Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Banda Help



Torcedor Cibernetico
A Dialetica Virtual x Real

07/08/2005 | Evandro Oliveira
Torcedor-Cibernético X

Alguns classificaram como decepcionante, outros exaltaram o fato da torcida do Cruzeiro “...dividir o estádio...” com a torcida local...

Esta coluna é, com elevado grau de certeza, a mais difícil de ser construída. Enquanto todos, ou quase todos, colunistas deste site escrevem com seus próprios estilos e da maneira que mais lhes é conveniente, coube a este aqui a árdua tarefa de acompanhar o que falam e escrevem os torcedores cruzeirenses no mundo virtual e resumir, comentando se possível, os principais temas da semana.


Se transcrevo uma frase que representa a opinião de determinados torcedores é mais plausível que a mesma seja colocada da forma como este(s) torcedor(es) se manifestou(aram). Este trabalho pode ser realizado por qualquer um que se disponha a acompanhar listas de discussão, fóruns de cruzeirenses, comunidades no Orkut, comentários em colunas e notícias etc. Isso significa ler muita coisa boa e ler muito lixo que não vale os bits que ocupam. Este trabalho é obrigatório para quem se propõe a esta tarefa que se mostrou interessante ao torcedor cruzeirense, mas não é obrigatório para quem não gosta da abordagem e para isso a equipe de colunistas proporciona, de maneira inédita e equilibrada, todos os tipos e estilos de textos, exclusivamente sobre o Cruzeiro Esporte Clube e suas coisas. Tão logo alguém se interesse em realizar este penoso trabalho, certamente nos colocaremos em posição para outras atividades.


Pretendo com esta enfadonha e repetitiva introdução, mais uma vez, mostrar que o propósito da coluna é debater as coisas que falam os cruzeirenses e sua importância e não ficar discutindo quem as escreveu e como as escreveu. O critério escolhido foi buscar sempre os temas mais polêmicos pois seriam a fonte dos debates mais acalorados e contraditórios. Sintam-se à vontade para discordar ou concordar com os temas apresentados e se quiserem colaborar efetivamente com o trabalho do site, usem e abusem do espaço livre de comentários para sugerirem ou apontarem temas que são alvo de debates importantes e que devem ser ressaltados.


Pedindo desculpas pelo longo espaço usado somente para explicar a finalidade desta coluna, não entendida por alguns e solicitando, mais uma vez, sugestões para que o nome da coluna possa ser outro mais direto e apropriado, vamos ao que interessa.


Vários foram os temas polêmicos que levaram os cruzeirenses aos espaços virtuais.


Temos recebido algumas contribuições que fazem referência ao fato de colocarmos no destaque dos temas da semana somente assuntos polêmicos e de caráter negativo. Dizem estes comentaristas (que muitas das vezes se utilizam do e-mail privativo e não do comentário aberto) que as coisas boas não são ressaltadas e por isso acumulam-se críticas em cima de críticas.


Seria esta uma tendência do torcedor-cibernético?


Para alguns, a resposta é sim, pois manchete boa não vende jornal e o que interessa é a tragédia e a crítica ácida e rasteira. Nota-se assim, que parte da torcida é, efetivamente, induzida a se posicionar como a imprensa quer. No dilema “tostines” onde fica a dúvida se a torcida privilegia a crítica porque a imprensa assim o faz ou se a imprensa privilegia a crítica porque a torcida assim o faz.


Temas como o crescimento do time do Cruzeiro (mesmo nas duas derrotas) depois da chegada do treinador Paulo César Gusmão, a presença da torcida do Cruzeiro contra o Brasiliense no Distrito Federal, a melhora das performances de alguns jogadores dentre outras, são substituídas por mensagens, posts e declarações sobre alusões ao ex-treinador Levir Culpi, contratações impossíveis que nunca foram colocadas pela diretoria do Cruzeiro e somente especuladas na mídia, por debates sobre sucessão na diretoria do Cruzeiro sem a mínima fundamentação e muitos outros.


Este torcedor-cibernético prefere abrir intermináveis discussões escrevendo “Fora Perrellas” e “Apoiado Fora Perrellas” do que avaliar como este torcedor pode fazer para mostrar que está satisfeito com o fato da diretoria ter demitido tardiamente um treinador que se mostrou incompetente. Este torcedor-cibernético prefere comparar o incomparável, tentando ainda justificar que a contratação de Paulo César Gusmão foi um erro, do que mostrar argumentos para que a diretoria não negocie determinados jogadores.


Para exemplificar o que escrevo citarei um caso interessante. O apoio e manifestações pela importância da permanência do Maldonado no Cruzeiro não chegam a dez porcento das manifestações sobre a não-contratação dos jogadores Denílson e Edílson.

E o que isto significa?

Significa, a grosso modo, que o torcedor-cibernético não se importa com a saída ou não do Maldonado e que prefere gastar seu tempo a comentar sobre algo que não aconteceu e dificilmente acontecerá. Prefere o irreal ao necessário. Enquete em andamento no site www.cruzeiro.org resgata esta deficiência onde nota-se que o jogador Maldonado é o segundo na preocupação do torcedor para não deixar a equipe. Temos então o indicativo de que o torcedor pensa uma coisa (preocupação com a saída do Maldonado) expressada na enquete e não age assim ao não debater a necessidade de permanência do jogador. Simultaneamente este mesmo torcedor tem opinião formada (a maioria formada por o que se publica em jornais e ouve-se em rádios) sobre os resultados de contratações como Edílson e Denílson, sem ao menos se importarem com a opinião que emitem.


Falando de um tema que pode ser considerado bom e que foi tratado de maneira diferente por cada torcedor queremos destacar a participação da torcida do Cruzeiro no jogo contra o Brasiliense, num meio de semana e em horário não convencional. Alguns representantes da mídia classificaram como decepcionante, outros exaltaram o fato da torcida do Cruzeiro “...dividir o estádio...” com a torcida local, outros não deram a mínima atenção para o fato.


Mais do que acompanhamos este movimento e o site www.cruzeiro.org teve intervenção e participação fundamental naquele que foi o maior público de uma torcida adversária do time do Brasiliense no estádio Serejão (os jogos contra os times do Flamengo, Corinthians e Vasco foram ou serão realizados no Estádio Mane Garrincha). Somente aqueles que não sabem das condicionantes poderiam ignorar ou menosprezar o fato. Para efeitos comparativos (que é o deleite de muitos), o nosso adversário rural fez partida nesta temporada e nõ levou metade do público, o São Paulo, logo após conquistar a Libertadores, levou menos público. Se considerarmos que estas avaliações comparativas foram feitas por especialistas do Brasiliense, o fato era para ser destaque em todos os órgão da mídia. Não foi. E o torcedor-cibernético fica sem saber o que dizer, diz coisas desconexas para comparar um público que nem divulgado foi. Neste caso é importante ressaltar que mais uma vez Cruzeiro.Org mostra ineditismo para a torcida do Cruzeiro. Foi nossa a iniciativa de pedir à diretoria do Cruzeiro a presença do Raposão em Brasília e durante o jogo. Embora não tenhamos conseguido da direção do time adversário autorização para que o mesmo ficasse em campo durante o jogo, a passagem do Raposão, pela primeira vez fora de MG, no Distrito Federal ficará marcada para sempre. Restará aos adversários somente copiar-nos.


Voltando exclusivamente ao mundo cibernético, foram vários os temas em que a crítica e o superficialismo predominaram na semana que passou. Acreditamos que o campeão foi o lateral Patrick que está se transformando em unanimidade. Virou a bola da vez. Certamente se tivesse um substitudo já estaria afastado. O jogador Argel vive este afastamento e seu procurador está trabalhando muito para ver se arruma um time para ele.


Outro que tem elevado grau de crítica é o volante Marabá, mas aqui não existe a tal unanimidade porque grande parte da torcida cruzeirense é avessa à utilização de jogadores das categorias de base (no caso, Diogo) para jogadores em má forma ou de baixa qualidade técnica. A frase escrita por uma torcida organizada numa faixa na arquibancada reflete um pouco disso. A faixa cobra da diretoria um jogador para ser recepcionado no aeroporto (não reproduzo o texto da faixa para não provocar flames sobre possíveis erros). Se por um lado a faixa expressa uma cobrança correta pois foi a diretoria do Cruzeiro que prometeu um jogador “...daqueles que a torcida vai ao aeroporto recepcionar...”, por outro lado mostra que o torcedor (cibernético, arquibaldo e geraldino) privilegia quem vem de fora a formar um ídolo na casa (no caso o Diogo) para uma posição onde a contratação se mostrou pouco eficiente.


Na semana que passou os temas, criticas e debates foram muitos. Vários deles equilibrados, outros completamente despropositados e inócuos. Voltamos semana que vem com algumas novidades que possibilitarão o entendimento e melhor aproveitamento desta coluna.



Evandro Oliveira e cruzeirense desde a decada de 1960 e costuma ficar zangado quando ve tolices na boca de cruzeirense, mas talha o sangue quando ve a midia manipulando cruzeirenses alienados e desavisados.
pyxis@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores Torcedor Cibernetico

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

Não há comentários para esta Coluna.

 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
19/11 - 12h33 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA vira nos minutos finais e garante-se no Brasil Bowl 

19/11 - 11h46 [1 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [1 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [1 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [1 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [1 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

16/11 - 18h51 [1 coment.]
Zagueiro Manoel passará por tratamento o restante da temporada 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster