Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Banda Help



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

14/08/2005 | Evandro Oliveira
Torcedor-Cibernético XI

Ao torcedor, é certo, tudo é permitido. Do destempero à ausência de responsabilidade com o que escreve e diz, como se estivesse numa mesa de boteco...

Lamentáveis os episódios ocorridos com torcedor do Cruzeiro e do adversário local na última semana. Entendemos que futebol e seus palcos não são o espaço para diferenças irracionais. Infelizmente vários setores, como a imprensa, são levados a informações que nem sempre condizem com a realidade. O torcedor do Cruzeiro morto era pessoa de bem e é possível que foi confundido com outro. Um ex-presidente da Torcida Máfia Azul chegou a ser citado como responsável por coordenar atividades que nunca praticou. Ainda bem que não estava nem em Belo Horizonte. Embora o tema tenha sido pouco debatido nos espaços cibernéticos, resolvemos colocá-lo aqui para marcar a posição de que o movimento social de torcedores de futebol nada tem a ver com o movimento da violência social urbana que se aproveita de alguns momentos para se manifestar nas arquibancadas. Somos contra qualquer violência motivada por futebol. Agressões verbais e brincadeiras devem ter limites aceitáveis por quem sofre a brincadeira e não por quem a utiliza.


Sobre as intervenções dos torcedores cruzeirenses nos espaços cibernéticos, resolvemos adotar uma sugestão e utilizá-la a partir do momento que a maioria dos leitores e visitantes do site www.cruzeiro.org entenderam os propósitos da coluna. Estaremos apresentando, para cada tema que referenciarmos, frases ou partes de textos de torcedores seguido de comentário ou opinião.


O Goleiro Fábio.


É o tema preferido por muitos torcedores que insistem em não acreditar no goleiro mais pelo seu jeito fora das quatro linhas do que pelas suas atuações. Diríamos que duas ou três vitórias do Cruzeiro somente foram possíveis pelas excelentes apresentações do goleiro. Mas tem torcedor que não pensa assim. Vejamos o que escreveram três deles:

1) “...Boas atuações do Fábio? Menos... menos... por favor. Ou você não viu o jogo contra o atlético do paraná?...”

2) “...O Fábio é um bom goleiros mas tem três defeitos. O primeiro é que não sabe posicionar uma barreira e se colocar atráz da barreira. O segundo é que rebate muito as bolas e em muitas vezes para o centro da área. O terceiro e mais grave é sem dúvida a falta de simpatia...”

3) “...eu disse aqui, certa vez, depois da derrota pro Paulista, que o Fábio era um Artur protegido pela mídia, fui apedrejado. Agora vcs reconhecem que ele não é um goleiro espetacular. é um goleiro regulara para bom. Nada que seja mto melhor que o Artur...”


Além de outras coisas como pedir um treinador de goleiros, pedir a volta do Dida e do Gomes, pedir que o Fábio fique duas semanas no banco, pedir que o Fábio vá embora, pedir que se contrate este ou aquele goleiro, são as manifestações mais comuns e sem nenhuma preocupação com as conseqüências da opinião manifestada.


Erram, de maneira inequívoca, todos estes torcedores ao pensarem uma coisa e manifestarem sem ao menos saber o que acontece nos treinamentos e com o goleiro. As explicações são muitas e querer que o goleiro venha a público para que se torne mais simpático não ajuda na correção das falhas. O goleiro, o treinador PC Gusmão e o treinador de goleiros estão certíssimos ao fazerem o que tem que ser feito. TREINAR. Nesta véspera de jogo contra o Paraná estive na Toca da Raposa e pude constatar que isto está sendo feito. O goleiro Fábio ficou mais de uma hora, além dos demais, treinando aquilo que a maioria dos leigos que não conhecem da posição criticam. Já passou da hora da torcida entender que as posições carentes no Cruzeiro são outras. Já passou da hora da torcida parar de ir na onda da mídia. Semana passada um goleirinho de um time destes aí tomou um gol do Fluminense-RJ igual ao que o Fábio tomou recentemente. Enquanto o goleiro do Cruzeiro foi crucificado pela mídia acusando-o de jogar adiantado, o goleiro em questão não mereceu sequer uma citação destes comentaristas parciais. A nossa torcida acompanhou a mídia e ainda pensa que o Fábio não é o melhor goleiro para o Cruzeiro para esta temporada. Quando caírem na realidade cuidem de apoiar o Fábio que é assim que chegaremos aos títulos.


A não-venda do Fred para o Sevilla.


Parte da torcida que acompanha os noticiários das emissoras de rádio e dos portais de jornais foi dormir no dia 8 com a certeza de que não veriam o artilheiro e ídolo Fred vestindo a camisa 9 com cinco estrelas. Acordaram no dia 9 sem saber o que pensar pois a diretoria do Cruzeiro, acusada de promover e oferecer o jogador para vários times europeus, não havia aceito a proposta dos emissários sevillanos.


Foram lidos, nos espaços virtuais, comentários do tipo:

1) “...acabou de sair a noticia... perdemos o fenomeno!! 10 anos apos ronaldinho, o segunfo fenomeno se despede do cruzeiro. quem sabe daki a 10 anos ne?!?! vamos torcer para q o time jogue como sabdo, quando fez uma memoravel partida, mesmo sem ele...”

2) “...tb nao vou no campo mais esse ano!!! e vou cancelar o cartao amanha...”

3) “...culpa de td mundo... dos perrelas, do irmão do fred e do Fred; o irmão do fred é um filho da mãe q quer ganhar dinheiro às custas do futebol do irmão; o fred já não tava com a cabeça no cruzeiro desde o jogo contra o fortaleza; e os perrelas só pensam em dinheiro. título q é bom, nada esse ano ainda.

4) “...e agora que não se confirmou a venda, os torcedores que falaram um monte de asneiras vão fazer o que”?...

Este tema foi muito comentado e debatido. Não reproduzimos aqui nem um milésimo das ofensas feitas a vários atores do processo. Diretoria do Cruzeiro, irmão do jogador, empresário do jogador, representantes do clube espanhol, e o jogador, tiveram seus nomes associados a adjetivos quase impublicáveis, até mesmo torcedor, por manifestar esta ou aquela opinião foi xingado das mais diversas formas, ou seja, reinou a irracionalidade completa a partir de um fato que não se consumou. E tudo por causa de uma certeza que todos adquiriram em notícias que não foram confirmadas pela diretoria do Cruzeiro. Mais uma vez precipitam-se aqueles que somente têm como referência uma emissora de rádio e um jornal.


Ao torcedor, é certo, tudo é permitido. Do destempero à ausência de responsabilidade com o que escreve e diz, como se estivesse numa mesa de boteco. Neste episódio o jogador Fred ao menos mostrou uma integridade e disposição em honrar a camisa do Cruzeiro que não se vê nos chamados jogadores profissionais dos dias de hoje. Ele não precisava dizer, mas disse, que quer dar o título a essa torcida do Cruzeiro que tanto o apóia. Suas declarações, aliadas às boas apresentações sob o comando do PC Gusmão mesmo nas derrotas levam a acontecimentos como o que vai ocorrer neste domingo onde todos os ingressos colocados à venda/troca estão nas mãos dos torcedores. E vamos esperar a imprensa parcial destacar este fato como deve ser.


Como curiosidade, devemos destacar que houve até debate entre torcedores do Sevilla e cruzeirenses, travados no site Cruzeiro.Org, em função das notícias um pouco truncadas e da imagem que os dirigentes sevillanos passaram. Mas mesmo em se tratando de adversários o debate foi bastante qualificado.


Um detalhe importante que deve ser registrado para que o torcedor não seja surpreendido com notícias que não espera. Está desde quarta-feira passada em Belo Horizonte um dirigente do Mônaco-FRA. Nas entrevistas que deu ele tem dito que veio para cuidar de uma possível parceria entre Cruzeiro e Mônaco. Mônaco é o clube que contratou o Maicon e está muito satisfeito com o jogador (que quase chegou a ser trucidado por grande parte dos torcedores). Esses representantes do clube francês viram o jogo contra o Botafogo-RJ, deverão estar no Mineirão amanhã. Não se assustem se aparecer uma proposta para levarem o Fred. Além da predisposição equivocada da diretoria em vender o Fred, a ganância e total descompromisso com o Cruzeiro e sua torcida do irmão do jogador e do procurador Ângelo Pimentel podem frustrar nossas expectativas de título brasileiro em 2005.




Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

Não há comentários para esta Coluna.

 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
19/11 - 12h33 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA vira nos minutos finais e garante-se no Brasil Bowl 

19/11 - 11h46 [1 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [1 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [1 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [1 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [1 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

16/11 - 18h51 [1 coment.]
Zagueiro Manoel passará por tratamento o restante da temporada 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster