Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

PROMOÇÃO CRUZEIRO.ORG 25 anos - COPA DO BRASIL - FINAL NO MINEIRÃO
Comente no site, Compartilhe no Facebook ou Retuíte as notícias no Cruzeiro.Org e concorra a ingresso na final da Copa do Brasil
Eliane Pessoa - Consultora RH



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

18/07/2013 | Voz da Arquibancada
Desabafo aos belorizontinos

Por Marco Soalheiro

Há 3 anos e meio voltei por motivos profissionais e pessoais para uma cidade que eu aprendi a amar. E ontem, pela primeira vez, fui dormir com sérias dúvidas se fiz a escolha certa. A vergonha da minha vizinhança atingiu seu ápice.

O comportamento agressivo, cretino e patético de alguns cruzeirenses se igualou ao que de pior eu vi tantas vezes em parte dos atleticanos ao longo da minha vida e obviamente gerou respostas no mesmo nível.

Desde criança o que sempre me moveu a ir em estádios foi o amor que surge e cresce de forma inexplicável por um time de futebol. No meu caso nem foi herança. E jamais isso me fez sentir ódio visceral de rivais (irmão, primos, amigos etc...).

Brincadeiras sadias existem, mas se o que chamam de "graça do futebol" for o que temos visto sistematicamente também por aqui em redes sociais, não vale a pena.

Xingar alguém porque ele ama azul e não alvinegro, ou vice-versa?

Qual a necessidade de ficar se julgando mais macho ou mais apaixonado por razões subjetivas?

Adultos se comportando como crianças mimadas e mal educadas, dando péssimos exemplos aos filhos. No calor de estádio também é dispensável, mas ainda vá lá. Mas fazer disso a profissão de fé de sua vida?

O fato é que o futebol tem criado cada vez mais nesta cidade tão linda um ambiente de guerra e de energias negativas que deturpa todo o sentido do esporte como um lazer apaixonante.

E pior é que não tenho ilusão de que algo vai mudar. A tendência é ficar cada vez mais desagradável. Todo mundo está sujeito a excessos, mas precisa aprender com os erros. Bateu saudade grande de Brasília.

E SE VOCÊ, AZUL OU ALVINEGRO, ACHA QUE ISSO É MIMIMI E CHATURA POLITICAMENTE INCORRETA, FAÇA O FAVOR DE ME BLOQUEAR E DE ME POUPAR O TRABALHO DE FAZER ISSO PELA PRIMEIRA VEZ NA VIDA. SIM, TENHO A PÉSSIMA MANIA DE SER TOLERANTE.

Marco Antônio Soalheiro é jornalista, 32 anos, natural de Divinilândia de Minas (MG), atuante com atividades na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Publicou este desabafo como depoimento pessoal na rede social Facebook.

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 pyxis | BHZ | 18-07-13 10h56min
Soalheiro, hipoteco a você a minha inteira solidariedade com a indignação do comportamento entre torcedores. Venho Lutando contra este tipo de comportamento há muitos anos. Mas sou obrigado a reconhecer, sei que posso ser suspeito, que este comportamento NÃO foi originado pela torcida do Cruzeiro. Mas a análise e constatação de quem pariu mateus não importa. Só questiono a sua ultima frase de manifestar saudades de Brasília. Até pelos conflitos entre torcidas. É igual ou PIOR naquele lugar.
 CRUZEL | BELO HORIZONTE | 18-07-13 13h11min
O Cruzeiro venceu de 1 a 0 = 6 a 0- Placar agregado e se classificou para a próxima fase da Copa do Brasil. Foi motivo para "rojões e comemoração". O Atlético perdeu de 2 a 0 = Perdeu a chance de se aproximar, ainda mais,do título inédito. A torcida "soltou rojões" e comemorou, na expectativa de uma partida no Brasil, como foi a fase passada. Acredito que isto explica. "Um Atleticano jamais torce pelo Cruzeiro e vice versa", Disse um Comentarista Esportivo, muito ouvido.
 MAIOR DE MINAS | Pouso Alegre | 18-07-13 18h09min
Completamente de acordo. Aliás escrevi sobre isso no BLOG do JS no dia 12.07.13 Grande abraço. Luiz Antônio.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 18-07-13 18h32min
Caro Marcos, moro em Sorocaba e tenho um adesivo do Cruzeiro no vidro do meu carro. Há uns dois anos, voltando do trabalho, fui fechada por uma carro e de dentro alguém gritou o nome do zebrado e depois acelerou. Vivemos sim uma baita crise de princípios éticos e morais.O sujeito que maltrata o torcedor adversário, faz o mesmo com a mulher, o colega de trabalho ou vizinho.Eu não vejo perspectiva de melhora.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 18-07-13 18h35min
A mídia esportiva poderia fazer alguma coisa para amenisar essa situação, mas, acredito, ela piora as coisas. Eu torço contra a turma de preto, mas jamais vou discutir com algum torcedor deles.
 pyxis | BHZ | 18-07-13 20h06min
Dra. Celeste, não sei qual a relação de seus "amigos" no Facebook. Hoje de manhã um jornalista desta nova safra, fez apologia ao desrepeito e ainda chamou de chatos os "politicamente corretos", invocando a "cultura" do brasileiro. Após meia dúzia de comentário (alguns meus) ele optou por retirar o que ele escreveu da linhe de tempo e me bloquear.
Não se surpreenda, logo depois, uma pessoa que deve estar na sua lista de contatos, cruzeirense, publicou algo na mesma linha, só que mais radical.
 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 18-07-13 20h43min
Caro Evandro, não li nada nesse sentido, mas lamento.
 PHDF | Brasília | 18-07-13 20h56min
- Em BH a rivalidade é exagerada. Mídia e alguns dirigentes contribuem para manter isso, acreditando que é A fórmula de encher os estádios.
- Aqui no DF a convivência é bem mais tranquila, superando até mesmo algumas cidades do interior de Minas. Talvez por ter tanta diversidade de torcedores (para times de todo Brasil), a rivalidade local perde um pouco de sentido.
- Acabamos concentrando mais a torcida pelo Cruzeiro. De qualquer forma, espero ver a volta Olímpia na Toca III.
 pyxis | BHZ | 20-07-13 14h30min
PHDF, você tocou num ponto importantíssimo, a imparcialidade e falta de profissionalismo de grande parte da mídia. Ontem mesmo, causou revolta em muitos cruzeirenses, uma foto e tuitada do narrador oficial do 6a1o, e dublê de deputado, Mário Caixa. Uma reunião na TV Alterosa, como todos "da casa" vestidos com uniforme oficial do clube alvinegro e traçando planos para elevar a moral da torcida e apoiar o time até a decisão. Existe profissionalismo??? Existe imparcialidade??? cont...
 pyxis | BHZ | 20-07-13 14h33min
... o problema é com OS CRUZEIRENSES, sabe por quê... eles tem o PODER nas mãos mas ao invés de mudarem a frequencia do rádio ou o canal da TV ou de jornal e site, correm para reclamar e mostrar indignação, e CONTINUAR A DAR AUDIÊNCIA para eles... é tudo que eles querem. Tem cruzeirense que prefere compartilhar, curtir e coisas afins das notícias que eles publicam do que as publicadas aqui no Cruzeiro.Org ou no site Oficial... Até os cruzeirenses querem mais "audiência".
 zuloobas | varginha | 26-07-13 12h57min
Caro amigo, Moro no interior desde 2008 e posso lhe assegurar: O respeito há. Assistimos os jgs, muitas vezes juntos a rivais, tds uniformizados, no msm recinto, sem o menor problema. Foguetório há, comemoração tb, mas tudo c respeito. Morei no Sudoeste e depois no Noroeste MG. A msm coisa. Vejo q esse exagero é, em parte,transferência das frustrações da vida p o mundo colorido do futebol, em conformidade com a política "Panis et Circenses". Eqto isso: passe da ignorância e gooool da corrupção!
 zuloobas | varginha | 26-07-13 13h04min
Qto às frangas estarem exagerando é perfeitamente compreenssível: 42 anos sem título, 2º título em 105 anos, o rival c 10 títulos de expressão, reiterados fracassos e humilhações. É muita mágoa reprimida e muita coisa q nunca se pôde extravasar.
 webber | Belo Horizonte | 30-07-13 17h33min
Esta rivalidade imensa é mais restrita à região metropolitana de BH. Tem um pouco com a história dos dois clubes principais. Um representa a burguesia, a tradicional família BH, de fino trato, da alta sociedade pedante que tem comerciantes, banqueiros e famílias centenárias. O Cruzeiro representa o imigrante, lutador, trabalhador, a periferia, a massa. Pode ser o faxineiro, pode ser o engenheiro, talvez o operário ou o professor, mas acima de tudo aquele que lutou para chegar onde chegou...
 webber | Belo Horizonte | 30-07-13 17h41min
Tal qual o Cruzeiro! É histórico isto e que bom que o Cruzeiro cultiva a sua história e que melhor ainda, termos uma diretoria com um presidente sensato à frente que em suas palavras dá mostras de sua Política. Cuidar da nossa casa. Mil vezes torcer a favor do que é nosso do que perder nosso tempo e prazer em desfavor ao outro time, ainda que maior rival. Rivalidade existe: Grêmio x Inter, Rosário x Newell's, Curíntia x SPFW, Boca x River; mas que fique em quem torce mais para o seu time.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
19/09 - 14h20 [13 coment.]
Baixo aproveitamento nos pênaltis em toda a temporada liga alerta 

19/09 - 09h13 [4 coment.]
Cruzeiro alcança terceira melhor campanha do returno do Brasileiro 

19/09 - 08h08 [3 coment.]
Mano revela por que ainda não utiliza Arrascaeta como titular 

19/09 - 07h55 [1 coment.]
Sub17 conquista a J-League Challenge Cup, em Osaka (JPN) 

19/09 - 06h48 [1 coment.]
Atletismo conquista todas as provas disputadas no fim de semana 

18/09 - 08h56 [8 coment.]
Cruzeiro vence o Bahia e consegue se manter entre os 6 melhores 

18/09 - 07h39 [4 coment.]
Eleições: Lideranças do Cruzeiro intensificam atuação na campanha 

18/09 - 07h33 [2 coment.]
Cruzeiro lutará contra o Flamengo por sua 40a conquista no Mineirão 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster