Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

PROMOÇÃO CRUZEIRO.ORG 25 anos - COPA DO BRASIL - FINAL NO MINEIRÃO
Comente no site, Compartilhe no Facebook ou Retuíte as notícias no Cruzeiro.Org e concorra a ingresso na final da Copa do Brasil
WMTI- Tecnologia da Informação



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

13/07/2013 | Evandro Oliveira
Torcedor Cibernético – De volta para o Futuro

O torcedor cibernético cruzeirense não está aproveitando toda a potencialidade dos dados que tem à sua disposição

Alguns anos atrás, num dia 5 de junho de 2005, quando as redes sociais da moda ainda eram uma coisa de nerds de Havard, publiquei uma coluna ( Torcedor Cibernético ) que pretendia abrir espaço para a discussão sobre o comportamento e os vários tipos de torcedores. 1890 colunas publicadas no Cruzeiro.Org depois da coluna citada, mudou alguma coisa?

A coluna, à época, fazia referência a outras publicadas no espaço Cruzeiro.Org anteriormente e abordavam as mudanças de comportamento e atitudes do torcedor (leiam o comentário feito em 2005 sobre o goleiro Fábio). Nos primórdios da Internet – SIM, somos pioneiros no assunto e comemoramos 20 anos de Internet em 2013 - quando muitos que lerão esta coluna ainda nem sabiam ler e escrever, utilizamos alguns termos que não foram bem compreendidos pelos iniciantes nas redes sociais: Teleguiado e Torcedor de Radinho eram dois deles.

Naqueles tempos, muitos cruzeirenses, espalhados pelo mundo, brigavam por migalhas de informação. O simples ato de compilarmos notícias semanais, e publicarmos uma vez por semana numa lista de discussão era motivo para agradecimentos desmedidos. O simples fato de publicarmos a ficha técnica de um jogo logo após a partida era uma vitória para cruzeirenses que não tinham acesso a nenhuma rádio de Belo Horizonte. Chegamos, em determinados momentos, a colocar um rádio a pilha, diante do microfone de um computador, a gravar este áudio num servidor e os cruzeirenses no mundo ouvirem uma narração com mais de um minuto de delay (atraso entre o som original do rádio e o som ouvido pela Internet). Muitos dos cruzeirenses que constituíam nossa audiência eram estudantes e usavam estes recursos para driblar professores e acompanharem os jogos “ao vivo” e durante aulas de laboratório de informática.

Qual o motivo do retorno ao futuro? As abordagens e considerações feitas naquela coluna se confirmaram? Falar do futuro tomando como base o presente é fácil? Tenho certeza que não. Se falar do presente baseado no passado, os tais comentaristas do acontecido, no caso de futebol já é complicado, imagina falar do futuro com fundamento no presente e com a gama de informações e contrainformações que cada torcedor tem hoje à sua disposição.

Teóricos e estudiosos do comportamento das pessoas em ambientes virtuais são quase unânimes em afirmar que a prepotência, arrogância e outros atributos menos nobres, ficam exaltados quando as pessoas julgam que tem informações em maior quantidade. A coisa piora muito em função da incapacidade, da maioria das pessoas, em tratar com elevados níveis de informação e ignorarem a qualidade dos dados que recebem em altas doses.

As recentes manifestações da população no Brasil revelaram que os brasileiros estão um pequeno passo atrás de outros cidadãos de outros países. Qual ou quais as causas das manifestações? No mundo é fácil identificar, no Brasil, quase impossível. Constatamos desde cartazes com “Fora Leandro Guerreiro” até coisas como “Quem ganha Bolsa-Família não pode votar”.

Mas o que estas coisas tem a ver com o torcedor cibernético e em especial com o torcedor do Cruzeiro?

Tudo a ver.

Este torcedor tem comportamento semelhante em todos os temas que participa, e a revolução cibernética descoberta por este torcedor permite que ele fale de tudo, de todos e sem nenhuma responsabilidade até consigo mesmo.

O torcedor cibernético não está aproveitando toda a potencialidade dos dados que tem à disposição, e pelas teorias informacionais, dados mal utilizados geram informação dispersa e confusa, que por sua vez não agrega conhecimento a ninguém e consolida a posição dos torcedores com a célebre frase de “não me venham com fatos pois tenho opinião formada”. Chega-se ao limite do absurdo de torcedores emitirem opinião e acrescentarem a hashtag “#Éfato” pois entendem que a opinião deles é um fato e tem que ser assimilada e obter concordância de todos os outros. Redes sociais são espaços de concordância e nunca de debate. Quando aparece o debate, e futebol é somente um exemplo, inicia-se pelo nível mais rasteiro do mais ignorante torcedor.

Tenho participado de alguns espaços em redes sociais e o que tenho observado em alguns destes grupos é o reflexo da confusa sociedade em que vivemos. Muitos acreditam que o mundo só passou a existir após as redes sociais. A maioria dos torcedores juvenis, cheios de razão por dominarem a tecnologia com mais destreza, está espantando os formuladores de conteúdo. Ao detectarmos possíveis gerados de conteúdo mantendo distância das redes sociais, perdemos a possibilidade de compreensão dos assuntos que nos cercam. A superficialidade impera.

Outro dia li o seguinte comentário à uma coluna publicada aqui no Cruzeiro.Org e compartilhada no seu resumo no Facebook: "Li até a frase X - a primeira da coluna - e parei..." revelando que o comentarista queria ser o primeiro ao comentar sem ter lido nem do que se tratava. Avaliou o conteúdo pelo título, como pessoas aculturadas avaliam um livro pela capa, ou uma pessoa pela aparência física. Neste ponto, ao final da coluna, vou lançar o desafio que comprova a minha teoria. Temos o controle de quantas pessoas leem e quantas pessoas são atingidas pelo aviso da publicação da coluna. Vou avaliar, UM A UM, os comentários, feitos aqui ou nos outros espaços em que a "chamada" para a coluna será publicada. O que vai prevalecer? O entendimento e proposta ao debate sobre o tema ou o preconceito e a superficialidade sobre o tema?

Este é o nosso torcedor em tempos de cibernética. Sejam bem vindos de volta para o futuro.

P.S. Recomendo a leitura da coluna indicada para que uma coluna como esta não fique descontextualizada e para mostrar que informação gera informação e deve ser conectada e não solta, como tem acontecido em redes sociais, especialmente em microblogs que não conseguem transmitir nenhum conteúdo importante e significativo necessário ao crescimento do conhecimento das pessoas.

Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 Jorge Schulman | Belo Horizonte | 13-07-13 14h18min
Evandro, gostaria de começar a ler sobre o tema. Fiquei curioso com a frase "Teóricos e estudiosos do comportamento das pessoas em ambientes virtuais são quase unânimes em afirmar que a prepotência, arrogância e outros atributos menos nobres, ficam exaltados quando as pessoas julgam que tem informações em maior quantidade., bem como instigado em saber mais sobre os 'pseudo' comentaristas, blogueiros e twitteiros de plantão dedicados a manipular torcedores 'teleguiados' e de 'radinho'.
 Jorge Schulman | Belo Horizonte | 13-07-13 14h21min
Não duvido que são grandes grupos econômicos destinados a minguar a possibilidade de reação pessoal, apaziguar emoções, canalizar frustrações, evadir pensamentos... Mas, que antídotos temos para reagir diante de tamanho poder? Muitos deles ocupam espaços em praticamente toda a mídia!!!! Grande abraço - JFS
 carlos_Almeida | Vitória | 13-07-13 16h49min
Evandro, o excesso de informação, sabendo utilizar, agrega conhecimentos, o que seria bom, principalmente se o debate sobressaísse à concordância. A perseguição ao Fábio continua, olhe que são 500 jogos, uma história e ele ainda não conseguiu o respeito de muitos torcedores, não sei se vai conseguir, tem muita gente esperando uma falha pra voltar o ataque. Ou as pessoas mudam?
 sabara5estrelas | Sabara MG | 13-07-13 21h10min
Olá pyxis, sei lá se concordo contigo sobre o excesso de informação, por se tratar de futebol tem sempre um porém. Sempre temos duas opiniões para tudo. Agora em relação ao site, fico feliz demais por saber que já estão a tanto tempo na estrada, infelizmente só descobri o site a pouco tempo, mas me sinto um pouquinho da família. Em relação a venda do DS e ER o que vc acha? Eu sou suspeito para falar porque sou da família vende tudo. Abraço parabéns pela coluna.
 pyxis | BHZ | 14-07-13 11h07min
Schulman, na Era da Informação, Informação é poder. A revolução tecnológica baseada na Internet é mais poderosa pois saiu do controle exclusivo dos capitalistas. Só que 99% dos que recebem informação torrencial, não sabem o que fazer com ela. Grande parte da informação das redes sociais vira lixo em 3 minutos. E muitas pessoas acham que este lixo lhes dá algum poder sobre as outras, gerando atitudes de superioridade.
 pyxis | BHZ | 14-07-13 11h10min
Schulman, existem diversos movimentos em curso para contrapor ao "poder" dos grandes. Vou citar somente UM movimento que pode levá-lo a entender o restante. Políticos e grandes grupos da mídia, não controlam as redes sociais. A Globo, por exemplo, tem se afastado de twitter e facebook (e mandado seus laranjas se afastarem também), vale o mesmo para revistas semanais e afins. Existe um movimento que pode ser visualizado em www.causabrasil.com.br que é transparente e instantâneo... cont
 pyxis | BHZ | 14-07-13 11h12min
... Políticos e estes poderosos da midia não conseguem manipulá-lo, pelo menos por enquanto, e ele está sendo construído com a ajuda de todos os interessados. A mudança é lenta, usuários incautos preferem compartilhar farsas e bobagens do que prestar atenção ao "Causa BRasil", mas vamos avançando aos poucos. Imagine um CAUSA CRUZEIRO e o que o Cruzeiro poderia fazer com isto... ainda chegaremos lá !!!
 pyxis | BHZ | 14-07-13 11h14min
carlos_almeida, não concordo. Excesso de informação, sem qualidade e sem a verificação da origem da informação, mesmo que as pessoas saibam utilizá-la, gera informação deturpada. Lembra daquela brincadeira de telefone sem fio feita quando você estava na escola Primária? Multiplique por 1 milhão a brincadeira. É o que está acontecendo.
 pyxis | BHZ | 14-07-13 11h17min
sabara5estrelas, se não concordar comigo, IMNSHO, estará escolhendo uma opção errada (veja o exemplo dado no comentário anterior). Sempre temos opiniões múltiplas pra tudo (e não somente duas), mas saber e avaliar pontos de convergência, a despeito de ficar "sustentando opinião" é mais inteligente do que ficar numa queda de braço para tentar que outros adiram à nossa opinião.
 pyxis | BHZ | 14-07-13 11h20min
Sobre o site, estamos na trilha e na Internet falando sobre o Cruzeiro há mais tempo que o próprio Cruzeiro. Este ano nossa lista de discussão comemora 20 anos. Fizemos a lista desde o tempo das BBS´s e a primeira página sobre o Cruzeiro na WEB. Todos São da família, até os que levam TUDO para o lado pessoal (equivocadamente é óbvio). Foram muitos os colaboradores nestes 20 anos, tudo para a TORCIDA do Cruzeiro, e até os que somente leem o Cruzeiro.Org são parte da família.
 pyxis | BHZ | 14-07-13 11h22min
Sabara5estrelas, obrigado pelas considerações mas há algum tempo adotei a lógica de comentar sobre os temas em somente em UM lugar... Senão tenho que ficar escrevendo a mesma coisa na lista-cruzeiro, site, colunas, noticias, blog, redes sociais... Ficou muito chato e cansativo... Escolho um dos lugares e concentro lá
;-).
 pyxis | BHZ | 14-07-13 11h33min
Esqueci de mencionar, com o devido destaque, um comportamento do tal torcedor cibernético que tem sido irritante e extremamente infantilóide. O torcedor que fica em casa nos jogos de PS1, Wii e afins, (FIFA, ELEVEN etc), e vai debater futebol com os outros, criticar técnico, criticar jogadores achando que o que ele fez no fantasy game deve e pode ser feito pelo técnico. Estes caras não sabem o que é futebol REAL. Neguinho não gosta do Egídio e escala Victorino. cont...
 pyxis | BHZ | 14-07-13 11h36min
... vai para o estádio e na primeira bola que o Egídio pega, começa a vaiar a zombar e querer "ter razão" porque o joguinho do FIFA deu a "razão" a ele. Este tipo de torcedor está contaminando todos os ambientes virtuais e levando mais e mais torcedores a agirem assim. CHega-se ao ABSURDO de torcedor desejar que ele faça mais pontos no Cartola FC do que ver o Cruzeiro VENCENDO só porque ele colocou um jogador adversário na "escalação" do time dele. Anselmo Ramon é a maior vítima deste povo.
 Edazul | Curitiba | 14-07-13 11h53min
Pyxis, parabéns pela coluna. Sobre o tema, eu entendo que, partindo-se da premissa que sempre haverá opiniões múltiplas para tudo, as pessoas vão intuitivamente encontrando pontos de convergência e, com isso, a tendência é a formação de tribos com opiniões, mais ou menos homogenias. Agora, dentro dessas diversas tribos, sempre haverá uma “guerra” pela melhor argumentação que se tornará a opinião hegemônica de um determinado grupo.
 Beth Makennel | Belo Horizonte | 17-07-13 13h05min
Oi Evandro, o rafael Brandi mandou um abraço para você e se colocou a disposição para ser um dos nossos patrocinadores para o Evento de Encontro Cruzeiro.org.
 Beth Makennel | Belo Horizonte | 17-07-13 13h05min
O Cruzeiro tem história e muitos ídolos, sejam jogadores, sejam presidentes... Ontem na Confraria do Cruzeiro, conversando com o Rafael Brand, filho do nosso genial Felício Brand, e ele me pediu para divulgar aos Cruzeirenses, que hoje, quarta feira, dia 17/07/13, ás 22 hs, no canal 6 NET ou 13 OI, TV fechada, vai ser exibido o programa do Afonso Alberto em entrevista com ele. O Rafael diz que vamos ouvir muitas coisas interessantes sobre o nosso querido e inesquecível presidente Felício Brand.
 estrelado campeao | N�o definido | 17-07-13 17h24min
Ótima coluna Evandro. Reli a coluna de 2005. As duas estão totalmente contextualizadas. Ótima a interface entre ambas. Gostei imensamente das considerações acerca das manifestçãoes ocorridas recentemente no Brasil por ocasião da Copa das Confederações. É função nossa politizar o povo, se me permite fazer essa colocação. E você foi muito BEM. Infelizmente sobrou para Leandro Guerreiro e para usuários do Bolsa Família(que corrigida as distorções servem para diminuir o caos social). PARABÉNS.
 estrelado campeao | Ubá | 17-07-13 17h24min
Ótima coluna Evandro. Reli a coluna de 2005. As duas estão totalmente contextualizadas. Ótima a interface entre ambas. Gostei imensamente das considerações acerca das manifestçãoes ocorridas recentemente no Brasil por ocasião da Copa das Confederações. É função nossa politizar o povo, se me permite fazer essa colocação. E você foi muito BEM. Infelizmente sobrou para Leandro Guerreiro e para usuários do Bolsa Família(que corrigida as distorções servem para diminuir o caos social). PARABÉNS.
 estrelado campeao | N�o definido | 17-07-13 17h29min
Como já lhe disse, era ouvinte da Rádio Inconfidência, Guarani, Capital e Itatiaia, numa época em que sabíamos da notícia muito tempo depois do ocorrido. Hoje, muitas vezes são os próprios internautas que são a fonte da notícia, quando por exemplo um jogador é flagrado na noite e sua imagem é disparada para as redes sociais. Confesso que fico um pouco assustado. E penso : será que realmente esse imediatismo, essa velocidade é totalmente útil e necessária?? Até que ponto ???
 estrelado campeao | Ubá | 17-07-13 17h29min
Como já lhe disse, era ouvinte da Rádio Inconfidência, Guarani, Capital e Itatiaia, numa época em que sabíamos da notícia muito tempo depois do ocorrido. Hoje, muitas vezes são os próprios internautas que são a fonte da notícia, quando por exemplo um jogador é flagrado na noite e sua imagem é disparada para as redes sociais. Confesso que fico um pouco assustado. E penso : será que realmente esse imediatismo, essa velocidade é totalmente útil e necessária?? Até que ponto ???
 estrelado campeao | N�o definido | 17-07-13 17h34min
Voltando um pouco nas questões das manifestações(permita-me fugir do assunto só mais uma vez) alguém reclamou do alto salário dos jogadores?? (Robinho querendo mais de 2 milhões por mês em um país onde o mínimo é R$ 678, 00). Agora dentro do assunto : o torcedor cibernético não usa a tecnologia disponível para melhorar a ortografia e a gramática. Você certamente observou. E usa pouco o raciocínio lógico antes de fazer qualquer consideração. É imediatista ao extremo. Um abraço. Ótima coluna.
 estrelado campeao | Ubá | 17-07-13 17h34min
Voltando um pouco nas questões das manifestações(permita-me fugir do assunto só mais uma vez) alguém reclamou do alto salário dos jogadores?? (Robinho querendo mais de 2 milhões por mês em um país onde o mínimo é R$ 678, 00). Agora dentro do assunto : o torcedor cibernético não usa a tecnologia disponível para melhorar a ortografia e a gramática. Você certamente observou. E usa pouco o raciocínio lógico antes de fazer qualquer consideração. É imediatista ao extremo. Um abraço. Ótima coluna.
 pyxis | BHZ | 18-07-13 08h05min
Edazul, aí está uma questão Interessante. O que você chama de tribos e suas "guerras" internas eu acho uma bobagem. Mas é uma constatação real um pouco diferente. As tribos são das pessoas que concordam, discordâncias são expurgadas... e nas concordâncias (grupos de facebook são tribos ou guetos de concordância... se alguém discorda, logo será "bloqueado" e os grupos estão se transformando em novas comunidades de Orkut). Superficialidade e hipocrisia imperam.
 pyxis | BHZ | 18-07-13 08h07min
Beth, com certeza, faremos um Encontro Cruzeiro.Org com a presença de muita gente cruzeirense de raiz. Retribua o abraço ao Raphael Brandi.
 pyxis | BHZ | 18-07-13 08h07min
Beth, com certeza, faremos um Encontro Cruzeiro.Org com a presença de muita gente cruzeirense de raiz. Retribua o abraço ao Raphael Brandi.
 pyxis | BHZ | 18-07-13 08h10min
Estrelado Campeão, obrigado pelas considerações e te digo sem nenhum receio de estar errado. Esta pressa em querer saber de tudo e não se preocupar com a qualidade e uso da informação, é típica de Uma geração que foi criada com TV e Computador. São reações mecânicas e Instintivas. As justificativas e transferências de responsabilidade dos erros e equívocos está sempre na ponta da língua. Não te jeito. Professores não são responsáveis por esta educação. O pior que os exemplos estão aí... cont
 pyxis | BHZ | 18-07-13 08h12min
... conheço algumas pessoas que comentam aqui que deixam os filhos fazerem barbaridades homéricas, dignas até de condenação e prisão, mas que acham "bonitinho" que o filho faça. Se eu escrever sobre cada caso aqui, estas pessoas ficarão caladas e vão esperar uma oportunidade para me atacar. Tem sido assim. É um comportamento generalizado que podemos transportar do comportamento do torcedor de futebol para outras "editorias" como política, educacional ou qualquer outra. Tudo contaminado.
 mrr | Natal | 18-07-13 13h03min
PYXIS! Muito interessante o tema da coluna contudo veja só este trecho:"...são quase unânimes em afirmar que a prepotência, arrogância e outros atributos menos nobres, ficam exaltados quando as pessoas julgam que tem informações em maior quantidade..." Isso por acaso te lembra alguém?
 mrr | Natal | 18-07-13 13h29min
Percebo que existe uma certa inclinação para antropologia ou sociologia de sua parte rs... Mas parabéns pelo tema, embora extravase um pouco meus conhecimentos(interesses).
 pyxis | BHZ | 18-07-13 17h59min
mrr, pra quem adota o tom poliacialesco e ACHA que se EU tenho alguma capacitação e domínio tecnológico sobre um espaço, é falta de ética escrever sobre temas destes espaços, eu tenho a certeza de que você não domina nem um pouco assuntos sociológicos, antropológicos, éticos e afins. Mas, de qualquer forma, obrigado pelo seu comentário. Deve ter acrescentado muito para os leitores. ABS/ :-P
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
19/09 - 14h20 [13 coment.]
Baixo aproveitamento nos pênaltis em toda a temporada liga alerta 

19/09 - 09h13 [4 coment.]
Cruzeiro alcança terceira melhor campanha do returno do Brasileiro 

19/09 - 08h08 [3 coment.]
Mano revela por que ainda não utiliza Arrascaeta como titular 

19/09 - 07h55 [1 coment.]
Sub17 conquista a J-League Challenge Cup, em Osaka (JPN) 

19/09 - 06h48 [1 coment.]
Atletismo conquista todas as provas disputadas no fim de semana 

18/09 - 08h56 [8 coment.]
Cruzeiro vence o Bahia e consegue se manter entre os 6 melhores 

18/09 - 07h39 [4 coment.]
Eleições: Lideranças do Cruzeiro intensificam atuação na campanha 

18/09 - 07h33 [2 coment.]
Cruzeiro lutará contra o Flamengo por sua 40a conquista no Mineirão 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster