Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

PROMOÇÃO CRUZEIRO.ORG 25 anos - COPA DO BRASIL - FINAL NO MINEIRÃO
Comente no site, Compartilhe no Facebook ou Retuíte as notícias no Cruzeiro.Org e concorra a ingresso na final da Copa do Brasil
VBR Artes Gráficas



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

18/09/2005 | Evandro Oliveira
Armadilhas para torcedores.

Velhos chavões são o gatilho para que o torcedor menos atento mude de opinião e, em muitos casos, fique cego para fatos...

Velhos chavões são o gatilho para que o torcedor menos atento mude de opinião e, em muitos casos, fique cego para fatos, passando a repetir algo que ele (torcedor) não sabe bem o que é, e nem como está acontecendo. O Cruzeiro passa por uma fase difícil quando o tema é futebol e o quadro agrava-se quando aproximam-se as eleições do clube. Chavões como: “... no futebol a verdade não dura 24 horas...”, “... somos 100 milhões de técnicos de futebol...”, “... em time que está ganhando não se mexe...”, “... não nos esqueçamos das conquistas e boas performances do passado...”


“Todos somos técnicos de futebol”


Como outros chavões, este pode ser considerado uma perigosa falácia e que tem prejudicado o Cruzeiro. O curioso é que a maioria destes torcedores, que se julgam técnicos tão bons quanto o que dirige o seu time, não sabem nem que existe diferença entre chamar uma pessoa que conduz a comissão técnica de treinador ou de técnico. A diferença é tão grande como um time que pode ser campeão na Série A e outro que é rebaixado para a Série C (Fluminense e Paulista são os exemplos da vez e o torcedor do Paulista pode querer achar que seu time é melhor do que o atual líder do Brasileiro).


O retorno do técnico PC Gusmão ao Cruzeiro em 2005 foi cercado de vários óbices. A sua saída em 2004 foi mais do que precipitada pois ele não pôde mostrar se efetivamente tinha qualidades para treinar o Cruzeiro. Entre a sua saída e seu retorno, ele nada fez, em outros times, para justificar a expectativa no seu trabalho. O sentimento da maioria da torcida era de que ele poderia ter feito um bom trabalho ano passado e preparar a equipe para este ano. As escolhas da diretoria não indicaram este caminho e podemos (nós, pobres torcedores) considerar como os anos perdidos (2004-2005).


O problema é que já começam questionamentos quanto ao trabalho do PC Gusmão em função dos maus resultados recentes, falta de perspectiva de títulos e ausência de boas apresentações nesta temporada. A diretoria sinaliza claramente que está pensando no ano que vem ao contratar jogadores que não atuarão esta temporada e só darão as caras na Toca da Raposa II em 2006. Isso é ruim pois os jogadores que aqui permancem ficam com a certeza que o "fim de feira" é iminente. O que mais nos deixa preocupados é a movimentação de alguns setores (parte da mídia, parte de torcedores) que não tendo gostado do retorno do PC Gusmão já começam uma campanha para tirar o treinador do comando da comissão técnica.


O que querem essas pessoas?


Devem querer a repetição de 2004 e 2005 no ano que vem. Só pode ser. É fácil de ver o discurso de quem não gostava e não gosta do PC Gusmão. Tomam emprestado um dos erros mais freqüentes que ele tem cometido (as substituições) e usam disto o cavalo de batalha para colocar em xeque todo o seu trabalho. A diretoria não se posiciona de maneira firme a mostrar quais planos tem para 2006 e dá margens para a imprensa publicar matérias e perguntas feitas ao PC Gusmão sobre a sua permanência à frente da comissão técnica.


E onde entram os chavões e falácias?


Estas são as armadilhas que o torcedor está submetido. Imagina-se que um determinado repórter, jornalista ou comentarista teria algum poder extraordinário que permitiria a ele saber mais do que os outros. Ele, certamente, tem informações privilegiadas em relação ao torcedor comum. Mas estes ditos profissionais da imprensa esportiva não transformam estas informações em fatos para a torcida. Eles transformam isso em versões que eles apresentam nos seus espaços de comunicação em forma de notícia.


Enquanto o torcedor não perceber estas armadilhas (e muitos não querem sequer saber de discutir isso) vai continuar mudando sua opinião a cada 24 horas, como se isso fosse algum tipo de verdade. Cada torcedor vai acreditar que somente quando se divulga uma notícia no órgão X ou Y da mídia é que se pode considerar a verdade. O torcedore com menor acesso à informação, mais dinâmica e factual, pode nunca ficar sabendo de detalhes de contratações e dispensas. O torcedor passa a manifestar ou se posicionar em função do que ouve no radinho ou lê no comentário que nada mais é do que uma visão dos fatos.


O alerta vem sendo dado por parcela mínima daqueles que escrevem e tem condições de se manifestar para um grupo maior de torcedores. Particularmente usamos o espaço do site Cruzeiro.Org para tentar esclarecer, informar e formar o torcedor cruzeirense de maneira diferenciada. Muitos se sentem ofendidos. A maioria que se manifesta prefere confundir as coisas e não diferenciar o péssimo elenco atual, da qualidade do treinador, dos erros da diretoria nas contratações de 2005, das eleições do clube, das declarações dos jogadores, das manifestações da torcida e por aí vai.


Um dos chavões que pode ser ouvido no meio futebolístico é “... uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa...”. O torcedor cruzeirense (cibernético ou não) está confundindo todas estas coisas. Já é comum ler em várias intervenções de cruzeirenses (da mídia e fora dela) a expressão “ACORDA NAÇÃO ESTRELADA”.


Mas acordar para o quê?


Acordar desta sua posição de achar que uma opinião é definitiva; acordar desta posição de aceitar comentários e opiniões como fatos e verdades; acordar e passar a formar sua opinião após ver mais opções e contradições. Desconfie muito de pessoas que se dizem cruzeirenses mas ofendem outros cruzeirenses. Fique preocupado com cruzeirenses que ao verem uma derrota vergonhosa falam em nunca mais ir ao estádio (será que essas pessoas têm vergonha de ser cruzeirense?). Uma coisa é ser torcedor e sempre confiar que seu time supera dificuldades e pode vencer, outra coisa é ser consciente das nossas fragilidades e saber que todos os confrontos, que seriam fáceis em outras épocas, podem ser difíceis nos dias de hoje. Não preste muita atenção em pessoas que já tem a crítica pronta. Não gostam, a priori, de determinado jogador e só vêm os tombos que ele leva e nunca querem saber de quantas cachaças elee bebeu. Assim como é bastante desagradável, desqualificante e desonesto, pessoas que, anonimamente ou não, fazem agressões verbais ou escritas para atacar a pessoas (seja ela o presidente, o técnico, os jogadores, profissionais da imprensa e até mesmo outros torcedores) por conta de opiniões divergentes. Além de demonstrar pouca qualidade na argumentação promove o que a maioria de nossos adversários deseja, ou seja, a turbulência no nosso domínio para que as atenções fiquem desviadas dos problemas e dificuldades deles.


ACORDA torcedor cruzeirense!




Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

Não há comentários para esta Coluna.

 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
19/09 - 14h20 [13 coment.]
Baixo aproveitamento nos pênaltis em toda a temporada liga alerta 

19/09 - 09h13 [4 coment.]
Cruzeiro alcança terceira melhor campanha do returno do Brasileiro 

19/09 - 08h08 [3 coment.]
Mano revela por que ainda não utiliza Arrascaeta como titular 

19/09 - 07h55 [1 coment.]
Sub17 conquista a J-League Challenge Cup, em Osaka (JPN) 

19/09 - 06h48 [1 coment.]
Atletismo conquista todas as provas disputadas no fim de semana 

18/09 - 08h56 [8 coment.]
Cruzeiro vence o Bahia e consegue se manter entre os 6 melhores 

18/09 - 07h39 [4 coment.]
Eleições: Lideranças do Cruzeiro intensificam atuação na campanha 

18/09 - 07h33 [2 coment.]
Cruzeiro lutará contra o Flamengo por sua 40a conquista no Mineirão 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster