Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

PROMOÇÃO CRUZEIRO.ORG 25 anos - COPA DO BRASIL - FINAL NO MINEIRÃO
Comente no site, Compartilhe no Facebook ou Retuíte as notícias no Cruzeiro.Org e concorra a ingresso na final da Copa do Brasil
De Jure - Coworking



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

15/11/2012 | Evandro Oliveira
A Toca III vem aí

Queria destacar a posição magnânima da direção do
Cruzeiro na elaboração de algumas cláusulas do contrato para uso do Mineirão.


Sem querer me aprofundar muito na posição que a mídia vem repercutindo sobre a assinatura do contrato do Cruzeiro com o consórcio que administrará o Mineirão, e sem debruçar sobre detalhes contratuais, realço algo que a maioria da mídia e, por consequência, quase todos os torcedores do Cruzeiro não perceberam.

Queria, inicialmente, destacar a posição magnânima da direção do Cruzeiro na elaboração de algumas cláusulas do contrato para uso do Mineirão. Algumas delas foram divulgadas de maneira pejorativa e enviezada, e estão sendo vistas pelos torcedores como negativas, mas tudo tem explicação.

O que as pessoas não entendem (ou seria a questão de pensar com o fígado versus produzir neurônios em massa???) é que enquanto o bocagrande, adorado por muitos cruzeirenses e idolatrado pelos torcedores do rival local, pensa e anuncia na mídia, que "... destruir o Cruzeiro ..." é o objetivo da vida dele e, por isso, ele faz contratos com os termos do contrato com a BWA (que vai ser retificado em breve - aguardem!) mais preocupado com o Cruzeiro do que com seu próprio time. Os dirigentes cruzeirenses pensam na grandeza e crescimento do Cruzeiro.

Se temos as melhores condições para NÓS (cruzeirenses) pouco importa o que o rival rural vai fazer ou conseguir... enquanto eles preocupam-se com o que o Cruzeiro faz ou deixa de fazer, preocupamos em crescer, desde 1921... e principalmente após 1965. Não precisamos ver a destruição dos adversários para crescermos. Utilizamos o ditado que diz que queremos que os inimigos asistam de pé as nossas vitórias. Eles tem a incompetência, os privilégios e a defesa de tudo e de todos os poderes instituídos, no DNA. Nunca viveram sem benesses. Uma Guerra Mundial não acabou com o Palestra/Cruzeiro (a verdadeira história não mente!!!), não serão adversários limitados, eternamente, por uma Serra do Curral que conseguirão.

Mas, enquanto torcedores do Cruzeiro se preocuparem com o que eles fazem, sem saber os verdadeiros termos e cláusulas contratuais daqui e de lá, enquanto os torcedores se guiarem por manchetes panfletárias e eivadas de opinião, perdemos tempo com coisas que não nos levam a lugar nenhum.

DESDE SEMPRE, tenho defendido a discussão, o debate, o conhecimento das coisas do Cruzeiro sem a preocupação com qualquer coisa que diga respeito a eles... Muitas das vezes, na maioria, não consigo a compreensão dos torcedores. Sou contra, e sempre serei, a qualquer comemoração de derrotas deles para encobrir nossos erros, defeitos e problemas. COmemoro a derrota deles sem perder um milímetro de posição crítica aos nossos erros e defeitos (que são inúmeros!).

A assinatura do contrato com a Minas Arena é como uma avaliação, pra mim, do que o torcedor do Cruzeiro aprendeu ou desaprendeu nestes anos todos.

Com o advento da Internet considero que não houve uma verdadeira democratização dos meios de comunicação, deu aos usuários a falsa impressão de que podendo falar o que quisessem, nas redes sociais que gostam, estariam exercendo a democracia e liberdade de expressão. Falácia suprema em que os torcedores estão embarcando.

Orson Welles, no início do século passado, sem nem imaginar o que viria a ser a Internet, cunhou uma frase que prevalece atualmente, não é o fato de todos os internautas poderem escrever o que pensam, que garante a livre expressão ou a democracia, ainda veremos os cruzeirenses, internautas ou não, lendo e ouvindo mais do que escrevendo, ou como disse o Ministro do STF, Ayres Britto, na sua despedida ontem, "... derramento de bilis e produção de neurônios não combinam..."

Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 Celeste | Sorocaba-Itajub� | 15-11-12 10h29min
Evandro, a volta do Cruzeiro a sua verdadeira casa é a melhor notícia do ano. A história do Cruzeiro e do Gigante da Pampulha se confundem. Eu, quando penso na nossa torcida, a imagem do Mineirão lotado vem na minha cabeça.Não tem coisa mais bonita. A turma de lá é pequena porque pensa pequeno. E que continuem assim. Nossa torcida tem que ter a grandeza de não se contaminar com isso.Parabéns pela coluna e bom feriado.
 João Duarte | Vit�ria | 15-11-12 12h20min
Prezado Evandro,
A volta ao Mineirão é a verdadeira volta para casa.
Sincera e honestamente, jogar em 7 Lagoas ou no Independência para mim sempre foi jogar fora de casa. E não digo isto porque há o acordo entre o América e as Rosanas pelo ex-estádio do 7 de Setembro de Raimundo Sampayo, mas, porque o Mineirão é verdadeiramente o espaço onde a gente se sente bem.
Como esquecer da boa prosa em frente à barraca do Loirinho, do tropeiro do bar n° 36 ou ainda das comemorações de títulos.
 João Duarte | Vit�ria | 15-11-12 12h24min
No Mineirão a gente ganhou Libertadores, Supercopa, Brasileiro, Copas do Brasil, Copas Sul-Minas e naturalmente várias edições do Campeonato Mineiro...
Aliás, incrível como as pessoas torcem a história. O campeonato mineiro começou em 1958 e também nesta competição a supremacia é nossa. Foi com o advento do Mineirão que pulverizamos todos os recordes do futebol mineiro. TODOS...
Tirar sarro dos rivais locais é prerrogativa da qual a gente não abre mão, mas, (continuo)...
 João Duarte | Vit�ria | 15-11-12 12h28min
Mas, concordo com você que o melhor a fazer é deixa-los a bater palmas em relação à nossa competência de gestão.
Vejo um movimento boçal capitaneado por alguns tidos e havidos como torcedores do Cruzeiro contrários ao Dr. Gilvan do Pinho Tavares. Quero dizer que estou com o presidente, que é homem honrado e de bem. Que foi eleito com 90% dos votos e teve uma herança das mais complicadas, recebendo o clube com o caixa raspado, com as receitas mais relevantes antecipadas e muito por fazer.
 João Duarte | Vit�ria | 15-11-12 12h32min
Ao contrário do que aconteceu com outros clubes após processo de ruptura relevante, o Cruzeiro não foi parar na 2ª divisão como foi o caso de Palmeiras (após romper com a Parmalat), Vasco da Gama (após a saída de Eurico Miranda) ou do Corinthians (na saída de Dualib 100 para a chegada de Andrés Sanchez) como exemplos...
Espero que o Dr. Gilvan possa empreender as reformas administrativas que o clube precisa e que dentro de campo o clube volte a disputar os títulos, com o advento do Mineirão.
 João Duarte | Vit�ria | 15-11-12 12h36min
É perfeitamente compreensível projetar que o clube tenha no mínimo 40 mil SÓCIOS DO FUTEBOL, já que a capacidade do estádio será de 62 mil pessoas, das quais 54 mil poderão ser comercializadas pelo Cruzeiro e as 10 mil restantes pela Minas ARENA. Imaginando-se que há 8 datas mensais e que o Cruzeiro deverá fazer pelo menos 3 jogos mensais como mandante, então, para que haja vantagem para o SÓCIO TORCEDOR será preciso que o preço mínimo do ingresso seja de R$ 40,00 para quem quiser comprar avulso
 João Duarte | Vit�ria | 15-11-12 12h40min
Então, se a gente projetar 40 mil associados pagando R$ 80 por mês, isto significa uma receita de R$ 3.2 milhões mensais que permitirá ao Cruzeiro competir em melhores condições contra os adversários do eixo Rio-São Paulo-Rio Grande do Sul...
É preciso dar apoio ao que o Dr. Gilvan for fazer em 2013 e claramente cobrar que venham melhores resultados no campo esportivo.
Mas, estes que ameaçaram o nosso presidente não são torcedores do Cruzeiro. São ditadores disfarçados. É golpe de estado
 João Duarte | Vit�ria | 15-11-12 12h44min
Se quiserem fazer alguma coisa pelo Cruzeiro, sigam o processo constituído pelo clube, como o fez o Dr. Gilvan...
Querer ganhar o poder na cara dura, não.
Ficarem revoltados pelo corte de privilégios é natural, mas, reagirem ameaçando um "decano" de vários anos dedicados à causa cruzeirense é deplorável.
E se estão achando que o intimidarão... estão muito enganados. Homens de bem não cedem a este tipo de coisas. Evandrão, parabéns. O Mineirão é realmente a Toca da Raposa III.
 Naldo | Brasília | 15-11-12 13h03min
A volta ao Mineirão é um grande notícia. Lá é, sempre foi e, sempre será a nossa casa. Pegando um gancho no que foi escrito pelo Evandro no qual concordo quase que na íntegra: Comemorar a derrota alheia para justificar as derrocadas do seu time, é coisa de atleticano. Podemos sim, zoar as cocotas, mas sem perder o senso crítico sobre o mal momento do nosso time.
 Alexandre Pinto | Não definido | 15-11-12 16h00min
O caminho foi e é traçado de acordo com nossa filosofia, história, bagagem e potencial. O Mineirão é a casa que vai continuar a nos acompanhar nessa jornada. Ponto para diretoria na condução do processo e fechamento do contrato de uso da Toca III. Momentos difíceis e transição todos grandes passaram, cada um achou a saída à sua maneira. Com nosso universo de torcedores, usando a criatividade, deve haver várias outras maneiras de obter rendas sem precisar de manobras visando à fama de espertalhã
 Aloisio Mendess | Santa Maria/ DF | 15-11-12 16h23min
Evandro, você foi correto e perfeito ao se referir ao Mineirão como Toca da Raposa III. Vamos voltar em 2013 a jogar em nossa casa e as vitórias virão. Eu estive nas finais das duas últimas Libertadores e em 2009 comprovei como eles torcem contra. Dormi, ou melhor tentei dormir após o jogo e não consegui. Eu fiquei hospedado na Pampulha e foi foguete a noite toda. Eu torço pelo Cruzeiro, único time meu. Não tenho time em outro Estado. Jogo deles não me interessa, se perderam ou não. Abraços.
 PHDF | Brasília | 15-11-12 19h59min
Não li nenhum dos contratos, mas vendo superficialmente a situação, acho que o Cruzeiro fez a opção acertada. Com 54 mil ingressos disponíveis, será possível disponibilizar 40 mil para sócio-torcedor e ter ainda 14 mil (quase um independência) para vender avulso.
Do outro lado, acho que pensaram em jogar a maioria dos jogos no Independência e eventualmente utilizarem a Toca III. Se por um lado esta opção é boa em termos de aproveitamento da capacidade de cada estádio, prejudica ....
 PHDF | Brasília | 15-11-12 20h05min
um bom programa sócio torcedor.
Enquanto um programa no independência seria mais ou menos 15 mil x R$ 80,00 = R$1,2 milhões mensais e com poucos ingressos avulsos para vender, no Mineirão seriam R$ 3,2 milhões e com mais 14 mil ingressos avulsos.
É preciso considerar que em 1 ano, normalmente são poucos os jogos com mais de 40 mil presentes. Mas o Cruzeiro pode ter esse público pagante em todos.
 Nelsao | Brasilia | 15-11-12 21h44min
agora com o mineirao, e parar com este troço de especulaçoes riquelme, alex e t ribeiro, lugano. FAÇA IGUAL A NOSSA TRADIÇAO CONTRATA CALADINHO, COMO MINEIRO Q SOMOS.
 pyxis | BHZ | 17-11-12 20h48min
Dra Celeste, Obrigado e espero que a torcida do Cruzeiro tenha aprendido algumas coisas nestas temporadas tristes de 2011 e 2012. Parece que a maioria piorou... vamos ver o que acontece quando comerçarmos a jogar na Toca III (possivelmente nas finais do ruralito).
 pyxis | BHZ | 17-11-12 20h51min
Cléber, até onde sei
1. 54mil ingressos em todos jogos (incluídos Sócios do Futebol)
2. Receita de Estacionamento nos jogos como mandante
3. Não sei qual será a estratégia da Minas Arena para outros ingressos (no Magelão, a BWA vende com preços variando de acordo com o jogo)
4. Não sei de outras condições com contrato em relação à Minas Arena.
 pyxis | BHZ | 17-11-12 20h54min
JDuarte, você me conhece há algum tempo e sabe que defendo as coisas e pessoas corretas desde sempre. E sabe que defendi com unhas e dentes a permanência do Cruzeiro no Mineirão. COmo disse no texto, tenho certeza que as frangas farão alguns (MUITOS!) jogos no Mineirão. Não tô nem aí... basta a diretoria do Cruzeiro ter feito o melhor possível.
 pyxis | BHZ | 17-11-12 20h55min
Naldo, obrigado pela manifestação e a concordância "quase que na integra". ELabore melhor a discordância que, possivelmente, pode ser alguma coisa que pode ter dado um entendimento diferente.
 pyxis | BHZ | 17-11-12 20h57min
Alexandre, é exatamente por aí... passamos a tormenta sem rebaixamento (foi por pouco) e não me interessa alguns trocados a mais através de maracutaias e espertalhões, especialidade do lado podre da lagoa.
 pyxis | BHZ | 17-11-12 20h59min
Aloisio, você encontrará em mim, o mesmo sentimento. NUNCA nos saímos bem quando copiamos ou nos miramos neles para fazer alguma coisa. Tudo que eles fazem tem o dedo da inveja... única arma que eles possuem contra nós. Se a torcida do Cruzeiro preocupa-se somente conosco, seriamos muito mais campeões do que já somos. São piada pronta e sempre fracassam... SEMPRE veremos as frangas sofrer e chorar!!!
 pyxis | BHZ | 17-11-12 21h02min
PH, acredito, fortemente, que se o Cruzeiro tiver 40 mil SF até o início do Brasileiro, retomaremos a nossa trajetória de glórias. Mas, se a torcida do Cruzeiro não der esta resposta positiva, creio que eu ficarei muito mais decepcionado com a torcida. Não importa a categoria... 40mil é o MÍNIMO de SF para a grandeza do Cruzeiro retomar seu caminho. Especialmente os torcedores que moram em BH.
 pyxis | BHZ | 17-11-12 21h04min
Nelsão, este papo de que mineiro trabalha em silêncio é a maior barca furada. maior balela de filhotes da ditadura. Mas o Cruzeiro tem que voltar a pensar do tamanho do MIneirão. E a torcida do Cruzeiro pensar muito maior que o Mineirão...
 pyxis | BHZ | 17-11-12 21h07min
torcedor1, o que vi do contrato não é nada além do que a imprensa já interpretou. À medida que eu conseguir ver alguma coisa além, se conseguir ver, vou contrapor na medida que outras pessoas, ou a própria mídia, fizer interpretações que eu não concorde ou que forem diferentes de outras interpretações. POr exemplo, as frangas podem rever seu contrato com a BWA e pagar multa pequena para jogar no Mineirão... o Contrato do Cruzeiro não tem nada a ver com isto... acho ótimo...
 Naldo | Brasília | 17-11-12 23h30min
Evandro, "ainda veremos os cruzeirenses, internautas ou não, lendo e ouvindo mais do que escrevendo..." isto advém do amadurescimento. E quanto a democracia/internet. Ótimo espaço para manifestações. Pode estar havendo, por parte do torcedor, a não utilização correta da ferramenta, mas tem haver tambem com quem observa o comportamento do torcedor. O que para algumas pessoas pode estar errado, para outros estará correto. É preciso definir o que é certo nesta questão.
 Nelsao | Brasilia | 18-11-12 19h16min
CARA O CRUZEIRAO ATE Q TENTOU AJUDAR AS ROSANAS, OU galao da massa rsrsrs, MAS ELAS SAO MUITO FRACAS, BICA ELES BICUDO FROUXO, RSRSR É SOFREDOR DEMAIS, KKKKKKKKKKKKKKKKKKK
 nadia2007 | BH | 19-11-12 11h58min
Parabéns Evandro pela bela coluna, você voltou inspirado..."Uma guerra mundial não acabou com o Palestra/Cruzeiro, não serão adversários limitados que conseguirão..." Já anotei a sua frase no meu caderno de anotações do Cruzeiro, e toda vez que me sentir insegura ou preocupada, vou reler para me sentir confiante. Confesso a você que este ano foi difícil para mim, acho que para todos nós. O que a imprensa de bh fez com o Cruzeiro esse ano, passou dos limites. Principalmente o Estado de Minas.
 nadia2007 | BH | 19-11-12 12h17min
Este ano eles não conseguiram nem fingir sua parcialidade, viraram torcedores mesmo. Nas suas matérias pintavam o mundo "cor-de-rosa" do CAM, onde os jogadores brincavam de roda e tudo era alegria, e no Cruzeiro só existia crise, bomba-relógio, barco à deriva,todo o tipo de clichês para destabilizar o clube. O sr. Jaeci Carvalho foi o mais cruel, jogou todo tipo de armadilha para o presidente, técnico e dirigentes, e eles caíram como patos. A toda hora anunciava um novo técnico,
 nadia2007 | BH | 19-11-12 12h35min
primeiro foi o Sampaoli, depois Luxemburgo,Adilson Batista,a toda hora escrevia que o Celso Roth estava com os dias contados. Como é que algum técnico pode trabalhar desse jeito? E o presidente, inexperiente, ia para TV reclamar do técnico, dando mais munição para o inimigo.O Alexandre Mattos,foi outro que caiu nas armadilhas do sr. Jaeci, ligando para ele para desmentir notícias publicadas sobre salário de jogadores e contratações, como se ele tivesse que dar satisfações para jornalista.
 nadia2007 | BH | 19-11-12 12h56min
E no dia seguinte, publicou que o Guilherme Mendes, Benecy Queiroz e Valdir Barbosa desmentiam a informação que o Alexandre Mattos havia dado no dia anterior. O velho truque de jogar um contra o outro para desunir e causar mal estar.O curioso é que depois que o Cruzeiro venceu o Bahia e ficou matematicamente livre do rebaixamento, as fofocas acabaram.Na coluna de hoje, ele já mudou de estratégia,agora está dizendo que o presidente Gilvan está buscando parceiros no exterior para fazer ...
 nadia2007 | BH | 19-11-12 12h59min
contratações de jogadores de nível. Tudo isso para jogar a torcida contra o presidente, se por acaso ele não trouxer jogadores famosos. Infelizmente tem muito torcedor que acredita em tudo o que esses jornalistas publicam.
 pyxis | BHZ | 19-11-12 13h05min
Naldo,
Discordo que precisamos de alguém para definir o que é certo ou errado. Temos que ver o que cada um fala e o que escrevem, chama-se verificar a coerência... e formar a nossa própria opinião, sem medo de errar... não importa se temos a melhor opinião se ela não leva o Cruzeiro a nada. O torcedor do Cruzeiro tem que parar de brigar para que ele esteja certo e ajudar o Cruzeiro a VENCER, como sempre aconteceu quando entendíamos que defender o Cruzeiro é o melhor posicionamento.
 pyxis | BHZ | 19-11-12 13h12min
Nádia,
1. Muito obrigado pelas considerações e pela fidelidade às colunas do Cruzeiro.Org.
2. Fico extremamente feliz quando vejo seu comentário ao relatar que observou o que diz a mídia e o que fazem as pessoas. Parabéns!
3. Sugiro que você escreva uma Coluna, baseado no eu comentário, para o VOZ DA ARQUIBANCADA, e envie para arquibancada@cruzeiro.org para podermos publicar... vale a pena outras pessoas lerem o seu raciocínio e comportamento.
 nadia2007 | BH | 19-11-12 13h28min
Eu só espero que o presidente Gilvan e o Alexandre Mattos tenham aprendido a lição e não caiam mais em armadilhas. Talvez seja coincidência, mas depois que a coluna do sr. Jaeci passou a ter patrocinador próprio, uma revendedora de carros, o endeusamento do boquirroto e do seu clube ficou evidente, enquanto o Cruzeiro tudo é motivo para crise e fofocas.
 Beth Makennel | Belo Horizonte | 19-11-12 13h42min
Isto mesmo Evandro. Devemos pensar só no nosso Cruzeiro. E estamos voltando pra casa em 2013. Certamente seremos mais felizes, novamente. Independentemente de nosso rival conseguir tudo igual nosso clube, devemos pensar só no Cruzeiro e em tudo de bom vai haver no Mineirão para transformar os nossos dias de jogos em um verdadeiro dia de prazer e alegrias, com bares, lojas... tudo azul a nosso dispor. Estou sonhando com 2013 em nosso Mineirão.
 Naldo | Brasília | 19-11-12 17h17min
Evandro, quanto a defender o Cruzeiro, aí, sim, concordamos.
 Naldo | Brasília | 20-11-12 17h42min
Interessante estes comentários da Nádia sobre a posição da imprensa mineira. Nós aqui fora de MG, nem ficamos sabendo destes fatos. O dia que o torcedor celeste entender que é a maior torcida de Minas e dar uma banana para esta imprensa tendenciosa, eles mudam a postura. Os caras espalham a cizânia e vendem para a torcida celeste, que compra. Será que a torcida precisa tanto destes caras assim? Eu não sinto a menor falta. Jaecy, nunca li uma coluna deste cara.
 nadia2007 | BH | 23-11-12 23h59min
Evandro, obrigada pela sugestão de fazer uma coluna, mas vou deixar isso para você, o mestre João, o Wilson e o Jorge, vocês são feras. O engraçado é que me lembrei que escrevi uma coluna para a voz da arquibancada em 21/11/2006. Nossa como o tempo passa!O título foi: A violência é o primeiro passo para a decadência. Foi sobre uma invasão de torcedores à Toca II, resolvi reler o texto e fiquei surpresa com as minhas previsões. Enquanto muito dos participantes do site achavam que a tal invasão ..
 nadia2007 | BH | 24-11-12 00h04min
era necessária, só para assustar, e que não houve agressão física ao técnico e nem aos jogadores. Eu fui radicalmente contra e escrevi: Mas o primeiro passo foi dado, porque a violência sempre começa aos poucos, seja física ou verbal. E depois disso qual será o próximo passo? Bem acho que os próximos passos foram:jogar bomba dentro de campo em cima do goleiro rival, e perder 2 mandos de campo. Depois jogar copos em cima do árbitro e perder 4 mandos de campo, chutar o carro do presidente,
 nadia2007 | BH | 24-11-12 00h06min
ligar para a casa do presidente fazendo ameaças e assustando a esposa dele. O que mais será que está por vir? Como você disse: a torcida do Cruzeiro mudou e mudou para pior.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
24/09 - 20h40 [1 coment.]
Arrascaeta marca gol 900 no Campeonato Brasileiro por pontos corridos 

24/09 - 10h03 [8 coment.]
Cruzeirenses torcendo #24hnoMineirão e mostrando a sua força 

24/09 - 09h32 [0 coment.]
Alisson é liberado pelo departamento médico e confirmado na decisão 

23/09 - 23h21 [0 coment.]
Sub-14 estreia no estadual com vitória sobre o América-MG 

23/09 - 23h12 [0 coment.]
Sada Cruzeiro bate Sesc RJ e começa torneio com a mão direita 

23/09 - 23h00 [0 coment.]
Sada Cruzeiro FA confirma a 1a colocação da Conferência Sudeste 

23/09 - 22h51 [0 coment.]
Diretoria do Cruzeiro anuncia a renovação de contrato de Murilo 

22/09 - 15h29 [3 coment.]
FMF é usada para gerar renda a aliados e membros de uma família 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster