Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
De Jure - Coworking



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

06/11/2013 | Evandro Oliveira
Torcedor Cibernético - A Base ainda pulsa

Temos, nos torcedores cruzeirenses, castas que tem opinião formada sobre tudo mas não passam de caixas de ressonância do que ouvem e leem...

Leio, muito rapidamente, os comentários dos torcedores cruzeirenses sobre a base. Invariavelmente são sem fundamento, provocativos e somente expressando reclamações sobre resultados. Perder clássico para os adversários citadinos da base, é motivo de revolta e impropérios de toda sorte.

Mas porquê leio rapidamente?

Simplesmente porque são irrelevantes e desnudam toda a incapacidade de torcedor de futebol de raciocinar. Temos, nos torcedores cruzeirenses, castas que tem opinião formada sobre tudo e sobre todos mas não passam de caixas de ressonância do que ouvem aqui e ali. É muita besteira travestida de opinião e, pasmem, até de opinião balizada e qualificada. Conheço torcedor que tem mais de dez anos que não vê uma partida de competições não-profissionais e fala como se os jogadores da base ainda não estivessem submetidos à “Lei Pelé”.

São uns pobres coitados, que falam que o jogador X tem o passe preso e por isso vai ser negociado com o time Y ou Z. Desconhecem a realidade de que o achaque e a pirataria acontecem a partir dos 15 anos de idade. Estes torcedores nem sonham o que acontece fora das quatro linhas com pais; mães; marias-chuteiras; agentes; empresários; amigos da onça e um sem fim de carrapatos que nem esperam o “gado” engordar para sugar-lhes até mais do que o sangue.

As categorias de base do Cruzeiro passam por uma radical transformação.

A criação de programas de parceria como DIAMANTE AZUL e AQUI COMEÇA O FUTURO II, explicados através do hotsite QUERO APOIAR onde é mostrado que a transparência e chamamento à participação dos cruzeirenses que se interessam e podem contribuir, é a melhor forma de mostrar o trabalho realizado e diferenciá-lo do que foi feito anteriormente, no Cruzeiro e nos demais times no Brasil.

Torcedor que fica cobrando resultados de maneira pueril, nas redes sociais, sem ao menos saber o que significam e como funcionam alguns projetos e a nova proposta da base cruzeirense não chega nem a ser irresponsável, é somente um “guerreiro” de araque.

A base do Cruzeiro em 2013 passou por momentos difíceis e se prepara para um 2013 com outras perspectivas. Talvez fosse necessário uma coluna para cada uma das categorias de base principais (infantil, juvenil e júnior) e para a pré infantil. Até uma explicação sobre como estão estas categorias, como são referenciadas, com quem são feitas as interações e outras coisas, são essenciais.

Entretanto, tentaremos, resumidamente, passar um quadro da performance de cada uma e as perspectivas para 2014, para que o torcedor não fique repetindo ou falando do que não sabe.

Categoria Júnior

A única a conquistar um título de “expressão” como dizem os “guerreiros” de teclado que só consideram títulos nacionais como de “expressão”. Ganhou o ruralito com sobras mas foi eliminada na Copa do Brasil (possivelmente para a equipe que será campeã). Sofreu com contusões e com a falta de sincronismo entre as necessidades a cada partida e a disponibilidade das estrelas principais.

A equipe pode ser dividida entre os que vão disputar o Brasileiro daqui alguns dias, e os que disputarão a Copa SP da categoria. Alguns serão profissionalizados e subirão. Dois nomes fortíssimos a integrarem o elenco profissional são o zagueiro Alex e o volante Eurico. Leo Bonatini retorna do Goiás para disputar o Brasileiro e após a competição terá a avaliação se fica no profissional ou se será emprestado.

Alguns nomes são citados pelos torcedores que ficam meio sem saber como estão, o que aconteceu, sumiram... Judivan estava contundido e retornar com força total e mais uma temporada no elenco. O time procura um goleiro pois as derrotas e eliminações da temporada podem ser debitadas, parcialmente, às falhas individuais de goleiros. Estamos mal de laterais. Hugo Sanches foi deslocado de posição pelo biotipo e não volta mais à lateral. Vinícius Freitas foi negociado para um time italiano e Antônio promete se a grata surpresa da temporada na lateral esquerda. Rodrigo Dias e outros voltam de contusões e terão o ano inteiro para mostrarem que merecem ficar no profissional. Particularmente, deposito muita confiança em quatro nomes: Eurico, Rodrigo Dias, Judivan e Antônio, que somados aos que estão no profissional, seriam um resultado maravilhoso da base.

Ah! alguém vai dizer: ele não sabe o que tá falando, esqueceu do Carioca, artilheiro do ruralito. Não, não esqueci... merece um capítulo à parte. Tem muita bola o gajo... mais do que um tal “imperador”, mas se acha mais imperador do que o próprio. SE CUIDA GAROTO. Você ainda tá muito novo.

Categoria Juvenil

Gastei muito espaço com os juniores... com efeito, deveria ser uma coluna por categoria, mas, resumidamente, vamos tentar mostrar a panorâmica do que foi 2013 e o que pode ser 2014.

Na boa? Uma tragédia. Embora eu considere a categoria infantil a mais complexa, os juvenis deste ano deram uma amostra de como muitos destes “meninos” parecem ter 12 ou 13 anos ao invés de 16 e 17. Um terror.

Uma grande dúvida que nunca será respondida é se a qualidade do Marcelo Vilhena foi “engolida” pelo comportamento pouco sério de alguns jogadores ou se ocorreram um conjunto de fatores para resultar na tragédia que foi a temporada, em todos os sentidos.

Muita gente questiona as categorias de base se não conquistam títulos. Se este é o parâmetro para os juvenis, o Cruzeiro deveria extinguir a categoria e não gastar mais um centavo com a mesma. Como este pensamento, de que tem que ganhar para virar profissional e “aprender” a ganhar em outras categorias, é um verdadeiro absurdo, ficamos com a ideia de que a temporada foi atípica e sofreu muitos revezes porque os problemas são históricos.

A derrota para nosso principal adversário na cidade, por goleada inédita, provocou a dispensa de mais de 6 jogadores. Deficiência técnica e falta de atitude podem ser os motivadores, mas mudanças radicais são necessárias. A saída do técnico foi meio que circunstancial, a chegada de um antigo conhecedor da Toca I, Alexandre Graselli, é um ponto positivo para 2014.

E que alguns jogadores remanescentes parem de achar que já são profissionais formados. NÃO SÃO. Primeiro joguem bola pois a distância entre a fama e o anonimato e peladas noturnas e torneios amadores é de apenas um muro com portão.

Categoria Infantil

Esta foi a categoria que fez boas apresentações nos torneios e competições eventuais, que fez um excelente Campeonato Mineiro mas que pecou ao perder ou empatar dois ou três jogos decisivos.

É uma categoria complexa pois tira crianças do seu brinquedo que é jogar bola e os introduz noutro mundo, normalmente longe de seus pais e família.
O trabalho tem sido bem conduzido pelo Hudson Júnior e os resultados se não apareceram nesta temporada, aparecerão em breve.

Questões Gerais da Base

É crônica a falta de qualidade de alguns jogadores de determinadas posições em todas as categorias. Zagueiro e Lateral Direito são exemplos que se aplicam em todas as categorias. Goleiro em algumas.

Alguns teóricos, se contrapondo a práticos, podem não dar bons resultados se a disputa for na base do "... quem tem razão ...". Futebol de base NÃO É profissional e ganhar título é consequência da boa formação dos jovens. Do bom encaminhamento na evolução de adolescentes para homens. Mais importante do que ser goleador e andar de carro sem carteira, ou passar noitadas com "as mina" é formar homens. Brigas entre os comandantes serão vistas pelos jovens atletas como forma de se beneficiarem e ficarem "protegidos" dos seus erros. Passar a mão na cabeça pode ser interessante para ganhar uma partida. Lembrem-se de Felício Brando que dizia que: "NO CRUZEIRO, ganha-se títulos, partidas são questões intermediárias... ".

Não dá para ficar nem prestando atenção na maioria dos jogadores dos juvenis e infantis pois a rotatividade e os problemas físicos chegam a assustar. É compreensível que uma indicação possa não render aquilo que imaginavam as comissões técnicas e a dispensa no infantil e juvenil sejam mais do que necessárias. Entretanto, a evolução física destes jovens atletas deve ser tratada com mais carinho. Vemos chegar aos profissionais jogadores com compleição física imprópria para atuar contra profissionais. Alguns atletas mantidos na base, certamente nunca se serão profissionalizados, ou então teremos problemas como os que afligiram, num passado recente, ao Sandro, de qualidade técnica mas se a mínima condição física de ser profissional.

A integração da base com o profissional deveria ser mais em alguns aspectos da preparação e orientação física. É notória a dificuldade dos recém-promovidos em se equipararem a profissionais “experientes”.

A torcida do Cruzeiro precisa acompanhar a base mais de perto e parar de achar que qualquer medalhão ou etiquetinha é mais preparado e mais apropriado do que jogadores da base se bem trabalhados e com oportunidades de verdade.

CORNETADA FINAL: Presidente do Cruzeiro, pense na base como INVESTIMENTO e não unicamente como centro de custo e despesas. Alguns investimentos podem resultar em receitas bastante promissoras. Fisiologia é uma delas (se a diretoria quiser, tenho uma indicação CAMPEÃ !!!). Parabenizamos a toda diretoria pelas mudanças implementadas mas ainda tem muito o que evoluir.

Finalizo abrindo o espaço Cruzeiro.Org para quem se interessar e puder escrever, exclusivamente, sobre o futebol de base e a base do Cruzeiro. A torcida do Cruzeiro merece!

Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 raposão do Brasil | Não definido | 06-11-13 19h02min
Boa noite Evandro parabéns pela coluna,não tenho conhecimento sobre a base do nosso Cruzeiro mas aprendi uma lição há alguns anos atrás,não se deve criticar jogador da base!Me lembro do Luizão(zagueiro),ficava nervoso com ele pois o achava lento,bastou termos um bom treinador para posiciona-lo melhor e deu no que deu.Me lembro tbm do Mariano(ld),rápido,driblador e raçudo mas errava muitos cruzamentos,naõ foi valorizado e foi para o flu e ficamos a ver navios.Paciência é palavra chave nessa...
 raposão do Brasil | Não definido | 06-11-13 19h06min
...situação,xingar e crucificar jogador jovem é tolice!!!No caso mais recente dos nossos pupilos recem subidos para o profissional,acho que o preparo fisíco deles está em dia.Grande abraço..
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 06-11-13 19h27min
Evandro eu também não acompanho a base, mas tenho por hábito não cornetar quem vem de lá. Me surpreende a história dos goleiros, sempre ouvi falar que a base era boa nesse quesito.
 carlos_Almeida | Vitória | 06-11-13 21h05min
Evandro, em 2011, nas redes sociais falava de uma "turbulência" na base, uns falavam que a "base foi fatiada e vendida a preço de carne de 2ª em final de feira" e por aí vai. Se existiu essa "turbulência", ela pode ter influenciado na escolha e formação dessa turma que hoje é juvenil? Em 2013, apesar das dificuldades por você descrita, passa uma imagem mais séria no trabalho da base pela seriedade dos profissionais e divulgação dos projetos. Também existe a ansiedade do torcedor em querer que...
 carlos_Almeida | Vitória | 06-11-13 21h08min
mal sai do júnior estoure logo no profissional e o medo dele ser aliciado... papo longo e muitas dúvidas.
 carlos_Almeida | Vitória | 06-11-13 21h41min
Em "seriedade dos profissionais", leia-se "competência dos profissionais" alguns deles,por você elogiado.
 pyxis | BHZ | 07-11-13 00h03min
Raposão, um dos propósitos do Cruzeiro.Org, desde 1993, é levar informação ao torcedor. Infelizmente, a maioria dos jovens que estão atuando em redes sociais, blogs, portais etc, prefere reproduzir mais do mesmo, SEMPRE... Tentamos dar destaque para base, vôlei, atletismo... praticamente só Cruzeiro.Org e, ATUALMENTE, quase sem NENHUM COLABORADOR. Queríamos poder fazer mais... Mas é isto... nossa base ainda pulsa...
 pyxis | BHZ | 07-11-13 00h06min
Dra Celeste, a base teve uma safra recente de bons goleiros. O Gabriel acaba de ser elevado à condição de titular no Milan. Rafael já podia assumir o lugar do Fábio no Brasileiro´14 ou em toda temporada de 2015. Mas, derrotas recentes e muitos testes, mostraram que goleiros nos juniores tá muito complicado. Nas outras categorias, é satisfatório mais pela pouca exigência...
O torcedor cruzeirense precisa acompanhar mais as coisas da base. É muito corneta para pouco fundamento.
 pyxis | BHZ | 07-11-13 00h08min
Carlos_Almeida, com efeito, como eu disse na coluna, talvez fosse necessário UMA COLUNA para cada categoria, de forma a avaliar a temporada, apontar nomes em todas as categorias e cornetar e projetar um futuro melhor. Infelizmente, este ano, devido ao meu acidente, acompanhei muito pouco in loco. Espero melhorar e acompanhar mais ano que vem. Mas vou insistir e ver se alguém se dispõe a escrever sobre a BASE, como eu disse, a torcida do Cruzeiro PRECISA desta informação.
 Beth Makennel | Belo Horizonte | 07-11-13 11h25min
Evandro, a base do Cruzeiro, hoje, esta sob o comando de 2 grandes Cruzeirenses que são de muita competência para cuidar de tudo. Marcinho e Bruno Vicentin, vão nos ajudar muito a revelar grandes jogadores da base. Tem muitos meninos por lá que ainda vão nos dar muitas alegrias.
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 07-11-13 18h36min
Evandro, eu sou um Cruzeirense que nunca viu um jogo sequer da base,a não ser por TV, mas gostaria de ver. Você citou alguns jogadores que de promessa pode se tornar realidade no profissional, mas não citou o meia Bruno. O que houve com ele? Está no DM ou não vingou? Vi alguns jogos na TV e gostei muito do lateral Antônio Carlos. É rápido e chuta bem. Sabe bater na bola. Acredito que junto com Mayke vão assumir as laterais do time profissional em breve. Sua coluna me foi bastante esclarecedora.
 pyxis | BHZ | 07-11-13 20h55min
Aloisio, Obrigado pelas considerações. É este o propósito, dar mais informação para os cruzeirenses que falam muita m3rda e que preferem falar da minha pessoa.
O jogo contra a Ponte será em UDI... mais perto e possível de que muitos cruzeirenses do DF e GO compareçam... Nos encontraremos lá?
 pyxis | BHZ | 07-11-13 21h41min
Beth, do jeito que você escreve, fica parecendo que nem sei quem são as pessoas que atuam hoje na Base do Cruzeiro. O que não pode é ver um monte de torcedor falando e escrevendo m3rda nas redes sociais sem saber o que está acontecendo.
Se eu fosse escrever tudo que sei e o que penso, torcedores comentaristas, como este aí de cima, é que ia ficar com mais raiva e irritado, e me acusaria de coisas piores. MENOS BETH !!!! Temos erros e precisamos melhorar MUITO !!! PErgunta ao pessoal da base.
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 07-11-13 23h40min
Evandro, com a mudança do jogo contra a Ponte para Uberlândia, eu já estou pensando em ir. Vou procurar alguém que esteja organizando um ônibus. Caso não consiga, vou de carro mesmo com meus 2 filhos. Rumo ao Tri e Saudações celestes.
 tomaspedersoli | Não definido | 07-11-13 23h46min
Ola Evandro, não sou um grande seguidor da base, vejo apenas quando passa na televisão, por isso gostaria de saber o que se deu com o Bruno e com o Lynniker, lembro de ter visto alguns jogos deles e ter achado os dois jogadores bastante promissores, realmente acreditava no aproveitamento deles no time superior
 pyxis | BHZ | 08-11-13 00h08min
Pedersoli, vários jogadores, especialmente da categoria de juniores, tiveram muitos problemas de contusão. Lineeker, Bruno e outros se encaixam neste problema que, inclusive, prejudicou muito o Cruzeiro na CopaBr-Sub20. A perspectiva é de que os juniores possam iniciar a temporada (a partir do Brasileiro em Dezembro) uma temporada diferente... Só que alguns deles vão estourar idade. A informação que tenho é que o DM vai ficar vazio a partir deste mês...
 pyxis | BHZ | 08-11-13 00h11min
... certo, pelo menos até o momento, que serão integrados ao elenco profissional no início de 2014 e farão pré temporada na Toca II são O Alex (zagueiro) e Eurico (volante). As chances do Antônio Carlos são enormes... depende da saída o Francisco Éverton.
 _Douglas_ | Belo Horizonte | 11-11-13 23h10min
Desculpem o repost mas tinha postado em outra notícia mas ninguém viu:


"Gostaria de saber a quantas anda a obtenção do Certificado de Clube Formador. Sem ele estamos desprotegidos quanto a transferências de atletas sem contrato profissional." http://www.espn.com.br/noticia/361176_mais-da-metade-dos-clubes-que-apoiam-boi ote-ao-sao-paulo-nao-tem-selo-de-formaca
 Beth Makennel | Belo Horizonte | 19-11-13 13h30min
Oh Evandro, eu entendi o que falou, só estou reforçando a minha confiança de anos de glórias com o nosso Cruzeiro, pela valorização e bom trabalho na base do clube. Sei que nada é perfeito, mas, já melhorou muito. Não é mesmo?
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
20/11 - 07h30 [0 coment.]
Zagueiro Léo lançará livro ´A Quinta Estrela` sobre a CopaBr´17 

19/11 - 12h33 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA vira nos minutos finais e garante-se no Brasil Bowl 

19/11 - 11h46 [1 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [1 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [1 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [1 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [1 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster