Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
Eliane Pessoa - Consultora RH



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

09/12/2010 | Voz da Arquibancada
Haja coração...

Por Roberta Emmanuelle

As horas pareciam não passar, olhava no relógio e o mesmo ainda marcava apenas duas horas da tarde, então, resolvi dormir. Acordei, faltando poucos minutos pra partida, me sentei em frente à tv, preparada, como um guerreira, pois os jogadores não são os únicos guerreiros, mas nós também. E eu, mesmo não podendo estar ali, no estádio, estava ansiosa, como os dezoito mil ali presentes.

O jogo começou, com Cruzeiro pressionando muito, também, enfrentava o time reserva, praticamente júnior do Palmeiras, parecia que as coisas se facilitariam, mas não foi bem assim.

Mesmo com toda pressão do time celeste, o Cruzeiro não conseguia balançar as redes, e o Palmeiras, para o meu desespero, com o passar dos minutos, ia acertando o time. Mas, me tranquilizei, acabara o primeiro tempo, e esperava um segundo tempo melhor, e ainda mais recheado de emoções.

Mas para minha maior tristeza, o time alviverde abre o placar aos oito minutos, foi algo inacreditável, ainda mais que havia dois placares favoráveis a nós, o Fluminense estava empatando, e o Corinthians também. Não acreditava que tudo passaria assim tão perto.

O Cruzeiro estava muito afobado, tentava fazer jogada por alto e sempre perdia. Wellington Paulista e Thiago Ribeiro deram show de horrores, para piorar ainda mais a minha aflição.

Mas o cara estava lá, um dos melhores volantes do campeonato, Henrique, em sua melhor partida pelo Cruzeiro neste ano, imbatível, marcava e também avançava, e como avançava. Numa jogada com a bola no chão, ele recebeu o passe de Diego Renan e mandou para o fundo das redes. Senti-me mais bem aliviada, não era possível que o Cruzeiro perderia para um time inferior e que nem estava tão entrosado – apesar da belíssima atuação do Palmeiras, mesmo com a derrota.

Os minutos iam passando se aproximando do fim, o caldeirão, a arena calou-se também. Os quarenta e seis minutos se aproximavam e eu não entendia porque o Wallyson tanto avançada, e logo passava a bola para alguém, não havia segurança.

Mas quem diria que o gol do vice-campeonato sairia dos pés dele, por fim, o que eu tanto pedira, foi atendido, o moleque finalmente acreditou em si, avançou, para a meta tão desejada, num chute forte, sem chances para o goleiro Bruno, Wallyson fez dois a um para o Cruzeiro, uma virada histórica.

Todavia, infelizmente, o Fluminense já tinha feito o seu gol, do título, no Engenhão. Mas não fico triste por não termos conseguido o título, mas sim fico feliz, porque a justiça foi feita, o Flu também foi merecedor da taça, mas o Corinthians, esse que foi tanto beneficiado pela arbitragem, na final, na ultima rodada, empatou com o rebaixado Goiás, ficando apenas com o terceiro lugar. Tem coisa melhor do que essa? Ver a justiça sendo feita?

Parabéns Cruzeiro, que também é um time de guerreiros, fez uma vitória de virada belíssima. Eu que nem imaginava que sobraria tanta emoção para a final. Desligo minha tv e saio, com a felicidade estampada no rosto, pois apesar de não sairmos com o título, eu vi que um time que tentou, e que fez sua parte, até o último minuto.

Roberta Emmanuelle
Twitter: @RobertaVieiraM
www.elaeofutebol.blogspot.com


Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 Rogerio DF | Brasília e Entorno | 09-12-10 16h18min
Roberta Emmanuelle, parabéns por essa belíssima coluna/resenha! Minha Nobre, sabemos que esse seu sentimento estava ligado à um mesmo fio por mais de 8 milhões de Cruzeirenses mundão de Deus a fora, haja coração naquela última rodada. Agora convenhamos, a melhor parte foi deixar os gambás (novos flanelinhas) prá trás. ***Saudações Celestes e não esqueçamos: 02 de janeiro 90 anos do CRUZEIRO***
 Contragalo | Santos | 13-12-10 23h02min
Coluna legal da Roberta. Certamente é um orgulho ser cruzeirense, um time que está sempre brigando por títulos. Um pouco mais de ousadia e criatividade da diretoria para reforçar ainda mais o elenco e vamos comemorar títulos importantes.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
23/11 - 21h14 [2 coment.]
Cruzeiro vence rival e é campeão da Supercopa Sub 20 do Brasil 

23/11 - 10h51 [7 coment.]
Blog denuncia Itair e Ângelo Pimentel por receber dinheiro de jogador 

22/11 - 20h26 [5 coment.]
Vicintin: As cobranças de conselheiros, contratações e dívida 

22/11 - 20h00 [1 coment.]
Conselheiros pedem comissão para investigar gestão de Gilvan Tavares 

21/11 - 20h54 [1 coment.]
Léo protagoniza lançamento do livro ´A Quinta Estrela` sobre CopaBr 

21/11 - 20h38 [2 coment.]
Ex-diretor diz que Gilvan sabia das negociações com Latorre 

20/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

20/11 - 18h31 [3 coment.]
Cruzeiro esbarra na trave e empata com o Vitória (BA), no Barradão,  

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster