Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
WMTI- Tecnologia da Informação



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

26/06/2013 | Evandro Oliveira
Acorda, Sócio do Futebol !!!

É impressionante a evolução e níveis de adesão dos Sócio do Futebol, nome dado pelo Cruzeiro ao seu programa de fidelidade com os seus torcedores


É impressionante a evolução e níveis de adesão dos torcedores ao Sócio do Futebol, nome dado pelo Cruzeiro ao seu programa de fidelidade com os seus torcedores a exemplo de outros times que adotaram outros nomes para designar o conhecido Sócio-Torcedor.

No caso do Cruzeiro, é bom lembrar, que o plano ou tentativas já existem há muito tempo e são até anteriores às iniciativas de times como Internacional (RS) e Grêmio (RS), consideradas as mais exitosas do país em termos de número de adesões.

Um programa de afiliados tem se mostrado tão efetivo que até grandes marcas e patrocinadores, como a Brahma, da AMBEV, estipulou programas paralelos de incentivo a todos os filiados dos times que fizerem parceria com eles. Importante ressaltar que este tipo de parceria com a AMBEV gera efeitos positivos no Direito de Uso de Imagem de atletas e do clube que nunca foram bem aproveitados pelos departamentos de marketing dos clubes e, o mais importante, parcerias como as da AMBEV tratam de maneira equiparada TODOS os torcedores afiliados dos programas de cada clube.

Enfim, os resultados, especialmente obtidos pelo Cruzeiro, que viu, após o vice-campeonato da Libertadores de 2009 e o fechamento do Mineirão, o número de associados adimplentes ser dizimado a pouco menos de 3mil, saltar para surpreendentes números superiores a 28 mil (ver quadro atualizado).













Será que estes números saltaram de maneira tão expressiva, mais do que 900%, a grosso modo, pelas facilidades implementadas junto a parceiros como empresas de financiamento e administradoras de cartão de crédito? Será que as exigências creditícias impostas aos novos associados amplia a possibilidade de novos associados? Medidas restritivas, em função das constatações de inadimplência pós-2009 se justificam? E o ônus aos Sócios do Futebol que permaneceram fieis desde 2009 que não recebem as mesmas benesses dos Sócios recém-admitidos?

É correta a visão da diretoria do Cruzeiro em preservar ou mitigar possíveis abandonos e inadimplências em função de “humores” de parcela da torcida que é guiada por resultados dentro de campo. Não deveria ser assim. Torcedor que faz opção por ser afiliado deveria fazê-lo pelas suas condições financeiras e pelo seu interesse em ajudar uma proposta de avançar e mudar os modelos de financiamento do futebol atual.

Os Sócios do Futebol, em todos os times, ainda carecem de organização e entendimento do que estão tratando e se envolvendo. Os departamentos responsáveis por estes programas, dentro dos clubes, ainda estão na Idade da Pedra lascada.

No caso do Cruzeiro, é lamentável que alguns benefícios, obtidos pelos parceiros de “última hora”, como é o caso da operadora de cartões da bandeira VISA, apresente benefícios para novos associados que são vetados para associados antigos, chegando ao absurdo de empurrar sócios antigos para práticas financistas abjetas. Se o Sócio não quer ser afiliado de uma bandeira, fica limitado a um plano que não evolui e ainda é cerceado de benefícios.

O Cruzeiro precisa descobrir que estes afiliados mais antigos tem crédito mais do que suficiente, e também avaliação creditícia mais qualificada do que as exigências impostas por BMG, VISA e outros. O Cruzeiro (e grande parte dos 28mil Sócios do Futebol atuais) precisam abrir os olhos para os 3 mil, se tanto, que não viraram as costas para o clube quando este mais precisou. Esta é a avaliação creditícia que deve ser feita. O Cruzeiro precisa se valorizar mais e dar mais valor aos seus torcedores fieis. É o mínimo que se espera de retorno para quem não abandonou o Cruzeiro durante a tempestade. Um pouco de reconhecimento e capacidade profissional não fazem mal a ninguém.

E o Sócio do Futebol, até aproveitando as últimas manifestações populares, não só do Cruzeiro mas de todos os clubes, precisam acordar, precisam descobrir que não são ações de marketing de eficácia imediatista e financista que sustentam o clube. Estes torcedores precisam descobrir o preço da sua fidelidade. Estão se vendendo por muito pouco em troca.


Fórum dos Sócios do Futebol do Cruzeiro

http://www.portaldocruzeirense.com.br/sf

Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 sabara5estrelas | Sabara MG | 27-06-13 22h35min
Olá pyxis, Concordo que há várias oportunidades no programa de sócio do Cruzeiro, contudo foi meio mais rápido de se capitalizar q a diretoria encontrou. Acho q passa pela a valorização dos antigos e a criação de uma modalidade para aquele que queira somente contribuir com o clube. Criação de um canal direto com o torcedor de modo a incentiva-lo a se manter adimplente e presente ao estádio. (como futebol mexe com o emocional um time em má fase perde sócio)...
 sabara5estrelas | Sabara MG | 27-06-13 22h45min
Todavia algumas outras ações tem que se somar ao programa(Para mim por exemplo, acho q os clubes trabalham muito mau a questão do licenciamento de produto. para encontrar um produto oficial é uma luta)mas para isso é imprescindível ter um ídolo (S) e um bom time. Logo os times que são melhor administrados tendem a ter mais sócios.
 pyxis | BHZ | 28-06-13 10h13min
Sabara5Estrelas, Discordo que o "motivo" de que capitalizar rapidamente seja determinante para dar benesses aos novos associados em detrimento dos FIEIS SÓCIOS DO FUTEBOL. Poderiam ter promoções para angariar novos associados e reconhecer os fieis. Estou achando estas estratégias muito mercantilistas e financistas. Isto não é bom... aliás é péssimo.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
20/11 - 07h30 [0 coment.]
Zagueiro Léo lançará livro ´A Quinta Estrela` sobre a CopaBr´17 

19/11 - 12h33 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA vira nos minutos finais e garante-se no Brasil Bowl 

19/11 - 11h46 [1 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [1 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [1 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [1 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [1 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster