isto, taticamente o time se fortaleceu demais.
4 - O elenco do Cruzeiro é rachado... Todos viram que não é. Alguns pensam diferente dos outros, mas, há respeito de parte a parte. Há o grupo dos evangélicos e os outros, mas, a gente vê união em favor do time.
5 - Marcelo Oliveira perdeu o comando sobre o grupo. Mesmo num elenco tão bem qualificado, o senso de justiça se fez prevalecer e o que se nota é que o treinador tem comando e o grupo o respeita porque vê e sente justiça em suas decisões. Mas, os "maroleiros" estão de mutreta esperando a primeira chance para tentar criar uma crise por lá.

Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG foi mais um jogão de bola - o placar em branco não reflete o baita jogo que aconteceu no Mineirão na tarde de ontem. O Cruzeiro foi melhor o jogo inteiro, enquanto o time atleticano, jogou como time pequeno buscando aproveitar a qualidade de Ronaldinho Gaúcho na bola parada ou aguardando uma falha do time cruzeirense para fazer o gol que lhe daria a oportunidade de ganhar o título. Foi um jogo bem disputado, nervoso, com as catimbas habituais, com a costumeira benevolência da arbitragem para o futebol faltoso dos volantes atleticanos, especialmente Pierre (cada enxadada é uma minhoca) e o bom futebol das zagas e goleiros de ambos os times. Mas, há que se destacar o espírito de luta e o senso de jogo coletivo, a doação tática do time do Cruzeiro durante o jogo inteiro.
As melhores jogadas foram do lado celeste, as chances de gols mais claras, as jogadas melhor trabalhadas, mas, a bola teimou em não entrar.
No final, quase que o time atleticano consegue "cavar" uma falta capital, como aliás fizera no título de 2013, depois de estar atrás no placar perdendo o jogo da volta por 2 x 0, com o mergulho de Jô. Só que desta vez o bandeira não permitiu que Vuaden errasse da mesma forma e no mesmo lugar. O time segurou o resultado nos últimos minutos e levamos mais uma taça para o Barro Preto.
"O Cruzeiro foi melhor em tudo neste Campeonato Mineiro e o título fez justiça a quem trabalhou e fez por onde..."

☺ Os lances mais relevantes do jogo :
☺ 1' - Dagoberto avança pela direita e acha Júlio Baptista dentro da área atleticana, ele faz o pivô com perfeição e rola para a bomba de Lucas Silva que explode no travessão de Victor.
☻ 11' - Alex Silva avança e não é marcado pelos cruzeirenses. Na entrada da grande área passa a Ronaldinho Gaúcho e recebe limpa na frente. Fábio sai do gol e ele desvia a bola para o meio da área. Samúdio vem na cobertura e alivia.
☺ 24' - Henrique estoura a boiada e a bola sobra limpa para Éverton Ribeiro que parte livre em direção à grande área. Alertado por Fábio, ele espera Victor deitar e toca por cima, mas, erra o alvo, perdendo chance incrível.
☺ 25' - Ceará alça a bola na área atleticana, o lateral Michel vacila e a bola toca nas suas costas e fica perfeita para o chutaço de canhota de Júlio Baptista que Victor defende e a defesa alivia.
☺ 29' - Éverton Ribeiro dá dois cortes em Otamendi, exatamente na mesma região onde em 1994 Ronaldo Fenômeno deixou Kanapkis estatelado no chão e cruza. Ricardo Goulart domina a bola e rola para Lucas Silva que pega de primeira mas a bola vai fora.
☺ 34' - Dagoberto recebe de Júlio Baptista pela esquerda e vê Samúdio se largar de trás em altíssima velocidade, o gringo recebe, passa na corrida por Alex Silva e cruza forte, mas, Júlio Baptista chega atrasado.
☻ 38' - Bola alçada por Ronaldinho Gaúcho na área do Cruzeiro. Dedé tira de cabeça e fica procurando a bola. Fábio sai corajosamente do gol e soca para longe antes da chegada de Jô.
☺ 42' - Ceará bate o lateral, Dedé desvia a bola que vai direta no peitoral de Júlio Baptista que ajeita e solta a bicicleta, mas, a bola não sai forte e Victor consegue fazer a defesa sem dificuldade. Lance bonito.
☺ 43' - A bola sai de Éverton Ribeiro, passa por Ricardo Goulart e Júlio Baptista antes de chegar a Dagoberto que corta para dentro e bate forte, mas, Victor segura firme. Se dá rebote Ricardo Goulart fazia a festa.
☻ 47' - Ronaldinho bate falta em curva e Leonardo Silva IMPEDIDO cabeceia reto para fora, mas, o lance já estava invalidado.
☺ 48' - Éverton Ribeiro avança pela direita, limpa Pierre e solta um canudo no cantinho. Victor voa e põe a córner.
☺ 51' - Otamendi e Alex Dias fazem um "sandwich" de Éverton Ribeiro. Dagoberto bate a falta no 2º pau, Dedé ganha no alto, mas, cabeceia para fora.
☺ 58' - Lucas Silva vira o jogo para Júlio Baptista na esquerda. Ele levanta a cabeça e mete a bola na direção de Éverton Ribeiro que faz um corta-luz maravilhoso. A bola passa e se oferece para Ricardo Goulart que bate de primeira, com o canto esquerdo de Victor todo aberto e chuta para fora, perdendo outra chance incrível para abertura do placar.
☻ 62' - Ronaldinho Gaúcho põe a bola fora do 1/4 de círculo e bate a bola em curva. Dedé tira de coxa e manda a córner... UFA !!!
☻ 65' - Fernandinho lança a bola para Diego Tardelli que entra em velocidade por trás da defesa e só não faz o gol em função da saída perfeita e corajosa de Fábio. Dedé pula para não atingir o goleiro, mas, ainda assim Fábio é tocado no ombro e cai no chão sentindo dor... ainda bem que não foi nada.
☻ 69' - Fernandinho cruza, Jô ganha de Fábio, mas, Dedé salva e põe a córner.
Marcelo Oliveira sente que o Cruzeiro está perdendo o meio-campo e vai colocar Souza no lugar de Dagoberto para dar uma ajeitada na situação.
☺ 72' - Ricardo Goulart avança pelo meio e rola para Júlio Baptista que entre chutar cruzado ou tentar passar de volta a Ricardo Goulart não faz nem uma coisa e nem outra, a bola fica nas mãos de Victor.
☺ 87' - Souza recebe de Henrique, limpa a jogada e solta uma varada, a bola sai forte, cruzada, rente à trave direita de Victor.
☻ 88' - Berola domina pela meia-direita e lança Jô, que se enrola com Dedé e cai. Vuaden marca a falta (seria fora da área), mas, o bandeira ACERTADAMENTE marca o impedimento de Jô. No lance parado o tronco de Jô está á frente de Dedé, mas, o pé de Dedé está atrás (em lance idêntico a favor das ROSAnas contra o Fluminense no Rio, o Sr. Márcio Rezende de Freitas disse que era impedimento de Fred... e agora defende o contrário... Me engana que eu gosto MRF).
Não foi falta. E se fosse teria sido fora da área. E o lance tinha mesmo que ser invalidado porque Jô estava com o tronco à frente. Pena eu não poder postar aqui a foto da imagem congelada, feita por um atleticano dos mais nojentos que conheço. Revi o lance no super slow motion e é possível ver que o joelho de Dedé bate no pé esquerdo de Jô que já vinha mergulhando INDEPENDENTEMENTE do toque.
94' - FIM DE JOGO - Cruzeiro campeão invicto pela 11ª vez.

☻ SÚMULA de Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG
☺ CRUZEIRO : Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Samúdio; Henrique e Lucas Silva; Everton Ribeiro (Tinga, aos 43 do 2ºT), Ricardo Goulart (Willian, aos 35 do 2ºT) e Dagoberto (Souza, aos 29 do 2ºT); Júlio Baptista
Técnico: Marcelo Oliveira

♦ ATLÉTICO-MG : Victor; Michel (Neto Berola, aos 27 do 2ºT), Leonardo Silva, Otamendi e Alex Silva; Pierre (Claudinei, aos 27 do 2ºT), Leandro Donizete, Ronaldinho Gaúcho e Guilherme (Fernandinho, no intervalo); Diego Tardelli e Jô
Técnico: Paulo Autuori

◘ Motivo:2º jogo da final do Campeonato Mineiro de 2014
◘ Estádio: Mineirão (Belo Horizonte) +++ Data : 13/04/2014
Arbitragem : Leandro Pedro Vuaden(RS) + Fábio Pereira(TO) e Alessandro Rocha de Matos(BA)...com bom nível.
◘ Cartões amarelos: Leandro Donizete, aos 43 do 1ºT; Samúdio, aos 16, Michel, aos 23, Pierre, aos 25, Dagoberto, aos 29, Everton Ribeiro e Neto Berola, aos 40 do 2ºT
◘ Público Pagante : 48.818 torcedores
◘ Renda : R$ 2.322.088,00 (observar que o sócio torcedor teve o ingresso computado a R$ 25 (50% do valor do menor ingresso cobrado, portanto o que entrou nos cofres do Cruzeiro foi muito mais).

Atuações dos jogadores do Cruzeiro no clássico :
1 - Fábio - nota 8,0 : Todas as vezes que foi exigido se saiu muito bem, embora não tenha sido muito requisitado no jogo.
2 - Ceará - nota 7,5 : Anulou ao Ronaldinho Gaúcho enquanto ele caiu pelo setor na etapa inicial, teve apenas uma falha no jogo inteiro no lance da jogada de gol criada pelo Alex Silva. Teve mais trabalho com Fernandinho, mas, pelo lado dele o atleticano não aprontou nada. No apoio, continua a cruzar mal as bolas.
26 - Dedé - nota 8,0 : Foi um monstro pelo alto e travou bom duelo no chão com Jô. Botou ordem na casa e deu bico para o mato quando a situação assim requeria.
4 - Bruno Rodrigo - nota 8,0 - Outra atuação firme, praticamente sem erros. Pena não terem acertado nem um cruzamento para o cabeça de míssil ontem.
21 - Samúdio - nota 7,0 : Boa atuação, embora o lado dele tenha sido mais explorado na etapa final, quando nitidamente me pareceu estar com problemas físicos. Deu uma arrancada sensacional no 1º tempo, mas, o ataque chegou atrasado no cruzamento dele.
16 - Lucas Silva - nota 8,5 : Outra baita apresentação, marcada pela bomba no travessão logo no início do jogo. Marcou e se apresentou para jogar. Fez vários desarmes, sem recorrer a faltas. Marcou Guilherme que não achou lugar em campo e pediu pra sair. Depois ajudou a marcar Ronaldinho Gaúcho que não apareceu.
8 - Henrique - nota 8,5 : A melhor atuação dele desde a sua volta ao Cruzeiro. Marcou muito firme pelo centro, ajudou aos laterais e aos colegas sendo sempre uma opção de desafogo, além de não errar passes. Jogou demais.

17 - Éverton Ribeiro - nota 8,5 : Outro que fez uma grande partida, só faltou fazer aquele gol. Mas, deu bons passes, dribles sensacionais nos atleticanos, foi caçado pelos volantes codornizes, amarelou o time deles. Jogou demais. E foi quem a rigor levou mais perigo à meta atleticana.
28 - Ricardo Goulart - nota 7,5 : Boa atuação. Fez a função tática de vai e vem com perfeição. Puxou bem os contra-ataques, mas, perdeu um gol feito, após o lindo corta-luz de Éverton Ribeiro. Vai aos poucos re-encontrando a boa forma do ano passado. Mas, precisa melhorar as conclusões.
11 - Dagoberto : nota 7,5 - Participou bem do jogo, embora não estivesse em seus dias mais inspirados. Gosta do jogo pegado, guerreado e às vezes exagera um pouco, mas, pelo menos não deixa que o outro lado manipule a orelha do árbitro. Jogador importante nos clássicos.
10 - Júlio Baptista : nota 8,0 - Julguei que ele fez uma grande partida técnica e taticamente. Não deu mole para os zagueiros deles na saída de bola. Acompanhou a subida dos jogadores atleticanos quando a situação assim pedia. Ajeitou a bola para os chutes do Lucas Silva, concluiu a gol quando foi requisitado com firmeza e foi para mim um dos destaques do time.
5 - Souza - nota 7,0 : entrou no time no lugar do Dagoberto pagar fechar mais o meio, mudando o sistema tático e mostrou que este sistema pode ser usado em outras situações sem problemas. Deu um lindo chute que raspou a trave das cocotas, mas, saiu para fora.
7 - Tinga - s/ nota : entrou no final da partida, para queimar o tempo.
25 - William : nota 6,5 - Entrou no lugar do Ricardo Goulart para botar velocidade e prender Neto Berola atrás, mas, não chegou a criar lances de perigo.

☻ E as homenagens desta coluna hoje vão para esta grande turma aqui do Cruzeiro.Org : Nelsão de Brasília (o POLE da semana anterior), Ronito (estava sumido do mapa), USA_Azul, Carlos H. C. Campos, Haroldo e Elias Guimarães, Torcedor_1, Jorge Schulman, Beth Makennel, Pyxis, Zuloobas, MRR, Redmosk, Força Azul, HélioAzulCeleste, Drª Celeste, Sicília, Nádia Schleiss, Marcos Mineiro, Szogheib, Lúcio Sangue Azul, Zero Sempre, Chiabi Jr., Jairo de Curitiba, Rodrigo Ferrari, José Maria (Vix), Geraldo Thadeu (o homem do Recife), João de Castro Coura, Aldo Mourão e Isa@c Mirai.
☻ E de Conceição do Mato Dentro-MG : Eliezer de Souza Mattos, Otacílio Costa Neto, Eliezer de Oliveira Mattos Jr., Digão Lazarinni, João Roberto Lazarinni, Cláudio de Almeida Fernandes, Marcelo Brasileiro, Pico Guimarães, Romeu Madureira, Hélder Carvalho Ferreira e Orlando Augusto Carneiro Guerra.
"Cruzeiro, Cruzeiro Querido...Tão Combatido, Jamais Vencido"

Joao Duarte
joaochiabi@globo.com

Leia também as colunas anteriores Joao Duarte, uma Voz da Velha Guarda Azul

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 14-04-14 13h44min
Um título que honra a campanha do time, o melhor elenco, o técnico, o presidente, a diretoria, os funcionários da toca e os torcedores que sempre acreditaram. Como eu previ, sobrevivemos e certamente saímos mais fortes para as próximas batalhas.
 redmosk | Uberl�ndia | 14-04-14 14h06min
Foi Título Merecido!!! fizemos campeonato melhor jogamos ontem para ganhar no minimo 2x0,so precisamos melhorar a finalização principalmente lances decisivos,erros como do Everton Ribeiro pode custar um desclassificação na libertadores.
 Beth Makennel | Belo Horizonte | 14-04-14 14h27min
O Mineirão é coisa nossa,, é a casa do grande campeão. Não há sentimento que possa, ser maior do que esta emoção. Quantas vezes de alegria ali,chorei, bateu forte o meu coração. Cantei, vibrei, pulei. Vi grandes jogos, gritei é campeão! Palco de grandes conquistas. O Cruzeiro tantas vezes campeão. Dos pés de grandes artistas, show de bola, pura emoção! Tenho grande amor pelo Cruzeiro. Clube querido de tradição. O Maior de Minas! Time guerreiro! O dono do Mineirão. Zeirôoooo
 estrelado campeão | Ubá  | 14-04-14 14h59min
GRANDE João Duarte. Parabéns pela coluna. Irretocável. Parabéns para todos nós pela conquista. Deixando de lado o bairrismo, conquistamos o título de forma merecida e em cima de um adversário qualificado, sim senhor, embora muitos hoje em dia, não considerem o nosso maior confronto como clássico. Vi o jogo por TV paga e infelizmente não mostraram com detalhes o lance da choradeira, então gostei demais da comparação da visão do Márcio Resende no jogo de ontem e no confronto deles com o Flu.
 estrelado campeão | Ubá  | 14-04-14 15h10min
Agora é comemorar o mineiro e já pensar no Cerro. Vamos avançar, confio plenamente. P.S : Fugindo um pouco do assunto, só um pouco : a Grande Mídia do Eixo está p.u.t.a com a Libertas desse ano. Já estavam sem paulistas e agora sem os cariocas. Alguém em comentário anterior falou da tendência da TV tentar isolar dois grandes clubes no Brasil em detrimento dos demais. Não acho que aconteça logo, mas poderia ser tema de uma de suas futuras colunas. Até a próxima João Duarte.
 estrelado campeão | Ubá  | 14-04-14 15h10min
Agora é comemorar o mineiro e já pensar no Cerro. Vamos avançar, confio plenamente. P.S : Fugindo um pouco do assunto, só um pouco : a Grande Mídia do Eixo está p.u.t.a com a Libertas desse ano. Já estavam sem paulistas e agora sem os cariocas. Alguém em comentário anterior falou da tendência da TV tentar isolar dois grandes clubes no Brasil em detrimento dos demais. Não acho que aconteça logo, mas poderia ser tema de uma de suas futuras colunas. Até a próxima João Duarte.
 helioazulceleste | São Paulo | 14-04-14 16h31min
João Duarte, obrigado por mais esta ótima coluna e tambem pela homenagem. Achei as notas coerentes e gostei muito da estatísca que mostra quem realmente manda no Mineirão. Há duas semanas atrás, para muitos o Cruzeiro estava em uma situação irreversível, não se classificaria na Libertadores e dificilmente ganharia o mineiro, pois está ai a prova que o time é forte e maduro, classificado na L.A. e em poder de mais um caneco para nossa imensa galeria.
 helioazulceleste | São Paulo | 14-04-14 16h41min
Sobre o jogo de ontem, apesar do empate sem gols, gostei muito, pois senti o time bastante conciente, parecia até que era nós que precisámos da vitória, pena que as várias chances criadas não resultaram em gol e por isso quase fomos castigados no final, ainda bem que o bandeira viu o impedimento e acertadamente marcou, embora penalti não seja garantia de gol. Mas o importante foi o resultado final e o gostinho de ver o boca grande se estribuchando. Agora que venha o Cerro...
 alexaug | Belo Horizonte | 14-04-14 17h04min
Toda vez que o CAM perde a culpa é da arbitragem; é o "café velho" de sempre. Ótimo, que continuem pensando assim. Eles viram o jogo "vendo a vó pela greta" e um deles falou na mídia: "a torcida do CAM calou a do CEC no Mineirão". Ótimo, que continuem pensando assim. O Jô se jogou no lance do suposto penal e, no início do lance já estava segurando o Dedé com as mãos e procurando o contato físico; para eles foi roubado. Ótimo, que pensem assim...
 alexaug | Belo Horizonte | 14-04-14 17h16min
Eles escolheram jogar no Independência, do AFC. Fizeram parceria com a administradora e disseram que lá é sua casa. Ótimo, que seja. E que fiquem lá o resto da existência. E continuem falando que o Mineirão é neutro (li isso numa coluna no meio da semana). E continuem falando que o Mineirão não é do Estado e não é a casa do CEC (ouvi isso hoje). E continuem falando que são os mais roubados da história; e continuem falando que CEC pressiona bandeira no túnel da direita...
 GeraldoFaria/Div | Divinópolis | 14-04-14 17h26min
Excelente texto João, estive no Mineirão ontem e gostei muito do jogo só não podemos dar sopa para o azar, pois esses lances perdidos podem nos fazer falta em outros jogos. Quanto a mídia rosa é brincadeira o que esses caras fazem, sempre arrumando crise onde não existe e quando acontece um lance como aquele, aí meu amigo é prato cheio. Mas é bom que seja assim, enquanto isso o Maior de Minas vai se distanciando desse povo. Saudações Celeste!!!
 alexaug | Belo Horizonte | 14-04-14 17h30min
E que continuem escolhendo defender o gol da direita das cabines no 1º Tempo (como escolheram nesse clássico) e falando que no 2º Tempo o CEC não ataca para o lado onde um dia ficou a torcida do CAM. Ótimo, que pensem assim. E que continuem bravos com gente como Roberto Drummond, que escreveu na coluna Bola na Marca, nos anos 70, "que via o surgimento de uma China Azul". E que continuem enganando a torcida dizendo que o CEC vai passar tantos anos apanhando do CAM...
 alexaug | Belo Horizonte | 14-04-14 17h45min
Alô Diretoria, Comissão Técnica e Atletas do CEC: olho nos adversários da Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. É assim que tem que ser; essa polêmica local/regional é só uma pequena etapa dos passos que precisamos dar todos os anos. Adiante, Brasileiro 2013 e Mineiro 2014 são páginas heroicas bem escritas e, agora, viradas...
 marco | Curitiba | 14-04-14 21h35min
Caro João, desta vez vou discordar um pouco do seu texto. Os Dogmas 1 e 2 não foram totalmente derrubados, na minha opinião. Corremos sério risco ontem de perder o jogo. Só não perdemos porque os deuses do futebol assim não quiseram. Se o pênalti fosse marcado (vai que o bandeira não dá impedimento), já era o mata-mata e a tentativa de segurar resultado. Esta postura meio medrosa do MO me preocupa muito para a fase mata-mata da LA. Tomara que minha preocupação seja em vão e que ganhemos tudo.
 mrr | Natal | 14-04-14 21h58min
João Duarte e demais companheiros boa noite! Esse título veio para dar maior tranquilidade ao Marcelo para trabalhar a libertadores, de resto não essa importância ao ruralito. As eu diria que a melhor nota deveria ser dada a dupla de volantes que funcionou muito bem. O Henrique voltou a apresentar seu melhor futebol, pegou o tempo de bola, está recuperado. O Lucas dispensa comentários, e uma jóia, que certamente terá como destino algum grande time europeu, vai render uma boa grana...
 mrr | Natal | 14-04-14 22h04min
Quanto ao fim dos dogmas, concordo com o colega acima, nos últimos ~6 - 10 min de partida perdemos o controle da partida, talvez reflexo de alguma substituição, chamamos o time para nosso campo pois os volantes que entraram recuaram demais, deveriam ficar postados no meio e não na intermediária. As substituições foram ótimas mas o Novo posicionamento estava totalmente errado. Realmente contamos com a sorte de campeão no lance polêmico, isso pode ser um bom ou mal sinal.
 mrr | Natal | 14-04-14 22h07min
Minha única crítica ficá por parte da entrada tardia do Willian já aos ~25 min do 2tempo o RG já demonstrava desgaste errando passes seguidos, contudo volto a exaltar a entrada do Sousa.
 cajaiba | Serra | 15-04-14 08h13min
Bela coluna JD. Concordo com os colegas acima, ao colocar o 4° vol o M.O. recuou demais, naquele momento o Roth fez uma viagem extracorporal e incorporou no M.O., juro que fiquei assustado. Sabemos que o cruzeiro tem que utilizar do regulamento a seu favor, mas não pode abdicar de seu futebol. Essa substituição do RG por WL deveria ser pro forme, 10m do 2°t, entra o WL e aos 20 entra o Souza. É evidente a melhora do time com essas duas peças. Mas comemoremos pq somos campeões é o que interessa!
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 15-04-14 08h17min
João Duarte, quero debater com o grupo alguns dogmas levantados por você. Não tem esta história que tal técnica não sabe jogar mata-mata. Se aprende a viver, vivendo. Logo se aprende a jogar mata-mata, jogando e foi isto que aconteceu e acontece com qualquer um. Depois de perder duas finais de CB e ser eliminado por Flamengo e Cocotas em jogos eliminatórios, MO está escaldado. Mostrou isto neste últimos jogos e o time está jogando bonito e levando poucos gols. A defesa está sólida e muito forte.
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 15-04-14 08h24min
Outro dogma de que o time não sabe defender resultado, tem tudo a ver com a marcação do time. Essa marcação tem que começar pelos atacantes e passar pelo meio e chegar a defesa de forma compacta. Com a entrada de Henrique, o boqueirão do meio foi fechado e o trabalho da defesa ficou mais fácil. Observe que a partir da entrada de Henrique o time leva poucos gols ou quase nenhum. Sei que o ataque tem feito poucos gols, mas os resultados foram suficientes.Jogamos com o regulamento para ser campeão.
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 15-04-14 08h30min
Marcelo Oliveira perdeu o comando do grupo: penso que isto é uma invenção de quem quer prejudicar o trabalho do time. Comando de grupo não é só do Marcelo Oliveira. GPT e Alexandre Mattos também são comandantes de um grupo. Todos são responsáveis e trabalham para administrar da melhor forma possível. Acredito nesta administração e no MO, tanto que eu e meu filho nos associamos ano passado e vamos continuar sócio. Libertadores é nossa principal meta e vamos brigar até o fim. Pode acreditar.
 alexaug | Belo Horizonte | 15-04-14 09h14min
Caro Marco (Curitiba), discordo de que tenhamos corrido risco de perder o jogo ou de alguma postura medrosa. O CEC jogou pressionando o CAM toda a partida, buscou o gol e perdeu chances claras. Os gols perdidos (não a substituição do MOliveira) geraram a possibilidade do adversário se salvar se fizesse um gol.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 15-04-14 10h29min
Faltou dizer: Parabéns pela coluna e obrigada pela homenagem.
 GeraldoFaria/Div | Divinópolis | 15-04-14 12h13min
João gostaria que vc me esclarecesse uma dúvida. Na verdade quantos títulos mineiros nos temos? Essa mídia maldita sempre nos tira um.
 Eduardo Augusto | Divinopolis MG | 15-04-14 12h38min
A melhor parte do título foi impedir o tri galináceo e aquela conversa fiada deles. Agora na minha opinião o MO demora demais pra mexer no time; Everton Ribeiro precisa firular menos, ser mais objetivo. Aquele gol perdido pode custar caro um título. Acho ele bom jogador, não é craque! Estamos mais fortes e rumo ao maior objetivo do ano que é a conquista da Libertadores! Vamos com tudo meu Cruzeiro querido!
 Marcelo brasileiro | Vespasiano | 15-04-14 17h05min
Caro amigo João. Mais uma bela coluna. Nada melhor do que ser campeão em cima das frangas e como diz um trecho da musica cantada pela nossa torcida" ver as frangas perder e chorar", bom demais. Obrigado novamente pela homenagem. Abraço.
 Rodrigo Ferrari | Pindamonhangaba | 15-04-14 18h40min
J.D. muito obrigado mais uma vez pela homenagem, agora tivemos uma noticia ruim para o jogo de amanhã , Dagol e R.G. estão fora do jogo , quais devem ser as opções para o jogo ?? Na minha opinião acho que deve ser Willian na do Dagol e recua o J.B. na do R.G. e entra com Borges na frente.
 lucio sangue azul | sete lagoas | 15-04-14 18h54min
JD, suas notas são minhas notas também.Permita-me levantar a situação de que corremos um pequeno risco sim, mas não creio que pela entrada do Souza.Aliás, ele entrou muito bem.Quando digo risco, falo pelo lance polêmico que poderia ter dado o titulo para eles, INJUSTAMENTE,mas que como tudo estava ao lado daquele que foi melhor em tudo, nada aconteceu.A LAMENTAR, AS CONTUSOES DE Dagoberto e R Goulart. Vão fazer falta.Marlone seria o jogador, mas o MO não tem deixado que ele fique nem no banco,
 lucio sangue azul | sete lagoas | 15-04-14 18h59min
razão pela qual acho que ele perdeu o embalo que vinha tendo quando chegou.Sinceramente, não sei quem o MO deve por em campo, pois vai depender do esquema que ele pretende. Se o Mayke jogar, poderia ser o Souza.Ja sabemos que o Marcelo Moreno não está relacionado e sim o Borges. Será que o Borges está bem fisica e tecnicamente? Estou confuso!
 MAIOR DE MINAS | Pouso Alegre | 15-04-14 19h48min
Alô mestre João Duarte. Beleza de coluna. Como é bom festejar uma conquista do cruzeirão exportação. Como é bom ver o calígula engolindo nossas conquistas. O mineirão é nosso. 2014 promete.
 João Duarte | Vit�ria | 16-04-14 08h37min
Lúcio Sangue Azul,
O que vocês não percebem é que o Cruzeiro tem um grupo muito grande e recheado de boas alternativas. Assim, é mais que natural que ele poupe os jogadores com maior desgaste, seguindo indicação do Departamento de Fisiologia do clube. MARLONE está relacionado para o jogo de hoje e ÉLBER também. Marcelo Moreno está de fora e muita gente chiando, sem entender que é necessário que se faça desta forma para que todos se mantenham ligados nos objetivos.
 João Duarte | Vit�ria | 16-04-14 08h42min
Prezado Hélio Azul Celeste,
Eu já fui chamado de fanático por JAMAIS jogar a toalha, a não ser quando a matemática diz que não tem mais jeito.
Mas, se você voltar atrás eu disse que a gente só dependia de nós mesmos. Eu sempre estive convicto de que se o Cruzeiro precisasse de fazer DEZ gols naquele tal de Real Garcilaso iria fazer, tal era a nossa vontade de sepultar a cov@rdia feita contra o Tinga e os colegas de raça negra do nosso time. Eles se esqueceram que Herrera era igual
 João Duarte | Vit�ria | 16-04-14 08h46min
CAJAÍBA,
A entrada do Tinga no lugar do Éverton Ribeiro se deu aos 45' do 2º tempo e teve como objetivo maior ganhar tempo... Ali, já nos acréscimos, o Cruzeiro tinha mais que se defender e deixar o William como o homem de buscar algo nos contra-ataques.
Não chamamos as codornas para cima. Elas viriam de qualquer jeito.
 redmosk | Uberl�ndia | 16-04-14 11h16min
Engraçado as ausências Dagoberto & Goulart devem melhorar o time pois eles estão jogando abaixo do resto do time,so não gosto da opção da entrada do JB no meio,agora que ele esta se adptando na frente recuar acho erro até porque ele não rendeu bem nesta posição ano passado. Sobre Moreno estranhei mesmo ele não ser relacionado nem para banco,no jogo que mais precisavamos de gol Real Garcilaso,não vai me surpreender se ele sair no inico da brasileirão do cruzeiro.
 João Duarte | Vit�ria | 16-04-14 14h06min
Redmosk, Acho que Moreno será titular diante do Bahia, quer ver só ?
 cajaiba | Serra | 16-04-14 17h06min
Sim JD, elas viriam pra cima, sei tb que era final de campeonato(bola pro mato), mas 4 volantes é tenso, e aos 45 ainda teríamos mais 4 minutos que fariam a teoria da relatividade reverberar em minha cabeça, concordo com sua sensatez, mas sou torcedor. Fica a questão para hoje: Será que as modificações sugeridas para o segundo tempo surtirão efeito se feitas primeiro? William é garantido, mas na outra vaga quem vai entrar o Souza/Bges/Mrln/Luan eu fico zangado com o RG mas ele não tem substituto
 ToninhoCaixeta-DF | Ceil�ndia | 16-04-14 20h03min
Mais uma bela coluna, tudo voltou ao normal no futebol mineiro, Cruzeiro campeão e as frangas chorando, vamos que vamos para mais uma vitória hoje contra o Cerro Portenho.
 redmosk | Uberl�ndia | 17-04-14 00h21min
João também se o Marcelo não jogar ou ficar no banco jogo contra bahia pode ir embora,na minha opinião o Marcelo não esta poupando Moreno esta ficando fora das relações do time porque esta mal.
 Marcos Mineiro | rio de janeiro | 17-04-14 09h08min
Sr. Duarte, sem reclamações. Só um comentário: na única vez que o Cruzeiro entrou na área adversária, fez o gol. Por que a insistência nos cruzamentos e a distância da área?
 João Duarte | Vit�ria | 18-04-14 23h43min
Fui até BH para ver o jogo contra o Cerro Porteño e de dentro do campo fazendo a análise tática da partida, creio que a gente percebe melhor toda a movimentação. O Cruzeiro começou a partida conforme o planejado imprensando o Cerro na defesa, sufocando, retomando as bolas e buscando o gol. Foi perdendo chances em sequência e até os 30' da etapa inicial o nosso domínio foi flagrante, creio que chegamos a ter mais de 75% de posse de bola. Mas, ao levar o gol o time sentiu demais psicologicamente.
 João Duarte | Vit�ria | 18-04-14 23h46min
Precipitadamente vi alguns colegas queimando o garoto Élber, que mais uma vez teve a chance de começar a partida e não atuou bem. E não é bom para nenhum jogador esta sanha de ser jogador de 2º tempo. Admito, que a imagem dele que era em altíssima conta foi um pouco arranhada, com a atuação fraca desta partida. Creio que ele vai ter que remar novamente e que evangélico como eu sei que ele é, vai ter que buscar forças em sua fé para superar mais este obstáculo. Machucado deu lugar a Borges.
 João Duarte | Vit�ria | 18-04-14 23h49min
O Cruzeiro voltou para a etapa final tentando imprimir o mesmo ritmo de jogo, mas, a esta altura encontrou um Cerro Porteño muito bem postado em campo e mais tranquilo, um time experiente que soube catimbar, engordar o tempo e enervar o time cruzeirense. Já o Cruzeiro insistiu demais nas tabelas pelo meio e num jogo acelerado, contra um time fechado em copas, com 9 jogadores atrás da linha da bola, com um ferrolho à frente da zaga. E deu espaço para os contra-ataques deles, sempre pelos flancos.
 João Duarte | Vit�ria | 18-04-14 23h51min
O Cruzeiro ainda criou uma ou outra chance de gol na etapa final, mas, nem mesmo as entradas de Mayke (Ceará não conseguiu acertar os cruzamentos de novo) e de Marlone (no posto de Júlio Baptista que estava mal), conseguiram fazer nosso time mais inteligente em campo. Mayke fez o seu jogo, foi ajudado por Éverton Ribeiro, que a rigor foi quem mais criou dificuldades para o time de Arce. E o nosso gol de empate veio quando ninguém mais poderia esperar, num lance de abafa, de fim de jogo.
 João Duarte | Vit�ria | 18-04-14 23h54min
Creio que o Cruzeiro precise rever os conceitos, para fazer nossas jogadas ensaiadas voltarem a funcionar a contento. O bolinho tem sido considerado faltoso e a maioria dos lances tem sido invalidada por marcação de faltas, mas, também é fato que apenas Bruno Rodrigo tem sido eficaz nos últimos jogos. O nosso centroavante tem sido Júlio Baptista que corre, se desloca, mas, que está tendo que reaprender a jogar de costas para o gol, o que não se faz com apenas um m~es de treinamentos.
 João Duarte | Vit�ria | 18-04-14 23h56min
E para terminar vou falar que o time do Cruzeiro chegou para esta partida esfacelado psicologicamente, depois de ter passado pro 4 decisões seguidas em menos de 15 dias (La U no Chile e Garcilaso no Mineirão, além das finais do Mineiro contra o time emplumado). Mas, o empate não nos elimina, temos totais condições de fazer gols em Assunción e fazer o resultado que precisamos para passar de fase. que assim seja.
 João Duarte | Vit�ria | 19-04-14 00h00min
Deixo as notas para a avaliação de vocês :
Fábio - nota 7.5 - Sem culpa no gol que sofremos e com uma linda saída que evitou o gol deles na etapa final.
Ceará - nota 6 - Deu condições de jogo ao atacante deles na hora do gol. Apoiou e buscou o jogo, porém, sem sorte nos cruzamentos. Mayke - nota 6 - entrou no lugar de Ceará na metade da etapa final, mas, não conseguiu desta vez mudar o panorama da partida. Dedé - nota 6.5 - uma atuação boa no jogo aéreo, mas, afoito em outros lances.
 João Duarte | Vit�ria | 19-04-14 00h04min
Bruno Rodrigo - nota 6.5 - andou vacilando em uma bola ou outra neste jogo, coisa que não lhe é normal. Achei que sentiu uma falha num lance que antecedeu o gol do Cerro.
Samúdio - nota 8.0 - Lutou demais o jogo inteiro. Marcou bem, passou no apoio, colocou boas balas na área do Cerro e fez o gol de empate no apagar das luzes. Um dos melhores em campo.
Henrique - nota 8.5 - em minha avaliação foi o melhor em campo. Fez vários desarmes, apareceu em socorro aos colegas e dobrou a marcação.
 João Duarte | Vit�ria | 19-04-14 00h07min
Lucas Silva - nota 8 - Outra grande atuação. Incisivo na marcação. Ótimo nas viradas de bola e poucos erros de passe. Mas, por momentos, deu uma avoada no jogo... devolveu uma bola no goleiro, quando o Cerro queria ganhar tempo para cobrar a falta.
Éverton Ribeiro - nota 8 - Outro que atuou bem, mesmo tendo atuado por dentro nos primeiros 30' (enquanto Élber esteve em campo). Tentou as jogadas, recebeu faltas, buscou fazer algo diferente, mas, sentiu a fraca atuação dos colegas de frente.
 João Duarte | Vit�ria | 19-04-14 00h10min
Élber - nota 4 - O garoto sentiu o jogo desde o início, não conseguindo levar vantagem sobre o marcador. E foi se abatendo em campo. Creio que Marcelo o tiraria no intervalo, caso ele não tivesse se machucado antes. Não foi bem desta vez.
Borges - nota 5 - Entrou, lutou muito, mas, ficou nítida a sua "falta de ritmo de competição". E neste momento o Cruzeiro vai precisar demais dele como em seus melhores momentos, afinal de contas o NOVE está nos fazendo muita falta, o ataque está devendo.
 João Duarte | Vit�ria | 19-04-14 00h13min
Júlio Baptista - nota 6.5 - Está se readaptando em jogar de costas para o gol. Até conseguiu dar um ou outro bom passe e fazer uma boa conclusão a gol, mas, se por um lado vem se doando em favor do sistema tático, por outro tem falhado nos fundamentos principais. Tem perdido bolas em demasia e tomado as decisões erradas, na hora do lance final. Mas, ainda é nossa melhor opção de NOVE.
Marlone - nota 5.5 - entrou cheio de pernas, mas, não conseguiu nem fazer gol e nem criar lance de perigo.
 João Duarte | Vit�ria | 19-04-14 00h16min
William - nota 6.5 - Foi quem teve nos pés as melhores chances de gol pelo lado cruzeirense. Numa chutou na trave (lance do gol anulado de Éverton Ribeiro) e na outra adoçada por Júlio Baptista chutou por cima. Teve outra boa chance, mas, carimbou um colega. Anda numa fase que a bola dele está teimando em não entrar. Mas, o que mais gosto nele é que não desiste nunca, embora force muito as triangulações pelo meio. Mas, precisamos ter os gols dele de volta nesta fase de mata-mata da Libertadores.
 João Duarte | Vit�ria | 19-04-14 00h19min
Marcelo Oliveira - nota 7.5 - Sem Dagoberto e Ricardo Goulart armou o time como a situação lhe permitia. Creio que atendeu a uma grita geral por chance para Élber na direita, trazendo Éverton Ribeiro para o centro, de forma que o garoto pudesse mostrar a sua qualidade de jogo, mas, o menino não esteve numa noite feliz. Tentou então a 2ª opção que era entrar com Borges e recuar o Júlio Baptista para o meio. Mas, se JB melhorou vindo de trás, Borges não arrumou nada. (continua)
 João Duarte | Vit�ria | 19-04-14 00h22min
Vendo que o meio estava congestionado tentou com Marlone e Mayke fazer nosso jogo fluir pelos flancos, mas, nossos jogadores não conseguiram também provocar o desequilíbrio necessário no ferrolho do Cerro Porteño. Enfim, como técnico fez tudo o que poderia, mas, não foi feliz em ganhar o jogo. O empate naquelas condições acabou sendo um bom resultado.
ESta foi a minha visão do jogo, mas, deixo as críticas com vocês. Um grande abraço - JCDuarte
 redmosk | Uberl�ndia | 19-04-14 02h03min
João Duarte Minha oipnião desde inicio da carreira do Elber é: corre muito pensa pouco,vai ser outro Neto Berola da vida não adianta e jogador de segundo tempo mesmo. Fabio é grande goleiro mas este ano não esta fazendo a diferença que fez anos anteriores, aquela bola do gol veio muito fraca goleiro do nivel dele jamais poderia rebater é bola de encaixar. Apesar do resultado acredito que vamos ganhar é bem no paraguai.
 Marcos Mineiro | rio de janeiro | 19-04-14 11h25min
sr. Duarte, como afirmei acima: temos condições de vencer, desde que o time entre na área. Cruzamentos infrutíferos, atacantes voltando prá buscar jogo, chutes só de fora da área - isso não leva a nada. Ou se muda a filosofia ou se morre nadando….
 raposão do Brasil | Não definido | 19-04-14 16h55min
Boa tarde a todos,caro João Duarte permita-me expor algumas colocações minhas.Ese time caiu de rendimento e isso é fato,ainda hoje depois de tanto tempo não consigo entender a contratação do JB....nem meia,nem atacante,isso não me desse.O Dagoberto tá gordo,o Maike tem que ter sequência e acho que o Nilton tem que voltar,uma dupla campeã BRA não pode se desfazer assim e o Henrique não me dobra é fraco..Coincidência ou não quando o Goular não joga ou não joga bem nosso time não se encaixa....
 raposão do Brasil | Não definido | 19-04-14 17h08min
...tínhamos vários camisa 9 mas de qualidade só o Borges,qual sempre fui fã,mas tá velho e já não vejo tanta vontade nele assim.Gosto do Moreno mas tá roubando faz tempo.....AR,Bonatini,VA,Moreno,JB e outros que nem me lembro agora,porque não usaram esses recursos para pegarem o Nilmar?Grupo montado e campeão não precisa de muitas contratações,uma ou duas,mas tem que ser regulares,WF,Marlone,RS (volante),pra que isso?Eu acredito muito,mas precisa urgentemente mudar o espírito desse time,abraços.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
23/11 - 21h14 [1 coment.]
Cruzeiro vence rival e é campeão da Supercopa Sub 20 do Brasil 

23/11 - 10h51 [1 coment.]
Blog denuncia Itair e Ângelo Pimentel por receber dinheiro de jogador 

22/11 - 20h26 [1 coment.]
Vicintin: As cobranças de conselheiros, contratações e dívida 

22/11 - 20h00 [1 coment.]
Conselheiros pedem comissão para investigar gestão de Gilvan Tavares 

21/11 - 20h54 [1 coment.]
Léo protagoniza lançamento do livro ´A Quinta Estrela` sobre CopaBr 

21/11 - 20h38 [1 coment.]
Ex-diretor diz que Gilvan sabia das negociações com Latorre 

20/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

20/11 - 18h31 [2 coment.]
Cruzeiro esbarra na trave e empata com o Vitória (BA), no Barradão,  

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster